Padre Henrique Maçarico - Cantanhede | A Nossa Vida

Padre Henrique Maçarico - Cantanhede

Retrato de sonia.c1980227
24.07.2010 | 16:58
sonia.c1980227:
Membro desde: 21.07.2010

Olá Meninas,

Alguém já ouviu falar neste padre? é que dizem que cura males e explusa demónios....


Retrato de Eu ele e o pinheirito
Dom, 25/07/2010 - 17:20
Eu ele e o pinheirito:
Membro desde: 04.03.2009

Sónia, eu não conheço, mas na net tens esta página com o contacto dele (ao fundo). Smile

http://www.covoes.com/paroquia.html

Padre Henrique F. Maçarico
Tel. (residência paroquial): 231461325
Telemóvel: 962674587
Rua Principal, (largo de Sto António)
3060-284 - COVÕES

Don't be sad because of people. They will all die.

Retrato de Eu ele e o pinheirito
Seg, 26/07/2010 - 23:20
Eu ele e o pinheirito:
Membro desde: 04.03.2009

Ainda bem que, de vez em quando, as limpezas aos posts são bem feitas. Quando não se tem algo a acrescentar de positivo ou útil, mais vale ficar-se calado.

Don't be sad because of people. They will all die.

Retrato de _Paulo_
Ter, 27/07/2010 - 00:08
_Paulo_:
Membro desde: 14.01.2010
Eu ele e o pinheirito wrote:

Ainda bem que, de vez em quando, as limpezas aos posts são bem feitas. Quando não se tem algo a acrescentar de positivo ou útil, mais vale ficar-se calado.

É a tua interpretação. Podias provar o que dizes?
Eu só quis ajudar!

"Ever tried. Ever failed. No matter.
Try again. Fail again. Fail better."
[Samuel Beckett]

Retrato de Eu ele e o pinheirito
Ter, 27/07/2010 - 01:43
Eu ele e o pinheirito:
Membro desde: 04.03.2009
_Paulo_ wrote:
Eu ele e o pinheirito wrote:

Ainda bem que, de vez em quando, as limpezas aos posts são bem feitas. Quando não se tem algo a acrescentar de positivo ou útil, mais vale ficar-se calado.

É a tua interpretação. Podias provar o que dizes?
Eu só quis ajudar!

Paulo, para já, o teu comentário aqui foi algo do género: "Eu sou de Viana e também faço exorcismos e curo outros males. Aceito cartão de crédito". Inclusive, houve um outro forista que veio aqui citar-te só para dizer que achou graça. Pois eu achei de muito mau tom, tendo em conta que se tratava de alguém a pedir a nossa ajuda e que, já noutro tópico anterior, tinha exposto este problema relativo a um familiar.

Se tenho como provar? Pois, infelizmente, não tenho, pois os posts foram apagados, mas SEI MUITO BEM O QUE DIGO E NÃO TENHO POR HÁBITO MENTIR etão pouco tenho que me justificar perante quem o faz descaradamente.

Don't be sad because of people. They will all die.

Retrato de _Paulo_
Ter, 27/07/2010 - 02:36
_Paulo_:
Membro desde: 14.01.2010
Eu ele e o pinheirito wrote:
_Paulo_ wrote:
Eu ele e o pinheirito wrote:

Ainda bem que, de vez em quando, as limpezas aos posts são bem feitas. Quando não se tem algo a acrescentar de positivo ou útil, mais vale ficar-se calado.

É a tua interpretação. Podias provar o que dizes?
Eu só quis ajudar!

Paulo, para já, o teu comentário aqui foi algo do género: "Eu sou de Viana e também faço exorcismos e curo outros males. Aceito cartão de crédito". Inclusive, houve um outro forista que veio aqui citar-te só para dizer que achou graça. Pois eu achei de muito mau tom, tendo em conta que se tratava de alguém a pedir a nossa ajuda e que, já noutro tópico anterior, tinha exposto este problema relativo a um familiar.

Se tenho como provar? Pois, infelizmente, não tenho, pois os posts foram apagados, mas SEI MUITO BEM O QUE DIGO E NÃO TENHO POR HÁBITO MENTIR etão pouco tenho que me justificar perante quem o faz descaradamente.

Só comentei, porque acho de péssimo gosto depois do comentário ter sido apagado, vires dizer isto:

Eu ele e o pinheirito wrote:

Ainda bem que, de vez em quando, as limpezas aos posts são bem feitas. Quando não se tem algo a acrescentar de positivo ou útil, mais vale ficar-se calado.

Esse comentário acrescenta algo de positivo ou útil?????????

Peço desculpa, porque realmente o meu ultimo comentário está mal construído e pode levar a crer que eu estava a negar o que tinha dito. Não foi essa a intenção. Eu disse exactamente o que transcreves.
Passo a explicar a resposta:
É a tua interpretação. ----> que a limpeza foi bem feita.
Podias provar o que dizes? ----> provar que eu não faço exorcismos e curo outros males.
Eu só quis ajudar! ----> disponibilizei os meus serviços.

Porque decidi brincar com este tópico:
1º- Porque a Sónia já tem outro tópico sobre o mesmo assunto.
2º- Porque agora perguntou pelo padre Henrique, depois vai perguntar pelo X, Y, Z...
3º- Porque já expressei a minha opinião no outro tópico.
4º- Porque acho que a melhor forma de ajudar estas pessoas é mostrar que o que conta são os €uros.
5º- Podia continuar, mas como vai ser tudo apagado....

