O que andam a ouvir e a ver? | Page 3 | A Nossa Vida
78 entradas / 0 new
Última entrada
Retrato de Kaizoku
Ter, 11/07/2017 - 05:48
Kaizoku:
Membro desde: 02.06.2017

- Arctic Monkeys - Brianstorm

https://www.youtube.com/watch?v=30w8DyEJ__0

Durante muito tempo pensei que a música se chamava "brainstorm".

- The Strokes - 12:51

https://www.youtube.com/watch?v=LPAVDHo1Elc

- The Killers - Mr. Brightside

https://www.youtube.com/watch?v=gGdGFtwCNBE

- Thirty Seconds To Mars - The Kill (Bury Me)

https://www.youtube.com/watch?v=8yvGCAvOAfM

- Fall Out Boy - This Ain't A Scene, It's An Arms Race

https://www.youtube.com/watch?v=GNm5drtAQXs

- Simple Plan - Shut Up

https://www.youtube.com/watch?v=Lpds3V90VbM

- Sum 41 - Fatlip

https://www.youtube.com/watch?v=CMX2lPum_pg

- 10000 km and 7 hours away from you -

Retrato de gatita5
Ter, 11/07/2017 - 07:46
gatita5:
Membro desde: 21.08.2013

Assim deixas-me melancólica, bons tempos, éramos rebeldes de verdade. Os rebeldes de agora pedem dinheiro aos pais para irem à discoteca engatar. Vestem-se (ambos sexos) como se estivessem a vender o corpo.
Nem uma tatuagem faz sentido naqueles corpos acéfalos, maior o problema quando abrem a boca

Retrato de Kaizoku
Ter, 11/07/2017 - 08:02
Kaizoku:
Membro desde: 02.06.2017

Eu era rebelde...Usava Vans, calças de ganga,algumas rasgadas, cabelo espetado ou crista e cadeado de lado. Isso e aqueles sapatos à skater...

Não era menino popular de liceu mas também não era dos cromos nem das vítimas de bullying. Era dos que frequentava o canto dos fumadores, de onde os outros putos fugiam todos e não sei bem porquê mas dava-me bem com os manfios e os bandidos que me acolhiam e achavam piada.

Mas não me considerava inútil nem "white trash", antes pelo contrário, tinha objectivos de vida, consciência social, estudava, divertia-me e trabalhava no Verão em cafés e assim para ganhar uns trocos.

Sabia que se não estudasse nem tivesse notas para entrar na faculdade nunca iria ter um futuro melhor.

Estas bandas de música, sobretudo o punk rock, têm sempre uma onda animada, motivadora, misturando o promíscuo com problemas sociais reais e temáticas bem patentes no dia-a-dia dos adolescentes e jovens adultos.

- 10000 km and 7 hours away from you -

Retrato de gatita5
Ter, 11/07/2017 - 08:21
gatita5:
Membro desde: 21.08.2013
Kaizoku wrote:

Estas bandas de música, sobretudo o punk rock, têm sempre uma onda animada, motivadora, misturando o promíscuo com problemas sociais reais e temáticas bem patentes no dia-a-dia dos adolescentes e jovens adultos.

Concordo, muito filosófico Wink

Retrato de gatita5
Ter, 11/07/2017 - 09:16
gatita5:
Membro desde: 21.08.2013

Kaizoku wrote: Eu era rebelde...Usava Vans, calças de ganga,algumas rasgadas, cabelo espetado ou crista e cadeado de lado. Isso e aqueles sapatos à skater...

Não era menino popular de liceu mas também não era dos cromos nem das vítimas de bullying. Era dos que frequentava o canto dos fumadores, de onde os outros putos fugiam todos e não sei bem porquê mas dava-me bem com os manfios e os bandidos que me acolhiam e achavam piada.

Mas não me considerava inútil nem "white trash", antes pelo contrário, tinha objectivos de vida, consciência social, estudava, divertia-me e trabalhava no Verão em cafés e assim para ganhar uns trocos.

Sabia que se não estudasse nem tivesse notas para entrar na faculdade nunca iria ter um futuro melhor.

