Ferida/fissura vaginal | Page 12 | A Nossa Vida
973 entradas / 0 new
Última entrada
Retrato de Fernanda30
Seg, 02/12/2013 - 02:23
Fernanda30:
Membro desde: 06.05.2013

Matéria de PAULA SILVA DE ABREU MORAES

Candidíase Vaginal de Repetição

É a doença mais comumente causada pela Candida albicans. Acomete 5 em cada 100 mulheres sadias. Ou seja, mulheres que não tem diabetes, AIDS, doenças na tireóide. E que não usam corticóides e antibióticos de forma crônica. São milhões de mulheres padecendo com uma doença que parece não ter solução.

Os sintomas são coceira na vagina e na vulva, corrimento branco sem cheiro, fissuras na vulva, dor durante a relação sexual ou ardor após a relação sexual. Esta doença costuma afetar as mulheres algum tempo depois que elas iniciam sua vida sexual e traz grande sofrimento aos casais. Não é considerada uma doença sexualmente transmissível, porque a Candida faz parte da flora. Além disso, ela pode afetar também mulheres sem vida sexual ativa.

Na maioria das vezes as mulheres usam diversos cremes vaginais, diversos remédios tomados por boca. Seus parceiros costumam tomar remédios também. É comum o fato de elas passarem por diversos ginecologistas, por acharem que não estão sendo tratadas adequadamente. Muitas também já passaram por outros tratamentos como homeopatia, acupuntura, fitoterapia e mudança na dieta.

Mas o problema está nas mulheres. Muitas delas desenvolvem alergia à Candida albicans, que é um fungo. Um exemplo de fungo são os mofos. Assim como mofo pode dar alergia, Candida também pode. A vagina é um órgão que como a pele, o pulmão e o nariz está sujeita a doenças alérgicas.

A maioria dessas mulheres também é portadora de rinite alérgica e são alérgicas ao ácaro. O ácaro por sua vez pode dar alergia na vagina, o que vai piorar a candidíase.

É necessário que a mulher procure um alergista, que vai submetê-la a uma série de testes alérgicos e pode indicar a imunoterapia, que é um tratamento individualizado, de acordo com a sensibilidade de cada paciente.

A imunoterapia consiste em aplicações semanais do antígeno da Candida albicans e só deve ser feita com acompanhamento de médico que tenha familiaridade com o procedimento, pois pode causar reações. Procure um médico que tenha Título de Especialista em Alergia. Você pode entrar no site da ASBAI ( Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia) e checar.

Leia os trabalhos que falam sobre o tratamento se quiser;

1- Eficácia da Imunoterapia na candidíase vaginal de repetição. Revista Brasileira de Alergia e Imunopatologia 1996. Volume 19, pags 23 a 28.(link)

2-Candida albicans allergen immunotherapy in recurrent vaginal candidiasis. Journal of Investigational Alergol Clin Immunol 2000. Volume 10, pags 305 a 309 (link)

http://www.candidiasealergica.com.br/index.php?opt...

Retrato de Yve
Seg, 02/12/2013 - 10:15
Yve:
Membro desde: 24.11.2013

Bom dia meninas! Venho dizer que graças a Deus as coisa estão melhorando, depois de passar a semana em tratamento com icacort e bepantol ontem eu e meu marido partimos para o teste e foi tudo ou nada, sem pegar leve, pq já que era pra testar que fosse pra valer. Já fiquei feliz pq no ato da penetração não senti nada, usei bastante lubrificante ( vou confessar que me estimulei enquanto ele tomava banho para ajudar na lubrificação e me relaxar) No final já senti uma queimação, mas foi leve. Pelo tempo da relação, que foi relativamente longa o balanço foi positivo, apenas uma pequena fissura, que já existia anteriormente e reabriu. Ela é mais na lateral infernal acho eu por isso é mais sensível tb, mas as outras que são logo na entrada ficaram intactas. Eu nem preciso expressar a minha felicidade. Eu vou continuar o tratamento, não mencionei mas eu tomei um comprimido de fluconazol, a Gineco liberou, vou tomar outro mês que vem. Eu tb uso sabonete líquido Granado, mas só lavo a vulva, na parte interna somente bastante água. Vejo quês estão surgindo tratamentos novos, gostei dessa tese em alergia, vou dar uma lida. Um ótimo começo de semana a todas vcs e vamos que vamos pois estamos chegando lá, abraços.

Retrato de nniquecabral
Seg, 02/12/2013 - 11:53
nniquecabral:
Membro desde: 05.07.2013

Bom dia a todos! Fiquei contente com as boas novidades Smile
Eu não vou tentar por um bom tempo, vou continuar usando a ultima pomada que a gineco me deu, estou dormindo sem calcinha e hoje vou comprar um bom sabonete intimo, pois o meu acabou!
Ah, também venho a algum tempo tomando um suplemento vitamínico, MASTER FORCE.

RELUSI: Eu ganhei uma amostra grátis do médica mas na próxima segunda tenho consulta, caso eu continue usando posso pedir uma Receita e ai digitalizo e mando pra vcs.

Quando eu passei este creme vaginal pela primeira vez, estava um pouco sensível e um corte beeeem pequeno, no mesmo dia senti melhoras, como é a base de hormônios acredito que vá ajudar muito.
Qualquer novidade volto, sorte para nós! Fiquem com Deus.

