Mudar ou não tecto falso em madeira??? | A Nossa Vida

Mudar ou não tecto falso em madeira???

Retrato de luarte
09.05.2009 | 01:53
luarte:
Membro desde: 25.07.2006

A casa que eu e o meu marido adquirimos recentemente tem tecto falso em madeira, no hall e na sala.
Como a sala está virada a nordeste, apanha muito pouca luz directa.
Eu e o meu marido pensámos mudar o tecto, antes de irmos para lá; um tecto em pladur branco, mantendo os focos.
Os orçamentos que nos apresentaram andam entre os 1500 e os 1700 euros (para a sala e hall, com pintura de paredes).
É um preço puxadote e além disso estamos indecisos porque madeira é sempre madeira, um produto natural e vamos estar a pagar para colocar material de inferior valor.
Também já nos disseram que tendo em conta a exposição solar da sala, o tecto em madeira é muito melhor pois torna-a mais quente de Inverno.

Já pensámos igualmente em retirar as sancas (frisos) e colocar umas mais finas, pois parece-nos que como as que lá estão são largas, conferem um ar mais pesado.
Informámo-nos e o que nos dizem é que é possível fazer isso só que não há garantias que se consiga um tom igual ao do tecto (ora assim também não interessa muito).
Outra coisa que já nos ocorreu foi mandar pintar o tecto, mas há quem desaconselhe porque para além do trabalhão de decapar o verniz(implicando custos elevados), a madeira está sujeita a contracções e dilatações conforme as temperaturas e acabariam por se notarem diferenças nas uniões das tábuas.

É certo que um tecto em madeira condiciona muito o tipo de decoração da casa, mas como o estilo que gostamos é mais para o rústico/étnico/colonial com apontamentos modernos até que a madeira não fica a destoar. Mas lá está, o tecto não vai deixar de condicionar as nossas escolhas.
Não sabemos muito bem o que fazer...
Qual a vossa opinião?
Obrigada desde já por todas e quaisquer sugestões.


Retrato de NancyMorais
Sáb, 09/05/2009 - 02:07
NancyMorais:
Membro desde: 03.08.2008

Eu sincramente acho o tecto de madeira muito acolhedor... e ainda pra mais se gostam de ambientes rusticos vem mesmo a calhar... Se fosse eu nao mudava. Ainda ra mais parece estar em optimo estado!

Retrato de luarte
Sáb, 09/05/2009 - 02:35
luarte:
Membro desde: 25.07.2006

O tecto é novo. A casa vai fazer 5 anos de construção, mas nós somos os seus primeiros proprietários.
Obrigada pelo teu parecer
Beijinhos

Retrato de NancyMorais
Sáb, 09/05/2009 - 04:04
NancyMorais:
Membro desde: 03.08.2008

entao nao mudes linda. Sao tantas as despesas iniciais... se mais tarde quiserem mudar já é com conciencia que ou se cansaram do tecto em madeira ou que nao fica bem ou seja o que for...
Eu acho mesmo que cria um ambiente muito diferete e muito acolhedor. Beijoka

Retrato de princeso
Sáb, 09/05/2009 - 09:50
princeso:
Membro desde: 06.01.2009

Eu axo que tb nao mudava. Primeiro pk fica mesmo bem com mobilia rustica como gostais e depois pk ta lindo e em estado novo.

Axo k se fosse eu ia viver la primeiro a ver como me sentia e depois so k é k mudava se nao me conseguia habituar.

Mas eu nao mudaria nada. ainda por cima nao é em todas as peças.
Depois o k podes fazer é nao escolher cuadros e accessorios muitos escuros. é so uma primeira ideia.

