Entregar curriculum em lojas | A Nossa Vida

Entregar curriculum em lojas

Retrato de apmc21
04.08.2011 | 20:47
apmc21:
Membro desde: 21.03.2011

olá meninas preciso da vossa opinião.
Preciso de arranjar emprego o mais rapido possivel e estou a pensar em ir a um centro comercial e ir a algumas lojas e entregar o meu curriculum para ver se tenho sorte. Acham que o devo fazer ou vou parecer muito desesperada Nailbite ? Se sim, quando entrar na loja o que digo? É que tenho receio que não vejam a minha atitude com bons olhos, ainda por cima será o meu primeiro emprego e embora tenha experiencia no atendimento ao publico porque os meus pais tem uma padaria/cafetaria, não vou poder por isso no curriculum vou ter de por que não tenho exprienia profissional.....

brigada Wink


Retrato de -Rakel-
Qui, 04/08/2011 - 21:02
-Rakel-:
Membro desde: 06.05.2010

Olá =)
Vou tentar ajudar-te, sou gerente de uma loja num centro comercial e por isso faço selecção de curriculos.

Ao entrares na loja diz apenas que viste que estão a precisar de colaboradores e pergunta o que precisas de fazer para concorrer a vaga, na maioria dos casos é só entregares o curriculo, mas existem lojas em que tens de preencher um formulário!
Pede para falar com o resposável claro Wink

Também podes perguntar se é para full ou part-time, para saber se te interessa...

Não caias no erro de perguntar qual é o salário e essas coisas, deixa isso para a entrevista, isso é muito feio!
E nada de ires acompanhada, ou deixares amigos ou namorado à porta da loja!!

Em relação ao curriculo, tenta simplificá-lo e nada mas nada de erros ortográficos Wink

Sobre a tua experiência na cafetaria dos teus pais podes colocar no curriculo à vontade, isso mostra que já tens experiência com o público!!!

Espero ter ajudado Wink
Qualquer dúvida diz...

Beijinho*

Retrato de _Marta_
Qui, 04/08/2011 - 21:25
_Marta_:
Membro desde: 08.12.2008
-Rakel- wrote:

Sobre a tua experiência na cafetaria dos teus pais podes colocar no curriculo à vontade, isso mostra que já tens experiência com o público!!!

Eu acrescentaria que podes e DEVES mencionar isso...

Retrato de apmc21
Qui, 04/08/2011 - 21:28
apmc21:
Membro desde: 21.03.2011

Olá e obrigada. Já fiz o curriculo e está muito simples mesmo e sem erros mas como fiz sozinha não sei se está totalmente correcto. Em relação á experiência profissional pensava que tinha de ser um trabalho com contrato para contar mas sendo assim vou por que tenho experiência com o público. Terei que ir acompanhada porque o meu pai é que vai conduzir, é na Guarda e eu ainda não me aventuro a conduzir em cidades com tanta confusão mas vou aproveitar equanto ele estiver a tomar café e assim para ir as lojas.
bjs

Retrato de te_te
Qui, 04/08/2011 - 21:32
te_te:
Membro desde: 13.12.2010

Olha em relaçao á experiencia eu tbm n tenho e uma vez numa entrevista super descontraida para recepcionista ao falar com a senhora referi q alem do meu estagio tinha estado num stand de vendas/exposiçao de trabalhos da minha mae e contactado com o publico, ou seja uma experiencia pessoal/familiar e n no ambito profissional, ao q ela me aconsselhou a coloca-lo no CV pq quer queira quer n fora uma experiencia.

Confesso q ja tive essa experiencia no CV e ja tirei pq n me levou a nada....

Em relaçao ao q a raquel disse e sei q é um erro, mas ja cheguei a ir acompanhada a entrevistas, tendo deixado a pessoa ca fora. Pq? Pq moro na parvalheira e em Lisboa é q consigo algo e muitas vezes as empresas n se identificam no anuncio ou poem email pessoal e nunca sabemos quem esta do outro lado, ne?
Ah e pq sou mega turista e ainda me posso perder no meio da cidade, lol

O meu canto de futilidades e devaneios

http://mysweetlifebytete.blogspot.pt/
Sabe as ultimas aqui:
https://www.facebook.com/mysweetlifebytete

Retrato de _Marta_
Qui, 04/08/2011 - 21:52
_Marta_:
Membro desde: 08.12.2008

A Guarda é calminha a nível de trânsito! Smile Não te preocupes! Smile Até podes optar por conduzir tu com o teu pai ao lado! Smile
Para experiência profissional conta tudo! Wink

Retrato de -Rakel-
Qui, 04/08/2011 - 22:01
-Rakel-:
Membro desde: 06.05.2010

Sobre o ir acompanhada nem o 8 nem o 80 lol
Acontece imensas vezes raparigas entrarem na loja para entregar o curriculo e o namorado ficar à porta da loja estilo "segurança de discoteca" LOOOOL
É desses casos a que me refiro...

