Falta de higiene do vizinho | A Nossa Vida

Falta de higiene do vizinho

Retrato de Sara E Lucas
23.06.2018 | 20:20
Sara E Lucas:
Membro desde: 23.06.2018

Olá, venho desabafar aqui porque realmente estou num dilema. Mudei-me para um apto à 1 ano e dei-me conta de um fedor no prédio que não sabia de onde vinha nem ao que realmente cheirava, eu dava conta desse cheiro muitas vezes na casa de banho e quando abria a janela da sala. Quando um dia estava na varanda senti esse fedor, olhei para baixo e consegui ver a marquise do andar de baixo com algumas janelas abertas qual não é o meu espanto quando vejo lixo! Sim lixo, aquele lixo diário que toda gente deita fora (normalmente), sacos fechados e pacotes de leite, sumos espalhados, as paredes negras de sujidade e bolor, brinquedos cheios de teias de aranha, em fim uma autêntica lixeira. Quem vive nesse apto é uma senhora e sua filha de +/- 12 anos, eu já pensei em bater-lhe à porta e perguntar se precisa de ajuda para deitar fora todo aquele lixo, que causa-me náuseas cada vezes que ela abre a janela e entra pela minha sala adentro para não falar da quantidade de moscas também que entram quando tenho a janela aberta, só que tenho receio da reacção dela porque para ter um modo de vida assim tem que ter algum tipo de distúrbio. O meu dilema é que não quero apresentar queixa porque não quero que ela perca a custódia da criança mas ao mesmo tempo ninguém merece viver no meio do lixo e francamente dá-me pena da miúda. O que fariam se estivessem na minha situação? Sabendo que o prédio está atualmente sem condomínio.


Retrato de Road66
Qui, 28/06/2018 - 18:34
Road66:
Membro desde: 16.09.2013

Muito pelo contrário, deve meter-se sim. Isso é saúde publica.
Informa-te legalmente o que podes fazer e activa os meios necessários. Acho que diálogo com essa pessoa não vai resultar mas podes sempre começar por aí.

Retrato de Sara E Lucas
Qui, 05/07/2018 - 00:25
Sara E Lucas:
Membro desde: 23.06.2018

Mudar de habitação não é tão fácil como mudar de cuecas!! Falas isso de maneira tão leviana como se não se tratasse da vida de pessoas... Então assim tornava me nómada se fosse mudar de casa cada vez que algo me incomodasse, fracamente

Retrato de Sara E Lucas
Qui, 05/07/2018 - 00:27
Sara E Lucas:
Membro desde: 23.06.2018

Vou tentar me informar melhor mas é complicado aqui o querer ajudar pode vir a prejudicar coisa que eu não quero...

Retrato de AnaM...
Ter, 21/08/2018 - 10:09
AnaM...:
Membro desde: 07.06.2010

Tenta informar-te, sim! Tenta resolver o problema, sim! Era o que faltava agora não fazermos nada nesse caso e sermos incomodados dessa forma.

E quem não vê que esta situação é preocupante, nem que é um incómodo deve ser igual ou pior que essa senhora, a higiene deve ser a mesma ou então tem uma grande dificuldade em pôr-se no lugar do outro.

Retrato de Sara E Lucas
Qua, 03/10/2018 - 07:53
Sara E Lucas:
Membro desde: 23.06.2018

A doença das limpezas?? Mania dos cheiro?? Vc pra falar dessa forma de uma pessoa k não conhece faz me parecer k é muito infeliz

Retrato de Sara E Lucas
Qua, 03/10/2018 - 07:57
Sara E Lucas:
Membro desde: 23.06.2018

Ai em cima desse pedaço de madeira está uma embalagem de comida pronta de carne com batata há várias semanas, os bichos k entram e saiam dali são de uma quantidade ansurda. Vá viver pra lixeira e fale k os outros é k têm a mania das limpezas e dos cheiros, a não espere, vc já fez isso.... 🙄

Retrato de Sara E Lucas
Qua, 03/10/2018 - 08:02
Sara E Lucas:
Membro desde: 23.06.2018

Tenho compaixão pela sua infelicidade e falsa moral

Retrato de MOPA
Qua, 03/10/2018 - 12:09
MOPA:
Membro desde: 23.06.2015

Olá!
Mesmo que o prédio tivesse condomínio formado não iria adiantar de nada pois o condomínio/administrador trata dos espaços comuns do edifício e a situação está dentro de casa do vizinho (espaço particular).
Penso que poderá pedir uma inspeção sanitária a Camara Municipal, ou uma queixa relativamente a saúde pública. Sim, porque é uma questão de saúde pública, bichos e bicharocos, já nem estou a falar em ratos, ou baratas, que se ainda não existem, não tardará.
Relativamente a menor, poderá fazer queixa à comissão de proteção de menores e crianças em risco. Muitas vezes há casos que são graves e não estão sinalizados. Sei que é uma situação triste, mas viver com alguém que não está bem psicologicamente e viver no meio da mer** também não me parece uma uma boa forma de vida para uma criança, provavelmente a menor terá um pai ou avós… Maus tratos a crianças é crime público, qualquer um pode denunciar e o processo anda automaticamente para a frente.
Existe um site muito bom que ajuda a tirar dúvidas acerca de condomínios. o site é: www.gestaodocondominio.pt
Ultimamente tem estado em baixo, talvez por ataques piratas não sei porque não entendo do assunto, mas os administradores do site dão sempre a volta e passado algum tempo volta tudo a normalidade.
Espero ter ajudado.
Tudo a correr bem.
Mopa

Retrato de Sara E Lucas
Qua, 03/10/2018 - 18:16
Sara E Lucas:
Membro desde: 23.06.2018

Ajudou bastante muito obrigado, deixo aki umas fotos que tirei agora mesmo e ainda bem k não dá para cheirar pelo ecrã pk é horrível.

Retrato de Sara E Lucas
Qua, 03/10/2018 - 18:16
Sara E Lucas:
Membro desde: 23.06.2018

Ajudou bastante muito obrigado, deixo aki umas fotos que tirei agora mesmo e ainda bem k não dá para cheirar pelo ecrã pk é horrível.

Retrato de Sara E Lucas
Qua, 03/10/2018 - 18:17
Sara E Lucas:
Membro desde: 23.06.2018
Retrato de Sara E Lucas
Qua, 03/10/2018 - 18:18
Sara E Lucas:
Membro desde: 23.06.2018

Isto é chocante ver uma menor viver aki

Retrato de Road66
Sex, 23/11/2018 - 10:34
Road66:
Membro desde: 16.09.2013

Não ligue ao utilizador que fez aqueles comentários idiotas, é só alguém (um triste por sinal) que anda por estes foruns fora à procura de um pouco de atenção usando uma técnica simples e básica... ser um autêntico atrasado mental.

Sobre esse assunto e depois de ver as fotos, se diz que vem de lá um cheiro nauseabundo e se vive lá uma menor é a sua obrigação contactar as autroridades / segurança social urgentemente. Eles depois é que decidem se há condições, ou não, para uma criança viver ali. Lembre-se que apenas existe um sitio para aplicar a lei e não somos nós que decidimos.

Post