Situações de rejeição - ? Preciso de ajuda | A Nossa Vida

Situações de rejeição - ? Preciso de ajuda

Retrato de NMorgado
07.06.2021 | 17:08
NMorgado:
Membro desde: 07.06.2021

Boa tarde a todos/as,

Sou novo aqui no fórum e gostava de deixar aqui um post um bocado longo sobre algumas situações que se passaram comigo num passado relativamente recente que me parecem ser de rejeição (?), mas que não consigo entender o porquê de isto acontecer comigo com esta frequência, nem consigo entender a lógica da dinâmica dos acontecimentos (nem mesmo a minha psicóloga, com quem eu partilho estas situações, consegue encontrar uma explicação lógica que ajude a compreender este tipo de atitudes por parte das raparigas). Tenho 29 anos, não me considero feio, mas também não sou propriamente um Brad Pitt. Tenho olhos verdes e as raparigas parecem gostar disso, visto que é um atributo que elogiam com alguma frequência. Também não me considero propriamente burro, tenho um mestrado tirado na FEUC , tenho certificado C1 em inglês pela Cambridge, gosto de boas conversas, interesso-me pelo que se passa no mundo em várias áreas, apesar de ser introvertido e estou solteiro desde meados de 2016, altura em que a minha namorada terminou comigo uma relação de cerca de 4 anos. Este post vem falar sobre algumas situações um bocado estranhas que se passaram entre mim e algumas raparigas e gostava de receber algum feedback para saber o que correu mal (tudo isto se passou antes da pandemia).

1.Falei com rapariga no Tinder. A conversa fluiu bem e depois começámos a falar pelo Messenger durante uns dias. Combinámos um café. No dia do café mandei mensagem de manhã a confirmar o nosso encontro. Ela pediu desculpa e disse que tinha conhecido outra pessoa e o café ficou sem efeito. Perguntei-lhe como é que era possível ter conhecido assim uma pessoa da noite para o dia e como é que era possível ela desmarcar isto assim, com esta frieza. Ela disse que não tinha nenhum compromisso comigo e que não me tinha de dar justificações de nada em relação à vida dela. Depois disso bloqueou-me. Nota: A rapariga não era nada de especial fisicamente, se é, pelos vistos, a única coisa que conta nos dias de hoje…

2.Conheci uma rapariga no tinder. Começámos a falar e a conversa fluiu bem. Trocámos Facebook para falarmos (ela pediu-me em amizade) e ela até disse: “Vou jantar. Depois falamos pelo Messenger se quiseres” e mandou um smile. Disse-lhe olá no Messenger e passaram-se 1,2,3 horas e ela não respondeu e tinha visto as mensagens e até fez um like na minha foto de perfil. Perguntei: "então, ainda a jantar ahaha?" e não tive resposta. Voltei a mandar-lhe mensagem no Tinder a perguntar se alguma coisa tinha passado. Ela não respondeu. Fiz o mesmo no Messenger ela também nunca respondeu até hoje. Não entendo o que se passou. Não me bloqueou ou retirou a amizade no FB.

3. Fui convidado para um jantar convívio de faculdade com alunos de licenciatura de vários anos (na altura estava no 2º ano de mestrado). Sentei-me numa mesa ao pé de um colega e na mesa imediatamente à minha frente estava uma rapariga que estava sempre a olhar para mim (não foi imaginação minha, eu sei quando isto acontece) e trocámos olhares durante um tempo. Perguntei ao meu colega se deveria ir lá falar com ela e ele disse que sim. Fui e tivemos uma conversa perfeitamente normal, ela parecia estar a gostar, e falámos um bocado do curso e depois eu expliquei-lhe qual o tema da minha tese e ela parecia bastante interessada, tal como a amiga dela que estava mesmo ao lado. Passados uns 10 mins de conversa volto para a minha mesa e só voltei lá no final do jantar. O tom dela estava completamente diferente. Dava respostas curtas, parecia que não queria falar comigo, etc. Achei aquilo muito estranho, mas decidi não insistir. No final do convívio tentei encontrá-la para perceber se alguma coisa tinha passado mas não a vi. Encontrei a amiga e perguntei o que é que se tinha passado para a rapariga ter ficado tão diferente de repente (a própria amiga também estava diferente) e ela respondeu-me que a miúda tinha namorado...E eu respondi "ok, e então? só por ter namorado não posso falar com ela?". A amiga ignorou-me literalmente e foi-se embora. Quando cheguei a casa consegui encontrar o Facebook dela e pedi-a em amizade. Passado 15 mins estava bloqueado LOL. Achei tudo aquilo muito estranho, visto que não fui desrespeitoso, rude, etc. Após umas semanas encontrei a rapariga na faculdade e tentei ir falar com ela. Fui completamente ignorado (falta de respeito) e a amiga basicamente mandou-me ir à m****. Por uma questão de orgulho, não insisti mais e fui embora. Não faço a menor ideia do que se passou aqui e ninguém me consegue explicar o que é que eu fiz de errado (se é que fiz alguma coisa de errado).