"Ever tried. Ever failed. No matter.
Try again. Fail again. Fail better."
[Samuel Beckett]

Retrato de Eu ele e o pinheirito
Ter, 27/07/2010 - 02:54
Eu ele e o pinheirito:
Membro desde: 04.03.2009
_Paulo_ wrote:
Eu ele e o pinheirito wrote:
_Paulo_ wrote:
Eu ele e o pinheirito wrote:

Ainda bem que, de vez em quando, as limpezas aos posts são bem feitas. Quando não se tem algo a acrescentar de positivo ou útil, mais vale ficar-se calado.

É a tua interpretação. Podias provar o que dizes?
Eu só quis ajudar!

Paulo, para já, o teu comentário aqui foi algo do género: "Eu sou de Viana e também faço exorcismos e curo outros males. Aceito cartão de crédito". Inclusive, houve um outro forista que veio aqui citar-te só para dizer que achou graça. Pois eu achei de muito mau tom, tendo em conta que se tratava de alguém a pedir a nossa ajuda e que, já noutro tópico anterior, tinha exposto este problema relativo a um familiar.

Se tenho como provar? Pois, infelizmente, não tenho, pois os posts foram apagados, mas SEI MUITO BEM O QUE DIGO E NÃO TENHO POR HÁBITO MENTIR etão pouco tenho que me justificar perante quem o faz descaradamente.

Só comentei, porque acho de péssimo gosto depois do comentário ter sido apagado, vires dizer isto:

Eu ele e o pinheirito wrote:

Ainda bem que, de vez em quando, as limpezas aos posts são bem feitas. Quando não se tem algo a acrescentar de positivo ou útil, mais vale ficar-se calado.

Esse comentário acrescenta algo de positivo ou útil?????????

Peço desculpa, porque realmente o meu ultimo comentário está mal construído e pode levar a crer que eu estava a negar o que tinha dito. Não foi essa a intenção. Eu disse exactamente o que transcreves.
Passo a explicar a resposta:
É a tua interpretação. ----> que a limpeza foi bem feita.
Podias provar o que dizes? ----> provar que eu não faço exorcismos e curo outros males.
Eu só quis ajudar! ----> disponibilizei os meus serviços.

Porque decidi brincar com este tópico:
1º- Porque a Sónia já tem outro tópico sobre o mesmo assunto.
2º- Porque agora perguntou pelo padre Henrique, depois vai perguntar pelo X, Y, Z...
3º- Porque já expressei a minha opinião no outro tópico.
4º- Porque acho que a melhor forma de ajudar estas pessoas é mostrar que o que conta são os €uros.
5º- Podia continuar, mas como vai ser tudo apagado....

Sim, considero o meu comentário positivo e útil, na medida em que se trata de uma, mais uma chamada de atenção (como outras tantas por aí há) para se comentar um post quando se tem algo de importante a dizer no âmbito do mesmo.

Por um lado, vens dizer que sim, que até fazes exorcismos e que foi nessa medida que comentaste. Curioso para quem diz ter esse poder ter escrito em CAPS LOCK a parte em que diz que aceita cartão de crédito, como se isso fosse o mais importante. Curioso foi também o não teres vindo publicamente chamar a atenção da outra forista que te citou pensando que era uma piada, quanto mais não fosse, para não descredibilizar a tua imagem enquanto exorcista e dizendo que não se tratava de uma piada.

Ah, mas espera, por outro lado, acabas de dizer, neste mesmo post, que brincaste com este tópico! Thinking

Espera, estou a ficar cada vez mais baralhada.... Confused Então não é que no outro tópico tu mesmo dizes (e passo a citar):

_Paulo_ wrote:

Tantas pessoas ligadas à ciência a comentar!
€xist€m muitos €€€€xorcistas € afins, € só €scolh€r!

Agora mais a sério. Eu sei que há pessoas que depois de irem a um exorcista/bruxo/vidente/etc. se sentem melhor e algumas até ficam curadas, mas não é por nenhum poder "especial" que eles possam ter. É pura e simplesmente por acreditam e aquilo funciona como um placebo.

Placebo (do latim placere, significando "agradarei") é como se denomina um fármaco ou procedimento inerte, e que apresenta efeitos terapêuticos devido aos efeitos fisiológicos da crença do paciente de que está a ser tratado.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Placebo[/quote]

Ficamos em quê? Nerd

Don't be sad because of people. They will all die.

Retrato de _Paulo_
Ter, 27/07/2010 - 03:19
_Paulo_:
Membro desde: 14.01.2010
Eu ele e o pinheirito wrote:
_Paulo_ wrote:
Eu ele e o pinheirito wrote:
_Paulo_ wrote:
Eu ele e o pinheirito wrote:

Ainda bem que, de vez em quando, as limpezas aos posts são bem feitas. Quando não se tem algo a acrescentar de positivo ou útil, mais vale ficar-se calado.

É a tua interpretação. Podias provar o que dizes?
Eu só quis ajudar!

Paulo, para já, o teu comentário aqui foi algo do género: "Eu sou de Viana e também faço exorcismos e curo outros males. Aceito cartão de crédito". Inclusive, houve um outro forista que veio aqui citar-te só para dizer que achou graça. Pois eu achei de muito mau tom, tendo em conta que se tratava de alguém a pedir a nossa ajuda e que, já noutro tópico anterior, tinha exposto este problema relativo a um familiar.

Se tenho como provar? Pois, infelizmente, não tenho, pois os posts foram apagados, mas SEI MUITO BEM O QUE DIGO E NÃO TENHO POR HÁBITO MENTIR etão pouco tenho que me justificar perante quem o faz descaradamente.

Só comentei, porque acho de péssimo gosto depois do comentário ter sido apagado, vires dizer isto:

Eu ele e o pinheirito wrote:

Ainda bem que, de vez em quando, as limpezas aos posts são bem feitas. Quando não se tem algo a acrescentar de positivo ou útil, mais vale ficar-se calado.