Retrato de Martysp30
Ter, 03/12/2013 - 14:33
Martysp30:
Membro desde: 03.12.2013

Olá meninas! Obrigada pela criação desses posts. Há quase 3 anos venho tentando solução para esse problema e fiquei impressionada coma quantidade de casos sem solução. É inacreditavel a falta de informações (Ou seria falta de interesse?) dos médicos em resolver a situação. A impressão que tenho é que estamos expostas a tentativa e erro por eles não saberem lidar com a situação. Todos os medicos que fui, demonstraram total desconhecimento do que estava acontecendo comigo, faziam alguns exames que não detectavam nenhuma anormalidade e ficava por isso mesmo. Consegui obter mais informações e mais acolhimento aqui com vocês do que sendo atendida por eles. Consegui assimilar aqui as possíveis causas das fissuras (eu tenho candidiase) e inúmeras informações das quais já anotei várias para tentar seguir e quem sabe me livrar desse incômodo. Uma coisa que notei também é o quanto isso afeta o nossos relacionamentos, eu mesmo ando com a cabeça a mil, porque sou casada a 1 ano e meio e acreditem se quiser tivemos de 5 a 6 relações durante todo esse tempo...imagina como fica a minha cabeça por causa disso, porque por mais que meu parceiro me ame e me compreenda, nao sei ate quando ele vai suportar tudo isso, pois sabemos que homens parecem ter uma necessidade de sexo muito maior que a nossa. Minha cabeça vai a mil...Tudo começou quando ainda namorávamos, e no meio da relação ele tava muito empolgado e acabou batendo na entrada da minha vagina com força onde rompeu uma pequena fissura, e partir de entao em toda relação essa fissura abria e tambem aumenta de tamanho, hoje aparece praticamente em toda entrada e é meio funda, fechando de 2 a 3 dias apos a relação. E a dor? Meu Deus do céu! Sempre que começamos fico super excitada, mas como começa a penetração, parece que a vontade desaparece na mesma hora, ele percebe que estou sentindo dor e acaba não curtindo o ato também. Me sinto completamente frustrada como mulher e é desesperador não ter encontrado uma solução até agora....Obrigada meninas por me deixarem saber que não estou sozinha nesta luta, pois já estava me sentindo um ser estranho no mundo, me perguntando o que será que está acontecendo que nenhum medico, descobre ou resolve minha situação...ai e o psicológico entao? Fica lá no pé....Feliz por encontar voces, não por saber que existam mais pessoas que sofrem com isso, lógico que não mas por saber que encontrei pessoas das quais lutar juntas pela mesma causa!

>>>>>DICAS:
Bom das poucas dicas que recebi, uma medica me pediu pra comer gelatina todos os dias, pois gelatina tem colágeno e essa nossa região onde aparece fissuras precisa de colágeno para aumentar a elasticidade e não se romper. Porém me incomodava comer o doce todos os dias por causa da quantidade de corante e açucar, então troquei (Por conta própria) por colágeno em pó hidrolizado, pois tem uma concentração muito maior de colágeno. Voces podem encontrar em casa de produtos naturais. Tem uns 3 meses que estou tomando, mas infelizmente ainda nao testei pra saber se está dando resultados, apesar que esse processo não é de uma hora pra outra que vai agir com a gelatina. Mas uma coisa que tenho notado é que tem melhorado bastante minha pele e meu cabelo.

Outra dica é evitar limpar-se de baixo para cima após urinar, sempre de cima pra baixo, pra evitar trazer bacteria do anus para uma area que já está sensível.

Ela também pediu que usasse sabonetes proprios para a vagina, porque sabonete normal altera o PH vaginal.

Me disse também para em seguida de ter relação, fazer banho de assento com cha de camomila, pois esta erva é antiinflamatória e cicatrizante.
Como voces podem ver, tudo que me falaram é paleativo, e não uma cura definitiva, mas podem ajudar no processo.

Procurem matéria tambem sobre vaginismo, há sites que aconselham que a gente use dilatador vaginal. O fato das fissuras causarem dores, faz com que nos habituemos a contrair a musculatura vaginal dificultando ainda mais a entrada do penis, esses dilatadores ajudam a exercitar esses musculos, fazendo o cerebro entender que não é pra se contrair na hora do ato.
Ainda não comprei, li a materia a pouco tempo, mas estou pensando em testar.

Desculpem o post tao longo e espero ter contribuido pelo menos um pouquinho do que voces todas fizeram por mim!!!

Retrato de nniquecabral
Qua, 04/12/2013 - 10:36
nniquecabral:
Membro desde: 05.07.2013

Olá Martysp30, que bom que nos encontrou, sei bem qual é essa sensação de alivio por saber que esse problema é mais normal do que se parece, porém infelizmente ainda não encontramos a cura definitiva. O ideal, pelo que tenho notado aqui é ficar o maior tempo sem tentar ter relação para que a fissura possa concluir seu processo de cicatrização. É difícil eu sei, nossos homens vão a loucura com tudo isso, meu relacionamento ta uma M. mais tá dando pra levar.
Juntas vamos conseguir, tenho certeza! Vamos precisar de muita paciência...Fico feliz por vc ter divido sua historia conosco.
Beijos pra todas.

Retrato de relusi
Sex, 06/12/2013 - 16:04
relusi:
Membro desde: 09.06.2013

Meninas, compartilhando essa notícia que vi, que me deixou mais preocupada ainda com a nossa relação com a candidiase

http://blogdoprimo.com.br/noticias/um-medico-italiano-descobriu-algo-sim...