4. Fui convidado para ir a um convívio de medicina e estava lá com esse pessoal, mas em paralelo também estava a haver um jantar de estudantes de Direito. Uma rapariga vem falar comigo e começa a elogiar-me, a dizer que eu tinha olhos bonitos, etc e eu achei piada e conversámos um bocado. Depois ela voltou para as amigas mas cerca de 5 mins depois volta e pergunta-me o nome. Eu respondo, pergunto também o nome dela e ela pergunta-me se eu não queria ir para outro sítio dançar. Eu pensei: why not? A rapariga até era engraçada. Dançámos, beijámo-nos e no final eu até já estaria provavelmente demasiado ko. Acabámos por ir para casa dela, mas não aconteceu nada mais de especial do que beijos porque eu já estava bastante bêbado e adormecemos. No dia seguinte eu peço-lhe o Facebook e convido-a para irmos tomar um café porque eu até fiquei com alguma curiosidade em conhecê-la melhor. Ela manda-me o perfil dela mas eu achei aquele perfil um bocado estranho (mais à frente explico melhor). Falámos por messenger durante alguns dias mas ela demorava sempre imensas horas a responder e esquivava-se sempre ao café, até que acabou por dizer que tinha saído de uma relação há pouco tempo e que não queria nada sério com ninguém. Um certo dia era para lhe mandar mensagem e reparo que o perfil dela tinha sido apagado...Umas semanas mais tarde, por mero acaso, descubro o perfil VERDADEIRO dela e as coisas começaram a fazer algum sentido porque eu lembrei-me que ela me tinha dito que ia fazer de caloira infiltrada (ela estava no 2º ano de direito) e daí a criação de um perfil falso. Adiciono-a e pergunto-lhe porque é que ela me tinha feito aquilo, porque é que me tinha tratado daquela maneira. Não vou transcrever a mensagem que ela me enviou porque é de alguém com um perfil extremamente frio, sem qualquer compaixão pelos outros. Basicamente a dizer que não me conhecia de lado nenhum, nem queria conhecer e outras coisas bastante mais fortes que magoariam qualquer rapaz/homem com um mínimo de sentimentos. Aquilo bateu-me forte no momento...Depois bloqueou-me (já estava à espera).

Depois de todas estas situações já começo a perder um bocado a fé (e até a vontade) em tentar a minha sorte com raparigas. Uma pessoa vai ficando cada vez mais e mais quebrada e sem confiança após tantas situações estranhas, onde a lógica não consegue explicar bem o porquê de estas raparigas terem este tipo de atitudes. Eu podia dar mais exemplos, mas ficaria aqui o dia todo a escrever e apenas mencionei as mais recentes. Obrigado


Retrato de Grim Reaper
Qua, 09/06/2021 - 00:54
Grim Reaper:
Membro desde: 29.04.2017

O facto de seres inteligente é o menos importante aqui. As mulheres não são atraídas pela inteligência de um homem beta, nem tão pouco se interessam pelo que tu sabes fazer, quanto mais te mostras interessado pior ficas na "foto". Dos 18 até aos finais dos 20 vão andar a f_der com qualquer gajo que seja badboy que tenha bastantes interessadas, elas sabem que aquilo não vai funcionar mas precisam da aprovação desse tipo de gajos. Vão andar nisto enquanto são boas, depois quando chegam aos 30, 40 já aceitam um beta que tenha dinheiro para as sustentar, pois ninguém quer os restos de uma rodada agora com as peles descaídas, excepto um beta desesperado com dinheiro que aceita as migalhas que uma gaja dessas vai dando.

A tua estratégia está toda errada, quanto mais insistes e pedes explicações a criaturas egocêntricas e que pensam que são uma dádiva ao mundo e que te fazem um favor em dar o c_ e a c_na, mais te enterras e ficas marcado como indesejável.

