sera k so acontece comigo???? | A Nossa Vida

sera k so acontece comigo????

Retrato de cristina s
03.11.2009 | 23:13
cristina s:
Membro desde: 14.04.2008

ola noivinhas!
nao participo muito, mas venho praticamente cuscar as novidades tds os dias....este forum é viciante!!!!!
hoje tou msm a precisar de desabafar.
casei a pouco mais de 6 meses, era pa tar a viver um sonho, pk tou a pexoa k amo, mas tal nao acontece.
xatiamo-nos por td e por nada, parece k tamos sempre amuados um com o outro. ja nao existe contacto, nao temos brincadeiras, ja nao somos amigos cm eramos, pelo menos é o k sinto.
desde k casei k os mimos dele para cmg diminuiram e claro da minha parte tb...pk eu por vezes tento com k volte a ser o k era antes de casarmos e ele nao cede, tem sempre akele "vitral" de volta dele k nao o deixa emocionar-se.
sei k as coisas mudaram a mais de 5o% e eu nao tou feliz com esta nova vida....sera k tb vos acontece? sera k so eu é k nao tou a viver um sonho cor de rosa?
ja pensei k poxa ser a adaptaçao um ao outro, pk dizem k os primeiros tempos sao os mais complicados, mas nao sei!!!! Sad
sinto saudades da minha vida de soleira, de viver com os meus pais...na minha casa, no meu karto...ai, tantas saudades!!! Crying
ja nao sei o k pensar, pk nao gosto nada de tar axim, ando em baixo. nao ha semana nenhuma k nao xore, parece estupidez mas é verdade. tou a ver as coisas a mudarem comletamente e eu nao keria. sei k dp de casar iria haver mudanças ( tou na minha casa sozinha com ele, claro k tinha de haver mudanças), mas nunca pensei k foxe axim, as vezes ate me arrependo de ter casado....ker dizer ja nao sei o k pensar..
bem , ja me alonguei demais, ja tou a ser xata.
beijitos


Retrato de DMRS
Ter, 03/11/2009 - 23:23
DMRS:
Membro desde: 24.08.2009

conversaria. muito.sobre tudo mesmo.

uma boa conversa pode elucidar.te de muita coisa!

tenta falar com ele. ve o que o fez mudar, o que aconteceu, se ele se desiludiu com algo?

diz-lhe como te sentes...

desabafa com ele como desabafas.te aqui "connosco"

--------

eu vivo junta a um ano e muito e nos nao tivemos grandes problemas desse genero mas tb ja ouvi falar nesse tipo de casos.
por vezes, sao so os feitios das pessoas a tentare adaptar-se um ao outro.
mas para dar certo nenhum de voces pode desistir. uma relaçao precisa de pilares muito fortes e so voces os dois.juntos. podem fortalece-los...

**

Retrato de Ana Lipas
Ter, 03/11/2009 - 23:39
Ana Lipas:
Membro desde: 10.09.2009

Olá,
Olha, eu ainda vou casar para o ano, mas já moro junto com o meu namorado á quase 5 anos...

A verdade é que embora haja aquela paixão e emoção ao inicio, não é facil viver com pessoas que têm uma experiencia de vida diferente da nossa.

Comunicação é sem duvida a chave principal.

Provavelmente ele estava habituado a certas coisas, quando solteiro e que agora simplesmente são diferentes.

Sabes, ao inicio eu e o meu namorado tinhamos imensas turras, eu vim viver para casa dele e foi um "inferno", e sabes qual era o motivo das nossas discuções?!? o arrumar a casa.

sempre fomos ambos apologistas que a casa tem de ser arrumada a meias, o problema é que ele queria que eu arrumasse as coisas ao jeito dele e parecia que era ele ke me ensinava como lavar a loiça, limpar o pó, guardar os pratos... enfim... chocavamos imenso nisso, porque ele achava que as coisas tinham de ser feitas de uma maneira e eu de outra.

E tambem chorei de raiva e de frustração, mas falava sempre aquela dor, mesmo que pateta, ficar calada?! Nunca.

Por isso insiste em comunicares com ele, não tenhas medo de o enfrentar, pois assim as coisas acabam por se deteriorar e tudo acaba num esquecimento dorido.

Boa sorte e não desistas

Ana
http://memoriasdonossocasamento.blogspot.com/

Retrato de DMRS
Qua, 04/11/2009 - 00:01
DMRS:
Membro desde: 24.08.2009
Ana Lipas wrote:

sempre fomos ambos apologistas que a casa tem de ser arrumada a meias, o problema é que ele queria que eu arrumasse as coisas ao jeito dele e parecia que era ele ke me ensinava como lavar a loiça, limpar o pó, guardar os pratos... enfim... chocavamos imenso nisso, porque ele achava que as coisas tinham de ser feitas de uma maneira e eu de outra.

isso eu tb passei..nenhum de nos gsta de desarrumaçao mas ele gsta mais das coisas mm todas perfeitinhs e vinha sempre reclamar.
eu so lhe comecei a dizer "se ta mal , faz melhor" e ele ou faz melhor (como ele acha que devia ser feito) ou deixa estar Wink Wink

Retrato de _Ana_Rita_
Qua, 04/11/2009 - 00:03
_Ana_Rita_:
Membro desde: 03.11.2009

Olha, eu acho que o teu problema é veres-te aí sozinha, com o teu marido... Antes estavas em casa, com os pais, a família, e agora sentes-te só... Mas tens que tentar encarar esta tua nova fase. Podias pensar que tudo ia ser um conto de fadas mas a vida nem sempre é assim. Conversa com ele e tenta que o teu casamento seja o mais sincero possível. Faz coisas divertidas com ele, combina fins-de-semana românticos, jantares românticos, convida casais amigos para irem a vossa casa, convida a tua família, divirtam-se e aproveitem ao máximo a vida.