Beijinhos

Retrato de luarte
Sáb, 09/05/2009 - 10:17
luarte:
Membro desde: 25.07.2006

Obrigada pelas vossas opiniões.
Acho que a mudar o tecto, a melhor altura seria mesmo esta porque a casa está totalmente vazia. Assim quando começassemos a comprar as coisas já estava tudo prontinho. Não teríamos de andar a arrastar móveis para outras divisões, a limpar a poeirada toda que se instalaria naquela e outras divisões.
Mas tenho receio de mudar e depois vir a arrepender-me, porque a madeira está óptima, porque tem bastante valor.
Confesso que me custa desfazer-me do tecto porque ando eu aqui a querer móveis mesmo em madeira maciça, a querer recuperar e reciclar móveis antigos de família e depois estaria a deitar fora "madeira". Parece ser um grande contra-senso.
Há um tempo atrás os tectos em madeira eram uma moda, e havia muita gente até a mandar colocar em suas casas, quase sempre no hall de entrada. Confesso que em apartamento, numa sala nunca tinha visto, só mesmo o da minha casa e de todas as casas iguais à minha na mesma rua.

Retrato de _Pandora_
Sáb, 09/05/2009 - 11:01
_Pandora_:
Membro desde: 23.10.2008

Olá Luarte!

Cá estou eu a dar a minha opinião em coisas para a casa :P, até parece que sou expert no assunto (nada disso), mas gosto muito da temática.

Eu já vivi em duas casas com os dois tipos de tectos falsos, gosto de ambos, mas tecto em branco com as luzes embutidas dá 1 ar muito mais sofisticado e clean à casa, sem dúvida, muito mais elegante, parece logo outra coisa. Contudo, tem um senão, é possível que passados 8 a 10 anos tenha que haver retoques nas juntas das placas de pladur, penso que é feita com gesso. Neste momento é isso que se está a passar na casa dos meus Pais, mas realmente dá 1 toque de elegância muito especial à casa.

Só se experimentares ficar com este durante um tempo, e depois quando te fartares trocas pelo branco. Afinal, agora devem ser tantos gastos ao comprares a casa, que mais este não deve vir nada a calhar.

Beijokas!!! Espero ter ajudado !

Retrato de anabenfica
Sáb, 09/05/2009 - 11:51
anabenfica:
Membro desde: 07.12.2006

No meu hall tb tenho tecto falso em madeira e gosto bastante, dá um ar muito mais acolhedor!

Na sala não tinhamos tecto falso, colocamos recentemente "pladur" por 2 motivos: porque só tinhamos um ponto de luz na sala e queriamos dividar a zona de estar da zona de jantar. Alem disso tinhamos uma lareira inclinada mas com uma inclinação que não gostavamos...por isso aproveitamos a colocação do tecto falso e "endireitamos" a lareira.

Fizemos estas obras pq tenho um amigo que trabalha nisto e fez-me o trabalho que ficou a 1/3 do preço de mercado. Se fosse o preço normal nao faria...nao justificava.

Quanto à tua sala, eu também nao mudava. É certo que o tecto torna a sala mais escura mas podes contrariar isso com a decoração. E se vais decorar a sala num estilo rustico/colonial entao ainda melhor

Se por acaso de decidires a mudar fá-lo já. Eu fiz as obras ja depois de ter coisas em casa e fiquei com tudo cheio de pó!! Desde a cozinha até aos quartos...

Retrato de luarte
Sáb, 09/05/2009 - 13:14
luarte:
Membro desde: 25.07.2006

Nós e as madeiras ihihih
Pois é, no teu caso acho que fizeste muito bem em colocar esse tecto na tua sala, pois deste modo conseguiste resolver alguns problemas que tinhas.

Neste momento eu e o meu marido estamos mais inclinados para mantermos o tecto. Com tantas despesas agora, esses gastos extra não vêm nada a calhar. Mas também é certo que fazendo essas obras o ideal seria agora. Como dá para perceber ainda não estamos totalmente convencidos, pois qualquer uma das opções que tomemos implicará sempre senãos pelo meio.
Como ambos gostamos muito de mistura de mobiliário branco, branco sujo, com madeira natural, acho que poderiamos fazer uma decoração que não tornasse o ambiente demasiado pesado.
Se houver sugestões para dar mais luz à sala sem mexer nos tectos, isso seria o ideal.
Obrigada mais uma vez.
Beijocas.

Retrato de anabenfica
Sáb, 09/05/2009 - 13:32
anabenfica:
Membro desde: 07.12.2006

Luarte,

estou como tu, gosto muito mais de candeeiros. Alem de darem outro ar às divisoes, e de gastarem menos luz há candeeiros q sao autenticas peças de arte!!