Esse comentário acrescenta algo de positivo ou útil?????????

Peço desculpa, porque realmente o meu ultimo comentário está mal construído e pode levar a crer que eu estava a negar o que tinha dito. Não foi essa a intenção. Eu disse exactamente o que transcreves.
Passo a explicar a resposta:
É a tua interpretação. ----> que a limpeza foi bem feita.
Podias provar o que dizes? ----> provar que eu não faço exorcismos e curo outros males.
Eu só quis ajudar! ----> disponibilizei os meus serviços.

Porque decidi brincar com este tópico:
1º- Porque a Sónia já tem outro tópico sobre o mesmo assunto.
2º- Porque agora perguntou pelo padre Henrique, depois vai perguntar pelo X, Y, Z...
3º- Porque já expressei a minha opinião no outro tópico.
4º- Porque acho que a melhor forma de ajudar estas pessoas é mostrar que o que conta são os €uros.
5º- Podia continuar, mas como vai ser tudo apagado....

Sim, considero o meu comentário positivo e útil, na medida em que se trata de uma, mais uma chamada de atenção (como outras tantas por aí há) para se comentar um post quando se tem algo de importante a dizer no âmbito do mesmo.

Por um lado, vens dizer que sim, que até fazes exorcismos e que foi nessa medida que comentaste. Curioso para quem diz ter esse poder ter escrito em CAPS LOCK a parte em que diz que aceita cartão de crédito, como se isso fosse o mais importante. Curioso foi também o não teres vindo publicamente chamar a atenção da outra forista que te citou pensando que era uma piada, quanto mais não fosse, para não descredibilizar a tua imagem enquanto exorcista e dizendo que não se tratava de uma piada.

Ah, mas espera, por outro lado, acabas de dizer, neste mesmo post, que brincaste com este tópico! Thinking

Espera, estou a ficar cada vez mais baralhada.... Confused Então não é que no outro tópico tu mesmo dizes (e passo a citar):

_Paulo_ wrote:

Tantas pessoas ligadas à ciência a comentar!
€xist€m muitos €€€€xorcistas € afins, € só €scolh€r!

Agora mais a sério. Eu sei que há pessoas que depois de irem a um exorcista/bruxo/vidente/etc. se sentem melhor e algumas até ficam curadas, mas não é por nenhum poder "especial" que eles possam ter. É pura e simplesmente por acreditam e aquilo funciona como um placebo.

Placebo (do latim placere, significando "agradarei") é como se denomina um fármaco ou procedimento inerte, e que apresenta efeitos terapêuticos devido aos efeitos fisiológicos da crença do paciente de que está a ser tratado.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Placebo

Ficamos em quê? :B[/quote]
Muito simples:
Qualquer um, até eu pode tirar espíritos se a recompensa valer a perda de tempo.
Peço desculpa por achar essas coisas todas uma grande fantochada para comer dinheiro a quem está desesperado e não tem formação para saber que a idade medieval já passou.
Placebos só funcionam com quem acredita, para os outros só com medicamentos ou psicólogos.

"Ever tried. Ever failed. No matter.
Try again. Fail again. Fail better."
[Samuel Beckett]

Retrato de Eu ele e o pinheirito
Ter, 27/07/2010 - 03:29
Eu ele e o pinheirito:
Membro desde: 04.03.2009
_Paulo_ wrote:
Eu ele e o pinheirito wrote:
_Paulo_ wrote:
Eu ele e o pinheirito wrote:
_Paulo_ wrote:
Eu ele e o pinheirito wrote:

Ainda bem que, de vez em quando, as limpezas aos posts são bem feitas. Quando não se tem algo a acrescentar de positivo ou útil, mais vale ficar-se calado.

É a tua interpretação. Podias provar o que dizes?
Eu só quis ajudar!

Paulo, para já, o teu comentário aqui foi algo do género: "Eu sou de Viana e também faço exorcismos e curo outros males. Aceito cartão de crédito". Inclusive, houve um outro forista que veio aqui citar-te só para dizer que achou graça. Pois eu achei de muito mau tom, tendo em conta que se tratava de alguém a pedir a nossa ajuda e que, já noutro tópico anterior, tinha exposto este problema relativo a um familiar.

Se tenho como provar? Pois, infelizmente, não tenho, pois os posts foram apagados, mas SEI MUITO BEM O QUE DIGO E NÃO TENHO POR HÁBITO MENTIR etão pouco tenho que me justificar perante quem o faz descaradamente.

Só comentei, porque acho de péssimo gosto depois do comentário ter sido apagado, vires dizer isto:

Eu ele e o pinheirito wrote:

Ainda bem que, de vez em quando, as limpezas aos posts são bem feitas. Quando não se tem algo a acrescentar de positivo ou útil, mais vale ficar-se calado.

Esse comentário acrescenta algo de positivo ou útil?????????

Peço desculpa, porque realmente o meu ultimo comentário está mal construído e pode levar a crer que eu estava a negar o que tinha dito. Não foi essa a intenção. Eu disse exactamente o que transcreves.
Passo a explicar a resposta:
É a tua interpretação. ----> que a limpeza foi bem feita.
Podias provar o que dizes? ----> provar que eu não faço exorcismos e curo outros males.
Eu só quis ajudar! ----> disponibilizei os meus serviços.

Porque decidi brincar com este tópico:
1º- Porque a Sónia já tem outro tópico sobre o mesmo assunto.
2º- Porque agora perguntou pelo padre Henrique, depois vai perguntar pelo X, Y, Z...
3º- Porque já expressei a minha opinião no outro tópico.
4º- Porque acho que a melhor forma de ajudar estas pessoas é mostrar que o que conta são os €uros.
5º- Podia continuar, mas como vai ser tudo apagado....