Bjs

Retrato de nesvale
Qua, 04/11/2009 - 01:33
nesvale:
Membro desde: 09.01.2009

Quando não se está bem temos sempre saudades do que já passou...
Eu já tive uns tempos mal com o meu marido e nessa altura só tinha vontade de voltar para casa da minha mãe, para o meu quarto, para a minha vida de solteira! Mas a verdade é que não sinto que voltar a ser solteira seja o objectivo...
Concordo com as meninas que dizem que tens de ter uma conversa séria com ele. Dizer-lhe como te sentes, perceberes como ele se sente e tentarem resolver as coisas. Tentar ultrapassar os problemas. Não vale a pena arrependeres-te de estares casada! Casaste para o bem e para o mal, lembras-te? Agora é o mau... Faz um esforço para tentar que ele passe! (Atenção que com isto não estou a dizer que devemos aturar tudo só porque estamos casadas... Mas com 6 meses de casamento ainda estás como tu dizes na fase da adaptação. E eu acredito que as coisas podem melhorar!)

Força!

Retrato de marta merencio
Qua, 04/11/2009 - 01:39
marta merencio:
Membro desde: 30.06.2009

nina tou casada a menos tempo simplesmente 3 mese e revejo me nas tuas palavras... incrivel como tdo mudou! sinto me triste e arrependida sem saber mais k faxer! n sou boa ajuda mas s pexixares aki tou ok?!

beijinhos

Retrato de marta merencio
Qua, 04/11/2009 - 02:08
marta merencio:
Membro desde: 30.06.2009

ohh querida monisca...

obrigada pelas tuas lindas palavras e pela forxa! fizes te chorar! Worried Worried

tenho feito de tdo pa aguentar e ele tb temx sido mto fortes apesar d tdo! nao pensamx desistir a primeira dificuldade nem a segunda! nos amamo-nos mas algo s perdeu e nem um nem outro sabemos o k! ta a ser dificilpa ambos... temos conversado tanto vendo o k ta mal e bem! mas dpx... volta tdo a estaca zero! poxa ja n sei k faxa!

beijinhos vou t adicionar! e mais uma vex obrigada linda

Retrato de susy101
Qua, 04/11/2009 - 07:09
susy101:
Membro desde: 28.04.2009

Ola eloisa,

Eu entendo a tua situação! Eu ainda não casei mas ja estou a viver a 2 anos e meio com o meu namorado! E devo confessar-te que no inicio não foi nada fácil!!

Cada um tem os seus habitos, a sua maneira de ser.

Cada um aprende a conhecer o outro e a conhecer-se a si próprio.

E natural que te sintas assim, é uma situação nova.

Conversa com ele, explica lhe como te sentes. Diz-lhe que tens saudades das vossas brincadeiras...

Vais ver que vai passar, é um tempo de adaptação à tua nova vida, mas vais ver que vão viver uma bela vidinha juntos!!

Beijokas, e se precisares de algo, é só dizeres Smile

Retrato de susy101
Qua, 04/11/2009 - 07:35
susy101:
Membro desde: 28.04.2009

Ola Marta,

Não desistas, continua a conversara com o teu marido. Tenta fazer coisas que faziam solteiros.

Ainda não vivias com ele antes de casar?

É um tempo de adaptação. Quando fui viver com o meu namorado, foi dificil porque cada um tem uma maneira diferente de ver a vida.

Andavamos sempre a discutir! Ou por causa disto, ou por causa daquilo! Mas depois tudo ficou bem!

Não é facil, mas se vocês se amam mesmo tudo se vai resolver!!

Continuem a conversar, façam coisas novas, descubram-se um ao outro, faz-lhe surpresas, traz novidades ao teu casal.

As vezes faz bem sair da cidade, ir passear ao domingo à tarde só os dois num sítio onde nunca foram.

Um jantar em casa a luz das velas...

Coisas romanticas e tambem mais intimas para reacender a chama...

Força linda!!

Ja sabes, se precisares de ajuda ou só desabafar, eu estou aqui!!

Beijo grande!!

Retrato de SofiaB
Qua, 04/11/2009 - 09:25
SofiaB:
Membro desde: 09.10.2009

Até estou com medo do que aí vem!!! Sad
Ainda não vivo com o meu namorado mas já está na recta final para isso acontecer. Vamos casar para o ano e confesso que ao ler estes tópicos todos fiquei toda arrepiada e com medo do que vem por aí Sad

Espero que tudo se resolva para as meninas que estão mal e espero que eu consiga adaptar-me bem!

Beijinhos

Retrato de JUMau
Qua, 04/11/2009 - 09:51
JUMau:
Membro desde: 07.10.2009

Oh minha linda...

Que idade tens??

Nem sei que te diga...Já assisti a uma cena dessas... minha irmã casou aos 21 anos...

Foi o terror...

já nem se toleravam....chegaram a um ponto que um di algo para magoar...o outro tem que dizer algo pior...

talvez estejas a passar por isso porque os rapazes muitas das vezes casam...mas a verdade não querem casar..

falo pelo que vi no meu cunhado...

depois....não sei se é o caso...estava habituados a viver numa casa...e o facto de ter mudado para um apartamento dei-lhe a volta a cabeça....Não se adaptou...

então...tudo o chateava..não falava...quando falavam discutiam...etc...nada toleraveis...

evitava estar em casa..deixava- a sozinha...a sério...

Acho que houve muita imaturidade...

Depois, é lógico que o desgosto e o desespero tomem conta de vôces....

Ganha coragem...

A minha irmã entretanto...teve uma menina...hoje tem aninhos..e já está casada a caminho de 9...a vida tem altos e baixos...mas mudou...

