Infecções Urinárias Crónicas - desesperada

393 respostas [Última]
RitaTeodoro
Retrato de RitaTeodoro
Offline
Desde: 21.12.2008
Só de ter lido este tópico

Só de ter lido este tópico até me deu um arrepio.
Tive o meu primeiro episódio de infecção há mais de 10 anos. houve uma fase em que apanhava umas atrás das outras. Tomei furadantina, urispás, monuril, bactrim, uro-vaxom (vacina em comprimido) durante meses a fio e apanhava na mesma. Os conselhos do médico eram para beber água (sou cá uma preguiçosa..) ir ao wc depois de ter relações, não usar calças apertadas e roupa interior de sintético. Houve pessoas que me disseram que passava depois de ter filhos e, coincidência ou não, foi assim mesmo. Depois de nascer o meu filho, há 16 meses, só tive uma vez e não me atacou muito. E ainda bem, preferia ter dor de dentes!
Rita

Mily
Retrato de Mily
Offline
Desde: 22.08.2008
Corrimento

Olá meninas,

Venho aqui expor esta dúvida, porque estou mesmo aflita e preciso de uma opinião.

Então é assim, no mês de Novembro fiz pausa da pílula Diane 35 e ao fim de cerca de 30 dias, comecei a ter um corrimento castanho e uns sangramentos quando me limpava, ao pensar ser a menstruação, iniciei uma nova caixa.

Na altura do Natal, veio a menstruação normal como antes, densa, com muco e bastante sangue, no entanto desde aí que tenho uns corrimentos amarelo torrado, todos os dias tenho pensinho diário bastante sujo, hoje depois de ter relações, notei que estava rosado e saíram uma espécie de fios ensaguentados...

Também noto uma comichão, quando me lavo ou limpo.

Será uma infecção ou ferida interna?

Notei que a minha urina também está muito escura e densa logo de manhã.

Por favor, aguardo uma resposta de alguém que tenha tido uma experiência parecida.

Afilhada da Rainha Sparkly! Espertalhão

Camélia_Branca
Retrato de Camélia_Branca
Offline
Desde: 13.01.2010
Meninas!

Sandrii:

Olha, para mim, o gel Multigyn Gel era OURO!! Funcionava mesmo. Contudo, há cerca de um ano que deixei de o encontrar... Triste Dizem que a produção foi descontinuada... Sem ser o Multigyn, só conheço o Saforelle e esse já não é a mesma coisa. Triste

RIBATUJA!!!!
BEM-VINDA!!! Sorriso Sabes que eu sempre associei as minhas infecções à pílula??? É que eu comecei a minha vida sexual em Junho e só comecei a pílula em Outubro. E posso garantir que nos meses em que não tomei a pílula tive uma vida sexual bastante feliz Espertalhão Os problemas começaram depois! Mas nunca nenhum médico deu ouvidos quando eu dizia que as minhas infecções começaram quando comecei também a tomar a pílula!

Mily:
Desculpa, não tenho conhecimentos que te possam ajudar... Triste

Beijinhos a todas Sorriso

Camélia Branca Piscar o olho

sandrii
Retrato de sandrii
Offline
Desde: 03.01.2011
Olá Camélia Pois, eu comecei

Olá Camélia

Pois, eu comecei a tomar a minha pilula um mes antes de iniciar a vida sexual, e so dps começaram as infecçoes por isso nao sei msm... Preocupado mas acredito que as minhas infecçoes se deviam a varios factores. O primeiro eram as relaçoes sexuais pq por vezes sentia q fazia mta fricçao e era infecçao certa... e so à relativamente pouco tempo é q soube q se deve urinar logo depois, outra coisa errada q eu fazia era nao me lavar antes e no final limpar-me com toalhitas, q é o pior q se deve fazer pq muitas destroem a flora vaginal (agora lavo-me sempre antes e dps so com agua ou entao com sabao de glicerina), e tbm o facto de beber pouca agua, nao chegava a beber nem meio litro por dia pq principalmente no inverno tenho mta dificuldade nisso... agora esforço-me mais e bebo pelo menos um litro por dia. Neste momento estou tbm a tomar o Lactophar q restaura e fortalece a flora vaginal e assim previne as infecçoes. Ainda nao passou mt tempo desde a minha ultima q foi dia 2 de janeiro, mas dai para ca ja tive relaçoes e ainda nao tive mais nenhuma infecçao, espero que se mantenha assim...

