10 aspetos a verificar antes de adotar um animal de estimação

Animal de estimação, gato e cão.

A adoção de um animal de estimação traz consigo muitas responsabilidades, pelo que deverá ser uma decisão bem ponderada e em família. O novo animal de estimação não é um brinquedo, tem as suas necessidades e estas nunca deverão ser ignoradas.
Antes de mais, há que ser realista: terá a família capacidade para cuidar devidamente de um animal? Será o animal de estimação adotado de forma temporária ou como um ser inferior? Se a resposta a estas perguntas for negativa, deverá admitir-se que, de momento, a família não está preparada nem tem disponibilidade para cumprir com os deveres de um animal. Fique a conhecer 10 aspetos a verificar antes de adotar um novo animal de estimação.

1. É boa ideia adotar um animal de estimação neste momento?

A adoção de um animal de estimação traz consigo uma grande responsabilidade que todos os familiares deverão assumir. É preciso verificar se o animal encaixa ou não no agregado familiar e, como tal, não deverá tomar uma decisão por ímpeto. Discuta a decisão em família.

2. Que responsabilidades extra terei?

É necessário pensar como vai fazer nas alturas de ausência ou de férias e/ou no caso de o animal de estimação ficar doente. Quais os custos associados ao cuidado prestado ao animal, entre outras questões importantes.

3. Que espécie de animal de estimação é adequada?

Agora que tem uma noção das suas obrigações, compromissos e tempo disponível para cuidar do respetivo animal de estimação, está na hora de investigar os cuidados que cada espécie necessita. Poderá, inclusivamente, perguntar a outras pessoas que também adotaram animais ou pedir ajuda a um veterinário. Não se esqueça, o seu animal de estimação deverá ter uma vida digna e isso nunca deverá ser colocado em causa.

4. Como adotar um animal de estimação?

Em alguns casos não há outra escolha que não a compra de um bichano numa loja de animais específica. No entanto, se for caso disso, pense seriamente em adotar um animal que está abandonado num canil ou gatil. Poderá adotar um animal de estimação já com alguma idade ou doente para que este tenha um resto de vida digna. Se gosta de animais, não compre, adote!

5. Quem cuidará do animal de estimação?

Idealmente, os cuidados com os animais de estimação deverão ser deveres de todos os habitantes da casa, pelo que deverão criar métodos de organização para a divisão e não sobreposição de tarefas. Faça uma lista de todos os cuidados que o animal de estimação precisa e distribua os papéis entre todos.

6. Todos têm capacidades para lidar com o animal de estimação?

Pondere bem se é boa ideia inserir um animal de estimação num ambiente familiar. Alguns animais de estimação poderão não ser adequados para lidar com crianças, por exemplo, enquanto outros serão perfeitos para esse efeito. Cada animal tem a sua personalidade e esta nunca deverá ser ignorada.

7. Como irá lidar o novo animal de estimação com outros animais já adotados?

Se já tem animais de estimação em casa, deverá certificar-se de que o animal já residente estará disposto a partilhar o seu habitat. Por outro lado, também deverá avaliar se o novo animal de estimação é amigável para com os outros animais já existentes.

8. A casa está preparada para receber um animal de estimação?

Chegou a hora de identificar as necessidades que o seu animal de estimação precisa. Comece por pensar em espaço para movimentação, gaiolas, aquários ou reptilários. Saiba que existem requisitos mínimos para que o animal de estimação tenha uma vida digna e estes devem ser respeitados ao pormenor.

9. O que é preciso comprar?

Cada espécie de animal de estimação tem as suas necessidades. Pense na cama, mecanismos de alimentação e bebedouro, arranhador (no caso dos gatos), brinquedos, luzes e filtros para o aquário (no caso dos peixes), entre outras coisas. Faça uma pesquisa e pergunte ao veterinário para que saiba tudo o que é necessário.

10. Como introduzo o animal de estimação em casa?

Quer tenha outros animais em casa ou no quintal, saiba que o novo animal de estimação sentirá receio por estar num ambiente estranho. Esteja preparado e tenha paciência até conseguir ganhar a sua confiança.

Agora que tem uma lista de ideias a ponderar, poderá adotar um animal de estimação de forma responsável. Lembre-se: um animal não é um brinquedo, ele tem necessidades e exige obrigações e é por isso que a sua adoção é um compromisso para a vida.

Sem votos

Artigos relacionados

Quer seja uma consulta de rotina ou de emergência, quer estejam a conhecer o veterinário pela primeira vez, independentemente do animal de...
Acolher um animal de estimação nunca é uma decisão fácil, pois a inclusão de um novo elemento no seio do agregado familiar altera sempre a dinâmica...
Olá a todos, sei que existem já alguns posts acerca deste tema mas não tenho conseguido encontrar exactamente o que procuro. Eu e o meu namorado...
Ola a todos, gostaria de adoptar um animal de estimação de preferencia um cãozinho de porte pequeno tenho as condições necessarias e foi uma situação...
Boa noite, Quero dar um animal de estimação à minha filha mas não sei qual. Cão não porque não tenho disponibilidade de ensinar a ir à rua e é...