Não pelo nascimento da filha...mas porque teve memso que ser..esforçaram-se!!

Mostra-lhe que tens saudades..

As mulheres têm sempre mais capacidade e são mais fortes..apesar de também cairem fundo...

Conquista-o....tenta não ligar quando ele está amuado.

falas naturalmente....

è complicado, eu sei....muito complicado..porque tu também estás em baixo...

Mas levanta-te....

Luta..pelo que acreditas..

Deixo-te o meu mail....se precisares de ajuda...

Pode ser que te ajude...

[email protected]

Retrato de Sandra e Miguel
Qua, 04/11/2009 - 10:17
Sandra e Miguel:
Membro desde: 09.05.2008

Li o teu desabafo e passou se exatamente a mesma coisa com uma grande amiga minha. Eles casaram em 2005 e nos primeiros tempos não foi facil eles já estavam a passar s um com o ouro mesmo alias chateavam -se todas as semanas, para tu veres que chegou ao ponto de se chatearem com a pasta dos dentes pk um só apretava em cima e outro queria k apertaçe desde baixo, entre essas coisas e mto mais, dei lhe sempre força para ela lutar por o casamento dela, alias dizia lhe sempre "se amas verdadeiramente vai a luta" conversa com ele e ela só me dizia "mais sempre k falo ele dá m razão mas dp volta tudo a estaca zero" andaram nisto kase um ano. Até que um dia ele decidiu sair de casa ela ficou de rastos e até com vergonha de contar aos pais eu fui a primeira a saber. Ele esteve uma semana fora de casa teve em casa dos pais dele até que ao fim de uma semana ele liga lhe e falaram e mais falaram decidiram que afinal ainda se amavam e que valia a pena lutar um pelo outro e não um com o outro. Kdo soube disto fiquei super contente dei lhe mta força e mtos concelhos de amiga. E hoje Graças a Deus estão bem até já pensam em filhos, alias que ela já engravidou mas n correu bem e abortou involuntariamente para tristesa de ambas e eu mais uma vez do lado deles a dar mais um ombro amigo para ambos para os confortar e para verem as coisas de outra força.

Contei t esta historia que é mto real dos nossos dias e fui testemunha dela, para t dizer que vai a luta, se amas verdadeiramente luta pela tua felicidade pelo teu amor e por ultimo pelo teu casamento, não keiras um casamento de fachada, que era isso que estava acontecer com a minha amiga, mas uma coisa, conversa com o teu marido tenta perceber o k vai na cabeça dele e mostra lhe que não estas bem, k estas triste e k keres mudar. O dialogo é a melhor arma para resolver todos os problemas.
Quando andavamos no curso de noivos o padre dizia " os putos amuam os adultos conversam" este é um bom lema para entrar na cabeça e pensar onde nos queremos situar se nos putos o nos adultos. Pensa nisto e de certeza que vais chegar a uma conclusão.

Acima de tudo Sê feliz.

Nos tamos casados faz precisamente hoje 4 meses não é todos os dias o mar de rosas tb temos as nossas chaticezitas mas pouco mas sempre k nos deitamos dizemos um ao outro " nana bem, até amanhã, amot mto" todos os dias dizemos isso e se tiver akele dia que até estamos picaditos nessa hora passa tudo e dp até acabamos por conversar e chegar a um concenso e dali não se passa mais nada, tudo passa e dormimos agarradinhos um ao outro.

Desculpa o testamente e espero ter ajudado e não desistas....

Se precisares tou aki é so apitares

Beijinhos e mtas felicidades

Retrato de Kynia
Qua, 04/11/2009 - 11:37
Kynia:
Membro desde: 24.09.2009
Sandra e Miguel wrote:

Li para tu veres que chegou ao ponto de se chatearem com a pasta dos dentes pk um só apretava em cima e outro queria k apertaçe desde baixo,

Já estou a viver com o meu namorado á quase 3 anos. Ainda não sabemos se vamos casar ou não. Sinceramente não é um contrato que vai alterar a nossa vida a dois. O pior é a familia a pressionar (mas a familia do meu lado já sabe q quanto mais me chateiam pior- teimosa)

No inicio foi muito dificil, implicavamos com tudo (até com a pasta de dentes), porque em casa dos pais dele ele fazia tudo, na nossa casa "dava-me" a ideia que não fazia nada.

Como gostava de ter a casa sempre arrumada, andava sempre com a vassoura e o pano na mão, até que cheguei á conclusão que estava a exigir demasiado dele, então relaxei e pensei porquê é que me vou chatear, ele quer ir dar uma volta eu não ia porque queria "lavar a louça", nah mah a louça fica para depois, 1º estamos nós. Agora continuo com a casa sempre arrumada com a ajuda dele e continuamos a sair.

Nós temos de relaxar, viver a vida e principalmente viver a vida a dois...

Um dia esqueço-me dos "e" e dos "se's" e faço apenas o que o meu coração quer.

Retrato de margarida.alexandre
Qua, 04/11/2009 - 14:38
margarida.alexandre:
Membro desde: 17.10.2008

Olá!