Peço desculpa pelo testamento Careta

Ribatuja
Retrato de Ribatuja
Offline
Desde: 02.01.2008
Olá meninas não tenho boas

Olá meninas

não tenho boas noticias.. a 2 dias de fazer 6 meses sem infecções eis que me aparece uma.. resolvi tomar umas capsulas naturais para ver se passava mas agravou imenso, nunca perdi tanto sangue como desta vez e desta vez resolvi não tomar antigo antibiotico que costumava tomar. Tomei o Monuril para ver como o corpo reagia.. so me fez efeito 2 dias depois..

Estou SUPER DESANIMADA...

Começei a tomar um novo suplemento alimentar que dizem estar a fazer sucesso na prevenção das infecções: "IURAL 2".. comprei tambem bagas de cranberries para fazer chá e as bagas tipo cristalizadas..

Camélia,
Andei a investigar substituto para o Multi-gyn Actigel.. achei um que pode ser parecido:

- Gynofit Gel Vaginal com ácido lácteo
- Gynofit Gel Hidratante

Alguem conhece?

Beijinho para todas

Patrícia Pavão
Retrato de Patrícia Pavão
Offline
Desde: 24.01.2008
ribatuja fazes chá com as

ribatuja fazes chá com as bagas de arando???

Patrícia

Ribatuja
Retrato de Ribatuja
Offline
Desde: 02.01.2008
ola Patricia Agora desta vez

ola Patricia

Agora desta vez quando fui à farmacia foi o farmaceutico que me inidcou as bagas para fazer chá.. esta na farmacia junto aos outros chás.. são assim umas bagas vermelhas escuras tipo secas..

Depois no continente decobri na parte dos produtos naturais as bagas mas tipo "passadas".. como juntamente com iogurte ou como mesmo assim só a fruta.. parecem passas de uva mas são assim avermelhadas Sorriso

Andreia Rodriguez21
Retrato de Andreia Rodriguez21
Offline
Desde: 25.01.2011
ola...

Ja tive uma infecçao mas nada como a tua...tomei antibiotico e lá passou...mas tenho uma amiga q sofria do mesmo problema q tu! qqr coisa apanhava uma infecçao, mal conseguia ter relaçoes sexuais pq lhe doía imenso! Correu todos os medicos possiveis e nada, n lhe detectavam nada de grave! Á cerca de 2 anos decidiu consultar outro medico e teve sorte! Nao consigo dzr especificamente o q era, mas simplificando, era o genero de uma "borbulha grande" q ela tinha no interior da vagina q inchava, acabando por rebentar e deitar um liquido...e assim sucessivamente! Enchia, rebentava, enchia, rebentava... foi operada e tem melhorado bastante! ;D

Força, beijo!

Patrícia Pavão
Retrato de Patrícia Pavão
Offline
Desde: 24.01.2008
Ribatuja

eu conheço bagas de arando, só não sabia que se fazia chá com as bagas! Andei algum tempo à procura de chá nas lojas de venda de produtos naturais e nunca encontrei. Encontrei sumo, e cheguei a comprar, e vi bagas também, mas disseram-me para as comer... na altura optei pelo sumo. Nunca pensei em fazer chá com aquilo.
Agora grávida tenho de me precaver com tudo o que for possível.

Patrícia

Ribatuja
Retrato de Ribatuja
Offline
Desde: 02.01.2008
olá Patricia Antes demais

olá Patricia

Antes demais muitos parabéns pelo bébé.. espero que esteja tudo a correr bem!!

Eu comprei na farmacia, e o chá ate é bom.. nem preciso de por acucar nem nada Sorriso

As bagas para o chá são diferentes das que depois comprei que junto ao iogurte, umas são tipo secas e as outras são tipo "passas"...

Tenta procurar numa farmácia.. isto toda a ajuda é benvinda Sorriso:)Sorriso

Beijinhos

Patrícia Pavão
Retrato de Patrícia Pavão
Offline
Desde: 24.01.2008
Obrigada Ribatuja as que

Obrigada Ribatuja Beijinho

as que fazes chá são as secas? As que vi eram como passas.

Patrícia

Ribatuja
Retrato de Ribatuja
Offline
Desde: 02.01.2008
Allo again Sim.. as bagas de

Allo again

Sim.. as bagas de arando para chá são tipo secas e são umas bolinhas cor "grená" escuras!! As outras são mesmo tipo passas e a cor é mais avermelhada..