Retrato de relusi
Sáb, 07/12/2013 - 02:42
relusi:
Membro desde: 09.06.2013

Meninas, vcs não vão acreditar!
Fiquei menstruada na segunda-feira e ok, tudo certo, mas quinta-feira comecei a sentir muita coceira na vagina, na parte externa, pinicou horrores! Senti isso mês passado, mas foi por um momento e fim mas não passou, 36horas depois e a coceira lá e td ficando vermelho. Fui no pronto socorro ginecológico e a médica falou que pode ser que a candida esteja desequilibrada pelo calor infernal que está falando em sp e com a mesntruação, os fungos podeme star proliferando! Não acredito que essa maldita está querendo voltar depois de mais de 6 meses sem aparecer!

Bom, pelo menos consegui comprar o fluconazol e comecei ot ratamento intensivo hoje! Fé meninas!

E devido a coceira, não fazer o teste essa semana, além de irritada é certeza que a fissura ia aparecer com a pele atacada novamente =s

Retrato de Juliana Marins
Qua, 11/12/2013 - 13:04
Juliana Marins:
Membro desde: 13.11.2013

Queridas Amigas, desculpe o sumiço, mas a vida esta corrida e o fim de ano em novo emprego esta me matando fisicamente, lá infelizmente não tem a internet liberada, mas sempre que puder eu venho aki para conversar com vcs!!

Primeiro vou mandar os recados na ordem dos posts que eu for lendo para não me perder.

NNIQUECABRAL – fiz uma mudança radical, pois quero ser uma pessoa normal, se eu não gostar primeiro de mim, não adianta fazer nada para que o meu ex- goste!! Também quero sentir prazer com o sexo, então se a saída que deu para eu fazer foi terminar, terminei sem pena, não que isso seja algo que aconselho, mas graças a Deus, se encaixou na minha vida tranquilamente, no inicio confesso que sofri, mas agora passou, tenho fé também que um dia possamos voltar, mas se não voltar-mos vou ter a minha vida sexual plena e o bobão não vai curtir. Rsrsrsrsrsrsrsrs. Não penso em nenhum momento em relacionamentos ou stress por estar sozinha e ele com outra, ao contrário, to super feliz, vivendo uma fase incrível.

RELUSI – já tomei o fluconazol por uma semana, agora vou tomar dentro de um prazo de um mês de quinze em quinze por três meses e depois uma vez por mês. Se prepara para ir a Aparecida pagar a sua promessa hein!! Precisando de qualquer medicamento ou outra coisa pode entrar em contato.

YVE ¬ - Li o artigo sim!! Tanto que fiz o meu tratamento incluindo o fluconazol! E bepantol que contem nistantina que combate a candidiase! Foi de grande valia.

FERNANDA30 – vou mandar as fotos para vc, hoje a noite eu envio, ok??

CASALSP - Acho que vcs tem candidíase de repetição e quando um não esta o outro esta e transmite, a candidíase deixa a zona do períneo totalmente frágil, tomem fluconazol por sete dias seguidos, ambos, e depois uma vez por mês durante seis meses para ver se resolve.

RELUSI – bem a sua sensação deve ter sido horrível, pois tendo uma evolução sentiu uma diferença no seu relacionamento, isso nos deixa totalmente arrasadas, ai ficamos preocupadas em nos tratar para não perder o namorado, ou com o sentimento que ele estar nos traindo, complicado tudo, mas não pense nada no pior! Derrepente ele se masturbou, não devemos pensar no pior nunca.

FERNANDA30 – Li o post, acho que é tudo o que já falamos, mais tem informações importantes, pois na pior das hipóteses ou até mesmo na melhor podemos recorrer ao alergista!!

YVE – Fico feliz por ter conseguido ter uma relação completa com o seu marido e tenha aberto somente uma fissura, sendo que no meu caso q tenho somente uma, ficaria complicado, já tentaram novamente?

NNIQUECABRAL – A tendência nossa aqui com a Graça de Deus é conseguir-mos todas juntas resolver o problema da bendita fissura. Qual o tratamento que esta fazendo?

MARTYSP – Bem vinda amiga!! O seu relato é igual a de todas nós, so que vc já é casada. O que meu causa espanto é a falta de sexo sendo casada, cinco ou seis relações no período de um ano é como se fizesse de dois em dois meses. Se puder mande uma foto da fissura.

RELUSI – A sua preocupação vem do fato de todos os pacientes com câncer terem afftas e o fungos da candidíase? Se for isso lascou pra meio mundo, pois muita gente tem candidíase. O que mais me preocupada é o fato das feridas constantes! Acho que a sua candidíase voltou com mais força por causa da menstruação, espero que melhore rapidamente.

VAMOS LA....

Meu tratamento esta indo maravilhosamente bem, acho que dentro do meu esperado e graças a algumas dicas daqui sinto que tudo vai dar muito certo.

Tomei durante sete dias um comprimido de fluconazol, agora vou tomar de quinze em quinze dias durante três meses e passar para um por mês.

Regulei toda a minha alimentação, o que esta me fazendo um ótimo bem! Adorei a dica do colágeno, se melhorou o cabelo e a pele, uma hora vai ajudar a melhorar lá embaixo.

Estou fazendo massagens quatro vezes por dia, graças a Deus aonde eu trabalho atualmente na hora do almoço fico sozinha, então fecho o escritório e vou para o banheiro com as pomadas e massageio a região.