Não, não acontece só contigo!
Tenho mais ou menos o mesmo tempo de casada que tu e aconteceu-nos o mesmo. Crying
Acho que nunca chorei tanto, nem nunca me senti tão só como nos primeiros meses de casada. Tudo aquilo que eu pensava ser normal acontecer, não aconteceu… Também dei por mim a pensar (e dou) se teria valido a pena, se não tinha cometido um enorme erro…
Para nós a adaptação não foi, nem está a ser fácil…
Tudo o que disseste quanto à diminuição dos mimos, da tolerância de um para com o outro, aos amuos, à ausência de brincadeiras, entre outras coisas, também aconteceu connosco…
Também tivemos (e ainda temos) discussões valentes onde se diz o que se quer e o que não se quer…
Andámos com uma tristeza imensa por nos sentirmos tão desapontados com tudo, por vermos o quão diferentes éramos e que poderíamos nunca chegar a entendimento…
Nós, o que fizemos, acima de tudo, foi aprender a dialogar… e aos poucos (e mesmo muito devagar) e com muitas “turras” lá nos vamos entendendo… umas vezes é ele que “exige” de mim outras vezes sou eu que “exijo” dele… e aos poucos cada um de nós vai cedendo… e há muitas coisas de que ao início discutíamos e agora não, já nos adaptámos, já nem ligamos porque percebemos e aceitamos que o outro é assim… no entanto, há outras pontas grandes que ainda não acertámos completamente. E de vez em quando lá vem discussão da grossa…
A nossa maior dificuldade foi conseguir falar e tolerar o que o outro nos dizia quando nos “chamava à razão”.
E todas estas discussões e o mau estar cansam e moem e ficamos que nem baratas tontas… Nós tivemos muitas vezes vontade de desistir, chegámos a colocar a hipótese de cada um ir para seu lado, mas depois acabámos sempre por lutar por nós e pela nossa felicidade.
Para a nós a receita tem sido conversa e mais conversa, compreensão e cedência.
Não sei se o meu testemunho te ajudará muito, mas pelo menos ficas a saber que não és a única a passar por essa situação. Se precisares de falar ou desabafar mais um pouco, o m/ mail é [email protected]

Força e Boa Sorte!

Retrato de Susana Pinheiro
Qua, 04/11/2009 - 15:38
Susana Pinheiro:
Membro desde: 27.08.2007

Mantem a calma e tenta analisar as coisas. Dizes que casas-te com o homem que amas, que antes de casarem eram mais amigos, meigos e tolerantes um com o outro. O que fez de repente tudo mudar? Quanto tempo namoraram? Nao, as pessoas nao mudam so por causa de estarem casadas. As responsabilidades a que mudam. Eh certo que cada um tem os seus habitos mas tentem nao levar isso tao a peito. Conversem um com o outro, brinquem, sejam "silly" de vez em quando, cantem bem alto pela casa fora...hahaha e tentem nao passar demasiado tempo juntos - tipo 24/7. Tentem passar quality time um com o outro. A louca fica para depois! Se positiva e pensa que isto eh so uma fase que em breve vais ultrapassar! Nao desistas ah primeira! O amor vai-se construindo, e a paciencia, e a tolerancia, e a confianca...

Retrato de SofiaB
Qui, 05/11/2009 - 09:02
SofiaB:
Membro desde: 09.10.2009

Adorei o teu comentário!
Realmente tens toda a razão!
Esperemos que com o passar do tempos todos nós olhemos para a pessoa que temos ao lado não como um dado adquirido mas como algém a quem precisamos de demosntrar todos os dias o quanto o amamos e precisamos dele para ser feliz e fazê-lo feliz!!
Porque a relação tem que ser trabalhada todos os dias e não deixar de o fazer só porque casámos!

Beijinhos a todas!

Retrato de ella
Qui, 05/11/2009 - 09:21
ella:
Membro desde: 14.08.2007

Meninas:
Já participo neste site á bastante tempo, e é com muita tristeza que leio testemunhos deste tipo. Sao reais e cada vez mais frequentes, vejo acontecerem com muitos casais amigos a minha volta.
A conclusao á que chego é que o casamento nao é tudo.
Muitas vezes os casais pensam que o casamento é a meta. Mas a meta é atingir o equilibrio, entre a tolerancia, a compreensao, o respeito, e outros factores importantes para vida a dois.
Sei que muitas sonhamos com a decoraçao, o vestido e outros detalhes, mas o sonho real é o que será depois disso tudo.
Realmente o casamento hoje em dia passou a ser nada mais do que um papel. Muitps casais nao sao apoiados pelas familias, como acontecia antigamente, nao há mais aquele envolvimento da familia e cada um "puxa a brasa para a sua sardinha".
Depois do casamento muitos casais isolam-se ou vivem de aparencias, ficam tao preocupados em decorar a casa, que esquecem de fortalecer o relacionamento.
Problemas no inicio do casamento sempre existiram, o que acontece agora é que á prioridade deixou de ser olharem um para o outro e as pessoas continuam a agir por si mesmas, sabendo sempre que existe a solucao "divorcio".
É complicado, tambem, porque cada vez mais cada um de nós tem as suas ambicoes, de trabalho, e formar uma familia deixou de ser prioridade. As pessoas passaram a avaliar o ser bem sucedido apenas pela carreira e pelos bens que possuem, esquecendo que ter uma familia unica hoje em dia é o maior dos desafios.
Queremos disfrutar, queremos namorar, ninguem quer fazer sacrificios! Filhos tornaram-se um empecilio ao divertimento do casal.
Ou seja alteraram-se todas as prioridades e o significados das coisas tambem.
Desejo que tudo se resolva com dialogo e amor, e que todos nós, casais, restabeleçamos a nossa prioridade, que é o de ser de feliz juntos!

beijinhos e força!

p,s: O meu relacionamento nao é um mar de rosas é real!!!

