Eu quero ser mãe! Ele? Nem sim nem não... | A Nossa Vida

Eu quero ser mãe! Ele? Nem sim nem não...

Retrato de Tania Poppy
02.03.2019 | 19:14
Tania Poppy:
Membro desde: 05.07.2013

Partilho esta mensagem com um grande aperto no meu coração =(

Namoro a 5 anos, vivemos juntos à 4.
Sempre disse ao meu namorado que desejava ser mãe e ele dizia que também queria ser pai...

Entretanto à 2 anos, perto de eu fazer 30 anos falei com ele e sugeri começarmos os treinos... Ele negou, disse que não era a altura ideal porque não está ainda no trabalho que ambiciona, queria fazer certas coisas antes de ser pai etc etc...

Entretanto estou quase a fazer 32 e voltei a ter a mesma conversa com ele. Nesta ele ficou um bocado ofendido comigo.
Disse que queria ser pai mas ainda não era a altura ideal etc etc... Ele tem 35 anos.

Perguntei-lhe quando seria a altura ideal e recordei-lhe que nós mulheres temos um período fértil diferente dos homens. Além disso eu já sofri 3 cirurgias à anca e o próprio médico diz-me que não devo ser mãe tarde.

O que faço?
Sinto-me super deprimida e infeliz.
Amo o meu namorado mas não sei o que pensar ou fazer...

Já lhe disse que não quero ser daquelas mulheres que deixa a pílula sem o parceiro saber.
A sensação que eu tenho é que com os planos dele nunca será a altura ideal... Será que estou a ser egoísta? Ou que ele é que está a ser egoísta?

Por favor ajudem-me =(


Retrato de Konigvs
Dom, 03/03/2019 - 00:15
Konigvs:
Membro desde: 21.10.2011

Eu já escrevi sobre esse tema. Não tem que ver com egoísmo ou não. Há pessoas que querem ter filhos, outras não. E como fazer num caso em que num casal um quer e o outro não quer?
Num casal as coisas só acontecem quando ambos querem. É assim numa ida ao cinema, no sexo, e é assim na questão dos filhos.

E não deveria o Amor ser sempre o mais importante?

Retrato de Konigvs
Dom, 03/03/2019 - 06:50
Konigvs:
Membro desde: 21.10.2011

O que me parece mais complicado no teu caso é ele nunca ter dito que não queria ser pai...Parecia ter os mesmos planos que tu, mas agora que tu querias avançar com a coisa ele vai resistindo e dando eventuais desculpas, e isso pode esconder alguma deslealdade, não estou a dizer que é, porque as pessoas também têm direito a mudar de opinião.

Imagino que não seja nada fácil estar no teu lugar, mas fala com ele a bem, e tenta perceber os verdadeiros motivos dele. Ele pode ter medos. Medo que a vossa vida mude; que deixem de poder fazer as coisas que fazem; medo que a vossa relação mude; medo de não estar à altura de ser pai; pode ter medo de tanta coisa...

Tenta percebê-lo e faz-lhe ver o teu lado. Mas ameaçá-lo com a possibilidade de o fazeres como muitas mulheres fazem, deixando de tomar a pílula, não acho que seja boa política.

Retrato de Tony Chopper
Seg, 04/03/2019 - 07:51
Tony Chopper:
Membro desde: 28.08.2017

Que desesperado Kvninhas...

Retrato de MOPA
Ter, 02/04/2019 - 18:09
MOPA:
Membro desde: 23.06.2015

Olá!
Pergunta-lhe quando é que é a altura certa. Não aceites um "não sei". Pede-lhe uma data concreta. Final deste ano? Final do próximo ano? Ele já anda na conversa de "não é a altura certa" há 4 anos (quando lhe falaste a primeira vez tinhas 28 anos e atualmente estás quase com 32) . Portanto, está mais na hora dele saber "quando é a altura certa". Se ele presentemente ainda não estiver no tal trabalho que ambiciona como é que vai ser? e se ele nunca tiver o trabalho que ambiciona? um trabalho que nunca teve e um filho que não nasceu...e se já tiver o trabalho que ambiciona mas ainda demorar a fazer essas "certas coisas" antes de ser pai? esperar até quando? até aos 45? nessa altura a gravidez já acarreta outros riscos, e o mais grave, como já foste operada, nessa altura até já não poderás ficar grávida...
Se ele não te der uma resposta concreta das duas uma, ou aceitas a resposta dele e esperas o tempo que for preciso até ele atingir os objectivos que quer (e no meio disto tudo tens que saber onde é que ficas na história) ou então agarras nas tuas coisas e procuras uma pessoa que te faça verdadeiramente feliz.
Na minha opinião quem está a ser egoísta é ele, porque te deixa na expectativa de seres mãe, e secalhar lá bem no fundo a vontade de ser pai não é assim tão grande….
Tudo a correr bem!

Retrato de _deus_vult
Qua, 08/05/2019 - 12:17
_deus_vult:
Membro desde: 17.09.2016

Vou contar duas situações que conheço, uma minha e uma de uma pessoa próxima que conheço.

Eu e o meu marido casámos recentemente e temos um miúdo com 9 anos, mas antes de o termos nenhum de nós queria ter filhos. Estamos juntos desde os nossos 20 anitos mas entretanto e já com o nosso filho na história, mudámos os dois de ideias em relação a ter os filhos, então estamos agora a tentar dar mais uns irmãos ao nosso filho mais velho. Eu tenho faço 35 anos este ano o meu marido faz 34. Não deixa de ser verdade que só agora é que estamos super estáveis financeiramente sempre com a conta poupança a crescer. Mas isto não é algo que se possa dizer "Ah eu sei que para o ano que vem já ganho mais 500 euros e posso ter filhos." Não é assim que a vida funciona. Simplesmente para nós aconteceu assim.

Uma amiga minha sei, que não quer ter filhos. Ponto. É uma daquelas mulheres super independente, super conflituosa tem que ser tudo à maneira dela e não dá o braço a torcer a ninguém. É manipuladora qb e consegue sempre fazer com que aqueles que lhes são mais próximos se sintam culpados por coisas que verdadeiramente não devem. Ela vive com um rapaz há uns 4 anos ou 5 talvez, e sei. por conversas que já tivemos entre nós que ele quer muito ser pai. É um sonho dele, o pai dele foi pai já nos 40 e picos. Ele tem 34 anos e ela 38. Na minha opinião, e claro que posso sempre estar errada, ela está a enrolá-lo com uma granda pinta, como se costuma dizer. Ele ou é parvo ou está-se a aproveitar da situação enquanto não arranja um trabalho melhor e lhe dá com os pés e a troca por uma rapariga mais nova, porque vai ser muito dificil, ou substancialmente mais dificil ser mãe depois dos 40, como todas nós sabemos.

Acho, humildemente que na tua situação, eu não ficaria com ele se tivesse muito o desejo de ser mãe. Esse tipo de coisas são deal-breakers de muitas relações e casamentos. Pensa no caso do Diogo Clemente e da Carolina Deslandes. Ele queria muito ser pai, a ex-mulher dele não, então encontrou outro amor. Acho que fez bem.

Sei que não é nada fácil sair de uma relação e muito menos encontrar outra pessoa de quem gostemos, e com quem queiramos construir uma vida. mas também acho que não temos de nos contentar com pouco e muito menos ter mais tarde ressentimentos para com o outros porque nos sentímos traídas porque o namorado disse que queria filhos e afinal nunca aconteceu.

Beijinho