Sim, considero o meu comentário positivo e útil, na medida em que se trata de uma, mais uma chamada de atenção (como outras tantas por aí há) para se comentar um post quando se tem algo de importante a dizer no âmbito do mesmo.

Por um lado, vens dizer que sim, que até fazes exorcismos e que foi nessa medida que comentaste. Curioso para quem diz ter esse poder ter escrito em CAPS LOCK a parte em que diz que aceita cartão de crédito, como se isso fosse o mais importante. Curioso foi também o não teres vindo publicamente chamar a atenção da outra forista que te citou pensando que era uma piada, quanto mais não fosse, para não descredibilizar a tua imagem enquanto exorcista e dizendo que não se tratava de uma piada.

Ah, mas espera, por outro lado, acabas de dizer, neste mesmo post, que brincaste com este tópico! Thinking

Espera, estou a ficar cada vez mais baralhada.... Confused Então não é que no outro tópico tu mesmo dizes (e passo a citar):

_Paulo_ wrote:

Tantas pessoas ligadas à ciência a comentar!
€xist€m muitos €€€€xorcistas € afins, € só €scolh€r!

Agora mais a sério. Eu sei que há pessoas que depois de irem a um exorcista/bruxo/vidente/etc. se sentem melhor e algumas até ficam curadas, mas não é por nenhum poder "especial" que eles possam ter. É pura e simplesmente por acreditam e aquilo funciona como um placebo.

Placebo (do latim placere, significando "agradarei") é como se denomina um fármaco ou procedimento inerte, e que apresenta efeitos terapêuticos devido aos efeitos fisiológicos da crença do paciente de que está a ser tratado.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Placebo

Ficamos em quê? :B

Muito simples:
Qualquer um, até eu pode tirar espíritos se a recompensa valer a perda de tempo.
Peço desculpa por achar essas coisas todas uma grande fantochada para comer dinheiro a quem está desesperado e não tem formação para saber que a idade medieval já passou.
Placebos só funcionam com quem acredita, para os outros só com medicamentos ou psicólogos.[/quote]

E ficamos exactamente onde começámos. Penso que deixaste tudo explícito. A explicação do que eu disse lá em cima está à vista de todos.

Eu não sou ninguém para criticar quem tem as suas crenças, sejam

elas consideradas retrógoadas ou infunfadas, não sou ninguém para dizer se estas coisas são reais ou não porque, até ao momento, só tenho uma certeza: sei/conheço pouquíssimas coisas comparativamente ao volume de conhecimentos que ainda vou adquirir ao longo da vida e comparativamente àquilo que a Humanidade em geral ainda desconhece. Até te digo mais, falo com conhecimento de causa: tenho pessoas na família, testemunhos directos de pessoas a quem aconteceram coisas inexplicáveis (pelo menos, até ao momento) e outras ligadas à medicina e que são as primeiras a admitir que há muitos fenómenos ainda por desvendar e para os quais a medicina não tem resposta. Portanto, enquanto não há certezas disto ou daquilo, há que manter várias hipóteses em aberto, mesmo que pareçam ridículas.

Mas isto é só a minha opinião.

Don't be sad because of people. They will all die.

Retrato de _Paulo_
Ter, 27/07/2010 - 03:49
_Paulo_:
Membro desde: 14.01.2010
Eu ele e o pinheirito wrote:

E ficamos exactamente onde começámos. Penso que deixaste tudo explícito. A explicação do que eu disse lá em cima está à vista de todos.

Eu não sou ninguém para criticar quem tem as suas crenças, sejam

elas consideradas retrógoadas ou infunfadas, não sou ninguém para dizer se estas coisas são reais ou não porque, até ao momento, só tenho uma certeza: sei/conheço pouquíssimas coisas comparativamente ao volume de conhecimentos que ainda vou adquirir ao longo da vida e comparativamente àquilo que a Humanidade em geral ainda desconhece. Até te digo mais, falo com conhecimento de causa: tenho pessoas na família, testemunhos directos de pessoas a quem aconteceram coisas inexplicáveis (pelo menos, até ao momento) e outras ligadas à medicina e que são as primeiras a admitir que há muitos fenómenos ainda por desvendar e para os quais a medicina não tem resposta. Portanto, enquanto não há certezas disto ou daquilo, há que manter várias hipóteses em aberto, mesmo que pareçam ridículas.
Mas isto é só a minha opinião.

Tenho pena de não ter dito tudo no inicio. Está a vista de todos a minha opinião, QUAL É O PROBLEMA?????????
A tua opinião é essa, a minha é diferente. Podem conviver?
O que a ciência não consegue explicar, um dia conseguirá.
As outras "coisas" não são para entender, são segredos e mistérios.
Eu só acredito no que é explicável!

"Ever tried. Ever failed. No matter.
Try again. Fail again. Fail better."
[Samuel Beckett]

Retrato de EmFlor
Ter, 27/07/2010 - 11:25
EmFlor:
Membro desde: 10.12.2008

"O que a ciência não consegue explicar, um dia conseguirá.
As outras "coisas" não são para entender, são segredos e mistérios.
Eu só acredito no que é explicável!"

A ciência não é absoluta...para mim não explica...descreve apenas factos...ou seja o "Como" e não o "porquê"?

Temos imensos casos de fisicos, cientistas, médicos que são ou se tornam religiosos ao longo da vida...porque percebem que há algo mais. O universo é tão perfeito com todas as suas leis, o mecanismo de funcionamento do ser humano é tão perfeito que a mim, me custa acreditar que é obra do acaso.

Deixo aqui umas citações retiradas da Wikipédia, proferidas por Albert Einstein, um homem ou antes génio da ciência.

