Gelados: pecado ou prazer? | A Nossa Vida

Gelados: pecado ou prazer?

Olhando para estas três palavras, associamos de imediato os gelados ao pecado, principalmente se tivermos visões da nossa silhueta pelo meio. Porém, hoje a escolha acertada dos deliciosos gelados alia o prazer às poucas calorias – quem o diz é Helena Cid, nutricionista da Associação Portuguesa dos Nutricionistas. Vai um geladinho, sem pecado?

 

O gelado em números

Imagine que tem à sua frente um prato com um gelado, outro com um simples queque e um terceiro com um pastel de nata – qual destas três guloseimas tem menos calorias? Se dissermos que é o gelado, acredita? Pode acreditar porque, nos dias que correm, muitos gelados têm valores calóricos tão baixos quanto os iogurtes! Os números avançados pelo Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge falam por si: os gelados de leite ou fruta raramente ultrapassam as 99 kcal., enquanto um gelado de chocolate ou com coberturas de amêndoa ou de caramelo rondam as 300 kcal. Agora, quando se fala dos seus concorrentes directos, estes números aumentam a olhos vistos: um queque (407 kcal./100g), um pastel de nata (298 kcal./100g), um prato de arroz doce (231 kcal./100g), um croissant simples (416 kcal./100g) ou um éclair de chocolate (376 kcal./100g).

 

Faça as contas

Para qualquer mulher, um plano alimentar saudável deve conter aproximadamente 2100 kcal. por dia, ou seja, se desfrutar de um delicioso gelado de leite ou fruta que ronde os 100 kcal., no final do dia esse pequeno prazer representará apenas cerca de 4% ou 5% do valor de calorias recomendado. Conhecida esta perspectiva, os gelados passam a ser vistos com outros olhos, não é verdade?

 

Uma escolha deliciosa

Ninguém engorda desmesuradamente só porque come muitos gelados – para isso acontecer era realmente preciso ingerir toneladas de Magnums e fazer nenhum tipo de exercício físico. Ora como esse não é o caso de nós mulheres, que andamos sempre a correr de um lado para outro a fazer mil e uma coisas, é seguro dizer que um gelado ocasional só nos vai fazer bem! Para assegurar o seu peso ideal, sem ter de fechar o congelador a cadeado e deitar fora a chave, tenha em mente estas 4 dicas:

  • Escolha porções que não ultrapassem um gelado tipo snack ou então delicie-se com apenas uma bola;
  • Prefira os gelados de leite ou fruta com mais regularidade;
  • Tente consumir os gelados no final das refeições;
  • Se não consegue resistir aos gelados e tem por hábito comer um todos os dias, opte pelos formatos mini.

 

Calorias fáceis de eliminar

À escolha acertada dos seus gelados preferidos, é importante aliar exercício físico condizente e a notícia mais motivadora neste campo é que não precisa de passar horas no ginásio para desgastar o gelado de ontem à noite – basta uma caminhada de 30 minutos para queimar 180 kcal. ou subir escadas durante 10 minutos para eliminar mais 100 kcal. Não custa nada e ao conseguir manter-se activa, para além de eliminar calorias desnecessárias, pode continuar a comprar gelados. É caso para dizer, faça as pazes com os gelados!

Comentários (0)

Leia também...