Problema a nivel de apetite sexual e de orientação sexual | A Nossa Vida

Problema a nivel de apetite sexual e de orientação sexual

Retrato de psousa24
20.02.2014 | 23:50
psousa24:
Membro desde: 20.02.2014

O tópico que aqui me trouxe foi o facto de observar que sou um rapaz jovem adulto de 25 anos, diferente de todos os outros. Ou então, sou eu que me faço parecer diferente... Whatever!!!!

O assunto é que, reparei que a maioria dos homens sentem algo incontrolável que lhes faz ter vontade de fazer sexo. Mesmo que estejam solteiros, tentem engatar gajas para "coiso". Também se masturbam para matar a "sede" mas dizem que não resulta, que precisam mesmo de sexo.

O engraçado é que sou homem e nunca senti nada dessas tretas que eles dizem, na verdade posso estar anos e anos sem fazer sexo que fico bem. Verdade que me masturbo-me e a meu ver, fico bem só com isso... Eu acabo por assuciar a masturbação como sexo.

Depois, mesmo que tente ter pensamentos do tipo, fantasias com colegas de trabalho, ou até mesmo com Gajos, isso tudo dá-me um nojo...

Eu já fiz sexo, mas lembro-me de fazer várias vezes porque ele queria (sim foi com gajo), e acabei com ele por causa disso mesmo, porque não queria mais sexo...

Numa conversa com amigos, uma amiga disse que numa relação é fundamental haver muito sexo que faz a relação ser mais activa, faz durar mais tempo... E que se por acaso o sexo diminui-se durante a semana, a relação ficava murcha. Eu por acaso não respondi, mas comigo aconteceu o oposto, quanto mais sexo fizer mais vontade tenho de acabar a relação.

Depois, por outro lado, também não quero ser gay, porque acho tb nojento... depois tb não consigo ver-me hetero porque tb acho meio nojento...

Depois, tb não posso ser assexual porque se o fosse, não me masturbava... Logo acaba por ser uma confusão...

Eu conheço varias frases do tipo: Se não aceitar quem sou, não ser feliz, ou se não amar a mim mesmo tb não vou amar os outros, ou se tiver vergonha do meu corpo que vai influenciar na relações, etc, etc...

Eu sei isso tudo de trás para a frente, acontece simplesmente que quando estou a pensar neste assunto, e se imagino a fazer sexo tanto com gajo ou gaja, faço uma careta do tipo: Credo estou melhor sozinho!

O mais estupido é que sinto ser um homem estranho, perferia ser 100% gay e gostar do sexo ou ser 100% hetero e adorar gajas ou ser bi, ou saber que era 100% assexual... Acontece que está tudo numa salganhada e acabo por viver a vida sem qualquer relações sexuais ou amorosa, até porque sinto que nem as preciso.

Mas faz-me impressão ser diferente...

Até parece que tenho algum trauma... Mas nunca sofri nenhum trauma! O.o

A melhor palavra que talvez descreve bem aquilo que sinto em relação ao sexo é: pudor!
Sinto vergonha e nojo tanto em falar de sexo em publico com amigos, e muito menos falar de cenas sexuais, e acho que é isso que faz não gostar...

O que acham? Surprise


Retrato de Neurótica
Sex, 21/02/2014 - 00:30
Neurótica:
Membro desde: 05.01.2014
psousa24 wrote:

O tópico que aqui me trouxe foi o facto de observar que sou um rapaz jovem adulto de 25 anos, diferente de todos os outros. Ou então, sou eu que me faço parecer diferente... Whatever!!!!

O assunto é que, reparei que a maioria dos homens sentem algo incontrolável que lhes faz ter vontade de fazer sexo. Mesmo que estejam solteiros, tentem engatar gajas para "coiso". Também se masturbam para matar a "sede" mas dizem que não resulta, que precisam mesmo de sexo.

O engraçado é que sou homem e nunca senti nada dessas tretas que eles dizem, na verdade posso estar anos e anos sem fazer sexo que fico bem. Verdade que me masturbo-me e a meu ver, fico bem só com isso... Eu acabo por assuciar a masturbação como sexo.

Depois, mesmo que tente ter pensamentos do tipo, fantasias com colegas de trabalho, ou até mesmo com Gajos, isso tudo dá-me um nojo...

Eu já fiz sexo, mas lembro-me de fazer várias vezes porque ele queria (sim foi com gajo), e acabei com ele por causa disso mesmo, porque não queria mais sexo...