""Albert Einstein (em alemão AFI: [ˈalbɐt ˈaɪ̯nʃtaɪ̯n] (áudio) (ajuda·info), em inglês: AFI: [ˈælbɝt ˈaɪnstaɪn]; Ulm, 14 de Março de 1879 — Princeton, 18 de Abril de 1955) foi um físico teórico alemão radicado nos Estados Unidos.

100 físicos renomados o elegeram, em 2009, o mais memorável físico de todos os tempos.[1]

É conhecido por desenvolver a teoria da relatividade. Recebeu o Nobel de Física de 1921, pela correta explicação do efeito fotoeléctrico; no entanto, o prémio só foi anunciado em 1922. O seu trabalho teórico possibilitou o desenvolvimento da energia atômica, apesar de não prever tal possibilidade.

Devido à formulação da teoria da relatividade, Einstein tornou-se mundialmente famoso. Nos seus últimos anos, sua fama excedeu a de qualquer outro cientista na cultura popular: "Einstein" tornou-se um sinónimo de génio. Foi por exemplo eleito pela revista Time como a "Pessoa do Século", e a sua face é uma das mais conhecidas em todo o mundo. Em 2005 celebrou-se o Ano Internacional da Física, em comemoração aos cem anos do chamado "Annus Mirabilis" (ano miraculoso) de Einstein, em que este publicou quatro dos mais fundamentais artigos cientifícos da física do século XX. Em sua honra, foi atribuído o seu nome a uma unidade usada na fotoquímica, o einstein, bem como a um elemento químico, o einstênio.

Einstein era religioso, no entanto não professava a fé judaica. Do ponto de vista religioso, ele se encontrava entre o panteísmo de Baruch Spinoza e o deísmo na qual se acredita que é com a razão, e não com a Fé, que se chega a Deus. Alguns historiadores argumentam que, devido a suas declarações, tanto panteístas quanto deístas ao longo de sua vida, talvez ele seja melhor classificado como um pandeísta.[carece de fontes?]

Acreditava que Deus se revelava através da harmonia das leis da natureza e rejeitava o Deus pessoal que intervém na História. Era também crente no total determinismo do universo e excluía a possibilidade do livre arbítrio dos seres humanos. Para Einstein "o Homem é livre de fazer o que quer, mas não é livre de querer o que quer", o que significa que o Homem age sempre de forma compulsiva, sem uma verdadeira liberdade, todos os seus actos sendo determinados pelas leis da natureza."

Algumas citações:

""Triste época! É mais fácil desintegrar um átomo do que um preconceito ""

""A ciência sem a religião é coxa, a religião sem a ciência é cega ""

""A religião cósmica é o móvel mais poderoso e mais generoso da pesquisa científica""

Retrato de _Paulo_
Ter, 27/07/2010 - 12:33
_Paulo_:
Membro desde: 14.01.2010
EmFlor wrote:

A ciência não é absoluta...para mim não explica...descreve apenas factos...ou seja o "Como" e não o "porquê"?

Não concordo nada com essa afirmação.
Por exemplo a electrólise da agua, sabemos como fazer e porque acontece. O computador, o carro, etc.
Na religião também existem explicações racionais para quase tudo.

EmFlor wrote:

"Einstein era religioso, no entanto não professava a fé judaica. Do ponto de vista religioso, ele se encontrava entre o panteísmo de Baruch Spinoza e o deísmo na qual se acredita que é com a razão, e não com a Fé, que se chega a Deus."

Saliento"...acredita que é com a razão, e não com a Fé, que se chega a Deus."

"Ever tried. Ever failed. No matter.
Try again. Fail again. Fail better."
[Samuel Beckett]

Retrato de EmFlor
Ter, 27/07/2010 - 12:44
EmFlor:
Membro desde: 10.12.2008
_Paulo_ wrote:

Não concordo nada com essa afirmação.
Por exemplo a electrólise da agua, sabemos como fazer e porque acontece. O computador, o carro, etc.
....
Saliento"...acredita que é com a razão, e não com a Fé, que se chega a Deus."

Sabemos como fazer a electrolise da água...correcto. Conhecemos os processos químicos e como utilizá-los. Conhecemos as leis de Coulomb para as cargas eléctricas e a de atracção gravitacional.
Todas estas leis foram descritas de forma empírica ou seja com base na observação e medição da realidade. Mas o porquê??
O que leva a que electrões sejam atraidos pelos protões??
Porque é que existe interacção entre massas??

Há sempre mais um porquê!!

Retrato de _Paulo_
Ter, 27/07/2010 - 13:35
_Paulo_:
Membro desde: 14.01.2010
EmFlor wrote:

Sabemos como fazer a electrolise da água...correcto. Conhecemos os processos químicos e como utilizá-los. Conhecemos as leis de Coulomb para as cargas eléctricas e a de atracção gravitacional.
Todas estas leis foram descritas de forma empírica ou seja com base na observação e medição da realidade. Mas o porquê??
O que leva a que electrões sejam atraidos pelos protões??
Porque é que existe interacção entre massas??

Há sempre mais um porquê!!

Certamente existe uma explicação para isso, teria que pesquisar, e depois surgirão novas perguntas. Foi assim que se começou com o objectivo de acender uma lâmpada, e chegamos ao actual nível da electrónica.
De qualquer forma, a explicação anterior já está melhor fundamentada do que a criação do universo por Deus ou o primeiro homem ser Adão.

"Ever tried. Ever failed. No matter.
Try again. Fail again. Fail better."
[Samuel Beckett]

Retrato de EmFlor
Ter, 27/07/2010 - 13:44
EmFlor:
Membro desde: 10.12.2008

Acreditas que todas estas leis da Fisica e da Quimica que regem o Universo, que demoraram milénios a ser descritas e continuam a ser estudadas por milhões...são pura obra do acaso??