Boa tarde a todos/as,

"Sou novo aqui no fórum e gostava de deixar aqui um post um bocado longo sobre algumas situações que se passaram comigo num passado relativamente recente que me parecem ser de rejeição (?), mas que não consigo entender o porquê de isto acontecer comigo com esta frequência, nem consigo entender a lógica da dinâmica dos acontecimentos (nem mesmo a minha psicóloga, com quem eu partilho estas situações, consegue encontrar uma explicação lógica que ajude a compreender este tipo de atitudes por parte das raparigas). Tenho 29 anos, não me considero feio, mas também não sou propriamente um Brad Pitt. Tenho olhos verdes e as raparigas parecem gostar disso, visto que é um atributo que elogiam com alguma frequência. Também não me considero propriamente burro, tenho um mestrado tirado na FEUC , tenho certificado C1 em inglês pela Cambridge, gosto de boas conversas, interesso-me pelo que se passa no mundo em várias áreas, apesar de ser introvertido e estou solteiro desde meados de 2016, altura em que a minha namorada terminou comigo uma relação de cerca de 4 anos. Este post vem falar sobre algumas situações um bocado estranhas que se passaram entre mim e algumas raparigas e gostava de receber algum feedback para saber o que correu mal (tudo isto se passou antes da pandemia).

1.Falei com rapariga no Tinder. A conversa fluiu bem e depois começámos a falar pelo Messenger durante uns dias. Combinámos um café. No dia do café mandei mensagem de manhã a confirmar o nosso encontro. Ela pediu desculpa e disse que tinha conhecido outra pessoa e o café ficou sem efeito. Perguntei-lhe como é que era possível ter conhecido assim uma pessoa da noite para o dia e como é que era possível ela desmarcar isto assim, com esta frieza. Ela disse que não tinha nenhum compromisso comigo e que não me tinha de dar justificações de nada em relação à vida dela. Depois disso bloqueou-me. Nota: A rapariga não era nada de especial fisicamente, se é, pelos vistos, a única coisa que conta nos dias de hoje…

2.Conheci uma rapariga no tinder. Começámos a falar e a conversa fluiu bem. Trocámos Facebook para falarmos (ela pediu-me em amizade) e ela até disse: “Vou jantar. Depois falamos pelo Messenger se quiseres” e mandou um smile. Disse-lhe olá no Messenger e passaram-se 1,2,3 horas e ela não respondeu e tinha visto as mensagens e até fez um like na minha foto de perfil. Perguntei: "então, ainda a jantar ahaha?" e não tive resposta. Voltei a mandar-lhe mensagem no Tinder a perguntar se alguma coisa tinha passado. Ela não respondeu. Fiz o mesmo no Messenger ela também nunca respondeu até hoje. Não entendo o que se passou. Não me bloqueou ou retirou a amizade no FB.

3. Fui convidado para um jantar convívio de faculdade com alunos de licenciatura de vários anos (na altura estava no 2º ano de mestrado). Sentei-me numa mesa ao pé de um colega e na mesa imediatamente à minha frente estava uma rapariga que estava sempre a olhar para mim (não foi imaginação minha, eu sei quando isto acontece) e trocámos olhares durante um tempo. Perguntei ao meu colega se deveria ir lá falar com ela e ele disse que sim. Fui e tivemos uma conversa perfeitamente normal, ela parecia estar a gostar, e falámos um bocado do curso e depois eu expliquei-lhe qual o tema da minha tese e ela parecia bastante interessada, tal como a amiga dela que estava mesmo ao lado. Passados uns 10 mins de conversa volto para a minha mesa e só voltei lá no final do jantar. O tom dela estava completamente diferente. Dava respostas curtas, parecia que não queria falar comigo, etc. Achei aquilo muito estranho, mas decidi não insistir. No final do convívio tentei encontrá-la para perceber se alguma coisa tinha passado mas não a vi. Encontrei a amiga e perguntei o que é que se tinha passado para a rapariga ter ficado tão diferente de repente (a própria amiga também estava diferente) e ela respondeu-me que a miúda tinha namorado...E eu respondi "ok, e então? só por ter namorado não posso falar com ela?". A amiga ignorou-me literalmente e foi-se embora. Quando cheguei a casa consegui encontrar o Facebook dela e pedi-a em amizade. Passado 15 mins estava bloqueado LOL. Achei tudo aquilo muito estranho, visto que não fui desrespeitoso, rude, etc. Após umas semanas encontrei a rapariga na faculdade e tentei ir falar com ela. Fui completamente ignorado (falta de respeito) e a amiga basicamente mandou-me ir à m****. Por uma questão de orgulho, não insisti mais e fui embora. Não faço a menor ideia do que se passou aqui e ninguém me consegue explicar o que é que eu fiz de errado (se é que fiz alguma coisa de errado).

