Licenciatura em Criminologia ou Psicologia? | A Nossa Vida

Licenciatura em Criminologia ou Psicologia?

Retrato de Alex3
16.10.2013 | 17:20
Alex3:
Membro desde: 16.10.2013

Bom, coloco aqui este tópico, porque gostava de obter respostas a questões importantes antes de me inscrever numa das licenciaturas anteriormente referidas.

Então, eu estou com grade dificuldade em decidir qual a licenciatura a optar. As minhas questões são:

Se vocês estivesses entre escolher psicologia e criminologia por qual optavam?
a licenciatura em criminologia é três anos e a de psicologia para exercer a profissão são necessários 5 anos. Criminologia tem saídas profissionais bastante interessantes, agora será que tem empregabilidade esta licenciatura uma vez, que penso não ser reconhecida pelo estado português?
Não será melhor optar pela licenciatura em psicologia seguida do mestrado? Não terei mais oportunidade de trabalho ?

Ou seja, como está o mercado de trabalho para um psicólogo ou para um criminólogo ? qual a situação atual para estes profissionais?

Se alguém também me esclarecer relativamente aos salários de um psicólogo e de criminólogo?

Espero que Alguém me possa ajudar, por favor,

pois estou bastante indecisa.

Obrigada Smile


Retrato de yuki
Qui, 17/10/2013 - 00:21
yuki:
Membro desde: 19.02.2008

julgo que a dges disponibiliza essas estatisticas online... e pede infos aos coordenadores dessas licenciaturas.

Retrato de Maria Radiante
Qui, 17/10/2013 - 01:26
Maria Radiante:
Membro desde: 08.08.2009

Lamento desiludir-te, mas se o teu objetivo é trabalhar em Portugal nessas áreas, numa é impossível e na outra é muito difícil. Não existe emprego para NINGUÉM que tire criminologia em Potugal porque simplesmente não existem forças policiais privadas e consequentemente não existem criminólogos. Existe algumas saídas para algo semelhante nas nossas forças policiais, mas terás de passar pela formação base na polícia na mesma e isso implica começar pelos testes físicos que são difíceis e muito exigentes. Se queres emigrar, aí já terás alguma escolha, mas, mesmo assim, ser criminólogo não tem o glamour do csi. Quanto aos psicólogos, conheço alguns e nunhum deles trabalha na área, já para não dizer que estão desempregados na sua maioria. Deves escolher o que o teu coração manda, para que a luta por um posto de trabalho se torne mais leve, porque ao menos estarás a dar tudo por algo em que acreditas, mas fá-lo com a consciência de que ser bem sucedido em Portugal é cada vez mais difícil, seja em que área for (e aqui não me refiro à criminologia que em Portugal não está no panorama sequer).

boa sorte e boas escolhas.

Retrato de Lopes88
Dom, 20/10/2013 - 20:50
Lopes88:
Membro desde: 27.07.2013

Entre Psicologia e Criminologia??

... Psicologia sem dúvida.

