Truques para tornar os cozinhados mais light | A Nossa Vida

Truques para tornar os cozinhados mais light

Retrato de Icas
04.02.2011 | 12:51
Icas:
Membro desde: 22.11.2010

Olá meninas!

Inspiradíssima nos tópicos da Eddy sobre culinária e solidária com a PatyF na tentativa de ficar mais esbelta sem deixar de comer, lembrei-me de criar este tópico:

Como tornar um prato gostoso, igualmente gostoso, mas menos calórico?

Vão deixando as vosssas dicas e sugestões.

Aqui ficam algumas minhas:
- substituo as natas ou pelo substituto de natas da Vaqueiro (70cal) ou por leite com um pouco de maizena
- não frito, faço no forno (filetes, rissóis, batatas fritas (estas não ficam exactamente mas muito parecids), coxas de frango, petinga e jaquinzinhos)
- uso massa quebrada em vez de massa folhada
- nas receitas de bolos corto na gordura e utilizo metade da porção que recomendam em açúcar light e outra metade açúcar amarelo
- utilizo panelas anti-aderentes e wok, logo quase não utilizo gordura para cozinhar
- faço as pataniscas, omeletes e afins sem gordura na fritadeira anti-aderente
- substituo o sal por ervas aromáticas
- faço muitos legumes no wok para não se notar, ou ter de fazer, arroz/massa como acompanhamento.

Epero ter ajudado.
Bjs


Retrato de _Marta_
Sex, 04/02/2011 - 13:19
_Marta_:
Membro desde: 08.12.2008

Vou-me colar ao tópico, muito embora não troque os meus rissóis, douradinhos, panados e batatas (tudo frito, claro), por coisa nenhuma! Smile

E... já agora... muita atenção aos produtos ditos light. Há dias vi num programa da tarde (sim, aqueles que dão depois do jornal da tarde) uma explicação muito clara sobre este tipo de produtos. Por exemplo, um produto que é light na gordura, pode ter muito mais açúcar e, na globalidade, muito mais calorias. E foi dado o exemplo, entre outros das natas e do açúcar light, bem como das batatas fritas.

Retrato de Syll
Sex, 04/02/2011 - 13:28
Syll:
Membro desde: 27.04.2010

Este é um óptimo tópico!

Vou também dar os meus truques.
Em comidas com natas, podem ser substituídas por natas de soja. Pelo menos em colesterol, poupa-nos o corpo.
Tenho uma daquelas placas lisinhas e anti-aderentes onde faço quase tudo sem gordura: grelho bifes e feveras, estrelo ovos (sem qualquer gordura mesmo!), grelho hamburguers, salteio cogumelos (mas esses ficam melhor com uma lasquinha de manteiga), etc.
Nos estrugidos, pode reduzir-se o azeite a um mínimo, acrescentando água. A cebola em vez de frita fica mais cozida mas o arroz sai muito bem. E se acharem falta de sabor, podem temperar com especiarias: fazem menos mal Wink

Retrato de _Marta_
Sex, 04/02/2011 - 13:39
_Marta_:
Membro desde: 08.12.2008

Oh... mas estrugidos sem azeite não são estrugidos! Daydream
(Para quem não sabe, um estrugido é um refogado. Há zonas do país onde esta nomenclatura não se usa!)

Retrato de Vânia-Lila
Sex, 04/02/2011 - 13:41
Vânia-Lila:
Membro desde: 21.02.2010

Sou outra a desconfiar dos produtos light...também já li isso, Marta, algures e por isso, a modos que desenvolvi uma aversão a esse tipo de produtos: eu não como nem bebo absolutamente nada light!!!!:)

Mas, para cortar calorias e fazer refeições mais saudáveis também utilizo o truque dos antiaderentes e wok. Assim, podemos cozinhar com zero de gordura!
Cozinho muitas vezes peixinho (douradas) na grelha antiaderente só com sal e acompanho com uma salada.
Outra coisa que também costumo fazer: quando temos de fazer estufados, eu não deixo refogar a cebola...ponho tudo no tacho, tudo e tempero e vai directamente ao fogão assim. É um truque fácil, a comida fica muito saborosa e faz menos mal do que os refogados tradicionais!
Mais uma dica: usar como acompanhamento courgete e beringela estufadas (cebola e courgete cortadas, leva a uma frigideira ou wok sem azeite e deixar estufar)...é delicioso e as calorias são mínimas!!! Esta foi uma dica de uma amiga que fez a dieta LEV e foi uma receita que lhe aconselharam.