Numa conversa com amigos, uma amiga disse que numa relação é fundamental haver muito sexo que faz a relação ser mais activa, faz durar mais tempo... E que se por acaso o sexo diminui-se durante a semana, a relação ficava murcha. Eu por acaso não respondi, mas comigo aconteceu o oposto, quanto mais sexo fizer mais vontade tenho de acabar a relação.

Depois, por outro lado, também não quero ser gay, porque acho tb nojento... depois tb não consigo ver-me hetero porque tb acho meio nojento...

Depois, tb não posso ser assexual porque se o fosse, não me masturbava... Logo acaba por ser uma confusão...

Eu conheço varias frases do tipo: Se não aceitar quem sou, não ser feliz, ou se não amar a mim mesmo tb não vou amar os outros, ou se tiver vergonha do meu corpo que vai influenciar na relações, etc, etc...

Eu sei isso tudo de trás para a frente, acontece simplesmente que quando estou a pensar neste assunto, e se imagino a fazer sexo tanto com gajo ou gaja, faço uma careta do tipo: Credo estou melhor sozinho!

O mais estupido é que sinto ser um homem estranho, perferia ser 100% gay e gostar do sexo ou ser 100% hetero e adorar gajas ou ser bi, ou saber que era 100% assexual... Acontece que está tudo numa salganhada e acabo por viver a vida sem qualquer relações sexuais ou amorosa, até porque sinto que nem as preciso.

Mas faz-me impressão ser diferente...

Até parece que tenho algum trauma... Mas nunca sofri nenhum trauma! O.o

A melhor palavra que talvez descreve bem aquilo que sinto em relação ao sexo é: pudor!
Sinto vergonha e nojo tanto em falar de sexo em publico com amigos, e muito menos falar de cenas sexuais, e acho que é isso que faz não gostar...

O que acham? :O

Pelo que expões, diria que és mesmo assexual. Dentro da assexualidade, há várias subclassificações, com certeza que te conseguirás rever em alguma delas.

Referes que não és assuexual porque te masturbas mas a assexualidade não é excluida pela prática da masturbação.

Recomendo-te este fórum: http://www.forumassexual.org/
Lá encontrarás de certeza melhores respostas do que aqui Wink

E não te sintas um "ser estranho" apenas por não teres vontade de te envolveres sexualmente com outras pessoas ou por sentires nojo/repulsa pelo sexo.

Tudo a correr bem! Smile

Retrato de psousa24
Sex, 21/02/2014 - 00:33
psousa24:
Membro desde: 20.02.2014
Neurótica wrote:
psousa24 wrote:

O tópico que aqui me trouxe foi o facto de observar que sou um rapaz jovem adulto de 25 anos, diferente de todos os outros. Ou então, sou eu que me faço parecer diferente... Whatever!!!!

O assunto é que, reparei que a maioria dos homens sentem algo incontrolável que lhes faz ter vontade de fazer sexo. Mesmo que estejam solteiros, tentem engatar gajas para "coiso". Também se masturbam para matar a "sede" mas dizem que não resulta, que precisam mesmo de sexo.

O engraçado é que sou homem e nunca senti nada dessas tretas que eles dizem, na verdade posso estar anos e anos sem fazer sexo que fico bem. Verdade que me masturbo-me e a meu ver, fico bem só com isso... Eu acabo por assuciar a masturbação como sexo.

Depois, mesmo que tente ter pensamentos do tipo, fantasias com colegas de trabalho, ou até mesmo com Gajos, isso tudo dá-me um nojo...

Eu já fiz sexo, mas lembro-me de fazer várias vezes porque ele queria (sim foi com gajo), e acabei com ele por causa disso mesmo, porque não queria mais sexo...

Numa conversa com amigos, uma amiga disse que numa relação é fundamental haver muito sexo que faz a relação ser mais activa, faz durar mais tempo... E que se por acaso o sexo diminui-se durante a semana, a relação ficava murcha. Eu por acaso não respondi, mas comigo aconteceu o oposto, quanto mais sexo fizer mais vontade tenho de acabar a relação.

Depois, por outro lado, também não quero ser gay, porque acho tb nojento... depois tb não consigo ver-me hetero porque tb acho meio nojento...

Depois, tb não posso ser assexual porque se o fosse, não me masturbava... Logo acaba por ser uma confusão...