Tenta numa farmacia.. na farmácia onde comprei estavam junto dos outros chás!!

Patrícia Pavão
Retrato de Patrícia Pavão
Offline
Desde: 24.01.2008
OBRIGADA

OBRIGADA

Patrícia

Vânia-Lila
Retrato de Vânia-Lila
Offline
Desde: 21.02.2010
Uiiiii, até me arrepio!

Quando li este tópico, revi-me completamente!

Faço infecções urinárias recorrentes há cerca de 15 anos (e só tenho 28!!!). É horrível...já tentei de tudo, já tomei de tudo...há cerca de 4 anos diagnosticaram-me também cálculos renais nos dois rins!!!É algo com que sofro bastante, porque é tão inexplicavelmente doloroso e desconfortável...
Já tomei Monuril, Uro-vaxom, Zoref, Clavamox, Ciprofloxacina (que é o mais indicado e ao qual sou totalmente imune), Bactrim forte (que também já não me faz nada)...enfim...basicamente já tomei e experimentei de tudo!
Houve uma altura que cheguei a fazer uma por mês durante um ano e meio...estava completamente desesperada! Agora...bem, cerca de 3 a 4 por ano! Bem...por exemplo fiz uma logo a seguir ao meu casamento...ehehhehehehhe...depois da noite de núpcias e de partida para lua de mel no dia seguinte...lá acabamos nós nas urgências do hospital com mais um episódio...ehehehheheheh!!!

Beijinhos

sandrii
Retrato de sandrii
Offline
Desde: 03.01.2011
Olá meninas Venho com uma boa

Olá meninas

Venho com uma boa noticia Espertalhão penso que descobri outra cura "milagrosa".
Nestes ultimos dias anddei a procura de um produto para a pele oleosa e pontos negros, vi que a argila ajudava muito e decidi comprar para fazer uma mascara. Fiquei curiosa e fui fazer algumas pesquisas sobre a argila e dizem que elimina as toxinas do corpo, e que para alem de haver esta para fazer mascaras ha tambem uma propria para diluir na agua e beber e dizer q é realmente fantastica e cura doenças que mais nenhum medicamento conseguiu. Felizmente ainda nao precisei de experimentar, tou ha 3 semanas sem infecçao, mas caso tenha de novo (o que nao me admira nada) é sem duvida o que vou fazer. Tambem ja me disseram que é bom colocar a mascara de argila sobre a barriga ou os rins para as infecçoes.

Espero que tenha ajudado Sorriso

NêsPipa
Retrato de NêsPipa
Offline
Desde: 11.02.2011
Olá meninas, Acompanhei este

Olá meninas,

Acompanhei este tema com muita atenção porque me senti menos só, afinal existem mais pessoas que reconhecem a dor e desespero que é ter infecções urinárias recorrentes.
Espero aqui encontrar o apoio e compreensão para este estigma.

Também sofro muito com infecções urinárias 6/7 ano (ou mais), logo após o sexo, já tomei de tudo e tive todos os cuidados e mais alguns e começo a pensar que isto está relacionado com o factor hormonal. Tomei Diane 35 por 3/4 anos e em Outubro do ano passado parei. Durante o período que estive sem a pílula não tive infecções. Na segunda semana de Janeiro comecei a tomar novamente e dia 29 de Janeiro + 1 infecção.

Se alguém conhecer alguma solução para estes tipo de problemas que diga por favor.

Força a todas
Beijinhos

LuadeMarço
Retrato de LuadeMarço
Offline
Desde: 21.01.2011
Arandos do Monte

Olá. Existe uma baga muito utilizada no estrangeiro (cranberries) para prevenir as infecções urinárias e RESULTA! Chamam-se Arandos e sei que em portugal é dificil de encontrar. Esta baga tem propriedades anti-inflamatórias pois ao aumentar o PH da urina vai impedir que as bacterias se alojem. Procura na internet e talvez encontres. De resto desejo-te as melhoras... sei que deve ser terrivel para ti.