Enfim, mas no geral sou um bocado desregrada...gosto muitoooo de comer!!! E de cozinhar, assim faço muitas vezes pratos que são autênticas bombas calóricas!!! Ehehehehheheheeh. Tipo, amanhã vou fazer cá em casa jantar de aniversário do maridão. A ementa vai ser lombinhos de porco à Inglesa no forno, com molho pimenta e chutney de manga, batatas au gratin no forno, arroz de pinhões e passas (para quem não gosta das batatas) e salada....hummmm, já me estou a espumar!!!! :))))))
Como podem ver, dietas e eu não nos damos muito bem, mas tenta-se!

Beijinhos

Retrato de _Marta_
Sex, 04/02/2011 - 13:46
_Marta_:
Membro desde: 08.12.2008

Eh pá... já estou com água na boca (e nem é da ementa com que finalizaste o post). Estou-me a lembrar dos estufados!!
Estufado que é estufado tem que ter (muito) azeite (também não como azeite em mais nada a não ser nas batatas cozidas...), muita cebola e muito alho! Nem há volta a dar! Grin
Courgetes e beringelas não entram cá em casa. Não gosto nada, mesmo nada!
O jantar de hoje é bacalhau com natas e serradura para sobremesa! Smile

Retrato de Icas
Sex, 04/02/2011 - 13:54
Icas:
Membro desde: 22.11.2010

Olá meninas!

A idéia do tópico não era falar de produtos light, mas de truques para reduzir as calorias nos pratos convencionais (só paraclarificar) Smile

Por exemplo, adoro bacalhau à brás! O que faço é fazer a batata palha no forno em papel vegetal. E em vez de por tantos ovos, junto farinha de soja e um pouco de leite. Não se nota nada no sabor e não se nota nas calças Wink

Hoje ao almoço foram legumes "estufados" no wok (beringel, courgete, feijão verde e castanhas) com molho de tomate (só tomate memso) e soja. O namorado que gosta mesmo é de comidinha saborosa e se tiver o rótulo "light" já não come, adora este prato.

Bjs

Icas

Retrato de Daniela2011
Sex, 04/02/2011 - 13:55
Daniela2011:
Membro desde: 20.11.2010

O topico è excelente , mas não estou a ver solução para as batatas fritas de pacote . ehehheeh

Retrato de lili_lgs
Sex, 04/02/2011 - 13:55
lili_lgs:
Membro desde: 20.08.2009

Olá meninas, vou-me colar a este tópico. Fiquei curiosa pois já vi os Wok´s à venda mas não sei até que ponto funcionam e cortam nas gorduras? O efeito funciona tipo o quê, uma panela anti-aderente ou assim?

Retrato de Vânia-Lila
Sex, 04/02/2011 - 13:55
Vânia-Lila:
Membro desde: 21.02.2010

Ehehehehehhe...acho que até me deviam dar um prémio!!!! Uso azeite em quase tudo!!! E também penso como tu...estufado que é estufado tem que ter muito azeite!!! Assim, para não fazer tão mal, não deixo refogar a cebola, fica a refogar tudo junto! Smile

Quanto as courgetes e beringelas...eu gosto muito, mas o maridão não come nenhum tipo de legume seja ele qual for! Portanto, é só para mim...embora só tenha começado a comer há muito pouco tempo, porque antes achava que não ia gostar!

Hummmm, ADORO bacalhau com natas, deve ser dos meus pratos preferidos! Mas eu sou suspeita porque quase todos são os meus pratos preferidos!!!! Ehehehehheehhe

Desculpa a ignorância...mas o que é serradura????:)

Retrato de _Marta_
Sex, 04/02/2011 - 14:05
_Marta_:
Membro desde: 08.12.2008

Há quem chame doce da casa à serradura...
Batem-se dois pacotes de natas, junta-se uma lata pequena de leite condensado e mistura-se 1 pacote e meio de bolacha maria toda trituradinha... voilá! Grin

Eu tenho uma espécie de wok que comprei no IKEA, mas o anti-aderente foi-se... tenho de comprar um a sério!

Retrato de _Marta_
Sex, 04/02/2011 - 14:32
_Marta_:
Membro desde: 08.12.2008

Voltando ao tópico, apesar de os fritos não serem propriamente uma comida saudável, é possível diminuir a gordura acumulada se limparmos os alimentos com papel de cozinha para absorver a gordura em excesso.

Retrato de Syll
Sex, 04/02/2011 - 14:42
Syll:
Membro desde: 27.04.2010

Eu tenho um wok do IKEA. O truque ali é nunca, NUNCA, usar talheres de metal. Aliás, tanto no wok como em qualquer panela ou frigideira anti aderente. Sempre plástico ou madeira. A camada anti aderente não pode ser riscada senão estraga-se logo tudo.
No IKEA tem uns estupidamente baratos, talvez seja desses que tens, e não tenha funcionado. Tem também uns na casa dos 20€ que já são muito porreiros.