4. Fui convidado para ir a um convívio de medicina e estava lá com esse pessoal, mas em paralelo também estava a haver um jantar de estudantes de Direito. Uma rapariga vem falar comigo e começa a elogiar-me, a dizer que eu tinha olhos bonitos, etc e eu achei piada e conversámos um bocado. Depois ela voltou para as amigas mas cerca de 5 mins depois volta e pergunta-me o nome. Eu respondo, pergunto também o nome dela e ela pergunta-me se eu não queria ir para outro sítio dançar. Eu pensei: why not? A rapariga até era engraçada. Dançámos, beijámo-nos e no final eu até já estaria provavelmente demasiado ko. Acabámos por ir para casa dela, mas não aconteceu nada mais de especial do que beijos porque eu já estava bastante bêbado e adormecemos. No dia seguinte eu peço-lhe o Facebook e convido-a para irmos tomar um café porque eu até fiquei com alguma curiosidade em conhecê-la melhor. Ela manda-me o perfil dela mas eu achei aquele perfil um bocado estranho (mais à frente explico melhor). Falámos por messenger durante alguns dias mas ela demorava sempre imensas horas a responder e esquivava-se sempre ao café, até que acabou por dizer que tinha saído de uma relação há pouco tempo e que não queria nada sério com ninguém. Um certo dia era para lhe mandar mensagem e reparo que o perfil dela tinha sido apagado...Umas semanas mais tarde, por mero acaso, descubro o perfil VERDADEIRO dela e as coisas começaram a fazer algum sentido porque eu lembrei-me que ela me tinha dito que ia fazer de caloira infiltrada (ela estava no 2º ano de direito) e daí a criação de um perfil falso. Adiciono-a e pergunto-lhe porque é que ela me tinha feito aquilo, porque é que me tinha tratado daquela maneira. Não vou transcrever a mensagem que ela me enviou porque é de alguém com um perfil extremamente frio, sem qualquer compaixão pelos outros. Basicamente a dizer que não me conhecia de lado nenhum, nem queria conhecer e outras coisas bastante mais fortes que magoariam qualquer rapaz/homem com um mínimo de sentimentos. Aquilo bateu-me forte no momento...Depois bloqueou-me (já estava à espera).

Depois de todas estas situações já começo a perder um bocado a fé (e até a vontade) em tentar a minha sorte com raparigas. Uma pessoa vai ficando cada vez mais e mais quebrada e sem confiança após tantas situações estranhas, onde a lógica não consegue explicar bem o porquê de estas raparigas terem este tipo de atitudes. Eu podia dar mais exemplos, mas ficaria aqui o dia todo a escrever e apenas mencionei as mais recentes. Obrigado"

Retrato de Grim Reaper
Qua, 09/06/2021 - 01:04
Grim Reaper:
Membro desde: 29.04.2017

Já agora foste "ghosted". Pesquisa sobre isso.

Retrato de Grim Reaper
Qua, 09/06/2021 - 01:18
Grim Reaper:
Membro desde: 29.04.2017

Posso-te garantir uma coisa, o mais difícil para um homem inteligente actualmente é ser respeitado pelo sexo oposto. Tem a ver com a educação que levaram ou melhor as lambadas que não levaram enquanto pequenas pelos paizinhos enc_nados. Vieram do mundo das princesas da Disney apaparicadas a vida toda sempre à procura de graxa e presentes. Procura hobbies que te agradem, não percas o teu tempo nisso, a sério. Elas vão rir-se nas tuas costas e nas tuas tentativas, a cada ghosting que fazem mais molhadas ficam. É assim...

Retrato de NMorgado
Qua, 09/06/2021 - 11:58
NMorgado:
Membro desde: 07.06.2021

Ghosted? O que é isso lol?

Retrato de NMorgado
Qua, 09/06/2021 - 12:00
NMorgado:
Membro desde: 07.06.2021

Ok, acho que já percebi...