Lilisn
Retrato de Lilisn
Offline
Desde: 22.02.2011
Bem penso que é mesmo uma mal

Bem penso que é mesmo uma mal feminino. Eu tenho infecções urinárias desde os 9 anos (tenho 28). De à dois anos para cá é que tenho tido infecções mais fortes com sangue na urina e assustou-me um bocado a 1ª vez. Já tomei Furadantina, Urispás, já fiz a vacina Urovaxon. Das últimas vezes tomei um antibiótico mt bom chamado Unidrox e aconselho-vos a falar dele aos vossos médicos. Agora ando a stressar à uns dias pk as minhas infecções são sempre típicas, ou seja tenho smp o ardor a urinar e n sai nada. Agora estou a sentir mt vontade de urinar, vou à casa de banho e faço normalmente e sem dor. Mas parece k a vontade fica lá sempre. Começei a tomar Urispas a ver se faz alguma coisa. Parece k tá mais calmo mas depois volta akela sensação de bexiga cheia. K poderá ser? Pedras nos rins é uma possibilidade para além de infecção? Obrigada pela ajuda

Filpii
Retrato de Filpii
Offline
Desde: 27.02.2011
Boa tarde

olá a todas.
eu também tenho infecções e fui sempre ao médico. tenho o mesmo companheiro ha mais de 4 anos. só algum tempo para cá é que nos apercebemos que a infecção vem logo a seguir a relação sexual. tenho todos os cuidades que ja referiram aqui. numa visita ao médico perguntei se podia ser algum tipo de alergia ao preservativo. o medico disse para eu experimentar, na verdade sem preservativo nao voltei a sentir nada. o que é certo.. que vou ter de iniciar a pilula.. e como ja li que algumas acham que a pilula também pode ter alguma coisa so as infecções estou com receio.

Sophie.
Retrato de Sophie.
Offline
Desde: 09.03.2011
Olá a todas, Registei-me

Olá a todas,
Registei-me neste fórum única e exclusivamente por causa deste tópico, foi isto que me trouxe cá.
Tenho só 18 anos e já sofro de infecções urinárias recorrentes há 2. Como vocês, já tentei de tudo, já conheço os truques todos. É frustrante: é difícil que as pessoas que nos rodeiam compreendam aquilo que estamos a passar. A minha mãe diz-me com toda a naturalidade enquanto eu morro de dores: "Pára de dramatizar. É só uma infecção urinária - já passa." Só quem passa por isto é que sabe.

Para mim a Furadantina funciona muito bem, quando as infecções aparecem, mas vou começar a usar após cada relação sexual. Já tentei de tudo o que vocês falaram, mas ao Bactrim fiz alergia. Experimentei o Monuril ontem que foi uma óptima surpresa! Fez efeito em duas horas (para fazer efeito é preciso estarmos de estômago vazio!).

Outra coisa de que não falaram (que eu tivesse notado) para se lavarem com água fria após cada relação sexual ou em alturas de crise mas que é muitoooo bom é o CYTÉAL. Se ainda não conhecem experimentem, vale muito a pena.

Outra coisa que eu queria partilhar convosco: no outro dia li já não sei onde que o sexo oral podia estar relacionado com as infecções urinárias por causa das bactérias da boca do homem. Mas não sei qual é a credibilidade desta informação... Mas pronto.

Eu sei que embora só nos apeteça baixar os braços e desistir (não temos remédio senão lutar com o arsenal de medicação que já percebi que todas temos em casa) lembrem-se que podia ser pior. Tenho uma amiga que tem uma coisa chamada Cistite Intersticial. Basicamente tem todos os nossos sintomas horríveis mas não responde à medicação! Ou seja, tem de se aguentar, aquilo passa sozinho, nenhum comprimido alivia porque pelo que percebi não há nenhuma bactéria, ou se há ela não é conhecida. Agora imaginem o que é estarem assim sem poderem usar nada. Ela faz um tratamento em que lhe injectam um líquido para a bexiga (que dói imenso).

A minha receita para não doer tanto:
ANTI-INFLAMATÓRIO + URISPÁS + CHÁS + GELO NO LOCAL (dói, mas anestesia e de que maneira)

É a minha maneira de me aguentar até ter o antibiótico ou até ele trabalhar Sorriso Achei que talvez fosse bom para vocês também.

Se me lembrar de mais alguma coisa, cá voltarei...
Até lá, CORAGEM para todas as pessoas que estão a passar por isto!

Nayru
Retrato de Nayru
Offline
Desde: 05.03.2011
Eu neste momento estou

Eu neste momento estou completamente confusa.

Em Setembro tive uma infecção urinária que após um tratamento com Furadantina, durante uma semana, passou. Em Outubro, a pensar que tinha outra infecção urinária, fui à médica para saber que tinha uma vaginite. Com os devidos remédios, também passou.