O wok pode funcionar como panela ou frigideira anti aderente. Pode saltear-se legumes, fazer ovos mexidos, etc.
Por exemplo, eu e o marido inventámos uma receita.
Cortam-se rodelas finas de alho francês (podem ser imensas, tipo 2 ou 3 alhos francês) e refoga-se com um bocadinho de azeite. Depois acrescentam-se cogumelos e rodelas de salsicha. Entretanto cozeu-se massa que se espeta lá para dentro escorrida. Rega-se com molho de soja e tempera-se com especiarias. Fica um prato meio chinês, muito bom e económico, para além de fácil de fazer!
Aliás, o alho francês com a massa é uma óptima maneira de comer massa cozida sem molhos, e fica um óptimo acompanhamento. Também funciona bem com as misturas de vegetais chinesas congeladas que se vendem por aí!

Retrato de inezitah
Sex, 04/02/2011 - 14:52
inezitah:
Membro desde: 22.11.2009

Com licença, vou-me intrometer, não tenho truques para partilhar, mas preciso mesmo de contornar o facto de adorar tudo o que seja natas, maionese, queijo e etc. nos cozinhados Grin

Retrato de Edy
Sex, 04/02/2011 - 16:07
Edy:
Membro desde: 09.02.2008

Excelente tópico!

Vou pensar nos meus truques:

- evito usar natas na comida, e sinceramente não sinto grande falta (claro que no strogonoff, que eu adoro, tenho que usar)

- quando uso natas, uso de soja

- nunca uso óleo e muito raramente uso manteiga

- tento colocar pouco azeite nos refogados (mas sim, faço refogados)

- também uso quase sempre o wok (exactamente este: http://www.ikea.com/us/en/images/products/skanka-wok-with-lid-gray__0084... )

- uso legumes e salada em quase todas as refeições

- tanto coloco os legumes (curgetes, cenouras, alho francês, quiabos, beringela, ...) em qualquer tipo de comida (assados, estufados, massas, ...) como salteio só os legumes no wok ou levo ao forno em camadas e só com sal e um fio de azeite

- não cozinho batatas fritas, rissóis, douradinhos, e coisas do género

- uso pouco sal (porque gostamos assim)

Se me lembrar de mais, depois digo

Retrato de Icas
Sex, 04/02/2011 - 16:07
Icas:
Membro desde: 22.11.2010

Olá Inezitah!

Também eu adoro tudo o que leva queijos, natas e molho bechamél... :p
O que faço é comprar queijos com um sabor mais intenso, assim diminuo na quantidade que coloco pois obtenho o mesmo sabor com menos calorias.

As natas e o molho béchamel faço em casa o substituto: uma chávena de leite magro e 1 colher de sopa de maizena que depois tempero com sal e as ervas que quiser. Normalmente não coloco manteiga pois já coloquei azeite no refogado. Faço isto para o bacalhau com natas e para as massas e funciona bem. Se por acaso não te adaptares, podes fazer meio pacote de natas e metade o leite com a maizena.

Acho que o importante é diminuir, não é obrigatório cortar por completo...

Icas

Retrato de PatyF
Sex, 04/02/2011 - 16:19
PatyF:
Membro desde: 04.09.2009
Icas wrote:

Olá meninas!

Inspiradíssima nos tópicos da Eddy sobre culinária e solidária com a PatyF na tentativa de ficar mais esbelta sem deixar de comer, lembrei-me de criar este tópico:

muito obrigado pela solidariedade Hug

Vou ver se aprendo alguma coisa Tongue

Não tenho dicas porque utilizo sempre o qeu "está na receita", não vás às vezes a comida não fica no ponto (leia-se, bem aclórica, e por sinal, bem saborosa) Laughing

Retrato de dedinho
Sex, 04/02/2011 - 16:23
dedinho:
Membro desde: 27.01.2009

... que falta de originalidade a minha, mas as minhas dicas são exactamente as da Edy!
Quanto aos produtos light, eu até uso muito (não é muitas vezes, mas sim as poucas vezes que quero usar natas ou leite condensado), apesar de me fazer "espécie" ao pensar "o que é que eles lhe põem para cortar gorduras e açúcar??". No entanto, uso porque penso sempre que é menos calórico e terá menos gordura. Até pode ter mais açúcar, mas 1gr de gordura tem mais calorias que 1gr de açúcar, por isso acabo por usar, embora não abuse!
Aliás, eu acho que o maior truque mesmo passa pela mente, que tem que ser MUITO FORTE para resistir a muuuuiiita coisa boa

Retrato de Edy
Sex, 04/02/2011 - 16:28
Edy:
Membro desde: 09.02.2008
Icas wrote:

O que faço é comprar queijos com um sabor mais intenso, assim diminuo na quantidade que coloco pois obtenho o mesmo sabor com menos calorias.