Retrato de gisaafp
Sáb, 07/11/2009 - 15:58
gisaafp:
Membro desde: 17.06.2008

Bem, penso que as discuções em início de vida de casal são normais. Há muitos hábitos a alterar porque a pessoa com quem vivemos já não é a mesma.
No nosso caso, decidimos viver juntos antes de casar. Chegamos a discutir como qualquer casal. Principalmente porque tenho muito medo que, depois do casamento, nos tomemos como certos. Por isso fiquei ainda mais insegura com o casamento :s
O certo é que discutimos, falámos, dissemos tudo o que tinhamos cá dentro... e as coisas agora estão bem melhores. Bem melhores do que antes de morarmos juntos.
Façam isso. Conversem. Cada um tem de ceder em alguma coisa e isso também pode ser "negociado" entre os dois. Diz-lhe o que sentes e ele que te diga o que sente. Vejam o que pode ser feito para poderem ser realmente felizes e para que ir para casa seja um desejo e não uma obrigação.

http://ecobaby-pt.webnode.pt/
Para eco famílias

Retrato de cristina s
Seg, 09/11/2009 - 10:53
cristina s:
Membro desde: 14.04.2008

bigada a tdas pela voxa força >:D< , realmente tava a precisar de alguem k me compreedexe.....pois tava a axar k era a unica k tava a paxar por isto. e antes foxe, pk axim nao tava tantas pexoas a sofrer, pk so kem nao paxa por isto é k nao sabe o k é.
bem, tou a tentar levar a situçao com calma, tento-me aproximar dele, mas ele ta sempre intocavel Surprise . por vezes apetece-me desistir, mas axo k vale a pena tentar mais um pouco, pk axo k ele ainda gosta de mim axim cm eu tb gosto dele.
uma das meninas, desculpa mas nao me lembro o nome, referenciou o factor do tempo de namoro, bem eu namorei kase 7 anos, axo k nunca conhecemos verdadeiramente uma pexoa, pk na minha opiniao é ao longo da vida k a pexoa se vai mostrando, mas axo k ja o conheço suficientemente bem pa saber k algo esta modado.
tambem houve outra menina k deu o exemplo de umas pexoas amigas k viveram a msm situaçao pk viviam numa moradia e dp foram viver pa um apartamento, pois bem, eu vivia numa moradia e continuo a viver numa, so k sozinha com ele, se bem k temos la smp mts pexoas, a noxa casa mais parece um centro comercial de tanto entre e sai de pexoas, lol.
bem, ja me alonguei demais, kero dar muita força >:D< as meninas k tao a paxar pelo mesmo k eu, k nao é nada facil, afecta mt o psicologico. e vamos tentar levar um dia de cada vez.
poxo dizer k axo k ja esta a melhorar, vamos la a ver se continua pa melhor e fica no mt bom e se nao descamba por ai abaixo, cm é o normal. tamo bem 3/4 dias e 2 semanas amuados Frustrated .
beijinhos pa tds bigada Smile

Retrato de PatyF
Seg, 09/11/2009 - 17:58
PatyF:
Membro desde: 04.09.2009

2 semanas amuados?!!!
Bem, não sou casada, mas vivo junto e pela experiência k tive, o inicio é sp complicado devido à adaptação!!
Mas nunca sentí k o meu namorado "se ditanciasse", o k acontecia muitas vezes era k estavamos tão cansados dos problemas,e as coisas iam caindo na rotina...
Sinceramente, axo k problemas, todos os casais passam por isso, porque não há pessoas iguais, e há uma mudança de vida e consequente adaptação...Mas axo tb, k não é nada k uma boa conversa não possa resolver...
Tenta falar com o teu marido calmamente e expõe todas as tuas dúvidas...
Desejo-te muita sorte
beijinho grande >:D<

Retrato de MACY
Seg, 09/11/2009 - 20:09
MACY:
Membro desde: 02.09.2009

Ola querida casadinha

Estava a ler o teu desabafo e fico muito triste por saber ke estas a passar esta fase tao complicada e confusa no inicio do teu matrimonio mas eu espero ke apos leres o meu comentario possas tomar as tuas decisoes da melhor maneira ok

Vamos la...
vou t dar o meu exemplo
eu estou junta com o meu companheiro a 14 anos(bem faco 14 anos dia 31 de Janeiro) e eu sempre fui apaixonada por ele desde crianca hoje tenho 31 ..namorei 5 anos e engravidei da minha primeira filha passamos alguns tormentos mas o amor era tao forte ke ultrapassamos td e depois viemos pra londres viver juntos uiiiiii era um pesadelo pra mim pois eu estava habituadas aos mimos e a minha santa mae fazia me as vontades e nunca precisei de cozinhar enfim passado alguns anos tive a minha 2 filha eu andava insuportavel e ele tbm havia muita infantilidade e imaturidade ainda da parte dos dois passavamos a vida a fazer malas e a krer voltar pra casa a toda a houra a todo instante ate ke depois de muitas tempestadas veio a bonanca pk nem td e facil numa relaccao1!
com amor td se resolve mas sem amor nao ha solucao mas continuando...

o nosso amor cresceu... nos crescemos juntos estamos maduros conversamos muito e desabafamos muito um com o outro pois nos agora somos uma FAMILIA !
eu ate consegui que ele va todos os domingos a missa pois acho que se sormos uma familia que acredita em Deus as coisas correm melhor tanto eu como ele sabemos ke existe a lei de Deus...

os 10 mandamentos isso tbm faz com que a relaccao seja mais doce (relembra ao teu marido que ele tem ke te respeitar amar como a ele mesmo e se ele nao se magoa a ele nao deve magoar a mulher)

enfim claro ke nem td e perfeito mas se tens fe td se resolve tens ke saber ultrapassar as dificuldades,as tempestades juntos pois voces se amam,ir a missa juntos,conversar bastante ,muita paciencia,amar as qualidades dele,amar os defeitos,amar com liberdade,nunca te eskecas ke agora a tua familia e ele e os filhos ke virao,NADA de correr pra casa da mae ou pai na primeira dificuldade,o amor e isso e ter a capacidade de viver com o parceiro em paz,amor,amizade, E ENFRENTAR TODAS AS TEMPESTADES TODAS AS ESTACOES eu sei ke e deves pesar k e xato chegar do trabalho e fazer o jantar e limpar a casa e outras tarefas mas tanto tu e tanto ele vao se habituar