De Janeiro para cá tenho vindo a ter dores abdominais, que na altura pensei que pudesse ser algum problema hormonal, já que pareciam dores menstruais. Em Fevereiro fui à ginecologista que não viu nada de errado comigo, falou em stress, mandou-me beber água e receitou-me uns óvulos, para o caso de ter a vaginite mal curada. As dores não passaram.

A semana passada dei por mim com outra infecção urinária. Desta vez senti-me mesmo aflita: comecei a notar os sintomas depois do almoço e à noite já estava cheia de dores. Lá fui à médica novamente, mas a urocultura não acusou nada. Ela receitou-me Monuril e pediu-me análises à urina e uma ecografia à bexiga (falei-lhe das dores abdominais e que a ginecologista não tinha visto nada).

Entretanto durante esta semana apercebi-me que as dores abdominais apareciam quando me começa a dar vontade de ir à casa-de-banho. Mas fiz agora mesmo a ecografia e lá disseram-me que com a bexiga está tudo bem. Segunda-feira vou buscar os resultados da análise à urina, mas isto começa a enervar-me. Ando há dois meses com estas dores sem saber do que é.

Segunda, depois de ter os resultados todos, lá vou ter com a médica a ver o que me diz. Mas toda esta situação anda a remoer cá dentro. Deixa-me enervada e ainda por cima faz-me andar de um lado para o outro, com médicos e exames, quando nesta altura os meus trabalhos já começam a apertar.

Alguém que já tenha passado por algo semelhante?

- "Things don't have to be extraordinary to be beautiful, even the ordinary can be just as beautiful."

taisalvarez
Retrato de taisalvarez
Offline
Desde: 07.06.2010
Boa noite meninas! Bom, faz

Boa noite meninas!

Bom, faz tempo desdea última vez que eu postei aqui, e felizmente faz tempo também que minhas infecções me deram uma trégua.
Conheci um médico maravilhoso e milagreiro, que, diferente dos outros 7 urologistas que eu havia me consultado, entendeu o que eu sentia exatamente e disse que isso é uma coisa que está sendo mtuito recorrente hoje nas mulheres.

Depois de vários exames, uretrocistoscopia, uretrocistografia, exames com contraste na bexiga, pesquisa de todo tipo de batérias, o médico resolveu fazer um tratamento de restauração da bexiga.

Aparentemente, algumas mulheres, e não são poucas, tem uma tendência a ter infecções urinárias, e o próprio corpo acaba gerando a infecção quando percebe qualquer coisa diferente, e o ser humano tem sempre um órgão que fica de 'controle de regularidade' do corpo, então qualquer estresse ou mudança na rotina, o primeiro a fraquejar é esse 'órgão de controle' do corpo, que em algumas mulheres é a bexiga, em outras é na dor de cabeça, dor de estômago, e por aí vai.

MAs resumindo, ele me disse e me mostrou, durante a uretrocistoscopia, que CADA infecção urinária que você tem, fica como se fosse uma cicatriz na sua bexiga, e quanto mais infecções tem, mais cicatrizes, e o tecido da beiga forma uma camada extra dentro da bexiga, uma camada de tecido meio que 'morto', pois só faz ser um tapete a mais pra grudar sujeira e bactérias na bexiga, o que facilita mais ainda a formação das infecções (ou seja, quanto mais infecções você tem, mais fácil vai ser pra próxima infecção.. uma bola de neve).

O tratamento que ele fez comigo e foi realmente milagroso foi com uma substância chamada de DMSO (depois eu pego o nome dos componentes certinho, às vezes o nome no Brasil é diferente do de Portugal), que é um líquido que vai restaurar a bexiga. Ele é injetado diretamente na bexiga por uma sonda que é passada pela uretra (sim, isso dói), e o líquido vai literalmente corroendo a bexiga de dentro pra fora, é um ácido que ao mesmo tempo que corroe o tecido interno da bexiga, estimula o organismo a fazer uma reprodução de tecito saudável na bexiga.

Nas aplicações, eu tive que ficar 2 minutos em cada posição de forma ao líquido poder passar por toda a bexiga por igual, e a primeira vez dói DEMAIS, meu primeiro xixi literalmente ficou entupido porque tinham pedacinhos de tecido de tamanho grande entupindo a uretra.