Retrato de Maria Joaquina
Ter, 27/07/2010 - 13:44
Maria Joaquina:
Membro desde: 22.07.2010

Mais importante que ajudar a Sónia a encontrar o que precisa será ajudá-la a compreender que o poderia ter feito no post criado inicialmente, onde pediu ajuda para o familiar. A criação deste tipo de tópicos "atafulha" os servidores que começam a ficar mais lentos. Acho que as regras de ouro do fórum deviam ser respeitadas e os moderadores deste espaço mais interventivos neste tipo de situações. Tenho anos de experiência em fóruns e há alguns que são tão restritivos que expulsam elementos ao mínimo deslize. Não digo que seja o mais correcto, mas deveria haver uma mensagem dos moderadores a explicar as razões de eliminar e/ou itegrar tópicos noutros existentes.

Nota: eu sei que diariamente se registam milhares de novos tópicos nos 3 fóruns e sei que o trabalho dos moderadores não é fácil!

Maria Joaquina

Retrato de Eu ele e o pinheirito
Ter, 27/07/2010 - 14:19
Eu ele e o pinheirito:
Membro desde: 04.03.2009

_Paulo_ wrote:
Tenho pena de não ter dito tudo no inicio. Está a vista de todos a minha opinião, QUAL É O PROBLEMA?????????
A tua opinião é essa, a minha é diferente. Podem conviver?
O que a ciência não consegue explicar, um dia conseguirá.
As outras "coisas" não são para entender, são segredos e mistérios.
Eu só acredito no que é explicável!

ó Paulo, preferes que eu te explique como se estivesse a falar para uma criança de 5 anos ou preferes que te faça um desenho? Desculpa lá, mas os teus posts falam por ti e nem eu precisava de te estar a responder novamente.

OBJECTIVAMENTE FALANDO: o problema residiu unicamente no facto de teres respondido no gozo a alguém que veio ao fórum expôr um problema pessoal no sentido de procurar ajuda. Se não querias ajudar, ficavas calado.

SUBJECTIVAMENTE FALANDO: sim, é uma tendência actual dizer mal da religião, da fé, das crenças, da mística de cada um. Está fora de moda a religião, não é isso? É coisa de velhos e de pessoas incultas que não pensam pela própria cabeça. Pois sabes o que eu penso? De velho, de retrógado e de inculto é ser-se tão rígido no que se pensa e no que se crê que não se consegue manter a mente aberta para os assuntos que nós, pessoas, formiguinhas insignificantes neste universo imenso desconhecemos. Mais: tenho para mim que a vida humana será uma tristeza, perderá o seu encanto ou terá o seu fim no dia em que não houver algo mais para desvendar.

Resumindo e concluindo (e concordando com o que disse a EmFlor): não é o que se diz, É A FORMA COMO SE DIZ.

Don't be sad because of people. They will all die.

Retrato de _Paulo_
Ter, 27/07/2010 - 16:33
_Paulo_:
Membro desde: 14.01.2010
EmFlor wrote:

Acreditas que todas estas leis da Fisica e da Quimica que regem o Universo, que demoraram milénios a ser descritas e continuam a ser estudadas por milhões...são pura obra do acaso??

Não acho que seja obra do acaso, existem teorias que explicam tudo. Podem não estar correctas e certamente não estão encerradas, são evolutivas.
Agora as coisas para as quais não tenho respostas, não as atribuo a uma "força" para a qual nunca existirá explicação. A explicação irá aparecer.

"Ever tried. Ever failed. No matter.
Try again. Fail again. Fail better."
[Samuel Beckett]

Retrato de EmFlor
Ter, 27/07/2010 - 16:45
EmFlor:
Membro desde: 10.12.2008

Eu não deixo de concordar contigo...mas uma teoria evolutiva...implica evolução a partir de algo.

Retrato de _Paulo_
Ter, 27/07/2010 - 16:47
_Paulo_:
Membro desde: 14.01.2010
Eu ele e o pinheirito wrote:

ó Paulo, preferes que eu te explique como se estivesse a falar para uma criança de 5 anos ou preferes que te faça um desenho? Neutral Desculpa lá, mas os teus posts falam por ti e nem eu precisava de te estar a responder novamente.

Não precisas falar como para uma criança de 5 anos nem fazer um desenho. Podes falar para um adulto de 30 anos.
Tens é que falar como uma pessoa da tua idade e não como uma criança de 5 anos!

Não sigo tendências actuais nem retrogradas, sigo as minhas ideias e discuto-as com quem as conseguir discutir.

Eu ele e o pinheirito wrote:

Pois sabes o que eu penso? De velho, de retrógado e de inculto é ser-se tão rígido no que se pensa e no que se crê que não se consegue manter a mente aberta para os assuntos que nós, pessoas, formiguinhas insignificantes neste universo imenso desconhecemos.

No máximo, eu tenho a mente fechada para as tuas ideias, e tu tens para as minhas.
Já morreu muita gente por achar que o Sol girava em torno da terra!

Eu ele e o pinheirito wrote:

Mais: tenho para mim que a vida humana será uma tristeza, perderá o seu encanto ou terá o seu fim no dia em que não houver algo mais para desvendar.

Aqui concordo contigo, embora por motivos diferentes. Quando desvendar-mos tudo que vamos fazer? O que vale é que eu acho que haverá sempre mais qualquer coisa para descobrir.

"Ever tried. Ever failed. No matter.
Try again. Fail again. Fail better."
[Samuel Beckett]

Retrato de Catarina Neves
Ter, 27/07/2010 - 16:52
Catarina Neves:
Membro desde: 06.05.2008

... o que vou dizer a seguir, não tem por objectivo ofender-te ou desejar-te algum mal. O que desejo profundamente é que NUNCA, EM TEMPO ALGUM, passes por uma situação desesperante que te faça colocar em cima da mesa, hipóteses que não são explicadas pela ciência.