Quando colocamos tecto falso toda a gente assumiu que colocaríamos focos...

Retrato de luarte
Sáb, 09/05/2009 - 14:57
luarte:
Membro desde: 25.07.2006

Obrigada pela tua opinião.
Tens razão quando dizes que um tecto em pladur com focos dá um ar mais clean e mais sofisticado. Disso não tenho quaisquer dúvidas.
Mas sabes, contrariamente ao que agora está muito em moda, eu preferia, caso o tecto fosse branco, que o mesmo não tivesse focos mas apenas duas saídas para colocar candeeiros na zona na sala de jantar e na zona da sala de estar. Acho que dá um ar mais acolhedor.
Eu não consigo perceber como é que numa era em que tantos apelos se fazem à poupança de energia, tantas sensibilizações para assumirmos um espírito mais ecológico, tantas preocupações com classes energéticas de electrodomésticos e depois, porque é mais bonito, as construções feitas mais recentemente só nos oferecem salas, hall's, cozinhas, etc... com focos de luz nos tectos. E não me venham dizer que "ah e tal podes regular a intensidade da luz", "ah e tal podes acender apenas uma fase de lâmpadas". Gosta-se sempre mais, mesmo que se opte por lâmpadas economizadoras.
Na casa onde vivo presentemente todos os tectos são brancos com candeeiros e nas zonas onde vimos que precisavamos mais de luz, optámos por colocar luz indirecta, estrategicamente colocada em cima dos móveis altos para que não se ver (estou a falar daquelas lâmpadas tipo barras). Essa luz reflecte no tecto branco e acabamos por nem sequer acender o candeeiro do tecto.
Beijocas e obrigada por passares por aqui

Retrato de luarte
Sáb, 09/05/2009 - 15:17
luarte:
Membro desde: 25.07.2006

Eu acho que os candeiros criam ambientes mais acolhedores e concordo contigo... há uns que são autênticas obras de arte.
Um tecto branco de focos é mais sofisticado e mais clean, mas cria um ambiente mais frio.
No meu caso pessoal e caso viesse a mudar para pladur teria de optar por manter os focos, por causa das ligações electricas que já estão feitas de raiz. A alterar isso implicaria ainda mais custos

Retrato de princeso
Sáb, 09/05/2009 - 20:27
princeso:
Membro desde: 06.01.2009

Ja mostrastes a casa a otras pessoas?? é k ao vido elas podiam dar te ideias tb.
Mas é verdade k pra kem gosta de mobilia antiga, um tecto em madeira fica mesmo lindo lindo, penso eu né.
MAs se nao te sentes bem, é verdade k com um tecto branquinho tambem fica giro.

Bem tou a ver k a final nao te ajudei muito,

Retrato de InesKikas
Dom, 10/05/2009 - 10:32
InesKikas:
Membro desde: 14.02.2009

Olá luarte!

Na minha opinião, penso que deviam manter a madeira!
Tal como tu própria disseste, a madeira dá um ar mais acolhedor, e é mais eficiente em termos térmicos no Inverno. E se a casa for um apartamento, como parece, tens ainda a vantagem de a madeira aumentar o isolamento acústico também!
A juntar a isso, e como tu própria também disseste, se querem apostar numa decoração rústica/étnica, a madeira fica com certeza melhor do que o pladur branco!
A juntar a isto, os custos que isso implica...

Acho que devem manter a madeira E ao ler as tuas respostas todas, acho que também é isso que tu pensas! Ou não?

Retrato de luarte
Dom, 10/05/2009 - 11:52
luarte:
Membro desde: 25.07.2006

As únicas pessoas que conhecem a casa são os meus pais, sogros e irmãos de ambas as partes.
As opiniões deles também reflectem as nossas dúvidas. Compreendo que por vezes se tenha dificuldades em opinar quando estamos numa divisão totalmente vazia e quando estamos mais familiarizados com tectos brancos.