Eu conheço varias frases do tipo: Se não aceitar quem sou, não ser feliz, ou se não amar a mim mesmo tb não vou amar os outros, ou se tiver vergonha do meu corpo que vai influenciar na relações, etc, etc...

Eu sei isso tudo de trás para a frente, acontece simplesmente que quando estou a pensar neste assunto, e se imagino a fazer sexo tanto com gajo ou gaja, faço uma careta do tipo: Credo estou melhor sozinho!

O mais estupido é que sinto ser um homem estranho, perferia ser 100% gay e gostar do sexo ou ser 100% hetero e adorar gajas ou ser bi, ou saber que era 100% assexual... Acontece que está tudo numa salganhada e acabo por viver a vida sem qualquer relações sexuais ou amorosa, até porque sinto que nem as preciso.

Mas faz-me impressão ser diferente...

Até parece que tenho algum trauma... Mas nunca sofri nenhum trauma! O.o

A melhor palavra que talvez descreve bem aquilo que sinto em relação ao sexo é: pudor!
Sinto vergonha e nojo tanto em falar de sexo em publico com amigos, e muito menos falar de cenas sexuais, e acho que é isso que faz não gostar...

O que acham? :O

Pelo que expões, diria que és mesmo assexual. Dentro da assexualidade, há várias subclassificações, com certeza que te conseguirás rever em alguma delas.

Referes que não és assuexual porque te masturbas mas a assexualidade não é excluida pela prática da masturbação.

Recomendo-te este fórum: http://www.forumassexual.org/
Lá encontrarás de certeza melhores respostas do que aqui Wink

E não te sintas um "ser estranho" apenas por não teres vontade de te envolveres sexualmente com outras pessoas ou por sentires nojo/repulsa pelo sexo.

Tudo a correr bem! :)

Ahh obrigado, vou então ver esse forum!
Smile

Retrato de Neurótica
Sex, 21/02/2014 - 00:37
Neurótica:
Membro desde: 05.01.2014
Retrato de Carolina Lopes Brás
Sex, 21/02/2014 - 14:14
Carolina Lopes Brás:
Membro desde: 19.01.2014

Eu penso tambem que devias tentar ter uma mente mais aberta. Todas as pessoas sao diferentes, e por vezes os "rotulos" sao errados. Nao tens que te inserir em nenhuma categoria, apenas tens que definir o que gostas e ter a certeza de quem es. Procura por aquilo que te faz feliz. Se preferes viver sozinho tens esse direito, nao e sinonimo de infelicidade.
Mas ja alguma vez estiveste realmente apaixonado? Desculpa a pergunta directa estou a tentar compreender, sou uma mente totalmente aberta Smile

Carpe diem

Retrato de Maria do Porto
Sex, 21/02/2014 - 16:43
Maria do Porto:
Membro desde: 29.09.2010

... esquece lá isso do "ser normal" e não sei que mais: cada um é como acda qual, e cada casal estabelece a sua própria dinãmica relacional. E se em algumas relções a prática sexual é primordial, noutras é secudária, ou até marginal - e tudo bem, desde que ambos estejam ok nessa relação.
Caso não saibas, o "teu caso" não é único: a nossa sociedade hiper-sexualizada "cilindrou" as pessoas que por sensibilidade própria e/ou educaçõa sentem o sexo e o corpo como dimensões veradeiramente íntimas e privadas. O excesso de exposição pública e de exploração comercial do sexo destrói nelas a tensão erótica e o desejo. Sem serem naturalmente "assexuadas", tornam-se em tal pelo excesso de pressão social para o sexo.
POdes estar nesta "categoria" - ou seres mesmo assexual, o que nem sequer é um grupo tão "pequeno" quanto isso...
Algumas das pessoas "socialmente assexuadas" mudam de atitude quando surge uma ocasião de enamoramento, seguida de um relação construída noutras base - e que por ser "psicologicamente confortável" evolui sem pre~ssõe do carinho, a compreensão e do diálogo para alguma forma não intimidante de intimidade física e finalmente para as relações sexuais "completas".
Até pode ser que isso venha a acontecer contigo, porque ainda é muito jovem.
Em todo o caso, não tentes rotular-te; vive e descobre-te. POrque graças a Deus, cada um nós é livre de viver a sua dimensão sexual como bem entende!! Smile

Maria do Porto

Retrato de correiapb
Sex, 21/02/2014 - 18:36
correiapb:
Membro desde: 13.05.2012

Já tentaste ir a um psicologo? sempre é alguem q te pode ajudar informadamente e nao com opinioes pessoais que muitas vezes não sao bem fundamentadas e acabam por so desajudar

Retrato de psousa24
Sáb, 22/02/2014 - 11:03
psousa24:
Membro desde: 20.02.2014

Respondendo á tua pergunta, não, nunca estive apaixonado... e na verdade nem quero...
Eu não gosto ver casais na rua aos beijinhos e não sei quês, acho nojento... Deveriam ter vergonha!