Isso demostra na minha opinião, insegurança!

Na experiência profissional não tem de ser apenas trabalhos em que descontaste, qualquer experiência como voluntariado, ou em estabelecimentos de familiares deves por

Retrato de Princesa Lara
Qui, 04/08/2011 - 23:58
Princesa Lara:
Membro desde: 01.08.2011

Boa noite....

Entra no site http://www.web-emprego.com/modelos-de-curriculum-vitae/ e selecciona modelo europeu .... é muito utilizado tambem!!! é so preencheres!!!Eu usei este modelo para fazer meu!!!

Já agora deves mencionar que tens carta de condução, para alguns trabalhos ajuda!!!!

BOA SORTE!!!!

Retrato de deia.costa
Sex, 05/08/2011 - 08:42
deia.costa:
Membro desde: 25.03.2009
-Rakel- wrote:

E nada de ires acompanhada, ou deixares amigos ou namorado à porta da loja!!

Desculpa a pergunta ignorante Rakel, mas assim de repente qual é o mal disto? Worried

De facto, também já fui a um centro comercial aqui na minha zona e entreguei curriculos a várias lojas que tinham o papel "precisa-se de colaborador" ou mesmo algumas que conhecia e dirigi-me ao balcão e perguntei se poderia deixar o meu curriculo caso precisassem, e até hoje Sad Na verdade já se passarem meses e nada!

Sou jovem com 23 anos, uma aparência cuidada, normal, tenho experiência profissional... não entendo o porquê Sad

Sinceramente leva-me a pensar que muitas vezes colocam-se pessoas através de conhecimento já dos colaboradores das lojas, estarei errada?

bjs e desculpa a intromissão no tópico Tongue

Retrato de deia.costa
Sex, 05/08/2011 - 08:45
deia.costa:
Membro desde: 25.03.2009

Smile

já vi a tua resposta anterior, demonstra insegurança, tens razão, mas por outro lado também pode demonstrar que é uma pessoa social, e não solitária LOL já estou eu a imaginar demais...

Agora percebi o teu ponto de vista. Quando entreguei os Cv's o meu marido ficou lá fora distante nem se aperceberam. Smile

Retrato de NVanessa
Sex, 05/08/2011 - 09:52
NVanessa:
Membro desde: 27.02.2010

Eu também já fui gerente de loja num shopping e se havia coisa que me irritava profundamente era os namorados ou amigas a se dirigirem ao balcão com a pessoa em causa para vir entregar o currículo. bahhhh

- "Bom dia, eu vinha entregar o meu currículo para a vaga que anunciam na montra.."
- "Certo. E onde está o currículo do seu amigo/a?"

É o que apetece dizer!!!

Uma vez até, a miúda até se dirigiu ao balcão sozinha e como eu estava com tempo disponível, a miúda apresentava bem e depois de uma breve vista de olhos ao currículo dela, perguntei-lhe se não queria ir até ao meu escritório falarmos um cadinho sobre o trabalho.. Ao que ela me responde, sim, obrigada, vou só chamar o meu namorado para ir comigo...

Bolas!!! Mas é uma entrevista ou um jantar de amigos???

Retrato de _Marta_
Sex, 05/08/2011 - 16:47
_Marta_:
Membro desde: 08.12.2008

Eu ia dizer o mesmo: uma pessoa sociável deixa a "socialite" para os programas sociais! Wink Em assuntos individuais, deve-se ir sozinho. Para procurar emprego ou entrevistas de emprego, ir sozinho demonstra responsabilidade e, sobretudo, autonomia.

Retrato de -Rakel-
Sex, 05/08/2011 - 17:46
-Rakel-:
Membro desde: 06.05.2010
_Marta_ wrote:

Eu ia dizer o mesmo: uma pessoa sociável deixa a "socialite" para os programas sociais! Wink Em assuntos individuais, deve-se ir sozinho. Para procurar emprego ou entrevistas de emprego, ir sozinho demonstra responsabilidade e, sobretudo, autonomia.

Subscrevo totalmente!!

Já aconteceu um rapaz ir com a mãe entregar-me um curriculo!! E foi a mãe que fez todas as perguntas e falou, o rapazito nem abriu a boca! Ele só esticou o bracinho para dar o curriculo!!!

Também já me aconteceu estar a entrevistar uma rapariga que quando soube qual seria o salário, me disse na cara que teria de ser mais porque não lhe compensava, visto que estava no subsidio do desemprego!!!!!!!!!

Vocês não teem noção das pérolas que "infelizmente" aparecem! Rolling

Retrato de deia.costa
Sex, 05/08/2011 - 18:21
deia.costa:
Membro desde: 25.03.2009

Certo! É rídiculo isso que vocês contam, uma entrevista de trabalho e ir o namorado á entrevista atrás...