Retrato de luarte
Dom, 10/05/2009 - 11:56
luarte:
Membro desde: 25.07.2006

Sim, a casa é um apartamento.
Sim, é verdade que estou neste momento, e ao contrário do que pensava a algum tempo atrás, mais convencida a manter o tecto em madeira.
Agradeço de qualquer forma sugestões que possam rentabilizar ou criar a ilusão de mais luz no espaço.

Retrato de InesKikas
Dom, 10/05/2009 - 12:55
InesKikas:
Membro desde: 14.02.2009

A questão da luz é sempre complicada, quando não há muita luz natural. Eu tenho o mesmo probema na minha sala.

Mas dado que até tens uma janela grande, e que vai até ao chão, mesmo não tendo sol directo, entra com certeza muita claridade! Agora é uma questão de teres cuidado na escolha dos móveis e dos tecidos.

Opta por tons mais suaves e neutros como cores principais, e depois podes brincar com apontamentos de côr em almofadas, objectos decorativos, móveis de apoio, etc.
Não há nada melhor para reflectir a luz do que móveis claros. E cortinados leves e em tecidos transparentes também são importantes. Eu vou colocar um cortinado transparente, que deixe passar completamente a luz, e depois um mais grosso, para quando queremos mais privacidade (normalmente, é à noite que esse problema surge mais, dado que durante o dia não é muito fácil ver-se para dentro das casas).
Os espelhos também são sempre uma óptima ajuda e, pessoalmente, gosto muito deles como elemento decorativo
Ah! E tenta não colocar muitos móveis em frente às janelas. Bom, móveis móveis, suponho que não vás colocar, mas às vezes colocam-se sofás e isso corta imenso a luz. A própria mesa de jantar, se a fores pôr nessa área, deve estar o mais afastada possível da janela.

Como já vi que gostas de candeeiros, à noite tens o problema resolvido Candeeiros de mesa e de pé dão quase sempre uma luz mais difusa e mais agradável e acolhedora do que os candeeiros de tecto!

Bom, para já, não me lembro de mais nada! Mas também eu ando à procura de formas de "rentabilizar" a luz natural por isso se descobrir mais dicas, ponho-as logo aqui

Retrato de luarte
Dom, 10/05/2009 - 13:36
luarte:
Membro desde: 25.07.2006

Muito obrigada pelas tuas dicas
Algumas também já tinha pensado nelas, outras ainda não tinham ganhado forma.
A sugestão dos cortinados transparentes e dos espelhos achei óptima
É verdade gosto muito de candeiros. Já mandei fazer um abat-jour novo para um que tenho de família
Óptimas dicas que me deste.
Obrigada mesmo
Beijinhos

Retrato de carapim
Dom, 10/05/2009 - 14:16
carapim:
Membro desde: 16.08.2007

bom, eu sinceramente não sou muito fã de focos embutidos no tecto (quer-me parecer que tu também não ), mas não desgosto de tectos falsos em madeira. simplesmente, acho que realmente o tecto em madeira castanha é capaz de te tirar muita luz.
por isso, aqui vai a minha sugestão: não tires mas que tal pintares num tom pastel? por exemplo, cor de alfazema clarinha, a ficar com um ar provençal e casa de campo...sendo o chão em pedra (de resto, muito giro), o tecto de um tom amarelado "estalado" ou manchado em branco também ficaria engraçado, multiplicavas a luz e possivelmente ficaria melhor para conjugar com móveis claros e rústicos... com umas cortinas clarinhas, móveis pintados de branco e alguns retoques de cor eras capaz de ficar com um quartinho todo amoroso...

também acho que devas pensar naquilo em que queres transformar o quartinho. vai ser escritório, quarto de visitas ou um dia quarto de bebé? é que se pensares na hipótese de esse quarto vir a ser para uma criança, pintares o tecto num tom pastel neutro (amarelo clarinho seria uma boa hipótese), torna-o mais acolhedor para um pisquinho... e é uma coisa que podes já deixar "adiantada" para um dia mais tarde

beijinhos

Retrato de InesKikas
Dom, 10/05/2009 - 17:30
InesKikas:
Membro desde: 14.02.2009

De nada

Tenho lido vários tópicos teus e como muitas das tuas dúvidas são as minhas dúvidas, é sempre bom ir partilhando opinões e experiências! Dentro em breve vou começar eu a pôr fotos e a colocar questões, pois tenho muitas, muitas

Eu vi o teu outro tópico da reciclagem de móveis, e acho que fizeste muito bem em aproveitar o candeeiro. Vai ficar muito giro de certeza!

