196 entradas / 0 new
Última entrada
Retrato de sny
Sáb, 27/02/2010 - 18:28
sny:
Membro desde: 27.02.2010

Olá a todas!
Eu também sofro desse mal...começou há mais de 3 anos...acho que a minha vida virou do avesso!!Quando me apareçeu,não fazia ideia do que era,e não fui logo ao médico,pois achava que ía passar.As crises começaram a ser constantes,até fissuras me apareceram!É horrível!Depois passei pela fase de ser vista por mais que um médico,ninguém me dizia ao certo o que era,enfim...Neste momento estou a fazer um tratamento de fluconazol uma vez por mês,durante 7 meses,não tenho sentido nada,mas agora tenho medo de ter relações sexuais,pois tenho medo que piore,para além da dor de deixar de fazer há tanto tempo.Acho que fiquei afectada psicologicamente.

Retrato de Mil Folhas
Seg, 08/03/2010 - 14:32
Mil Folhas:
Membro desde: 20.05.2008

Olá
Pois é, ainda eu achava que estava mal.

Sofro do mesmo mal que todas vocês mas(felizmente) com uma grande diferença, nunca tive fissuras nem feridas. A única coisa que tenho (e já não é pouco) é corrimento constante e por vezes uma sensação de ardência.

Já usei rosalgin líquido para lavar dentro e em pó (mistura-se na água). Da primeira vez tanto eu como o meu marido fizemos tratamento, mas depois disso não voltamos a fazer.

Uso fluconazol comprimidos, já coloquei óvulos e a verdade é que o corrimento continua.

SMY acredito que estejas a ficar psicológicamente afectada tenho-te a dizer que deves procurar um bom médico especialista que veja realmente o que se passa.
O primeiro especialista a que fui nem suspeitou o que eu tinha. Deu-me antibióticos e mais porcarias que só me fizeram pior.

Tenta não ter relações enquanto estás assim pois isso, com certeza irá afectar-te. Já comentei noutro tópico que uma amiga minha ficou de tal maneira afectada que o músculo que liga a vagina ao anus contraiu e ela diz ter dores horríveis durante o acto sexual. Tem calma e não deixes que isso aconteça.

Boa sorte meninas.

Retrato de Mil Folhas
Seg, 08/03/2010 - 14:36
Mil Folhas:
Membro desde: 20.05.2008

Os dois especialista que consultei disseram-me que esquecesse betadine, sabão rosa ou azul e branco, e que o melhor era água tépida e nada mais. De vez em quando quando coloco o rosalgin e nada mais.

Ah! esqueçam os pensos diários, só ajuda a proliferação.

Beijocas e Pipocas

Retrato de ManelaSantos
Qui, 18/03/2010 - 23:59
ManelaSantos:
Membro desde: 18.03.2010

Olá!

Infelizmente partilho do mesmo problema há imenso tempo, não hã forma de passar... Afecta muito a minha vida, retira-lhe qualidade, e também a minha relação. Ao ler algumas das outras respostas cheguei à conclusão que já tentei de tudo... gino canesten, gino pevaryl, fluconazol, itraconazol... até vinagre! Lactacyd intimo também. Nunca limpo de tràs para a frente. Não uso cuecas com muitas rendas e coisas do género.

A verdade é que tenho candidiade desde setembro de 2008 (episodios intercalados claro)e já estou num ponto de desespero. A minha médica de familia parece não ter a solução, ainda não fui ao ginecologista mesmo mas parece ser a unica opção que me resta.

Fica a compreensão e o desejo de rápidas melhoras. E à comunidade cientifica. Inventam tanta coisa.. que tal um tratamento eficaz definitivo?

Retrato de alrac
Sex, 19/03/2010 - 10:13
alrac:
Membro desde: 02.04.2009

Como eu percebo o k me dizes... eu também sou assim... e defenitivamente a atitude que adoptei depois de várias "tentativas", foi mentalizar-me k tenho de tomar um comprimido fluconazol, todos os meses, uma semana antes de vir a minha menstruação, pois é sempre nesta altura k sofro estas crises...

Só k eu gostava de não ter de tomar sempre... pk eu sei k mais tarde ou mais cedo o meu organismo vai viciar e a candida vai deixar de "morrer" com o comprimido (eu sei k muitas meninas aki o disseram pra não tomar! Mas acreditem em mim: só quem passa por isto imagina o que é!)

É terrivel como isto "arruina" a vida de uma pessoa...