Não sei, não percebo nada disto!
Não percebo nada da minha orientação sexual,
Não percebo nada do que sou ou do que quero,
E é com nada que ficarei, porque não tenho paciencia para encontrar uma "palavra" insignificante para tentar identificar-me....
Resumindo, nada neste planeta faz sentido... Logo, vou viver minha vida como sempre vivi, ignorando totalmente a minha sexualidade e problema resolvido.

Enfim

Retrato de correiapb
Sáb, 22/02/2014 - 12:14
correiapb:
Membro desde: 13.05.2012

isso é um problema ignorado, não resolvido. nunca vai ser feliz enquanto nao resolveres verdadeiramente isso contigo proprio, é melhor nao ignorares...

Retrato de psousa24
Sáb, 22/02/2014 - 12:42
psousa24:
Membro desde: 20.02.2014

Eu não quero ignorar propriamente o problema, a questão é, talvez seja assexual por até identifiquei-me com esta frase:Não é do sexo propriamente dito que os assexuais rejeitam, mas sim essa maneira de viver em procura de prazeres, aparências e coisas desnecessárias. Coisas que os sexuais se importam plenamente durante toda sua vida!

Mas não é por pensar que até possa ser assexual que fique bem... Porque lá no fundo, sinto que este problema vai durar até morrer,porque nunca vou estar resolvido a 100%, porque já conheço meu "EU" e tenho uma maneira de pensar extramemente complicada para chegar a uma conclusão... Porque eu questiono tudo ao promenor e nunca se chega propriamente a uma conclusão, porque nada tem fim... É esse e sempre foi o meu problema: De pensar e pensar para chegar a uma conclusão, sabendo que nessas conclusões vão gerir outras, logo torna-se num ciclo vicioso sem fim!

É por isso que disse, que perferia ignorar e viver a vida como sempre vivi, tentanto não pensar muito nestas coisas, para não me diprimir por não conseguir encontrar a conclusão.

Sou muito complicado

Retrato de Carolina Lopes Brás
Sáb, 22/02/2014 - 17:35
Carolina Lopes Brás:
Membro desde: 19.01.2014

Boa tarde, acho que devias consultar um psicologo porque no meu ver o problema nao é a pessoa que es mas sim o facto de nao te aceitares a ti proprio. consultares a ajuda de um profissional devera fazer te bem e eventualmente ajudar te a ultrapassar essa fase. Se feliz! beij

Carpe diem

Retrato de psousa24
Sáb, 22/02/2014 - 18:22
psousa24:
Membro desde: 20.02.2014
Carolina Lopes Brás wrote:

Boa tarde, acho que devias consultar um psicologo porque no meu ver o problema nao é a pessoa que es mas sim o facto de nao te aceitares a ti proprio. consultares a ajuda de um profissional devera fazer te bem e eventualmente ajudar te a ultrapassar essa fase. Se feliz! beij

Preferia suicidar-me do que ir a um psicologo!

Retrato de correiapb
Sáb, 22/02/2014 - 19:58
correiapb:
Membro desde: 13.05.2012

psousa24 wrote:

Carolina Lopes Brás wrote: Boa tarde, acho que devias consultar um psicologo porque no meu ver o problema nao é a pessoa que es mas sim o facto de nao te aceitares a ti proprio. consultares a ajuda de um profissional devera fazer te bem e eventualmente ajudar te a ultrapassar essa fase. Se feliz! beij

Preferia suicidar-me do que ir a um psicologo!

então porquê?

Retrato de psousa24
Sáb, 22/02/2014 - 21:45
psousa24:
Membro desde: 20.02.2014
correiapb wrote:
psousa24 wrote:
Carolina Lopes Brás wrote:

Boa tarde, acho que devias consultar um psicologo porque no meu ver o problema nao é a pessoa que es mas sim o facto de nao te aceitares a ti proprio. consultares a ajuda de um profissional devera fazer te bem e eventualmente ajudar te a ultrapassar essa fase. Se feliz! beij

Preferia suicidar-me do que ir a um psicologo!

então porquê?