Retrato de Grim Reaper
Qua, 09/06/2021 - 18:42
Grim Reaper:
Membro desde: 29.04.2017

Ok isso é mais comum do que tu pensas e esse tipo de crueldade vai continuar enquanto gajos como tu andarem a dar à bomba ao ego delas. Não há nada de errado contigo tens comportamentos normais, infelizmente assim como tu há uma lista enorme de gajos que usam as mesmas técnicas, logo não te diferencias dos outros. Agora não esperes muito de uma psicóloga, uma GAJA nunca te vai ajudar, elas não têm noção nenhuma e preferia ouvir conselhos de uma parede de tijolos, e claro se ela te desse a solução não ias lá mais para encher-lhe os bolsos. Agora elas procuram aqueles 10% de homens, com esses já não há stresses, ou será que iam dizer, "não me chateies seu modelo"?

Retrato de NMorgado
Qui, 10/06/2021 - 11:52
NMorgado:
Membro desde: 07.06.2021

Pois, eu percebo a lógica. O engraçado é que nenhuma destas gajas que referi (e outras) não eram assim nada de especial fisicamente. Andavam ali no 5-6/10. Por isso, não entendo muito bem essa mania delas de acharem que merecem melhor. Acham-se umas miss universo, melhores que os outros, e depois são todas umas hipócritas. Se calhar isto até é uma coisa comum, não sei...Eu é que penso que devo ter um azar descomunal em que gaja atrás de gaja acontece sempre um episódio destes. E sim, a questão da psicóloga é um bocado complexa. Eu acho é que os conhecimentos teóricos destes profissionais não são suficientes para explicar o comportamento delas porque não encaixa em nenhuma lógica...

Retrato de Grim Reaper
Qui, 10/06/2021 - 12:17
Grim Reaper:
Membro desde: 29.04.2017

Pois, mas actualmente as gajas que te referes nessa escala de 5-6/10 e novas, recebem validação de vários homens e tornam-se numas convencidas que pensam que vão obter o macho alpha naqueles 10% que referi, culpa as redes sociais e os supositórios de likes que recebem, muitos sem grande fundamento. O problema é os homens que não quebram esse círculo vicioso. Depois elas quando chegarem aos 30, 40 anos vão perceber a quantidade de homens sérios que rejeitaram. Mas não te preocupes elas vão bater nessas idades a natureza encarrega-se de fazer justiça depois o jogo vira-se ao contrário. Ainda ontem vi no youtube uma gorda a dizer que o tipo de homem dela era um gajo alto musculado...

Retrato de NMorgado
Qui, 10/06/2021 - 13:32
NMorgado:
Membro desde: 07.06.2021

Uma gorda a exigir um gajo alto e musculado? Ahah

Retrato de gatita5
Qui, 10/06/2021 - 16:54
gatita5:
Membro desde: 21.08.2013

Caramba depois de tudo o que escreveram admiram-se de ser rejeitados.
NMorgado se continuar com essa carência toda vai continuar a chuchar no dedo. Beijinhos

Retrato de Grim Reaper
Qui, 10/06/2021 - 17:25
Grim Reaper:
Membro desde: 29.04.2017

Eu tenho namorada XD

Retrato de Grim Reaper
Qui, 10/06/2021 - 17:56
Grim Reaper:
Membro desde: 29.04.2017

Epá, só agora é que reparei que estás nisto desde 2016 :\ É muito tempo. Ainda por cima estavas bêbado daquela vez que foste para casa da outra croma...

Retrato de NMorgado
Qui, 10/06/2021 - 19:27
NMorgado:
Membro desde: 07.06.2021

Sim, isto aconteceu entre 2016 e 2018, por isso é que acho estranho e coloquei a questão aqui no fórum. Depois disso não voltei a tentar aproximações ou abordagens porque a auto estima de um gajo acaba por ficar muito em baixo. E não @gatita 5, se estás a insinuar que eu sou machista ou que falto ao respeito às mulheres de alguma maneira, esquece lá isso. Se calhar o problema é tratá-las demasiado bem. Não entendo se isto que se tem passado comigo é uma questão de azar ou se há mais outras variáveis

Retrato de gatita5
Qui, 10/06/2021 - 20:07
gatita5:
Membro desde: 21.08.2013

Grim Reaper pobrezinha

Retrato de Grim Reaper
Qui, 10/06/2021 - 20:20
Grim Reaper:
Membro desde: 29.04.2017

"Se calhar o problema é tratá-las demasiado bem."

É o problema sim.