Estou fazendo quatro sessões de quinze minutos, por enquanto nenhuma dor, vermelhidão ou nada, vagina e períneos em perfeitas condições, a cada semana eu vou tentar aumentar 5 minutos, até conseguir fazer quatro sessões de uma hora, para então passar a intercalar para o primeiro “penis de borracha”.

Pensamento positivo que tudo vai dar certo.

Senti falta da LUMEL, espero que ela tenha melhorado.

Beijinhos amigas !!

Retrato de nniquecabral
Qua, 11/12/2013 - 16:28
nniquecabral:
Membro desde: 05.07.2013

Boa tarde a todas, primeiramente Juliana, concordo plenamente com vc, temos que em primeiro lugar nos amar e sentir se bem, como já disse aqui algumas vezes, to levando meu relacionamento como posso, mas a hora que eu sentir que devo, coloco um ponto final nisso tudo. Não sinto vontade de transar, não quero sentir dor novamente, porém não é fácil romper um relacionamento de 4 anos.. Meu tratamento no momento é a massagem antes de dormir com o creme vaginal Stele, segunda a médica é a base de hormônios e costuma funcionar para esse tipo de fissura. Segunda feira dia 09/12 retornei para saber o exame do Preventivo, estava preocupada, afinal nunca tinha feito um. Ela disse que os exames deram bons, apenas uma inflamação levo no qual ela me receitou uma outra pomada (não me lembro o nome agora) para aplicar la dentro todas as noites. No momento estou menstruada e parei com as pomadas.
Vou seguir usando e se daqui umas 3 semanas se não houver melhoras volto para consultar.
Qualquer novidade estarei por aqui, beijos no coração de cada uma e continuarei orando por vocês.

Retrato de Pati.
Qua, 18/12/2013 - 02:49
Pati.:
Membro desde: 19.06.2013

Parei de escrever diariamente aqui pq to muito desanimada com essa ferida... Sad

não aguento mais ela.. e a ginecologista que é considerada a melhor da minha cidade eu só consegui marcar consulta EM MAIO DE 2014..até la ficarei sofrendo..

como vcs estão? nenhuma melhora??

boa sorte pra nós!

Retrato de Juliana Marins
Qua, 18/12/2013 - 11:31
Juliana Marins:
Membro desde: 13.11.2013

Pati, nada de ficar assim amiga!!

Estou tendo progressos conforme eu mencionei no post anterior!

O que vc esta fazendo?

Bem eu tomei fluconazol por sete dias seguidos, estou fazendo massagens com bepantol, to passando iogurte natural na região, fora as outras coisas todas, que se quiser passo mais detalhadamente.

Estou no momento fazendo quatro sessões de massagens na região por dia, não sinto dor nenhuma, mas estou aumentando o tempo aos poucos, essa semana, já estou em quatro sessões de 25 minutos, pois aumento cinco minutos a cada semana.

No dia 28 eu já vou tomar de quinze em quinze dias um fluconazol, pelo periodo de dois meses, depois vou tomar um por mês por mais três meses, depois um a cada 45 dias.

No momento eu acho que a minha vagina aguenta fazer sexo sem rachar ou aparecer feridas, mas não vou arriscar, me sinto super bem, sem fissuras, sem corrimentos, sem nada.

Olha Pati, se a sua ginecologista é em maio, por que não começa a fazer esse tratamento que eu estou fazendo, vamos lá!! Querendo eu te passo tudo que eu estou fazendo, nada de desanimar!!

Vamos meninas, eu estou tendo progressos, acho que tem mais gente melhorando, vamos postar, nada de entrar em depressão!!

Retrato de LMacedo
Qui, 19/12/2013 - 23:19
LMacedo:
Membro desde: 25.11.2013

Meninas, alguém de vocês já fizeram tratamento com ácido bórico? A médica me indicou esse remédio manipulado, queria opiniões de vocês.

Retrato de Pati.
Sex, 20/12/2013 - 03:39
Pati.:
Membro desde: 19.06.2013

Juliana Marins - Oi amiga, então, eu não tô fazendo nenhum tratamento. Eu faço sexo, a ferida abre, passo uma pomadinha cicatrizante, ai em 2 dias fecha, ai faço de novo depois de uma semana, ai abre e por ai vai... só abre uma ferida na entrada, menor que 1 cm.. E o mais engraçado é que nunca tive candidiase (não que eu saiba) e nunca acusou em nenhuma exame! enfim, poste sim a sua rotina de tratamento! não custa eu fazer tbm! beijos e melhoras pra nós!

LMacedo - Nunca fiz tratamento com esse ácido, mas faça! não custa nada tentar! vai que funciona né??

Que Deus abençõe todas, beijoss!!

Retrato de nniquecabral
Sex, 20/12/2013 - 10:50
nniquecabral:
Membro desde: 05.07.2013

Olá meninas, estou fazendo o tratamento com as pomadas porém ontem massageei um pouco mais forte no local e acabou abrindo a fissura.
Que raiva Confused

Retrato de Yve
Dom, 22/12/2013 - 22:47
Yve:
Membro desde: 24.11.2013

Eu estive sumida, esse mês é complicado, além da correria das festas tb teve o batizado do meu pequeno. Bom eu estou "razoavelmente bem", a minha ferida só tem aberto no final da relação, e eu a tenho tratado com bepantol, fecha em até 3 dias, mas tenho certeza que se eu estivesse fazendo o tratamento com o fluconazol isso já estaria resolvido, como foi antes, mas esta complicado de tirar o meu BB do peito e eu tento não forçar, quero que seja o mais natural possível, por isso só estou tomando um comprimido por mês.