Da segunda em diante já fica mais tranquilo, e isso tudo tomando Macrodantina diariamente para reforçar a resitência, já que esse é um dos antibióticos que eu não fiquei imune ainda. Mas depois da quarta aplicação, fui fazer um ultrassom e minha bexiga estava totalmente restaurada, uns 2 centímetros menos espessa.

Juntamente com a Macrodantina (antibiótico), estou tomando diariamente Amitriptilina, 20mg, uma substância que só se usava em maiores dosagens como antidepressivo, mas que em quantidades menores estimula MUITO a bexiga e rins a trabalharem mais e a diminuir o risco de infecções.

Já fazem 4 meses desde a minha última infecção urinária, e posso ter relações sexuais sem problema, desde não faça mais de 2 por dia e as dores passaram.

Meninas, perguntem para os seus médicos se vale a pena experimentar esse tratamento, pois pelo menos até agora me garantiu voltar a uma vida normal e sem dores horríveis.

taisalvarez
Retrato de taisalvarez
Offline
Desde: 07.06.2010
Boa noite meninas! Bom, faz

Boa noite meninas!

Bom, faz tempo desdea última vez que eu postei aqui, e felizmente faz tempo também que minhas infecções me deram uma trégua.
Conheci um médico maravilhoso e milagreiro, que, diferente dos outros 7 urologistas que eu havia me consultado, entendeu o que eu sentia exatamente e disse que isso é uma coisa que está sendo mtuito recorrente hoje nas mulheres.

Depois de vários exames, uretrocistoscopia, uretrocistografia, exames com contraste na bexiga, pesquisa de todo tipo de batérias, o médico resolveu fazer um tratamento de restauração da bexiga.

Aparentemente, algumas mulheres, e não são poucas, tem uma tendência a ter infecções urinárias, e o próprio corpo acaba gerando a infecção quando percebe qualquer coisa diferente, e o ser humano tem sempre um órgão que fica de 'controle de regularidade' do corpo, então qualquer estresse ou mudança na rotina, o primeiro a fraquejar é esse 'órgão de controle' do corpo, que em algumas mulheres é a bexiga, em outras é na dor de cabeça, dor de estômago, e por aí vai.

MAs resumindo, ele me disse e me mostrou, durante a uretrocistoscopia, que CADA infecção urinária que você tem, fica como se fosse uma cicatriz na sua bexiga, e quanto mais infecções tem, mais cicatrizes, e o tecido da beiga forma uma camada extra dentro da bexiga, uma camada de tecido meio que 'morto', pois só faz ser um tapete a mais pra grudar sujeira e bactérias na bexiga, o que facilita mais ainda a formação das infecções (ou seja, quanto mais infecções você tem, mais fácil vai ser pra próxima infecção.. uma bola de neve).

O tratamento que ele fez comigo e foi realmente milagroso foi com uma substância chamada de DMSO (depois eu pego o nome dos componentes certinho, às vezes o nome no Brasil é diferente do de Portugal), que é um líquido que vai restaurar a bexiga. Ele é injetado diretamente na bexiga por uma sonda que é passada pela uretra (sim, isso dói), e o líquido vai literalmente corroendo a bexiga de dentro pra fora, é um ácido que ao mesmo tempo que corroe o tecido interno da bexiga, estimula o organismo a fazer uma reprodução de tecito saudável na bexiga.

Nas aplicações, eu tive que ficar 2 minutos em cada posição de forma ao líquido poder passar por toda a bexiga por igual, e a primeira vez dói DEMAIS, meu primeiro xixi literalmente ficou entupido porque tinham pedacinhos de tecido de tamanho grande entupindo a uretra.

Da segunda em diante já fica mais tranquilo, e isso tudo tomando Macrodantina diariamente para reforçar a resitência, já que esse é um dos antibióticos que eu não fiquei imune ainda. Mas depois da quarta aplicação, fui fazer um ultrassom e minha bexiga estava totalmente restaurada, uns 2 centímetros menos espessa.

Juntamente com a Macrodantina (antibiótico), estou tomando diariamente Amitriptilina, 20mg, uma substância que só se usava em maiores dosagens como antidepressivo, mas que em quantidades menores estimula MUITO a bexiga e rins a trabalharem mais e a diminuir o risco de infecções.

Já fazem 4 meses desde a minha última infecção urinária, e posso ter relações sexuais sem problema, desde não faça mais de 2 por dia e as dores passaram.

Meninas, perguntem para os seus médicos se vale a pena experimentar esse tratamento, pois pelo menos até agora me garantiu voltar a uma vida normal e sem dores horríveis.