Vê este tópico: http://anossavida.pt/forum/criminologia-1

Retrato de papp23
Sex, 31/01/2014 - 00:37
papp23:
Membro desde: 31.01.2014

Bem, para começar, é verdade sim senhor que o emprego está uma lástima em Portugal e para os criminólogos sim esta, mas está como para qualquer curso. Ah essa historia de que os criminologos não são reconhecidos, muita calma com as palavras. O criminólogo existe sim, é uma profissão. O que vocês viram nas noticias há um anito e tal era reconhecido perante o as instituições como centro de emprego, isto é, se lá fores pedir para te encontrar emprego como criminólogo, existe um conflito porque a profissão é muito recente mesmo, visto que só abriu em 2007, e que a única instituição publica é no porto e requer 4 anos pata a formação, logo, existem licenciados há sensivelmente 3 anitos? Depois essa historia de que não temos as forças policiais necessárias, sim, mas um criminologo não é apenas um membro policial! Um criminólogo pode trabalhar em prisões, em casas de menores delinquentes, em áreas científicas de investigação, e mediacao se quiseres uma area mais focada em direito, em instituições como APAV entre outras. E, tendo ainda a possibilidade de mestrado em psicologia criminal, forense ou judicial, em medicina legal, em ciências forenses, em direito etc. Eu pus-me essa questão antes de decidir. Estou em criminologia há 2 anos e tenho uma "veia" minha de psicologia. Digo-te, a decisão é simples: interessas-te mais pela compreensão da mente da generalidade das pessoas, ou pelas questões de crime? O nosso curso é metade de psicologia, parte de direito e outra parte mais cientifica. Eu por exemplo, tenciono tirar mestrado em psicologia forense, e exercer a minha função em entendimento da mente de delinquentes. Tu é que decides se queres ser mais vocacionada para o crime, vai para criminologia e completas mais tarde o teu lado da psicologia, assim como eu. Nao ligues ao que dizem de criminologia, metade não sabe do que fala. Os psicólogos tambem não eram reconhecidos há 20anos atrás e vê onde estão agora. Segue o teu coração.

Retrato de Neurótica
Sex, 31/01/2014 - 13:09
Neurótica:
Membro desde: 05.01.2014

Esquece criminologia. É apenas o curso da moda e não tem saída absolutamente nenhuma. É um negócio para as Universidades e uma ilusão para os alunos.

Psicologia parece-me ser um curso muito interessante. Quanto ao mercado de trabalho, já se sabe. Mau. Mas isso acho que é transversal a todas as áreas.
De qualquer forma, acho que há sempre lugar para os bons e quem "corre por gosto não cansa" Wink

Retrato de papp23
Sex, 31/01/2014 - 15:50
papp23:
Membro desde: 31.01.2014

É verdade que muita gente vem para criminologia a achar que era o CSI e sei saber nada do que é realmente. Mas com um aprofundado conhecimento, percebe-se se é o que se quer ou não. Esquece criminologia porque? Há cursos em patamares piores como educação social, sociologia, psicologia, historia da arte, arqueologia entre MUITOS. Cada um segue o que quer, para mim com força de vontade chegasse longe, e se Não for aqui, será lá fora. Há sempre solução.

Retrato de eduarda12345
Seg, 05/10/2015 - 02:08
eduarda12345:
Membro desde: 05.10.2015

Bom dia, será que me podias informar sobre que saidas tenho se tirar o mestrado em psicologia forense?

Retrato de vanerodrigues953
Qui, 22/10/2015 - 15:37
vanerodrigues953:
Membro desde: 26.10.2012

Eu nao aconselho nem um nem outro. Crimi ologia em portugal esta a zeros. E psicologia nao esta a zeros mas anda perto. Tenho Mestrado em psicologia clinica, termineio em 2014 fez agora um ano. Sao 5 anos de formação sim mas e iate fosso muito grande entre o fim dos estudos e a entrada no mercado de trabalho isto porque só pode exercecer psicologia quem esta inscrito na ordem dos psicologos e a inscrição na ordem exige um estagio de 1600 horas, obrigatoriamente pago. Aqui reside o problema existem muito poucas instituicoes disponiveis para pagar a um estagiario. Trnho colegas que terminaram o curso a dois 3 anos e ainda não conseguiram estágio de acesso a ordem e por isso nao podem trabalhar na area. Presentemente de todos os que terminaram o curso ao mesmo tempo que eu (cerca de 30) so uma tem estágio e porque conseguiu uma cunha com uma familiar.é triste esta realidade porque é muito esforco dispendido para depois nao sermos recompensados.

Retrato de rodrigomendesmil
Qua, 11/07/2018 - 20:08
rodrigomendesmil:
Membro desde: 11.07.2018

Ola, sei que este post ja tem muito tempo, mas gostaria de saber como e que se consegue tirar um mestrado em psicologia forense , se nao es licenciada em psicologia?