Juliana Marins - Se vc tiver a oportunidade de ter uma relação com a cabeça fresca vai fundo, vc vai ver tenho certeza que dessa vez funcionou.

Um abraço a todas vcs e boas festas, que 2014 seja de conquistas e realizações para todas nós, tudo com certeza vai ser melhor, eu acredito!!!

Retrato de vfsc
Seg, 23/12/2013 - 19:48
vfsc:
Membro desde: 22.12.2013

Oi meninas..me chamo Veronica, tenho 34 anos, casada a 10 anos e tenho 2 filhas...mais junto com meu marido a quase 16 anos...
A pouco mais de 7 meses tive uma infecção urinária onde resultou uso de antibióticos por 15 dias..desde então..já na época de fazer o preventivo anual..me deparei com a cândida..usei pomadas.como flagyl e outras q ele me dava no consultório e tbm o fluconazol..até meu marido tomou..mudei todas as calcinhas..fico sem calcinha quase q o dia todo e pra dormir tbm..mas nada resolveu..foram quase 7 meses de luta.daí comecei com fissuras e ressecamento na vagina...refiz mais 2 preventivos e lá estava a bendita..nada resolvia e daí começou as dores na hora da relação..antes desse corrimento e coceira onde constatou a cândida eu tinha uma vida sexual bem ativa..fazia até 4 dias na semana..meu ginecologista disse q devido ao uso de tanto antibiótico eu acabei fortalecendo a bactéria..onde tudo piorou.. e tbm o estresse do dia a dia..me passou por último a pomada Trivagel-N(acho ser esse o nome!) e disse se caso não melhorasse eu teria q procurar um alergista ou imuno..pois mais pomada com antibióticos só iria alimentar mais a bactéria!!pois poderia estar com a imunidade afetada...e vcs acreditam q por duas vezes q fiz o pênis do marido ficou com umas manchinhas vermelhas ..aí passei a pomada nele e sumiu..graças a DEUS não teve mais..agora vou usar camisinha tbm..Procurei o alergista q já me trato pois tenho urticária....tem uns 20 dias q estou me tratando com alergista..ele quis saber todos os detalhes..quase 45 minutos de consulta..me passou uma vacina pra imunidade e outra para cândida..uma pomadinha e mandou eu usar um sabonete líquido hopoalérgico tbm, na segunda feira tive relação pois teria q saber como estaria..pois tinha q ir no alergitsa e dá uma posição pra ele..e doeu na fissura novamente..fico até 20 dias sem fazer enquanto dura o tratamento e qdo fazemos amor..volta a dar aquela ardência..não chega a ter corte fundo..mais dessa vez eu vi uma rajadinha de sangue.e fica irritado..qdo foi sexta comecei a vacina da cândida q foi encomendada.. ele me deu uma pomada pra ir esfregando na fissura em dias alternados e tbm colocar na hora da relação ..em mim e no marido..e tbm disse q o tratamento é demorado..q possa eu precisar aplicar mais um vidro de vacina..q tem tratamento q dura até 6 meses..tbm estou usando glicerina e bepantol durante o dia..tbm já percebi q qdo não depilo bem fundo e somente aparo os pelinhos a sensação da fissura desaparece quase q por completo..tentarei fazer isso mais vezes..pois confesso q tenho vício de depilação e acredito da pela estar muito sensível..sei q só de vacina já se foram 500 reais e fora os outros medicamentos..não importa o valor se eu tiver a cura!! espero em DEUS de resolver..tanto pra mim como o tratamento de vcs..pq quero ter uma vida sexual como antes..é frustante tudo isso..um grande bjo!!

Retrato de Martysp30
Dom, 29/12/2013 - 01:37
Martysp30:
Membro desde: 03.12.2013

Olá meninas! Desculpem o sumiço, a correria do dia dia esta intensa. Obrigada pelo acolhimento de voces!!
Juliana Marins, pois é também me espanto e fico extremamente insegura com o fato de quase não ter relações. Já cheguei a ponto de terminar meu casamento por causa disso. Estamos a base de muita conversa e pelo menos até agora a base de muita compreensão...vamos ver até quando..assim que der posto a foto da fissura sim. Como faço isso in box?
Infelizmente não tenho boas noticias, tivemos relação essa semana depois de 3 meses, e a fissura novamente abriu, me causa uma sensação muito grande de frustração...mas pelo menos a dor foi em menor intensidade, consegui sentir prazer.
Bem a empresa mudou o plano de saúde e estou esperando passar as festas para continuar minha saga atrás de um ginecologista que se interesse de verdade pelo caso, qualquer novidade divido aqui com vcs!
Bjos em todas e boa entrada de ano! que 2014 renove nossas energias para continuar nossa luta!!