Eu sei que sempre tive em depressão, mas custa de alguma maneira aceitar-se, e ainda mais dificil é aceitar-se homossexual... Os jovens heteros tem a vida tão facilitada que nem percebem nem nunca sofreram por perceberem que não são "normais"... E mesmo que me aceita-se, viveria mal por causa do perconceito, depois, por um lado também não gosto do mundo gay e pelo meio também sinto ser assexual, logo, o mais provavel era ser gay assexual... Mas é tudo tão confuso e depois ao estar em depressão, mais confuso fica tudo...

Acabo por não fazer ideia o que sou, o que quero e o que sinto...

Só alguem que tenha passado pelo que passo, é que sabe ajudar... Os psicologos nunca passaram por estas coisas, só leram livros que nem sempre é a verdade... E sinto-me cansado com isto tudo! Sad

Retrato de correiapb
Dom, 23/02/2014 - 13:47
correiapb:
Membro desde: 13.05.2012

estás a subestimar os psicologos, se for um bom psicologo de certeza que te compreende e ajuda. Eu nao sou psicologa nem nunca passei por isso e consigo compreender. Simplesmente sou empatica, é facil para mim por-me na situação do outro e perceber o q sente. No entanto nao tenho formação para conseguir ajudar. Mas um psicologo tem, não tenho duvida alguma que um bom psicologo seja capaz de te ajudar. Mas tu é q sabes.

Retrato de psousa24
Dom, 23/02/2014 - 16:25
psousa24:
Membro desde: 20.02.2014
correiapb wrote:

estás a subestimar os psicologos, se for um bom psicologo de certeza que te compreende e ajuda. Eu nao sou psicologa nem nunca passei por isso e consigo compreender. Simplesmente sou empatica, é facil para mim por-me na situação do outro e perceber o q sente. No entanto nao tenho formação para conseguir ajudar. Mas um psicologo tem, não tenho duvida alguma que um bom psicologo seja capaz de te ajudar. Mas tu é q sabes.

Eu até nem me importava ser seguido por um psicologo, mas, eles pedem dinheiro e eu não vou andar a gastar dinheiro nisso, quando preciso para outras coisas.

Retrato de Carolina Lopes Brás
Dom, 23/02/2014 - 18:32
Carolina Lopes Brás:
Membro desde: 19.01.2014

A saúde é o mais importante.. acho que gastares dinheiro para bem da tua saude psicologica nao seria um desperdicio.

Carpe diem

Retrato de correiapb
Dom, 23/02/2014 - 19:30
correiapb:
Membro desde: 13.05.2012
psousa24 wrote:
correiapb wrote:

estás a subestimar os psicologos, se for um bom psicologo de certeza que te compreende e ajuda. Eu nao sou psicologa nem nunca passei por isso e consigo compreender. Simplesmente sou empatica, é facil para mim por-me na situação do outro e perceber o q sente. No entanto nao tenho formação para conseguir ajudar. Mas um psicologo tem, não tenho duvida alguma que um bom psicologo seja capaz de te ajudar. Mas tu é q sabes.

Eu até nem me importava ser seguido por um psicologo, mas, eles pedem dinheiro e eu não vou andar a gastar dinheiro nisso, quando preciso para outras coisas.

Há psicologos gratuitos nos centros de saúde e casas da juventude

Retrato de Pipa13
Dom, 23/02/2014 - 19:35
Pipa13:
Membro desde: 30.12.2010

Pelas tuas respostas a minha opinião é que precisas de um psicologo, mas não para a questão de assexualidade ou não.
Tens imensos preconceitos e raiva...
Contra homosexuais e heterosexuais...
Mas qual é o teu problema de as pessoas manifestarem carinho?Gostas mais quando discutem?
Uma coisa é não sentires atração sexual, nem desejo...neste caso também podia achar que podia ser por nunca te teres apaixonado.
O teu caso é diferente, parece que tudo te incomoda e mete raiva...
E preferes-te suicidar a ir a um psicologo? não achas que esta tua resposta é mais uma vez de raiva e imaturidade?