Já agora, vão manter as paredes em branco ou vão pintar? Eu estive há dois dias no Aki a ver tintas com o meu noivo, mas ainda não optámos por nada. Confesso que sou um bocado "alérgica" ao branco-branco, e por isso acho que vou pintar a casa toda (apesar de ser uma casa recente), nem que seja de um branco-sujo ou creme muito clarinho. Tal como tu, tenho falta de luz directa e por isso tenho de optar por cores claras, já que não quero o branco.
Lembrei-me agora de acrescentar que o papel de parede, apesar de muito acolhedor e de poder ficar muito bonito, é inimigo da luz! Enquanto que uma parede pintada de uma côr clara reflecte a luz que lá incidir, o papel tem o efeito inverso!

Beijinhos,

Inês

Retrato de luarte
Seg, 11/05/2009 - 10:07
luarte:
Membro desde: 25.07.2006

Sim, é verdade também não sou fã de tectos com lâmpadas embutidas, mas alterar por essa razão ligações electricas que já foram feitas de raíz não me parece ser boa política, porque implica mexer no tecto todo e transformar tudo.
A divisão em questão não é um quarto, mas uma sala.
A ideia da pintura já me ocorreu, conforme citei no tópico, mas pelas razões que referi coloquei-a de parte.
O estilo provençal é um estilo com que me identifico bastante, mas também acho que um tecto de madeira pintdo fica mais catita se o pé direito da casa for mais alto.
Obrigada pelas tuas sugestões e boas reciclagens para esse lado
Beijinhos.

Retrato de luarte
Seg, 11/05/2009 - 10:24
luarte:
Membro desde: 25.07.2006

"Bota" então para cá essas dúvidas
Eu acho sempre que pela partilha podemos ajudarmo-nos umas às outras.
Eu falo por mim, pois as vossas opiniões têm-me permitido ganhar muitas vezes outras perspectivas sobre as coisas.

Eu também sou assim como tu, prefiro ver as paredes com uma corzinha leve, branco sujo, cores pastéis, etc...
mas mantendo o chão em madeira na sala e hall, acho que vou deixar as paredes brancas porque é a cor ideal para refectir a luz. Tenho mesmo de rentabilizar isso.
Na área dos quartos e porque estes estão virados a sul, apanhando luz todo o dia, estou a pensar dar uma corzinha, mas ainda nada está definido nesse aspecto.
Papel de parede não estou a pensar pôr.
As divisões que queres pintar estão vazias ou mobiladas?
É que eu acho que este facto influencia a nossa visão.
Se estiver mobilada e dependendo da decoração que tenha, o branco das paredes de uma divisão até pode passar despercebido. Se pelo contrário, está vazia cria-nos desconforto por vermos tanto branco do tecto e paredes, pois estamos a ter uma visão integral do espaço.
Beijinhos

Retrato de InesKikas
Seg, 11/05/2009 - 20:01
InesKikas:
Membro desde: 14.02.2009

Sim, no teu caso, se calhar, é melhor deixares mesmo em branco, para conseguires reflectir o máximo de luz possível!
As minhas divisões estão mobiladas, mas não muito. E eu quero mantê-las assim! Salvo seja, porque vou mudar os móveis todos e a decoração também, mas quero mantê-las mais leves, não só por não terem muita luz, mas por algumas não terem áreas muito grandes. Só a cozinha e o escritório é que vão ficar mais preenchidos!

Uma das minhas principais dúvidas prende-se com as cores dos móveis. Agora usa-se imenso o wengué, mas eu já não posso ver o wengué, ou aquele tom preto-castanho, à frente. E, pelas características que já referi, acho que não favorece em nada a casa! Mas também ainda não me consegui decidir por outra madeira ou outro tom... Tenho de continuar a explorar

Vocês já se conseguiram decidir?

Beijinhos!