Eu tinha um estilo diferente punk, gótico com hippie.
Vestidos compridos coloridos com biqueiras de aço, por vezes curto não ao ponto de oferecida, também vestia de preto e outras jeans rasgados com as minhas biqueiras pretas.
Cabelo comprido com tranças ou penteados mais normais.
Convivia com todos mas eram os freaks com quem me dava melhor.
Tive todo o tipo de pretendentes, nerds betinhos góticos punks... tem tudo a ver com a atitude.
Era defensora dos que sofriam bullying e impunha ordem a quem precisasse era uma mini mama bear
Sempre passei de ano sem dificuldade e sem estudar quase nada, arrependo-me não ter esforçado para melhores notas, na faculdade já tive outra postura...

Retrato de Kaizoku
Qua, 12/07/2017 - 02:09
Kaizoku:
Membro desde: 02.06.2017

gatita5 wrote:
Eu tinha um estilo diferente punk, gótico com hippie.
Vestidos compridos coloridos com biqueiras de aço, por vezes curto não ao ponto de oferecida, também vestia de preto e outras jeans rasgados com as minhas biqueiras pretas.
Cabelo comprido com tranças ou penteados mais normais.
Convivia com todos mas eram os freaks com quem me dava melhor.
Tive todo o tipo de pretendentes, nerds betinhos góticos punks... tem tudo a ver com a atitude.
Era defensora dos que sofriam bullying e impunha ordem a quem precisasse era uma mini mama bear
Sempre passei de ano sem dificuldade e sem estudar quase nada, arrependo-me não ter esforçado para melhores notas, na faculdade já tive outra postura...

Lembro-me desses tempos com um sorriso nos lábios. Não havia responsabilidades pesadas, os dias eram sempre perfeitos, depois das aulas ia para os cafés e esplanadas com os amigos; faltava às aulas quase no fim do ano, a partir das 16h para ir para a praia; à sexta e sábado era dia de festa; festas em casas de amigos com álcool e miúdas. A internet era um luxo, mas lembro-me de usar o MSN depois das aulas para conversar - o ecrã laranja das mensagens a piscar e os sons das mensagens e logins dos amigos; jogar Playstation; jogar bilhar e setas naqueles cafés manhosos dos velhos nos tempos em que ainda se podia fumar em todo o lado...

Por acaso andei numa escola pública onde não havia bullying. Deve haver sempre uma ou outra situação, mas no geral as pessoas eram pacatas e não faziam a vida negra a ninguém.

Eu também passei o secundário com facilidade, mas ia-me espetando com o Alemão. O Alemão foi a minha nota mais alta no 10.º ano a par com Inglês, Português e História, mas desleixei-me e quando cheguei ao 12.º ano vi-me grego para fazer Alem.
O Alemão é muito fácil no início, mas quando chega à parte da gramática, das declinações, acusativ, dativ e não sei quê é uma confusão. Quando chega a parte em que uma língua de sistema sujeito-verbo-objecto também pode ser sujeito-objecto-verbo é um descalabro. Arrependo-me de não me ter agarrado ao Alemão porque era sempre mais uma língua que ficava... Hoje em dia não a contabilizado nas línguas que falo porque a verdade é que já não sei nada de alemão, só palavras e frases soltas...

- 10000 km and 7 hours away from you -

Retrato de Grim Reaper
Qua, 12/07/2017 - 07:23
Grim Reaper:
Membro desde: 29.04.2017
Retrato de Kaizoku
Sex, 14/07/2017 - 01:52
Kaizoku:
Membro desde: 02.06.2017

- 10000 km and 7 hours away from you -

Retrato de Psst
Sex, 14/07/2017 - 10:54
Psst:
Membro desde: 28.04.2017

Slipknot, SOAD, Green Day... bons velhos tempos

Retrato de Kaizoku
Sex, 14/07/2017 - 11:36
Kaizoku:
Membro desde: 02.06.2017

E sobre filmes e séries o que andam a ver?

Os últimos filmes que vi foi o novo dos Transformers que já saiu cá e ontem em conversa com alguém lembrei-me do John Wick e fiz o download do segundo.

"You working Jon?", "your working again Jon?"

"Nice dog, does it have a name?", re: "no, come dog"

Ahahaha

https://www.youtube.com/watch?v=hFLLZNIc5iQ

https://www.youtube.com/watch?v=JEVIVuaAwBY

Séries, ando a ver Medici- Masters of Florence, Stitchers, The Last Kingdom e Black Sails.

- 10000 km and 7 hours away from you -