Tens de te mostrar mais confiante, nada submisso, nem demonstrar que estás carente ou a precisar de o meter todo. Tens é de ter uma figura e lifestyle que suporte isso. Se apareces como um loner necessitado não vais lá. Não sei se praticas desporto, eu por exemplo faço bodybuilding e isso mudou a minha vida no bom sentido. Tem também cuidado com as perguntas que elas fazem, pois muitas são rasteiras para perceberem que tipo de gajo és, a.k.a. shit test.

Retrato de gatita5
Qui, 10/06/2021 - 21:21
gatita5:
Membro desde: 21.08.2013

NMorgado serão os seus temas de conversa enfadonhos? Conversas intermináveis e desespero notório? Parece dupla personalidade, fofinho por um lado, depois demonstra uma faceta imbecil.

Retrato de Tony Chopper
Sex, 11/06/2021 - 06:52
Tony Chopper:
Membro desde: 28.08.2017

Situação nº 1- É uma "bitch" que gosta de jogar a vários tabuleiros e depois escolher o brinquedo - deves dar-te satisfeito por não a teres conhecido pessoalmente - uma pessoa que fez isso contigo e que te descartou num clique, é alguém que fará o mesmo a outras pessoas;

Situação nº 2 - Demonstraste carência, desespero e apego e isso afugenta as mulheres. Ela possivelmente estaria a testar-te para ver como reagias e se eras um homem confiante e enviaste todos os sinais errados, penso que deverias ter ignorado um bocado, metido conversa e esperado que ela desse outro passo;

Situação nº 3 - Não há detalhes suficientes sobre a tua postura, linguagem verbal e corporal nem da dela e possivelmente aborreceste-lhe com alguma com a conversa. Eu entendo-te, também me considero um homem com um QI elevado, aliás, foi assim que cheguei longe na vida, mas cedo percebi que isso não conta para a vida do dia-a-dia no geral;

O gesto do Facebook assustou-a de ver e não deverias ter pedido satisfações de nada à amiga. Às vezes, por muito que custe, temos que engolir em seco e não deixar que os outros sintam e predem na fragilidade.

Situação nº 4 - Eu também tirei o curso em Coimbra e entendo o ambiente de farra, copos e one night stands e sinceramente acho que deverias ter aproveitado no dia a seguir, naqueles momentos de mistura de ronha, risos e ressaca para a comer e deixares isso assegurado, porque ela sabe que já lhe terias "ficado com algo" e mais tarde nem precisavas de insistir em cafés em afins; era convidar para sair ou dar um giro sabendo de antemão como iria acabar.

Não teres aproveitado para lhe saltar em cima quando podias foi muito mau, não tiveste a iniciativa que num mundo crescentemente feminista ainda se entende que caiba ao homem e isso de ir atrás pedir satisfações e afins só assusta as pessoas.

Coimbra é porreira, uns tempos. Eu estudei lá de 2005 a 2010 com um ano fora em Erasmus e percebi que havia todo um mundo lá fora para descobrir além do nosso pequeno rectângulo plantado à beira-mar, fiquei com um bichinho, saí novamente e nunca quis regressar. Em Coimbra fazes amigos para a vida mas também conheces muito entulho, muitos agrobetos, pessoal que vem de buracos no fim do mundo e que vai do campo para a cidade e ficam encantados e pessoal a viver adolescências tardias, alguns eternamente.

Retrato de Tony Chopper
Sex, 11/06/2021 - 07:00
Tony Chopper:
Membro desde: 28.08.2017

Sinceramente acho que deverias apostar em ti, fazer desporto, umas tatuagens, treinar a tua auto-estima e talvez pensar em sair de Coimbra. Essa cidade é muito pequena e o mundo tão grande! Ficares aí preso é viveres a vida de estudante eternamente, seja na óptica de estudante, seja na de quem já acabou o curso e no entanto continua a frequentar os mesmos espaços e a estar com as mesmas pessoas e não progrides nem evoluis.

Se não te sentes feliz salta fora, muda de vida, de país! Eu saí de vez aos 25 e não me arrependo. Tenho histórias surreais que levarei para a vida, muitas aventuras, contactos com outras culturas e realidades, momentos de pesadelo é verdade, mas muitos de sonho também...