Retrato de _Paulo_
Ter, 27/07/2010 - 16:56
_Paulo_:
Membro desde: 14.01.2010
EmFlor wrote:

Eu não deixo de concordar contigo...mas uma teoria evolutiva...implica evolução a partir de algo.

Essa tem sido a maior dificuldade. Descobrir o que se passou à milhões de anos não é fácil, e acho que nunca passará de uma teoria. Estamos a criar uma teoria a partir de outra teoria, basta haver uma incorrecção para tudo o resto estar errado.
É capaz de ser mais fácil prever o futuro do universo do que o passado.

"Ever tried. Ever failed. No matter.
Try again. Fail again. Fail better."
[Samuel Beckett]

Retrato de Maria Joaquina
Ter, 27/07/2010 - 17:08
Maria Joaquina:
Membro desde: 22.07.2010
_Paulo_ wrote:
EmFlor wrote:

Eu não deixo de concordar contigo...mas uma teoria evolutiva...implica evolução a partir de algo.

Essa tem sido a maior dificuldade. Descobrir o que se passou à milhões de anos não é fácil, e acho que nunca passará de uma teoria.

É por causa dessa questão que se construiu no CERN o acelerador de partículas que vai tentar "reproduzir" o Big-Bang, explicando certos buracos na ciência (entenda-se teoria). Cheira-me que vai surgir um novo paradigma...

Maria Joaquina

Retrato de _Paulo_
Ter, 27/07/2010 - 17:16
_Paulo_:
Membro desde: 14.01.2010
Catarina Neves wrote:

... o que vou dizer a seguir, não tem por objectivo ofender-te ou desejar-te algum mal. O que desejo profundamente é que NUNCA, EM TEMPO ALGUM, passes por uma situação desesperante que te faça colocar em cima da mesa, hipóteses que não são explicadas pela ciência.

Só agradeço que se algum dia tiver uma situação dessas, alguém me chame à razão. Não acho que isso possa aliviar o desespero, a maior parte das vezes só o aumenta. Existe uma igreja que tem claramente nas suas regras que o pagamento do dizimo deve ser feito mesmo que precise do dinheiro para outra coisa.
Conheço alguns casos de pessoas que desistem dos médicos para ir a curandeiros.
Não acho que fiquem a ganhar.

"Ever tried. Ever failed. No matter.
Try again. Fail again. Fail better."
[Samuel Beckett]

Retrato de EmFlor
Ter, 27/07/2010 - 17:34
EmFlor:
Membro desde: 10.12.2008

Crenças todos nós as temos e muitas teorias cientificas não passam disso.
Nós hoje acreditamos em teorias que daqui a alguns séculos estarão completemente ultrapassadas.

Eu acredito na evolução do pensamento cientifico, mas isso não põe em causa as minhas convicções religiosas. Tenho-as e sou mais feliz assim.

Na minha opinião, alguns ateus convictos passam mais tempo a tentar provar que não há nada...para além disto do que a viver a vida, que para eles é a única que têm.

Falo aqui por exemplo de Saramago. Um homem ateu que dedicou parte da vida a estudar aquilo em que não acreditava, com o intuito de destruir a fé dos outros - sim porque ele escreveu pelo menos 3 livros sobre o tema religião. Se eu não acreditar em algo ou não tiver necessidade disso, não vou perder tempo com isso.

Retrato de Eu ele e o pinheirito
Ter, 27/07/2010 - 19:29
Eu ele e o pinheirito:
Membro desde: 04.03.2009

_Paulo_ wrote:

Eu ele e o pinheirito wrote:

ó Paulo, preferes que eu te explique como se estivesse a falar para uma criança de 5 anos ou preferes que te faça um desenho? Desculpa lá, mas os teus posts falam por ti e nem eu precisava de te estar a responder novamente.

Não precisas falar como para uma criança de 5 anos nem fazer um desenho. Podes falar para um adulto de 30 anos.
Tens é que falar como uma pessoa da tua idade e não como uma criança de 5 anos!

Perguntei isto porque gastei o meu latim contigo e foi o mesmo que estar calada. Só não vê quem não quer.

_Paulo_ wrote: Não sigo tendências actuais nem retrogradas, sigo as minhas ideias e discuto-as com quem as conseguir discutir.

Eu ele e o pinheirito wrote:
Pois sabes o que eu penso? De velho, de retrógado e de inculto é ser-se tão rígido no que se pensa e no que se crê que não se consegue manter a mente aberta para os assuntos que nós, pessoas, formiguinhas insignificantes neste universo imenso desconhecemos.

No máximo, eu tenho a mente fechada para as tuas ideias, e tu tens para as minhas.

Estás redondamente enganado. Eu sou intolerante apenas para com a intolerância, para com a falta de abertura de ideias, que é exactamente o que demonstras ter. Não deixas o mínimo espaço para a existência de dúvidas e, na minha modesta opinião, é esse o teu erro e o de muitas outras pessoas.

_Paulo_ wrote:

Eu ele e o pinheirito wrote:
Mais: tenho para mim que a vida humana será uma tristeza, perderá o seu encanto ou terá o seu fim no dia em que não houver algo mais para desvendar.

Aqui concordo contigo, embora por motivos diferentes. Quando desvendar-mos tudo que vamos fazer? O que vale é que eu acho que haverá sempre mais qualquer coisa para descobrir.

Enganas-te novamente. A tua linha de pensamento é a da razão pura e dura, o que culmina na conclusão de que a razão permitirá ao Homem alcançar a verdade plena e absoluta um dia...