Obrigada a todas as meninas plas respostas e comentários.

bjinhs

Retrato de Carla121
Qua, 24/03/2010 - 00:41
Carla121:
Membro desde: 18.03.2010

Olha eu tive uma que nunca passava por mais medicamentos que o ginecologista receitasse, já estava quase deformada de tantas feridas, comichões e inchaço :s à 4º vez que fui ao ginecologista ele garantiu "agora passa de certeza". Sei que tomei um antimicótico, não me lembro do nome mas foi tiro e queda. Devia ser bem potente mas já não me lembro do nome. O teu marido tb tem que fazer tratamento pois de ti passa para ele e depois ele passa outra vez para ti. É um ciclo vicioso. Mas tem calma que isso há-de passar.

Retrato de Sunset
Qui, 25/03/2010 - 01:12
Sunset:
Membro desde: 25.03.2010

pois é... todas iguais e todas diferentes!!! não podia deixar de comentar porque eu tambem ja tive candida =(

Surgiu em agosto de 2008(ainda não sabia que era candida) e tinha uma comichão horrivel, aparecia, desaparecia, usava ginocanestene e atenuava por algumas horas a comichão, lavava -me sempre com lactacyd e nada! não havia meio de desaparecer de vez, decidi ir a uma ginecologista(so ai é que eu soube que tinha candida) que me receitou um gel para me lavar e um antibiotico pa tumar em 2 ou 3 dias, ja não me recordo...Fiz tudo como ela disse e lavava-ve com o tal gel e começei a ver melhoras ao fim de alguns meses voltou a comichão outra vez....e era uma semana antes de me vir a menstruação.

O que me salvou foi uma consulta de um medico naturologo e homeopata que faz a consulta pelas iris dos nossos olhos!! remedio santo...dize me que para alem de ter candida que tb tinha uma infeção urinaria, receitou-me um creme vaginal e uns comprimidos para a candida, e outrus para a infecção, tudo produtos naturais, e para fazer a minha higiene intima com sabão rosa ou azul e com 2 colheres de sopa de vinagre na agua!comecei o tratamento e ate hoje não me apareceu mais nada!!!! continuo a usar o sabão, não abdico dele!!

Fiquei super aliviada!!!ate hoje nunca mais apareceu!! ah e disse que tantos os gel's de higiene intima e antibioticos e cremes vaginais que não faziam nada de nada apenas adormecem o bichinho.

Mas como nos somos todas diferentes o que resulta com umas não resulta com todas!!!

Espero que ja te tenhas livrado desse bichinho que muito nos faz sofrer...

bjokas

Retrato de Carla121
Sáb, 27/03/2010 - 04:07
Carla121:
Membro desde: 18.03.2010
gisaafp wrote:
LI_MA wrote:

Uma higiene cuidada com um gel intimo de ph neutro (nada de vinagre, nem sabão azul que secam a vulva e a vagina e podem alterar a flora vaginal), roupa interior de algodão e roupa mais folgada ajudam a prevenir estas infecções. Para quem tem maior susceptibilidade então um bom ginecologista é a única solução!

Tanto as ginecologistas que consultei como a médica de família me disseram que o sabão azul é melhor do que o gel íntimo. Aliás, em todas as consultas desaconselham-me o uso de gel íntimo.

Eu idem. Os ginecologistas a que fui dizem-me sempre para não usar produtos de lavagem íntima pois podem ser agressivos e alterar a flora vaginal. Mas algo que já vários me recomendaram foi fazer xixi a seguir às relações pois a urina limpa a uretra e ajuda a eliminar bactérias.

Retrato de paula.romao
Ter, 30/03/2010 - 22:51
paula.romao:
Membro desde: 07.07.2008

estava a ter candidíases pós-menstruais, todos os meses Worried a ginecologista mandou-me fazer um tratamento com Prevegine (comprimidos vaginais de vitamina C - julgo que não precisam de receita médica) depois de tratada a cândida com o fluconazol ou outro do género. estive quase 1 ano sem voltar a fazer infecção e qd voltei a fazer, fiz ginocanesten e a seguir, prevegine outra vez. desde junho até agora não tive mais.

podes também usar lactobacilos (informa-te na farmacia) em vez do prevegine. ambos favorecem o crescimento da flora vaginal benigna e protegem de infecções.

fazer xixi a seguir ao acto sexual também ajuda a libertar toxinas acumuladas.

as melhoras!

Retrato de paula.romao
Ter, 30/03/2010 - 22:54
paula.romao:
Membro desde: 07.07.2008
ManelaSantos wrote:

A minha médica de familia parece não ter a solução, ainda não fui ao ginecologista mesmo mas parece ser a unica opção que me resta.

infecções ou fungos que vão ficando durante tempo a mais são extremamente perigosos para a nossa saúde! por muito habilitada que esteja a médica de família, NADA substitui a opinião de um ginecologista. além disso, visita anual ao ginecologista é obrigatória!

não facilitem a vossa saúde, ok?