se o amor for forte o amor e o vosso lar vai durar e nunca te eskecas ke a uniao faz a forca a casa e dos dois as tarefas sao dos dois se se ajudarem dentro de casa os dois terao tempo pra relaxar juntos e desfrutar os prazeres do amor enfim
se kiseres desabafar
[email protected]

eu ja passei as varias fazes do casamento e posso se dar ums dicas tipo kando ele sai e te deixa sozinha o ke fazeres (nao entres em panico se nao ligares ele nao sai acredita mas se fizeres fita ai e ke le vai )enfim se kiseres add m e podemos falar eu tive ke aprender todoS os trukes e hoje em dia sou uma mulher feliz ke vai casar

pois so agora achamos ke seria a altura certa pra nos e estamos muito felizes e eu tenho a sensacao ke irei viver com ele ate k a morte nos separe pk nos somos unha e carne e eu gostava ke o mesmo te acontece s A TI ok

Deus t ilumine a ti e ao teu marido de manhan
te ampare a ti e a ele de tarde e ao final do dia vos proteja
Td td de bom
Com todo carinho
sejam felizes juntos leiam a biblia juntos ok

jinhosssssssssssssss

Retrato de diaC_convites
Seg, 09/11/2009 - 20:47
diaC_convites:
Membro desde: 26.02.2009

Compreendo-te perfeitamente. Casei a quase tres meses, e tambem foi uma mudança radiacal. tenho 20 anos, o meu marido 34, e sempre fomos mt doces um para o outro nos nossos 3 anos de namoro... mas claro, as coisas mudam, a gente sai do bem bom da casa dos nosso pais, no meuc aso mudei para 100km de distancia, aqui é muito frio, e ha coisas as quais ainda nao me habituei. a nossa relaçao , como hei-de explicar, nunca foi ma, nem nunca tivemos xateados, nem no namoro nem ja em casados.... mas é normal, o amor escaldante e a paixao desemfreada nao estar presente todos os dias, pois ou um vem chateado do trabalho, ou sou eu k tenho mt que dazer em casa... mas tentamos sempre, no fim do dia , quando vamos para a cama, esquecer um pouco a tv, os problemas, o trabalho, a roupa pa passar a ferro e as deciçoes do dia a dia, abraçamo-nos, e sentimo-nos de novo namorados... mesmo k o dia seja mt mau, conseguimos sempre, por abraços, palavras reconfortantes, dormir sem que guardemos algo de mau do dia anterior.

è triste ouvir de uma casadinha tao recente, que nao esta feliz, depois do dia lindo que imagino que tiveste, e todos os sonhos de felicidade com que sonhaste.... mas tens de ser forte, conversem, conversem muito pk a conversa é a base solida de qualquer relaçao. sei k sou muito novinha pa dar este tipo de conselhos, mas tambem sinto na pele, o k podia ser os meus dias...

tambem sinto falta dos meus pais e do meu cantinho... mas a gente escolheu partilhar o resto da vida com eles... e temos que nos esforçar por mudar o k nao esta tao bem, pois viver uma vida a dois feita de apenas aparcencias, é uma vida incompleta...

anima-te, vais ver que mais tarde ou mais cedo a vossa relaçao vai voltar a ser o k era!!! força Wink podes sempre contar comigo

adiciona se quizeres: [email protected]

Retrato de ella
Ter, 10/11/2009 - 06:15
ella:
Membro desde: 14.08.2007

Querida Eloisa:
Disseste uma coisa muito acertada, apesar dos anos de namoro as pessoas continuam se conhecendo, isso porque namoro é uma coisa, viver junto é uma coisa, casar é outra, e ter filhos outra ainda...
As pessoas as vezes confundem as coisas e pensam que por viverem juntos as coisas nao mudam depois de casados mas a verdade é que mudam sempre.
Nao és a unica nao, as pessoas tem é dificuldade em admitir isso, mas a verdade é que o que a gente vê de fora parece muito lindo e o que acontece dentro das 4 paredes pode ser muito diferente.

Tenho uns amigos mto queridos que namoraram mtos mais anos do que tu e agora no inicio estao a ter dificuldades, sendo que sempre foram um casal á meu ver quase perfeito.
Como gosto muito dos 2 e sou amiga intima tanto do marido como da mulher quis entender como é que o perfeito muda depois do casamento.
Cheguei a conclusao q muitas vezes o factor namoro de muitos anos "atrapalha" um pouco a relacao. A falta de experiencia com outras pessoas, de vivencias individuais, sao coisas que muitas vezes os homens querem recuperar depois de casados. Podem nao querer concordar comigo mas é verdade.

Alem disso, depois de serem casados ou de terem um filho eles sentem que ela esta presa a eles, é uma garantia como se ela já nao tivesse escolha. Entao deixam muitas vezes de a conquistar, porque perderam o medo de a perder.
Tambem pode nao ser o vosso caso, mas acreditem que é o caso de muita gente.
O que acontece é que muitas mulheres depois de casadas, ao inves de passarem a fazer tudo com o marido como sonhava, passam muito tempo sozinhas.
Só esse fim de semana conheci uma rapariga recem casada que esta em casa em repouso medico e diz que o marido passou a trabalhar mais do que nunca, inclusive aos fins de semana ela practicamente nao o ve. Ou seja ele esta casado mas agora parece mais solteiro. E eles tbm já levavam anos de namoro e a ideia de casarem foi mto amadurecida.
Posso nao estar certa em toda a minha teoria, mas cheguei a conclusao que conhecer a pessoa ideal seria bom que fosse depois dos 30 Tongue
Tem calma que tudo isso resolve-se, as vezes precisa-se mesmo "dar um tempo", ou seja, deixar que a pessoa sinta um pouco a nossa falta, nao é abandonar a casa(sou contra), mas nem ficar em pé de guerra, um pouco de indiferenca, um pouco menos de dependencia emocional, sair tambem com os amigos, para que depois haja um reencontro, uma reconquista.
Nao há solucao que funcione para todos, nem tenho muita experiencia, mas quem sabe resulte, só vivendo aprendemos.