Retrato de Tony Chopper
Sex, 11/06/2021 - 07:18
Tony Chopper:
Membro desde: 28.08.2017

Em Coimbra conheci mulheres espectaculares, cinco estrelas, fiz grandes amigas mas também conheci muita "vaquita" e muita labrega pá. Coimbra é aquela cidade em que há quem vá mesmo atrás do prestígio da UC e de alguma faculdade em particular, mas também é aquele sítio em que acaba muita gente que vai à procura do degredo, da diversão, sem objectivos concretos de equilíbrio entre diversão e estudo e muitos até sem objectivo de tirar o curso em si.

Acaba lá todo o tipo de gente, seja homens ou mulheres e sendo tu um gajo já formado, a chegar nos 30, estás aí a perder a insistir o teu tempo tentando-te misturar na vida académica para quê? Baza daí!

Retrato de NMorgado
Sex, 11/06/2021 - 14:17
NMorgado:
Membro desde: 07.06.2021

@grimreaper pois, se calhar tenho de mudar de postura. Provavelmente sou muito ingénuo, não sei. Não, neste momento não faço desporto mas fiz ginásio durante 3 anos e depois cansei-me da rotina. Mas não são um bocado estranhas estas situações?

Retrato de NMorgado
Sex, 11/06/2021 - 14:19
NMorgado:
Membro desde: 07.06.2021

@gatita não acho que as conversas sejam enfadonhas e não, não tenho dupla personalidade lol. Claramente não me conheces. Eu até nem sou de falar muito..não combina com o meu perfil

Retrato de NMorgado
Sex, 11/06/2021 - 14:24
NMorgado:
Membro desde: 07.06.2021

@Tonny Chopper Em parte, tens razão. Muita gente me diz para sair daqui (eu nasci aqui e sempre vivi aqui) mas devido a certas circunstâncias da vida ainda não surgiu a oportunidade. Epa a situação nº3 para mim foi a mais bizarra de todas. Mudar radicalmente no espaço de minutos é muito estranho. Eu às vezes penso que se calhar a miúda não batia muito bem da cabeça, mas não sei. A situação 4 é complexa. Sim, eu podia ter comido a gaja mas estava completamente bêbado quando cheguei a casa dela e mal me aguentava em pé. Foi deitar e dormir. Não conseguia mesmo fazer mais nada. Só acho estranho ela dar-se ao trabalho de depois me dar um perfil falso e de ter feito um jogo muito feio comigo...eu fui um brinquedo basicamente. Estas situações revelam que as mulheres quando querem podem ser muito mais frias que os homens

Retrato de Grim Reaper
Sex, 11/06/2021 - 15:36
Grim Reaper:
Membro desde: 29.04.2017

Não acho estranho essas situações porque vejo muitos relatos parecidos. Sim muitas são malucas e não vale a pena, há muitas referências para os olhos de maluca e curiosamente bate certo com os comportamentos. Tens de pensar que mulheres com o ego cheio e com propostas diárias não vão ter um comportamento dito normal. Às vezes basta meterem uma foto mais provocadora e aparecem os "simps" logo a correr a dar likes e com comentários. É o mundo bizarro em que vivemos...

Retrato de Tony Chopper
Sex, 11/06/2021 - 15:38
Tony Chopper:
Membro desde: 28.08.2017

As mulheres não têm que fazer praticamente nada e têm sempre procura, por isso dão-se ao luxo de fazer essas coisas que dizes: sabem sempre que vão ter gajos atrás delas e podem seleccionar, descartar, escolher, brincar, etc.

E sobre seres um gajo culto e instruído tens que perceber que o comum português não é assim, seja homem ou mulher. O típico tuga é o gajo, independentemente do grau de instrução, que não conhece outra realidade a não ser a sua e do que ouve dizer, vai todos os anos de férias para o Algarve e conhece o mundo da tv e das revistas, ao fim-de-semana pega no seu Opel Corsa branco comercial e vai com a mulher gorda para o café ao lado de casa, não tem cultura geral, nem nunca foi chamado a opinar e quando o faz diz as alarvidades que se vêem nas caixas de comentários do FB.

Muitas dessas gajitas que contaste, além de serem miuditas ainda, espelham o grande atraso social que Portugal tem, escondendo-se atrás da hipocrisia do que é socialmente correcto ou politicamente aceite e depois têm atitudes dessas. Na quarentena, no país onde estou, tive uma vizinha a bater-me à porta a perguntar se queria jogar um jogo de tabuleiro que era pretexto, na verdade, para pinar. Achas que fiquei a achar que era uma vaca por ter iniciativa? Claro que não e até achei piada. Mas digo-te não faz merdas dessas de apagar, de ofender e não sei quê. Portugal é um país muito atrasado socialmente e nas pequenas cidades ainda pior...