Sophie.
Retrato de Sophie.
Offline
Desde: 09.03.2011
Obrigada, que fonte de

Obrigada, que fonte de esperança!
Mas pensava que esse tratamento só era utilizado na Cistite Intersticial... Se bem que me parece fazer todo o sentido.

taisalvarez
Retrato de taisalvarez
Offline
Desde: 07.06.2010
A minha era cististe crônica,

A minha era cististe crônica, e o tratamento deu o melhor resultado!

Se esse método do DMSO combinado com a Macrodantina e a Amitriptilina, ele partiria para a Cortizona, que infelizmente dá muitos efeitos neativos também, ganho de peso excessivo e instantaneo é um deles, mas aliviaria as dores (eu desmaiava de dor constantemente) e teria a possibilidade de cura das infecções.

Meninas, NÃO DESISTAM!!!

Às vezes parece que todo mundo pode ter uma vida normal e é só com você que está errado, que nenhum médico sabe o que está fazendo.. mas não deixem a bola cair, VAI TER um médico que conheça a doença e vai acertar no tratamento, algum urologista que trate disso a algum tempo, ele está por aí, tenham certeza!

sofiarita
Retrato de sofiarita
Offline
Desde: 31.05.2011
A minha história de infecções

Olá a todas Sorriso

Finalmente decidi contar a minha história. Já ando por aqui há uns tempos, mas só agora e depois de esperar por algum sucesso, resolvi postar este comentário, o qual espero seja de grande ajuda para todas!!!

Então cá vai:

Há uns 7 anos atrás tive infecções recorrentes. Na altura e depois de inúmeros antibióticos, fui ao ginecologista que me fez a vacina Uro-Vaxom. Passaram... Ainda tive episódios, mas bastante espaçados.

No início deste ano e depois de um ano conturbado na minha vida, iniciei um relacionamento novo e as infecções voltaram!

Era uma média de uma a cada 15 dias. Antibióticos atrás de antibióticos... E eu já sem saber o que fazer!!!

Entretanto, desde Novembro do ano passado que estou a fazer uma pós-graduação em Medicina chinesa.E um dia cheguei às aulas tão mal que a prof. me perguntou o que se passava. Contei-lhe! Foi muito atenciosa comigo e além de me ter dado pontos de acupunctura para eu fazer em casa, indicou-me duas fórmulas de fitoterapia para começar a tomar.

Entretanto, atrávés de uma newsletter que recebo semanalmente. surgiu uma notícia científica que relaciona a menor incidência de infecções urinárias, coma a toma de lactobacilus. Depois de alguma investigação,acabei por descobrir um pó "Beneflora", que comprei no Celeiro- Dieta, com várias estirpes de Lactobaccilus.

Conclusão: há um mês e meio que comecei a tomar as fórmulas, juntamente com este pó... e nunca mais tive nenhuma infecção!!!

A seguir a cada infecção urinária, aparecia sempre uma boa de uma amigdalite... e agora nadinha!!!

Espero que assim se mantenha e que o meu testemunho tenha ajudado!!!

Sei bem o que é passar por isto e como nos pode afectar a nível sexual!!!

Escusado será dizer que tomo todas as medidas já aqui faladas... Mas já tomava dantes...

Sinto-me muito bem agora...

Beijinhos Sorriso

Beauty and the Beast
Retrato de Beauty and the Beast
Offline
Desde: 20.05.2009
Sou estudante da área da

Sou estudante da área da Saúde, a fazer neste momento a disciplina de Urologia. Também sofro de cistites recorrentes.

Os tratados de Urologia acerca deste problema não são animadores para quem sofre dele.

PREVENÇÃO escreveu:

Uma abordagem eficaz em casos de infecções urinárias recorrentes não complicadas consiste na realização de profilaxia de longa duração com antibióticos diários em baixas doses.
(...)
A ocorrência de infecções urinárias diminui cerca de 95% com a realização de profilaxia. A duração inicial desta forma de terapêutica é geralmente de 6 meses a 1 ano. (...) A profilaxia antibiótica, contudo, não parece modificar a história natural das infecções urinárias recorrentes. Após paragem, mesmo após longos períodos, cerca de 60% das mulheres sofrem nova infecção nos 3-4 meses subsequentes.

Uma outra alternativa consiste na realização de profilaxia [antibiótica] pós-coito, em mulheres nas quais as infecções se associam à actividade sexual.