Beijinhos, desculpa o testamento, desejo que fiquem bem!

Retrato de xanasilvapepita
Ter, 10/11/2009 - 15:54
xanasilvapepita:
Membro desde: 23.09.2009

Olá!
Realmente a idade não faz a razão...isso então nota-se em ti !
A maturidade de cada um não tem nada a ver com a idade e por isso acho q estamos sempre a apreender com os mais velhos ,com os mais novos...com toda a gente!Sim o casamento (ou viver junto)é uma mudança radical e é verdade q aquela relação escaldante acaba por seguir outro rumo pelas nossas vidas pq agora temos q conjugar tudo num só,pq partilhamos tudo...
Acredito q tudo tem q ser partilhado o bom e o mau das duas partes e tentar resolver os problemas ou as situações com as quais não estamos bem e felizes!

Eu só não acho bem é q as pessoas mudem radicalmente em relação aquilo q eram...pq foi por essas pessoas q se nutriram sentimentos!!!

Cristina tenta não ficar triste e pensa q é só uma má fase...tenta conversar sobre o assunto e qd precisares diz.

Bjinho grande de mt força .

Retrato de teresafontes
Qua, 11/11/2009 - 02:29
teresafontes:
Membro desde: 01.08.2009

Eu tambem estou casada ha pouco tempo (1 ano) e as vezes temos bastantes problemas.
Há dias que fico com a cabeça tão cheia de coisas que apetece mesmo arrumar algumas coisas e voltar para casa dos meus pais ou arranjar 1 sitio para eu ficar em paz e sossego...

1º de vez em quando temos umas diferenaçs de opinião por coisas pequenas mas acabam por resultar numa grande chatice, nem sei explicar bem porquê...

2º acho que mesmo que nao se queira acaba-se por cair um pouco na rotina do dia-a-dia, do fazer as coisas que há para fazer sem se dar conta e eu gostava que as coisas fossem mais romanticas mais importantes e dadas à importância nos 1os tempos.

3º eu tenho um grande problema com o meu marido. Nao digo que o problema sejam so os outros mas acho que é um abuso o que estão a fazer e ele pensar que não há mal nenhum nisso.
Ele tem familiares que passam a vida a telefonar para ele, a quererem ir com ele para todo o lado, a arranjar desculpas para ele ir vê-los/as, sempre a meterem-se na nossa vida. Pior, acho que ele nao se dá conta disso e nem vê mal nenhum nisso de inocente que é...
Quando chamo à razao, ou digo que nao entendo porque estao sempre a contactar nesse sentido, acha que nao ha mal nenhum e acho que está a cair no exagero. Verem que eu nao devo gostar, que ele nao vai, que nao atende alguns telefonemas e insistirem ate conseguirem falar, insistirem para ir com ele.

Das 2 situações que falo esta 3a é que a nos está a causar mais problemas.
Ainda hoje ele se chateou comigo por causa disso.
Eu nao tenho culpa que as pessoas nao tenham arranjado companheiros/as de vida, que tenham uma vida sozinhos/as e que estejam sempre a querer andar com o meu marido.

Nao sei mais o que afzer.
Estou a entrar numa fase de stress em relaçao a esta situação que tantos problemas nos traz.
So acho estranho as pessoas nao se darem conta que estao a cair no exagero...

Alguém tem este problema?

Beijinho e força a todas.

Retrato de susy101
Qua, 11/11/2009 - 08:07
susy101:
Membro desde: 28.04.2009

Ola a todas as noivinhas e principalemente casadas.

Em maio ja vai fazer 3 anos que vivo com o meu namorado. Ja namoramos a 5 e quando quando casarmos ja teremos 7 anos de namoro.

Agora digo-vos uma coisa, ambos conhecemos outras pessoas antes de namorar-mos juntos, mas isso só enriquesse a experiencia pessoal porque o meu antigo namorado não era nada como é o meu futuro marido!

Agora que sejamos casados ou ainda namorados, após alguns anos é inevitavel a rotina não se instalar. É verdade que depois de casados as pessoas tem tendencia a deixarem se ir porque tomão o outro por certo.

Como o meu namorado trabalha nos transportes publicos tem horarios variados, tanto trabalha de noite como de dia, ao fim de semana... então quando tem folga ao fim de semana aproveitamos para estar com a familia, com os amigos... e muitas vezes esquecemos de estar um com o outro! Então tentamos organisar coisas só os dois, por exemplo dia 6 de dezembro organisamos uma saida só para os dois. Vamos de comboio visitar a casa do pai natal em Montreux e vamos tambem ver a feira do natal...

Coisinhas simples mas que criam uma certa complicidade no casal.

Mas somos nós que devemos ter essas iniciativas, as coisas não acontecem sozinhas!

O mais importante é o dialogo!! Conversem um com o outro! Quando se sentirem mal, digam-no ao outro, ele não é bruxo, não pode adivinhar. Eu primeiro guardava tudo para mim, e isso só piorava as coisas porque o meu namorado não percebia porque é que eu andava assim amoada!

Mas não se esqueção de ser tambem independentes!! Guardem momentos só para vós. Ele com os amigos dele e vocés com as vossas amigas.
Mas principalmente não deixem que o vosso casal seja invadido pelas famílias.

No inicio do nosso namoro tivemos muitos problemas por causa da mãe do meu namorado. Queria sempre saber tudo da nossa vida, queria que estivessemos sempre em casa dela. Queria ter um controle sobre mim!! O meu namorado deixava ela invadir o nosso espaco. Tivemos muitos problemas por causa disso!!