Inês

Retrato de luarte
Seg, 11/05/2009 - 21:23
luarte:
Membro desde: 25.07.2006

Em relação à cor dos móveis, tudo depende dos gostos pessoais, mas também não vou à bola nem com o wengué, nem com os pretos.
São cores demasiado escuras, com as quais não me identifico e em termos de limpeza nota-se o pozinho todo. Nã, não é para mim.
Gosto de madeira natural tipo teca, gosto do estilo provençal, móveis branquinhos e algumas misturas de cores com outros móveis de madeira maciça.
Não sei se conheces a banak importa, eu por exemplo identifico-me imenso com o tipo de móveis que fabricam.
É uma questão de veres o que mais gostas e a partir daí começares a fazer as tuas escolhas.
Beijocas

Retrato de barbara_brandao
Ter, 12/05/2009 - 01:10
barbara_brandao:
Membro desde: 11.04.2007

Eu adorei o teu tecto (excepto os focos mas pronto) e não lhe fazia nada. É claro que te vai condicionar a decoração mas também te vai dar um ar muito acolhedor à sala. Aproveita este desafio, em vez de pensares na decoração da tua casa sem ter um espaço estuda a melhor maneira de a fazer nesta sala real. Eu imagino-a assim mais para o rústico, com bastantes candeeiros de mesa ou de pé a darem uns pontos de luz, um tapete colorido assim como o da foto, uma mesa corrida de madeira mais rude e um móvel de apoio branco "esfolado".
As outras imagem são outras sugestões, aquele verde/azul clarinho fica lindo com madeira!

Retrato de luarte
Ter, 12/05/2009 - 11:16
luarte:
Membro desde: 25.07.2006

Não sei se leste os meus comentários anteriores, mas também eu prefiro um tecto sem focos. Mas pronto, agora vou ter de me habituar a eles. Vou ver se crio outros pontos de luz na sala para não fazer muito uso destes.
Estou ciente que um tecto de madeira me vai condicionar muito a decoração do espaço, mas acho que essa situação até poderá ser fácil de contornar, tendo em conta o estilo de mobiliário que gosto.
Sabes que as dicas que me sugeres seguem muito a minha linha de ideias para esta sala em concreto.
Achei curioso o tapete que deixaste aqui como imagem, é que eu tenho uma mantinha igualzinha feita em croché
A cor verde/azul clarinhos é linda, sim.
Obrigada pelas sugestões que me deixaste.
Beijinhos.

Retrato de carapim
Ter, 12/05/2009 - 14:51
carapim:
Membro desde: 16.08.2007

bom, já vi que não queres mudar a cor do tecto...pegando na ideia de cor da bárbara, que tal utilizares essa paleta para dar um toque "mares do sul" à sala? fica lindamente com o tecto em madeira...

podes ter as paredes brancas e uma num tom verde-água clarinho, que conjuga lindamente com móveis de madeira castanha escura trabalhada, objectos em tons palha, umas cortinas em pano cru - são mais simples e reflectem mais a luz... podes aproveitar a cadeira de baloiço para aí, mantendo os tons dela, e um ou outro quadro dentro do estilo tahiti por exemplo, um ou outro quadro de gauguin

as poucas imagens inspiradoras que consegui encontrar...

ver aqui também: http://www.janeresture.com/tahiti_gauguin/index.htm

Retrato de luarte
Ter, 12/05/2009 - 18:01
luarte:
Membro desde: 25.07.2006

Obrigada pelas tuas sugestões. Se há cores que gosto muito de ver como elementos decorativos em madeiras são os azuis turquesas e os verdes pistachio
A cadeira de baloiço já está pensada para colocar na sala, vamos lá ver é se conseguimos dar conta dela (está muito maltratada, coitadinha).
Quanto a móveis castanhos escuros, só pretendo colocar mesmo o aparador que tenho no outro tópico e talvez a arca. De resto quero apostar em tons clarinhos.
Obrigada pelas imagens inspiradoras
Beijocas

Retrato de luarte
Qua, 13/05/2009 - 12:56
luarte:
Membro desde: 25.07.2006

InesKikas wrote: Eu vou colocar um cortinado transparente, que deixe passar completamente a luz, e depois um mais grosso, para quando queremos mais privacidade (normalmente, é à noite que esse problema surge mais, dado que durante o dia não é muito fácil ver-se para dentro das casas).