Também concordo que precisas de ajuda especializada...não te auto-diagnostiques , não aches que o que estás a passar é normal nem que tens que viver com isso a vida toda...és tão novinho.

Boa sorte

Retrato de Sofia1984
Dom, 23/02/2014 - 23:12
Sofia1984:
Membro desde: 29.05.2010
psousa24 wrote:

Sou muito complicado :(

Deixa as ganzas que descomplicas logo um bom pedaço!!

"A meta de uma discussão ou debate não deveria ser a vitória, mas o progresso."
( Joseph Joubert )

Madrinha da TCosta, da florzinha C.A.S.C.S. e da espevitada RuteCris
Afilhada da Joanasantosblue

Retrato de psousa24
Dom, 23/02/2014 - 23:47
psousa24:
Membro desde: 20.02.2014

Sofia1984 wrote:

psousa24 wrote:
Sou muito complicado

Deixa as ganzas que descomplicas logo um bom pedaço!!

Olha que não!
Aliás! Foi graças ás ganzas que ajudou-me a não suicidar-me!
Cheguei a estar muito mal e a pensar atirar-me da janela do quarto, que é do 7 andar, de certeza que estaria morto... Mas como ia logo fumar ganzas, elas ajudaram-me a relaxar e a adormecer... Por isso, não fale do que não sabe, a ganza não é propriamente uma coisa má que a sociedade pensa que é... É importante estar-se informado! E vai ver que a Marijuana até ajudou uma menina a andar e a falar... Entre outras doenças que ela cura, e uma delas é a depressão, e ansiedade.

Mas não precisamos de entrar por aqui, se não vamos entrar em off-topico! Só lhe aconselho a ver informações sobre a Marijuana / Canabis e vais aprender muita coisa que não sabias! Ás vezes o que está na internet não é propriamente mentira!

Abraços!

Retrato de csofia_
Dom, 23/02/2014 - 23:52
csofia_:
Membro desde: 19.12.2012

As ganzas não fazem assim tanto mal desde que seja um consumo equilibrado. Por exemplo, 2 ou 3 por semana, não vejo grande mal. Há pessoas que criticam, mas se for preciso ao fim de semana vão-se enfrascar em alcool.. enfim.

Psousa, epá confesso que pensei se o topico fosse a brincar. Toda gente sabe a sua orientação sexual, quanto mais não seja pela preferencia a ver pornografia.. É confuso.

Retrato de psousa24
Dom, 23/02/2014 - 23:58
psousa24:
Membro desde: 20.02.2014
csofia_ wrote:

As ganzas não fazem assim tanto mal desde que seja um consumo equilibrado. Por exemplo, 2 ou 3 por semana, não vejo grande mal. Há pessoas que criticam, mas se for preciso ao fim de semana vão-se enfrascar em alcool.. enfim.

Psousa, epá confesso que pensei se o topico fosse a brincar. Toda gente sabe a sua orientação sexual, quanto mais não seja pela preferencia a ver pornografia.. É confuso.

Sim, infelizmente vejo pornografia gay, mas não consigo assumir-me gay simplesmente porque não faz sentido nenhum ser gay... Já tive tantos problemas só me faltava mais essa... Acho que é muito azar numa só pessoa, não merecia isto tudo! Sad

Retrato de Sofia1984
Seg, 24/02/2014 - 00:00
Sofia1984:
Membro desde: 29.05.2010
psousa24 wrote:
Sofia1984 wrote:
psousa24 wrote:

Sou muito complicado :(

Deixa as ganzas que descomplicas logo um bom pedaço!!

Olha que não!
Aliás! Foi graças ás ganzas que ajudou-me a não suicidar-me!
Cheguei a estar muito mal e a pensar atirar-me da janela do quarto, que é do 7 andar, de certeza que estaria morto... Mas como ia logo fumar ganzas, elas ajudaram-me a relaxar e a adormecer... Por isso, não fale do que não sabe, a ganza não é propriamente uma coisa má que a sociedade pensa que é... É importante estar-se informado! E vai ver que a Marijuana até ajudou uma menina a andar e a falar... Entre outras doenças que ela cura, e uma delas é a depressão, e ansiedade.

Mas não precisamos de entrar por aqui, se não vamos entrar em off-topico! Só lhe aconselho a ver informações sobre a Marijuana / Canabis e vais aprender muita coisa que não sabias! Ás vezes o que está na internet não é propriamente mentira!