Apesar de gostar muito dos meus pais e dos meus irmãos e ter muita cumplicidade com eles, eu vivo a minha vida e eles vivem a deles!

Tenham ideias! Tenham brincadeiras um com o outro, respeitem-se!

O amor é lindo e simples, a vida é que é complicada!!

Amem-se, sejam cumplices um com o outro!

Felicidades para todas!!

Retrato de xanasilvapepita
Qua, 11/11/2009 - 10:56
xanasilvapepita:
Membro desde: 23.09.2009

Olá Teresa!Eu tive esse problema com a sogra e a cunhada...
Estavam sempre em minha casa sem as convidar...viam q eu não gostava e continuavam ainda a fazer pior!Sabes em estilo de provocação.Ao fim de semana não paravam de ligar e perguntar se ainda estavamos a dormir etc...eu estive para lhe faxer um relatório e depois de mt sapo engolir e mts lágrimas chorar falei com o meu marido e ele entendeu-me...e acho q não diz mais para não piorar as coisas pq ele é mt moderado.

Sabes durante quase um ano continuaram a fazer as coisas para me contrariar mas eu como teimosa q sou tb não desisti de lhe mostrar o meu desagrado!!!Aliás já se "mancaram" e não veem a minha casa...olha e a irmã é casada mas como está sempre sózinha pq até o marido se desmarca dela andava sempre aqui a espiar a nossa casa!!!
Contava-lhe tudinho do q eu fazia á mãe...

Bem mt força minha querida e mt paciÊncia e fala com o marido e se preciasres de dasabafar diz.

Beijo grande

Retrato de cristina s
Qua, 11/11/2009 - 14:07
cristina s:
Membro desde: 14.04.2008

ola a todas! e muitooooo obrigada pelas vossas palavras.
as coisas ja tao melhorzitas, eu tenho tentando, cm ja tinha dito, tds os dias tento falar com ele a dizer-lhe k as coisas nao tao bem, k precisamos d ver o k ta mal, pk andamos sempre a discutir, ja nao ha mimos entre nos, perdeu-se muita coisa e ele simplesmente nao me da a minina atençao.... Timeout
ha uns dias pa ca tenho feito um enorme esfoço pas coisas andarem bem, sem discusoes, sem amuos, ando sempre atras dele a tentar dar mimos, a dizer "vamos namorar", ainda ontem a noite kd fomos pa cama eu dixe k tinha saudades d kem ele era antes de casarmos, pk ele tinha mudado e ele simplesmente nao me da resposta. dantes, antes de dormir-mos dava-mos sempre um beijo, agora ixo ja desapareceu, axim como as caricias ao acordar. hoje de manha acordei e comecei a dar-lhe beijinhos e ele so se virou e dixe "ta kieta, nao ves k ixo faz cocegas" Crying ja nao sei o k fazer mais pa tentar k as coisas fikem bem.
pk xega a um ponto k so me apetece desisitir, mas pronto, vamos ter calma e vr como corre os proximos tempos.
sempre k eu vou pa lhe dar um beijo a resposta dele é sempre a msm, ou é "ta kieta" ou" xega-te pa la", nos ja nao da-mos um beijo dakeles a serio se calhar a mais de 1 mes, tem sido so akeles xoxos secos de manha kd saimos de casa pa ir trabalhar Sad
mas pronto, nao vos vou maxar mais com os meus problemas, k se calhar nem sao problemas, a minha cabeça é k os faz
beijinhos a tds >:D<

Retrato de PatyF
Qua, 11/11/2009 - 15:51
PatyF:
Membro desde: 04.09.2009

Minha linda...
não sou casada, mas vivo junto, o k na minha opinião é quase a mesma coisa...Cada um é como é..mas deixa-me k te diga k o teu marido, se realmente é assim como tu contas, não está a, como hei-de dizer, não está a ser muito querido ctg...
Problemas todos temos, é verdade..a adaptação não é muito fácil...
Mas..já lhe perguntas-te o porquê dessas atitudes?!!
é k isso magoa qualquer pessoa, e ele deve saber isso...
Muito sinceramente, desejo-te toda a sorte do mundo, axo mt bem lutares pelo teu amor, pelo teu casamento, mas na minha opinião, essa luta será em vão, se não for de ambas as partes..
Não podes lutar sozinha, ou melhor, podes..mas essa luta não te trará os frutos k keres..pelo contrário, só ferirá a tua auto-estima e o teu amor-próprio..
Boa sorte >:D<

Retrato de cristina s
Seg, 16/11/2009 - 17:04
cristina s:
Membro desde: 14.04.2008

ola a tdas!!! estou de volta, mas desta vez com melhores noticias Smile
as coisas estao a compor-se, pelo menos aparentam...ja falamos e falamos, dixe-lhe td akilo k eu axava k nao estava correcto e ele a mim, enfim axo k "explodimos" os dois ,no bom sentido.
paxamos um fim semana mt agradavel em casa juntos, namoramos um cadito Hearts , hhuuummmm, foi tao bom, ja kase k nao me lembrava de cm era um beijo dakeles...mas é cm andar de bicicleta, nc se eskece Grin
ele dixe-me k nao ker k as coisas voltem a ser cm eram, claro k xatices vai smp haver, mas nao andar-mos cm andavamos dakela maneira smp a discutir, amuados por td e por nd.
hoje poxo dizer k tou feliz e pode ser k comece realmente aki um futuro risonho Smile é o k mais desejo, pois é o homem k eu amo e com km kero estar.
para tdas as meninas k estam a paxar pela mesma situaçao fica um grande abraço >:D< e um milhao de beijinhos e um MUITO obrigada a tdas pela vossa força.

Post