Retrato de relusi
Seg, 30/12/2013 - 16:50
relusi:
Membro desde: 09.06.2013

Olá meninas, como estão?
Sumi um pouco porque as coisas pioraram e a frustração foi muito grande. Na minha última mestruação a candidiase quis voltar, em seguida me apareceu uma ferida de herpes genital, coisa q nunca tinha me aparecido antes, fui a uma ginecologista louca que ficou gritando cmg q eu tinha doenças incuráveis, que se não morresse de cancer no utero iria morrer de aids e que falou q nunca ia me curar ou controlar minha candidiase ( isso resuminto todo oq essa louca falou. Enfim, mas depois de muito acho q pela primeira vez achei um médico que me ouviu e concorda q oq está acontecendo cmg não é normal, já q alem da fissura estão me aaprecendo uma série de doenças ginecológicas, ele conversou muito cmg, sobre tudo e sobre a fissura. Falou que sim, a fissura no períneo é pela candidise ou outro fungo, mas q ela tem q ser curada. Me pediu tds os exames ginecológicos e uma bacterioscopia pr ver se é realmente candidiase e me pediu para procurar também uma infectologista e conversar com ela sobre minha imunidade.
No dia 26 tive uma consulta com a infectologista, conversei com ela e ela disse q ela , especificamente pode tratar alguma doença do sistema imunologico, mas q enfraquecimentos de imunidade são mais subjetivos. Conversou bastante cmg e tal, me pediu vários exames de sangue.
Já fiz os exames de sangue que o ginecologista pediu, agora faltam os ginecologicos. Pela primeira vez fiquei esperançosa em uma consulta médica!
Coma volta da candidiase e o aparecimento da herpes acabei interrompendo por 20 dias o tratamento da fissura. Mas estou fazendo o tratamento com o fluconazol, conforme o artigo que postaram aqui, e essa semana, quando senti que estava td certo, voltei a passar a candicort e o bpantol. Ontem quis tentar ter relação sexual e a fissura não abriu pela 3 vez seguida, ainda sinto uma dor, fica muito vermelho e ardida, mas não chegou a abrir a fissura, mas claro que tudo com muito lubrificante.

Bom meninas, feliz ano novo! Descobrir esse fórum em 2013 e ver que não estou sozinha nessa e poder trocar ideias e ajudar umas as outras foi a melhor coisa no meio desses problemas. Muita forma e fé para todas nós e que 2014 esteja com a cura esperando por nós!

Retrato de Juliana Marins
Qui, 02/01/2014 - 13:11
Juliana Marins:
Membro desde: 13.11.2013

Feliz Ano novo a todas !! Esse ano vai ser o ano da nossa recuperação, tenho total confiança nisso.

Nesses dias festivos, tive a sorte de conhecer uma ginecologista que mora em Pelotas, e como ela estava junto com os amigos que passaram o fim de ano comigo, fiz uma mine consulta com ela, explicando todo o acontecido, como eu me sentia, numa conversa informal de mulher para mulher.

Bem, daí me vieram várias e várias respostas que sempre nos questionamos aqui.

A primeira e mais importante para todas nós, TEM CURA SIM !!!

Ela explicou que devido a ética médica, bem como todo mundo sempre procura dois ou três médicos diferentes, os ginecologistas ficam com medo de falar que o tratamento é demorado e durante o mesmo não pode ter relações sexuais.

Segundo a ginecologista falou, o nosso problema é uma candidiase forte de repetição, que não cessa, esta sempre conosco e como toda a relação sexual, usando ou não lubrificante abre pequenas ou micro fissuras, a cândida entra nesses espaços e volta a se desenvolver.

Outro fato é que em caso de penetração, o pênis ou o que esta penetrando carrega a cândida para dentro da vagina e depois ela desce e volta a se desenvolver regularmente.

A grande dificuldade é que todas nós queremos nos tratar para manter um relacionamento, então os ginecologistas passam tratamento paliativos, para acabar com a ferida.

A mucosa vaginal esta totalmente infectada, desta forma qualquer atrito faz as feridas voltarem a aparecer por causa da infestação da cândida.

Então expliquei a ela o tratamento que estou me submetendo, que foram sete comprimidos de flucanozol durante uma semana, e depois de 30 dias, irei tomar um comprimido de fluconazol a cada quinze dias por dois meses, depois um comprimido por mês durante seis meses, passando depois a um comprimido a cada 45 dias, durante três meses, indo para um comprimido por mês a cada dois meses, por seis meses e assim por diante.

Falei também que tinha passado a pomada na vagina e tinha feito as massagens que estava sem nenhuma dor no momento.

A ginecologista falou então que ela já teve no consultório dela umas cinco ou seis mulheres com o mesmo problema, apenas duas seguiram o tratamento que ela recomendou e o restante não retornou para as consultas.

As duas ficaram por nove a dez meses sem fazer sexo, sendo que os parceiros das duas durante seis meses tiveram que fazer acompanhamento com o urologista, para verificar se tinham candidíase e tb tiveram de tomar fluconazol durante seis meses.

Eu comentei que iria começar a utilizar um “consolo” para a pele esticar e agüentar quando eu fosse ter relações normalmente, ela disse que era uma excelente idéia so que eu deveria usar mais pra frente.

Falou tb q não existe a necessidade de ficar peluda, posso me depilar normalmente, mas nada de absorventes internos e trocar o absorvente em no máximo três em três horas.

Então amigas, a cura existe, vamos atrás dela agora.

Retrato de nniquecabral
Qui, 02/01/2014 - 19:19
nniquecabral:
Membro desde: 05.07.2013

Olá meninas, eu continuo na mesma, sem resultados e sem relação. Usei as duas pomadas que a medica tinha me receitado até o final. Não senti resultado com a fissura, não tentei ter relação, mais sinto ainda uma sensibilidade quando lavo, inclusive apareceu umas feridinhas pequenas, porem ardidas no lado de fora da vagina. E quanto a inflamação que apresentou no exame não sei se melhorei pois as pomadas escorrem e não da pra saber se o corrimento parou ou não. Voltei a usar a CANDICORT, qualquer melhora eu aviso.