Abraços!

cura muita coisa cura e come-te muito o caco também...depende é das doses! Deves achar que vim do "coro" ali da igreja.

"A meta de uma discussão ou debate não deveria ser a vitória, mas o progresso."
( Joseph Joubert )

Madrinha da TCosta, da florzinha C.A.S.C.S. e da espevitada RuteCris
Afilhada da Joanasantosblue

Retrato de Sofia1984
Seg, 24/02/2014 - 00:03
Sofia1984:
Membro desde: 29.05.2010
csofia_ wrote:

As ganzas não fazem assim tanto mal desde que seja um consumo equilibrado.

Deves estar a referir-te a erva, que é muito diferente de "ganzas".

"A meta de uma discussão ou debate não deveria ser a vitória, mas o progresso."
( Joseph Joubert )

Madrinha da TCosta, da florzinha C.A.S.C.S. e da espevitada RuteCris
Afilhada da Joanasantosblue

Retrato de csofia_
Seg, 24/02/2014 - 00:06
csofia_:
Membro desde: 19.12.2012

psousa24 wrote:

Sim, infelizmente vejo pornografia gay, mas não consigo assumir-me gay simplesmente porque não faz sentido nenhum ser gay... Já tive tantos problemas só me faltava mais essa... Acho que é muito azar numa só pessoa, não merecia isto tudo!

Mas infelizmente porquê?
Ou vives num meio muito rural ou não entendo. Tenho vários amigos gays e sinceramente, desde que uma pessoa seja discreta, faz a sua vida e olha que muitos são bastante felizes.
Não é uma opção tua, está nos teus genes, por isso quanto mais cedo começares a aceitar isso mais descomplicada a tua vida se vai tornar. Estás a fazer um bicho de 7 cabeças de uma coisa que pode ser bastante simples.

Retrato de csofia_
Seg, 24/02/2014 - 00:14
csofia_:
Membro desde: 19.12.2012

Sinceramente se fosse a ti esquecia os relacionamentos hetero, acho que estás a tentar moldar-te a uma coisa que não és, e que a longo prazo te vão trazer cada vez mais frustração.
As coisas podem ser bastante simples..

Retrato de psousa24
Seg, 24/02/2014 - 14:28
psousa24:
Membro desde: 20.02.2014
csofia_ wrote:

Sinceramente se fosse a ti esquecia os relacionamentos hetero, acho que estás a tentar moldar-te a uma coisa que não és, e que a longo prazo te vão trazer cada vez mais frustração.
As coisas podem ser bastante simples..

Eu quando tinha 18 anos assumi ser gay para familia e amigos. Aconteceu que nunca encontrei nenhum rapaz decente que só querem sexo e não é isso que procurava pk na verdade o que talvez sempre quis foi amar e ser amado. Acontece que com o passar do tempo fui detestando o mundo gay por sentir que nunca iria encontrar o que queria porque achei que era impossível logo nnao valia a pena assumir ser gay visto que não encontrava o que queria. E cOm o passar do tempo fui cada vez mais homofobico. Mas ainda hoje penso que é impossível encontrar alguém. Os Gays que existem é bixonas horríveis que se acham mulheres e Gays maxoes que só pensam em cama. Logo é lógico que sinta frustrado por sentir que ao ser gay não há rapazes descentes. Enfim

Retrato de _lilac_
Sex, 07/03/2014 - 10:18
_lilac_:
Membro desde: 16.02.2011
psousa24 wrote:

Respondendo á tua pergunta, não, nunca estive apaixonado... e na verdade nem quero...
Eu não gosto ver casais na rua aos beijinhos e não sei quês, acho nojento... Deveriam ter vergonha!

Não sei, não percebo nada disto!
Não percebo nada da minha orientação sexual,
Não percebo nada do que sou ou do que quero,
E é com nada que ficarei, porque não tenho paciencia para encontrar uma "palavra" insignificante para tentar identificar-me....
Resumindo, nada neste planeta faz sentido... Logo, vou viver minha vida como sempre vivi, ignorando totalmente a minha sexualidade e problema resolvido.

Enfim

Achas nojento ver casais na rua aos beijinhos e deveriam ter vergonha?Uma afirmação dessas é mesmo grave. Haja amor e muito, que é isso que faz de nós humanos. Essa aversão a afetos é grave.
Também achas nojento uma mãe beijar o seu filho pequeno? Também achas nojento abraçarmos quem gostamos??

Surprise

Post