Que bela ideia!
Nunca tinha pensado nisso!

Retrato de inezitah
Sex, 04/02/2011 - 16:29
inezitah:
Membro desde: 22.11.2009
Icas wrote:

Olá Inezitah!

Também eu adoro tudo o que leva queijos, natas e molho bechamél... :p
O que faço é comprar queijos com um sabor mais intenso, assim diminuo na quantidade que coloco pois obtenho o mesmo sabor com menos calorias.

As natas e o molho béchamel faço em casa o substituto: uma chávena de leite magro e 1 colher de sopa de maizena que depois tempero com sal e as ervas que quiser. Normalmente não coloco manteiga pois já coloquei azeite no refogado. Faço isto para o bacalhau com natas e para as massas e funciona bem. Se por acaso não te adaptares, podes fazer meio pacote de natas e metade o leite com a maizena.

Acho que o importante é diminuir, não é obrigatório cortar por completo...

Vou já hoje experimentar essa substituição das natas, pois vou fazer uma das minhas massas malucas Laughing

Leite magro tenho sempre em casa, e tenho um pacote de maizena praticamente cheio!

Retrato de _Marta_
Sex, 04/02/2011 - 16:30
_Marta_:
Membro desde: 08.12.2008

dedinho, muita atenção às comidas light... até eu fiquei parva com o que vi na TV. Muitas vezes, os ditos produtos light (que têm menos 30%, creio eu, do seu componente principal - gordura, açúcar, etc) podem ter muitas mais calorias do que o produto não light.
Pensava que não era possível, mas vi o programa na TV onde mostraram isso.

Retrato de Icas
Sex, 04/02/2011 - 17:21
Icas:
Membro desde: 22.11.2010

Normalmente escolho os produtos pela sua composição e não pelo rótulo. Ou seja, não é só porque é light, mas porque na descrição nutricional diz as calorias e a quantidade de açúcar que tem. Acho que não podemos generalizar que todos os produtos light são "a banha da cobra". Temos de estar atentos à sua composição e/ou descrição nutricional para distingui-los.

Não me parece que todos os produtos que existem no mercado tenham uma descrição nutricional falseada. Para mim se diz 70kcal e 0 de açucar, eu acredito. Afinal se em casa conseguimos reduzir as quantidades de açúcar e gorduras, porque não hão-de os fabricantes conseguir?

É como tudo: temos de ver caso a caso e não generalizar.

Vou de fim-de-semana, por isso, até segunda, com mais dicas Wink

Icas

Retrato de Pipoca Miau
Ter, 08/02/2011 - 21:42
Pipoca Miau:
Membro desde: 12.04.2009

Marta

Tu és do caraças!!! Andas a desviar a malta do bom caminho!!!! Só queres é comida "enfarda-brutos" e nada de dietas!!! Ele é refogado com MUITO azeite, ele é batatas fritas com MUITO ÓLEO!!! Sua gurdurosa!!!!! Smile
Gostas SEMPRE DO MUITO EM TUDO (alho, cebola, azeite, ...). É só colestrol, mulher!!! Smile

Retrato de _Marta_
Ter, 08/02/2011 - 21:49
_Marta_:
Membro desde: 08.12.2008

Dietas, é verdade que não faço.
Refogado tem de ser com muito azeite. Se não tiver azeite, não é refogado!! Alho e cebola, que eu saiba, nunca fizeram mal a ninguém. Óleo... não gosto de nada a saber a óleo, mas gosto de coisas fritas. Faço com o mínimo de óleo possível, mas não o posso evitar... a saltear alimentos, por exemplo, uso azeite!

PS - Tendo em conta que só uso azeite nos refogados, um fio pequenino nas massas e arroz e para temperar batata cozida, acho que também não faz mal nenhum comê-lo no refogado! Os médicos dizem que o azeite é gordura saudável!

Retrato de Su_m
Qua, 09/02/2011 - 09:04
Su_m:
Membro desde: 28.01.2008

Já agora, aqui fica o link para um post que criei: http://anossavida.pt/forum/bimby-receitas-saudaveis-light

Apesar de serem receitas adaptadas à Bimby, é fácil de fazer a versão tradicional.