Outros métodos demonstraram eficácias variáveis em diferentes estudos. Foram descritos métodos como a acidificação da urina, a ingestão de sumo de uva do monte (fruto semelhante ao mirtilo) ou a aplicação vaginal de lactobacilos.

Extractos imunoestimulantes de E. coli [Uro Vaxom] têm sido utilizados com uma frequência crescente. Estes extractos demonstram reduzir a frequência de infecções urinárias recorrentes em mulheres pré-menopáusicas (...).

O aumento da ingestão hídrica e da diurese, com consequente diminuição dos intervalos entre micções, parece ser uma das medidas mais eficazes.

Um dos urologistas que me dá aulas disse que esta batalha era um pouco inglória, porque a taxa de recorrência era muito alta, e que muitas vezes se fazia a profilaxia antibiótica sabendo que não ia resolver o problema, apenas para diminuir o número de cistites por ano (normalmente, enquanto se faz o antibiótico não há infecção).

Eu já fiz profilaxia antibiótica, já fiz também o Uro Vaxom, e tudo sem grande sucesso. Estou agora mentalizada que é um problema com o qual tenho de lidar para o resto da vida.

bijua
Retrato de bijua
Offline
Desde: 24.05.2007
uma pergunta

voçes que sofrem tanto pelas infecçoes urinarias já tiveram nas vossas analises a urina e só atraves das mesmas conhecimento de sangue na urina?

obrigada pela vossa ajuda
bjs a todas

Lénia Viviana
Retrato de Lénia Viviana
Offline
Desde: 26.06.2008
Procuro

Venho aqui deixar mais um testemunho de uma infeliz.... tal como todas voces aqui, sofro do mes mal, infecções urinárias constantes... isto já lá vão 4 anos... neste momento estou com uma, que já está a melhorar, depois de ter começado o antibiotico, ao qual resisti 2 dias a sofrer em casa... torna-se incapacitante, porque sem exagero vou de 5 em 5 minutos á casa de banho e muitas vezes já mal consigo lá chegar e sábado já a chorar desesperada de dores tive que voltar à urgencia, e lá trago eu mais um antibiótico... a médica lá falou-me numas carteiras que já foram citadas aqui e vou tentar mais isto, sim porque já tentei tudo... vacinas... tudo... há 2 anos aproximadamente aconcelharam-me um urologista, lá fui eu toda contente e ele disse-me que não era infecções urinárias que era uma uretrite, uma infecção na uretra e fiz um tratamento horrivel à uretra em que me introduzia um liquido directamente na uretra... vinha de lá pior que estragada... dores horriveis, mas fazia o saquificio a pensar que ia passar e andei nisto durante 6 meses... rsultado?! Nada... tudo na mesma... estive gravida à 2 meses atras (infelizmente perdi o bébe com 9 semanas), e pelo meio lá houve uma infecção... sinto que não tenho qualidade de vida... evito sair porque tenho medo, evito fazer amor porque tenho medo, evito isto porque tenho medo, evito aquilo porque tenho medo... sinto que vivo em função disto e estou a desesperar... por isso venho aqui pra ver se alguma de voces e aconselha um bom urulogista, pago o que for preciso, mas tenho resolver... há meninas que parece que já estão à muito tempo sem infecção porque foram a um bom profissional, essas meninas por favos revelem aqui o nome do sr. e o local onde dá consultas, por favor!!! Estou a desesperar acreditem...

camomila
Retrato de camomila
Offline
Desde: 19.06.2007
infecções urinárias

Olá meninas, venho deixar mais um testemunho nos já muitos que aqui habitam. Tinha muitas infecções urinárias, desde os 15 anos, e depois quando engravidei e estava com gravidez de alto risco ganhei novamente infecção. Tive de fazer medicação e comecei a tomar chá de cavalinha todos os dias para tentar ajudar. Foi a minha mãe que trouxe do Gerês e o que é certo é que não tive mais infecções durante o resto da gravidez e nestes 2 anos só tive 1 vez e muito ligeira. Notei também muitas melhoras com a toma de probiótico (uma menina aqui também já falou) e também com o uso de pensos naturais.
Sei que não parece nada de mais e nem sempre o que ajuda uns ajuda os outros, mas deixo o testemunho pois pode ser que ajude alguma menina. beijinhos e muita força a todas.

Opções de visualização dos comentários

As alterações efectuadas serão aplicadas a todos os tópicos.