Gostava de te perguntar como tencionas colocar os teus cortinados. Num único varão ou em dois varões? Se for num único varão, os cortinados opacos colocados nas pontas não vão correr para tapar. Se for com dois varões, optas por aqueles cujos suportes estão preparados para a colocação de dois varões? Ou optas por outro estilo?
Eu estou muito pouco informada acerca das possobilidades que poderei escolher. Porque na maior parte das lojas de decoração que vendem varões, só vejo os cilindricos de madeira ou ferro. Gostava de saber quais as melhores opções.

Retrato de InesKikas
Qui, 14/05/2009 - 21:09
InesKikas:
Membro desde: 14.02.2009

Olá Luarte!

Podes fazer das duas formas.
Se puseres num só o que podes fazer, se os cortinados forem daqueles com braçadeiras (não sei se é este o nome, mas é a parte onde se enfia o varão, que é em tiras, e não toda fechada), podes cruzar as 2 ou 3 últimas do cordinado opaco com as 2 ou 3 primeiras do cortinado transparente. Depois o resultado varia consoante os tecidos e o tamanho dos cortinados. Se calhar não dá para o efeito escuridão total, mas depende do que quiseres.
Eu, provavelmente, vou optar por um varão duplo, pelo menos, no quarto de dormir. Deixo-te aqui um exemplo de um do Ikea. Não é o mais bonito, mas assim de repente foi o primeiro que encontrei e dá para explicar a ideia. Esta solução é, sem dúvida, a mais prática e a que acaba por ficar melhor, porque permite-te teres os dois cortinados completamente fechados ao mesmo tempo.
Espreita também no Aki, no Leroy Merlin ou no Brico Marché, que hão-de ter mais variedade!

Há ainda outra hipótese, que eu tive no meu quarto em casa dos meus pais. Vamos lá ver se te consigo explicar isto...
Podes usar daqueles varões, que se usavam mais antes, que sâo de calhas, sabes? Em vez de se enfiar o cortinado no varão, o cortinado é franzido na parte de cima e leva uma espécie de ganchos, que encaixam numas pecinhas que correm nessa calha. Neste caso, podes pôr um desses varões com duas calhas, e pões um cortinado em cada uma. Dá mais trabalho, mas também fica bonito.

Tudo depende do que se queira, dos euros que se quer gastar, e do trabalho que se quer ter!

Espero ter ajudado

Olha já me comecei a decidir quanto às cores dos móveis: o escritório vai ser com móveis em branco. É um branco sujo, não branco gelo. Vai ficar muito giro, espero E o quarto vai ser em castanho, mas não castanho-preto, é castanho mesmo! Castanho chocolate, quase Acho que faz um contraste giro com o tom claro que vou usar na parede e nos tecidos e acessórios.
Agora só falta a sala, que é o pior...

Retrato de luarte
Qui, 14/05/2009 - 22:25
luarte:
Membro desde: 25.07.2006

Era mesmo isso que falava, varão duplo, quando me referi a um varão com dois suportes
Acho que essa é a opção ideal, porque mantém-se a independência de um cortinado em relação ao outro.
Quando se opta por colocar no memso varão os cortinados opacos na ponta e os mais transparentes ao meio, os opacos acabam apenas por desempenhar um efeito apenas decorativo. Eu gostava de aliar essa vertente com o lado prático e útil.
Os cortinados de calhas a que te referes, também conheço. Mas parecem-me menos práticos por causa do franzido e dos ganchinhos. Acho que prefiro optar por algo mais simples que implique fazer apenas a bainha, se for caso disso

Boas notícias em relação aos móveis
Eu também gosto muito dos móveis em tom de chocolate e com elementos decorativos luminosos e coloridos ficam lindos mesmo. O que é preciso é tirar partido dos mesmos.
Acho que o escritório também deve ficar bem giro em branco sujo
Boas compras e boas decorações.
Beijocas