Muitas das técnicas mencionadas aqui também são usadas lá por casa.
- Natas substituídas por natas de soja ou molho béchamel feito por mim (com becel e leite magro)

- Grelhados ou no forno em vez de fritos

- Sempre muitos legumes em todas as refeições de mil e uma maneiras e sempre saborosos

- Creme de culinária Alpro Soya ou Becel em vez das convencionais margarinas

- Creme Alpro Soya Light como substituto da manteiga

- Tenho um doseador em spray para o azeite o que evita que saia mais do que eu quero.

- Muitas ervas aromáticas

- Uso sempre que posso Farinha integral para substituir farinha refinada

E claro, acima de tudo, variar e inventar nos pratos para não comer comidas sensaboronas.

Retrato de Icas
Qua, 09/02/2011 - 14:18
Icas:
Membro desde: 22.11.2010

Olá meninas!

Quando faço quiche utilizo massa quebrada, como já referi, em vez de massa folhada. Normalmente, em vez de natas, utilizo 1 chávena de leite com 1 colher de sopa de maizena e 3 ovos. Ma agora experimentei uma variação que gostei mais: 1 iogurte natural magro e 3 ovos. Com leite o recheio fica mais mole, com o iogurtefica mais firme e "seco". Claro que podia acrescentar mais maizena no leite...

Experimentem e deixem a vossa opinião.

Bjs

Icas

Retrato de Icas
Qua, 09/02/2011 - 14:21
Icas:
Membro desde: 22.11.2010

Já agora lembrei-me de partilhar com vocês uma dica que, confesso, ainda não experimentei, mas fá-lo-ei em breve.

Então trata-se de substituir os ovos (todos ou uma parte) nas receitas com poucos ovos, por 1 colher de farinha de soja + 1 ou 2 colheres de água. Tem menos calorias, menos colesterol e será mais barato.

Vou experimentar e digo-vos como correu Smile

Bjs

Icas

Retrato de inezitah
Qua, 09/02/2011 - 14:39
inezitah:
Membro desde: 22.11.2009
Icas wrote:

Olá meninas!

Quando faço quiche utilizo massa quebrada, como já referi, em vez de massa folhada. Normalmente, em vez de natas, utilizo 1 chávena de leite com 1 colher de sopa de maizena e 3 ovos. Ma agora experimentei uma variação que gostei mais: 1 iogurte natural magro e 3 ovos. Com leite o recheio fica mais mole, com o iogurtefica mais firme e "seco". Claro que podia acrescentar mais maizena no leite...

Experimentem e deixem a vossa opinião.

Bjs

Noutro dia experimentei este teu truque na quiche, e saiu-me muito mal... não cresceu nada, e ficou meia plástica... Worried

Mas tinha ideia que era só o leite e a maizena... não me lembro de teres falado em ovos... será que li mal???

Estou disposta a experimentar novamente, porque cortar nas natas dava jeito... Tongue

Retrato de dedinho
Qua, 09/02/2011 - 15:35
dedinho:
Membro desde: 27.01.2009

Icas:
gostei dessa ideia do iogurte e ovos para substituir as natas! Não faço quiche muitas vezes (1x por mês, no máximo) precisamente por causa das natas (mesmo das light), mas vou experimentar assim Smile

Retrato de dedinho
Qua, 09/02/2011 - 15:36
dedinho:
Membro desde: 27.01.2009

Icas:
gostei dessa ideia do iogurte e ovos para substituir as natas! Não faço quiche muitas vezes (1x por mês, no máximo) precisamente por causa das natas (mesmo das light), mas vou experimentar assim Smile
Como disse a inezitah, cortar nas natas dava muito jeito!

Retrato de Icas
Qua, 09/02/2011 - 16:17
Icas:
Membro desde: 22.11.2010

Olá Dedinho e Inezitah!

Não me lembro se falei dos ovos ou não... Por isso, para não falhar, vou deixar a "Receita" completa.

- massa quebrada (uso a congelada) que se pica com um garfo
- 1 chávena de leite + 1 colher de sopa de maizena ou 1 iogurte natural
- 3 ovos
- temperar (eu invento - sal, pimenta, oregãos, noz moscada, :p)
- recheio

Coloca-se o recheio, vai ao forno e quando estiver douradinha tira-se.

Eu acho mais saborosa que a da minha sogra (que faz tudo com natas). A consistência da massa pode-se alterar de acordo com a quantidade de maizena (mais farinha = mais sólida) ou com o iogurte, que só fiz uma vez mas adorei.

Espero que corra bem! Depois contem-me!

Bjs

Icas