Se queres continuar para uma discussão mais de tipo filosófico, então aconselho-te a fazeres umas leituras antes.

Don't be sad because of people. They will all die.

Retrato de Eu ele e o pinheirito
Ter, 27/07/2010 - 19:32
Eu ele e o pinheirito:
Membro desde: 04.03.2009
_Paulo_ wrote:
Catarina Neves wrote:

... o que vou dizer a seguir, não tem por objectivo ofender-te ou desejar-te algum mal. O que desejo profundamente é que NUNCA, EM TEMPO ALGUM, passes por uma situação desesperante que te faça colocar em cima da mesa, hipóteses que não são explicadas pela ciência.

Só agradeço que se algum dia tiver uma situação dessas, alguém me chame à razão. Não acho que isso possa aliviar o desespero, a maior parte das vezes só o aumenta. Existe uma igreja que tem claramente nas suas regras que o pagamento do dizimo deve ser feito mesmo que precise do dinheiro para outra coisa.
Conheço alguns casos de pessoas que desistem dos médicos para ir a curandeiros.
Não acho que fiquem a ganhar.

E novamente o discurso do bota-abaixo porque é fixe falar mal da Igreja.
Juro que não percebo isto.

Então e se eu te disser que também existem médicos que encaminham pacientes para outras alternativas?

Don't be sad because of people. They will all die.

Retrato de _Paulo_
Qua, 28/07/2010 - 05:56
_Paulo_:
Membro desde: 14.01.2010

Eu respeito as crenças religiosas, nem estou aqui para mudar ou estragar a fé de ninguém. Também se alguém sentir a sua fé abalada pelas palavras que eu disse, está na altura de questionar se realmente acredita.
Faço questão de salientar que uma coisa são as religiões, que respeito, e outra são as seitas que abomino.
Não concordo que o Saramago quisesse destruir a fé de alguém. Ele simplesmente provocava as pessoas e fazia-as questionarem o que lhes era dito pela igreja.
Eu sou ateu, mas já fui católico, li uma boa parte da bíblia, andei na catequese, fiz o crisma, mas houve uma altura em que deixaram de ter respostas para as minhas perguntas e aliado ás contradições entre o que era pregado pelos padres e a forma como toda a igreja vivia, pus um ponto final.
Não sabia que havia médicos a encaminhar doentes para outros tipos de medicina, e até penso que vai contra o código deontológico.
Mas também me disseram que não é para exorcismos como se vê na TV, e eu arrisco a chamar a isso psicologia feita por um padre.

Não era minha intenção ter este tipo de discussão aqui, porque já sei que nestes assuntos, nem a falar cara a cara se obtém uma resposta que não seja um "porque sim." e "porque não.", mas o tópico levou-nos a este ponto.
Chegado aqui, faço um balanço positivo, aprende-se sempre alguma coisa.

"Ever tried. Ever failed. No matter.
Try again. Fail again. Fail better."
[Samuel Beckett]

Retrato de Catarina Neves
Qua, 28/07/2010 - 13:33
Catarina Neves:
Membro desde: 06.05.2008
_Paulo_ wrote:

Não sabia que havia médicos a encaminhar doentes para outros tipos de medicina, e até penso que vai contra o código deontológico.

... garantir a saúde e a vida digna do ser humano.

Terapias complementares (e não alteranativas) começam a ser muito comuns entre a comunidade médica. Os casos mais flagrantes são o Reiki e a Acupunctura.

Retrato de Eu ele e o pinheirito
Qua, 28/07/2010 - 13:52
Eu ele e o pinheirito:
Membro desde: 04.03.2009
Catarina Neves wrote:
_Paulo_ wrote:

Não sabia que havia médicos a encaminhar doentes para outros tipos de medicina, e até penso que vai contra o código deontológico.

... garantir a saúde e a vida digna do ser humano.

Terapias complementares (e não alteranativas) começam a ser muito comuns entre a comunidade médica. Os casos mais flagrantes são o Reiki e a Acupunctura.

tiraste-me total e completamente as palavras da boca! Os médicos fazem o que a sua consciência manda, na medida em que tenham por objectivo SALVAR A VIDA DE ALGUÉM OU AJUDAR A MELHORAR A SAÚDE/CONDIÇÃO DE ALGUÉM. Unica e simplesmente isso.

Don't be sad because of people. They will all die.

Retrato de EmFlor
Qua, 28/07/2010 - 13:58
EmFlor:
Membro desde: 10.12.2008

Não é à toa que ultimamente se fala tanto no efeito placebo...

Parece que a comunidade médica anda a chegar à conclusão que grande parte das doenças fisicas tem causas psicológicas. Stress, ansiedade e depressão manifestam-se com sintomas bem físicos que levam os doentes a procurar especialistas, para doenças que ninguém consegue encontrar.

Outro caso muito frequente é a fibromialgia, que é uma doença altamente incapaciatante, mas é do foro psicológico.

Ao aliviar e curar a mente o corpo agradece. Dai as terapias complementares que a Catarina fala.

E atenção que isso não tem nada que ver com crenças,seitas...ou afins.

Embora eu continue a acreditar que a nossa mente, auto-estima, fé, conceitos que eu confundo um pouco até de propósito, tem um poder imenso. Para mim, e de acordo com o que diz a Biblia - e não podemos esquecer que este livro foi escrito pelos homens e como tal não pode ser interpretado à letra - a nossa fé é que nos salva.
Ou seja, Deus não cura nem castiga. Os nossos actos, os nossos pesamentos podem mudar a nossa vida e operar autênticos milagres, bem como podem directa ou indirectamente interferir com a vida dos outros.

Aliás...quem já assistiu a episódios de hipnose?? Esta é a prova de que a mente humana pode interferir com a mente dos outros.