Feliz ano novo a todas, que esse ano seja de saúde e vitórias para nós. Deus é fiel!

Retrato de Juliana Marins
Qui, 02/01/2014 - 21:01
Juliana Marins:
Membro desde: 13.11.2013

Amiga por favor vá correndo ao médico, essas feridinhas podem ser herpes!!
Beijos

Retrato de Thammy cunha
Sáb, 04/01/2014 - 16:01
Thammy cunha:
Membro desde: 04.01.2014

Oi meninas, a pouco tempo tive nene depois que ela nasceu eu demorei um pouco para ter relações por conta de ser cesaria me sentia inconodada. Há pouco tempo tive relação e notei que alem da dor fiquei dias dolorida ee com a região genital estranha, porém fiquei com medo de ir a um médico, mas depois de uns dias passou a dor e o incomodo. Porém ontem aconteceu de novo e nisso foi feito um corte entre a vagina e o anus, o que me preoucupou muito. E resolvi pesquisar na Internet oq poderia ser e encontrei vcs. Estou muito preocupada e com medo tbm.

Retrato de Ana Paula_90
Qua, 08/01/2014 - 00:55
Ana Paula_90:
Membro desde: 08.01.2014

Olá, meninas.

Boa noite,li todas as postagens de vocês e está me ajudando muito a entender e tentar me acalmar diante dessa situação,nossa me sinto um lixo como mulher,pesa tanto no relacionamento.

Mas,gostaria de tirar uma duvida com vocês, tenho todos os sintomas que vocês tem,com um a mais que não li nas postagens, essa fissura no meu caso é do lado esquerdo e no próprio lado esquerdo a textura da pele é diferente, os grandes lábios até perto da fissura a pele é meia grossa,como se estivesse com brotoeja ( porém não é avermelhada e não sai secreção)só sente grossa a pele porém tudo isso só é de um lado,não afetando em nada o lado direito...vocês também tem tal sintoma?

beijos,boa noite!

Retrato de Mari20
Qui, 09/01/2014 - 22:36
Mari20:
Membro desde: 09.01.2014

Boa noite Meninas! Achei esse forum e li todos os relatos, pois tenho o mesmo problema que vcs. A cerca de 2 anos estou sofrendo com ardência e dor na relação sexual fora a ardência ao urinar. Já fui em vários médicos ginecologistas e nada adiantou. Pomada no meu caso na adianta nada. V que vcs falam de fissuras mas no meu caso não consigo enxergar nada, somente uma vermelhidão. Comecei um tratamento homeopatico mas mesmo assim não venho tendo bons resultados. Gostaria de saber se esse tratamento com Fluconazol teve bons resultados?? Já tomei mas foi dose unica e também não obtive nenhum efeito.

Fico grata se alguém puder me ajudar pois estou desesperada já. Não sei mais o que fazer.

bjs

Retrato de Ray1015
Dom, 12/01/2014 - 01:53
Ray1015:
Membro desde: 11.01.2014

Oi meninas, estou muito emocionada nesses dias vendo o depoimento de vocês, e vejo que ta mais dificil do que eu imaginava essa situação, tenho 22 anos, sou casada tenho um filho que fez 5 mesês, dia 31. Só Deus que me ajudou chegar até aqui, por que ja faz 2 anos mais ou menos que estou com esse problema, e piora a cada dia ja gastei tuuudo que tenho com medicos os melhores da minha cidade, todos falam que e candida, mais amigas fui ao um clinico geral que disse que é vulvagenite, e passou a pomada TROFORMEMIN, AGORA estou nessa mais ja usei de tudo e de todas, meu marigo é jovem ee bonito tem 29 anos, é um marido muito compeensivo mais não sei até onde ele vai aguentar essa situação estou depressiva, me sentindo feia não tenho mais vontade de me arrumar, a minha força é meu filho, pra eu levantar a de manhã, mais se não fosse esse motivo eu nem me levantaria mais, e eu amo muito meu marido não queria perder minha vida minha relação mais gente, ta MUITO DIFICIL MESMO. Alguem ja ficou curada 100%? Vive como uma pessoa normal ? Gente tô pra enviar esse forum pra um programa de televisão para que seja reconhecido esse nosso problema,não como doença psicilogica mais como uma doença que realmente acontecee , por que os medicos de dizem QUE É COISA DA MINHA CABEÇA DA VONTADE DE DA UM TAPA NELES.Aguardo resposta estou chorando desde quando eu começei a escrever até agora. Gente só Deus mesmo, Vou comprar mais trofordemim, e usar por mais tempo, pq ela só da pra 1o dias acho pouco. Bjusss Estou esfregando machucando a ferida como a colega ensinou.

Retrato de relusi
Seg, 13/01/2014 - 00:58
relusi:
Membro desde: 09.06.2013

Em primeiro lugar quero dar boas vindas a todas as meninas que realizaram os últimos posts, que leram os relatos anteriores e resolveram se juntar compartilhando suas experiências!

Todas nós aqui saber a dor física e psicológica que é passar por isso e para mim a melhor descoberta foi esse fórum em que podemos trocar experiências sobre tratamentos e informações.

Bom, vocês já devem estar por dentro da minha história e pela primeira vez sinto que estou no caminho certo de um possível tratamento.