Retrato de Grim Reaper
Sex, 11/06/2021 - 15:54
Grim Reaper:
Membro desde: 29.04.2017

Eu acho que é um fenómeno global, não creio que em Portugal seja pior. Estão expostas ao mesmo lixo, agem da mesma forma, vestem-se da mesma forma e usam aquelas maquilhagens patéticas independentemente da localização geográfica. A parte boa é que há mulheres como deve ser, no meu caso tive bastante sorte. Recebo presentes assim do nada, declarações, muito fixe mesmo, mas não é fácil encontrar. Tu vais saber quando uma mulher está realmente interessada em ti, os comportamentos são o completo oposto dos que mencionaste.

Retrato de Tony Chopper
Sex, 11/06/2021 - 15:55
Tony Chopper:
Membro desde: 28.08.2017

Eu gostei de Coimbra na altura mas é uma cidade que parou no tempo. Não quero que o tomes com ofensa, por seres daí, epa mas não desenvolveu. Tem grande interesse histórico, mas não tem condições que fixem os jovens: cidade que vive de copos, comércio e arrendamentos, com casas centenárias a cair aos bocados tirando aquelas zonas de Celas, Quinta das Flores e Santa Clara; o metro do Mondego, já quando eu estudava lá, havia cartazes, uma loja na baixa do Metro do Mondego e nunca deu em nada.

É uma cidade lindíssima, mas já a visitei como turista, depois de tirar o curso e achei uma seca, achei que não conseguia viver ali, precisamente por 80% gravitar em torno da vida académica e não haver praticamente mais nada além disso. Para um homem como tu, nos 30, não te oferece nada em termos pessoais, amorosos e sociais como oferecem cidades como Aveiro, Braga, Lisboa, Porto...até Viseu.

Vais sempre conhecer essas gajitas estudantes, pessoal que está aí de passagem e numa de apenas se divertir, ver a confusão de seres um pós-universitário a misturar-se aí no meio quando poderias dar os melhores anos da tua vida, num novo começo, numa nova cidade ou país.

Esse é o primeiro conselho, o segundo é procurares mulheres mais "select", gajas mais da tua faixa etária, cultas, refinadas, com experiência de vida, carreira e não essas miuditas em aplicações de engate em que se escolhe as pessoas apenas pela imagem, valendo isso em termos absolutos.

O terceiro é valorizas-te mais o que significa por exemplo que mesmo que gostes duma mulher, se sentires que não te respeita saltares fora sem problemas e deixares isso presente e não ires correr atrás tipo desesperado, nem pedir satisfações: se as pessoas não têm problemas em deixar-te pendurado, "ghosted", etc, também não deves ter problemas em fazer o mesmo.

Retrato de Tony Chopper
Sex, 11/06/2021 - 16:00
Tony Chopper:
Membro desde: 28.08.2017

Simps hahahahaha muito bom!

Mais bizarro são aqueles cotas de meia-idade com óculos de sol, bigode e foto de há vinte anos atrás a dizer coisas como "anda cá ao pai que trato de ti!"

Por acaso não tenho Instagram e só uso o FB para feeds de notícias e humor, mas já vi o Instagram e não gostei, achei que estimula o narcissismo, o egocentrismo, os estímulos e o falso carinho virtual de likes e comentários...

Retrato de Grim Reaper
Sex, 11/06/2021 - 16:23
Grim Reaper:
Membro desde: 29.04.2017

lol, o que eu gosto mesmo é de ver perfis de gajas que há uns tempos eram o top da vizinhança ou da escola, e agora nem fotos metem e quando metem estão uma merd_. Realmente a natureza é fantástica a dar com o karma nessas bitches.

Retrato de Tony Chopper
Sex, 11/06/2021 - 16:27
Tony Chopper:
Membro desde: 28.08.2017

Sim, ou as que eram as modelos do liceu e nunca deram nada na vida e metem selfies em casa, no café ou na praia da terrinha.

Retrato de gatita5
Sex, 11/06/2021 - 17:00
gatita5:
Membro desde: 21.08.2013

Nem todas se importam com os atributos físicos, não existe nada mais entediante que a conversa de um sujeito que anda no ginásio e é obcecado por isso. No pain, no gain. Beija os bíceps. Olha só os meus músculos inchados, tronco de monstro e pernas de alicate.