Estou há 2 meses utilizando todos os dias as pomadas CANDICORT e BEPANTOL DERMA, utilizo a candicort antes de dormir, passageando td a região do períneo desde a parte mais externa até a vagina mais por dentro, insiro 2 dedos na entrada da vagina e forço suavemento e prograssivamente o tecido, faço a msm massagem a tarde utilizando o bapantol derma. Iniciei há 1 mês o tratamento pesado com FLUCONAZOL que é descrito em um artigo científico que uma das amigas postou aqui no fórum, tomei 1 cápcula de fluconazol por 7 dias, agora estou tomando de 15 em 15 dias, depois o tempo de intervalor vai aumentando, ele é descrito com mais detalhe no artigo. há 1 mês também comecei a tomar um medicamento fitoterápico chamado ENAX, é um imunoestimulador natural, vi vários sites e artigos falando dos benefícios no combate a herpes e a candida, tomo 3 comprimidos por 3, manhã, tarde e noite, farei o tratamento por 3 meses seguidos com o enax e farei 1 mês de intervalo, que é o recomendado.
Sobre minhas mudanças de hábitos, só uso calcinha de algodão, agora no verão não uso calça jeans de jeito algum, só saias, vestidos e shorts mais largos. Não uso mais sabonete íntimo todos dos dias, procuro alternar de 2 em 2 dias. Uso pílula anticoncepcional e camisinha como métodos contraceptivos e quando menstruo, nunca uso OB, uso absorvente com cobertura de algodão e troco várias vezes por dia, além de dormir sem absorvente, msm que suje a calcinha, senti que a vagina consegue respirar mais.
Também procurei melhorar meus habitos alimentares e por mais dificil que seja, me estressar menos.

RESULTADOS DE 2 MESES DE TRATAMENTO, ONDE O INÍCIO FOI A COMBINAÇÃO DAS POMADAS:
Ontem, sábado, 11 de janeiro, tive relação sexual e a fissura não abriu. Senti ardência, senti incomodo, mas foram menos do que a última relação em 28 de dezembro de 2013 em que a fissura tmb não tinha abrido mas a ardencia foi maior.

Não estou curada, estou muito longe disso, mas esse é o primeiro tratamento que está me dando resultado depois de 1 ano e meio sofrendo com isso e ouvindo muita merda de médicos.

Já passei a te em infectologista. Estou com diversos exames ginecológicos marcados para as 2 próximas semanas, o último ginecologista que passei foi o único que me levou a sério em mais de 1 ano de busca, moroem sp capital e o nome desse medico é luiz abdalla baruki, ele atende na região da avenida paulista e é bem de idade, me ouviu com muita atenção, exmainou e pediu exames que nunca havuiam pedido e disse q isso não é normal e que sims erá curado de alguma forma. MAS RESSALTO, O TRATAMENTO QUE DESCREVI ACIMA E ME DEU ALGUM MINIMO RESULTADO EU ESTOU FAZENDO POR MIN HA PRÓPRIA CONTA E RISCO COM BASE EM PESQUISAS E PRINCIPALMENTE CONVERSAS AQUI NO FORUM.

NÃO DESISTAM!!!!

postem sempre que tiverem algum avanço ou quando precisarem desabafar, estamos todas juntas!

bjos

Retrato de Yve
Seg, 13/01/2014 - 17:24
Yve:
Membro desde: 24.11.2013

Olá meninas! Espero que 2014 tenha começado de maneira fantástica para todas vcs. Pois então, voltei ao hospital que eu trabalhava e reencontrei a Dra que me indicou o tratamento com fluconazol, pois então, ela me disse que recebeu casos como o meu no consultório e que recomendou o mesmo tratamento variando de acordo com cada paciente e deu resultado, o único problema e que o é um tratamento constante e junto com ele tem que fortalecer a imunidade com vitaminas, boa alimentação e colágeno. Eu ainda estou com uma fissura, pois como ainda amamento não posso fazer o tratamento completo, mas estou confiante.
Vou postar novamente o artigo que serviu como base para o meu tratamento para que as meninas novas aqui no fórum tb possam se beneficiar. Um abraço a todas vcs e até mais.

http://www.dst.uff.br//revista13-4-2001/editorial.pdf

Retrato de Yve
Seg, 13/01/2014 - 17:35
Yve:
Membro desde: 24.11.2013

Oi, olha essa textura faz parte da inflamação, a região fica mesmo com uma aparência estranha, da uma olhada lá no artigo sobre candidiase recorrente entre outras vai elucidar bastante, abraço.

Retrato de Yve
Seg, 13/01/2014 - 17:40
Yve:
Membro desde: 24.11.2013

Eu já fiquei 100% curada! Quando fiz o tratamento com o fluconazol certinho eu não tive mais problema, eu já dei o meu relato aqui. A fissura só voltou depois que o meu BB nasceu e mesmo assim só foi uma, na minha fase critica eu cheguei a ter mais de 8 fissuras. O artigo é esse http://www.dst.uff.br//revista13-4-2001/editorial.pdf, da uma lida , acredite vale a pena tentar, eu desejo boa sorte, até mais.

Retrato de Fernanda30
Ter, 14/01/2014 - 04:20
Fernanda30:
Membro desde: 06.05.2013

Yve.. por favor esse medico onde vc passou é em Sp tb?
Ai Relusi obrigada pela dica vou ver se marco uma consulta com esse medico que passou na Paulista, ja estou pesquisando sobre ele.
Obrigada a todas 4 anos nessa luta mas creio que tudo irá dar certo