Agora o facto de o namorado/a/amiga/o ficar á porta sem que percebam não vejo qual o mal... claro sem que percebam e se houver a sorte de fazerem logo a entrevista, obviamente não é para se ir com o namorado atrás! Smile

Retrato de _Marta_
Sex, 05/08/2011 - 20:18
_Marta_:
Membro desde: 08.12.2008

deia.costa, a questão é que fica sempre a parecer (se os virem...) que se leva guarda-costas. E depois, digamos que há sempre a tendência para espreitar! Wink E nesse aspecto, garanto que não fica nada bem...

Retrato de Inesoca
Sex, 05/08/2011 - 21:58
Inesoca:
Membro desde: 25.05.2008

Concordo plenamente com o que disseste. Pérolas... são muitas.
E pela experiência que tenho, as pessoas que dizem que mais precisam de trabalhar são as mais complicadas e que colocam mais entraves (horários, folgas, etc).

Atenção que isto é uma sugestão para todas as pessoas (e não para a autora do tópico) que procuram trabalho sobretudo em centros comerciais:
- tenham em atenção aos horários alargados dos centros comerciais
- pensem que folgas ao fim-de-semana é raro (se forem com esta ideia à partida, tudo o que vier daí é lucro)
- e claro, quando vão a uma entrevista não levem ninguém! É muito mau entrarem na loja acompanhadas e a pessoa fica a circular nitidamente à vossa espera... Vocês estão à procura de trabalho: quando começam a formação vão sozinhas, pelo que à entrevista, que é o primeiro passo, também vão!

Pensem primeiro antes de andar a entregar currículos em tudo o que é loja se estão realmente dispostas a trabalhar por turnos, com horário alargado e folgas rotativas. Nem imaginam a quantidade de pessoas a quem ligo para entrevista que afinal já não quer, porque sai às 23h e é rotativo e não dá jeito e não tem folga ao domingo. Não percebo às vezes o que é que as pessoas andam à procura nos centros comerciais. Horários das 9h-17h de 2ª à 6ª simplesmente não existem!

Desculpem a frieza com que digo isto, mas nestes casos é uma perda de tempo para ambas as partes.

E não...as vagas não são para amigas. No meu caso até prefiro que não sejam amigas a trabalhar na mesma loja. Vocês nem imaginam a dificuldade em encontrar alguém que quer mesmo trabalhar nestas condições.

Retrato de -Rakel-
Sex, 05/08/2011 - 22:31
-Rakel-:
Membro desde: 06.05.2010

É exactamente com isso que me deparo!!
Acreditem, nunca pensei que fosse tão dificil arranjar alguém que queira trabalhar!!
Até ao momento que tive de trabalhar durante 1 mês sem uma única folga!!! Porque a malta dizia que por turnos não convinha, e ai o fim-de-semana... Outros aceitavam mas não punham os pés na entrevista, ou nem sequer compareciam no primeiro dia!!

A malta não têm ideia Laughing
Estou a rir-me, mas isto não tem piada nenhuma!

No meu caso, também não se aceitam as famosas cunhas! Nem eu quero Rolling agora acredito que em algumas é capaz de acontecer!

Mas também admito que é muito difícil conseguir trabalho num shopping, porque infelizmente uma coisa que o patrão costuma exigir logo é o candidato já ter experiência a nível de shopping, trabalhar por turnos, etc.
Tudo isso por causa da estaleca dos turnos que não é fácil!
A partir do momento que se consiga algo num shopping, é bem mais fácil arranjar outras lojas Wink

Retrato de deia.costa
Sáb, 06/08/2011 - 00:20
deia.costa:
Membro desde: 25.03.2009

Cunha é diferente de conhecimento Wink

Já agora qual é a vossa zona? É que sinceramente é desesperante entregar curriculos e não ter retorno, se têm dificuldades pode ser que seja próxima Smile

Retrato de apmc21
Sáb, 06/08/2011 - 12:41
apmc21:
Membro desde: 21.03.2011

Olá meninas. Em relação aos turnos e não ter os fins de semana livres não me importo até porque o ano passado por esta altura fiz 1 fim de semana numa loja das 14h as 23:30h e digo que até gostei apenas tive de desistir porque o que ganhei nesse fim de semana depois de tirar o dinheiro para a gasolina fiquei apenas com 5€ e claro não compensou mas adorei a experiência.
Eu vou Segunda feira ver se encontro alguma coisa, já agora se for aceite em alguma loja aviso logo que apenas preciso do trabalho até Fevereiro ou aviso depois? É que se tudo correr bem entro em enfermagem em 2º semestre e este emprego era mesmo para juntar o maximo de dinheiro que conseguisse para ajudar a pagar o curso.
brigada
bjs

Retrato de Animadora
Ter, 09/08/2011 - 00:37
Animadora:
Membro desde: 15.01.2007

e quer se referir é que quando forem levar curriculos ou a entrevistas, não devem fazer ver ao outro, que têm o namorado ou o paizinho ou a maezinha ao lado, ou à porta à espera. eu tenho 30 anos e caí no erro de levar sempre o pai porque ele conhece tudo e as pessoas e se calhar uma simpatia dele com o dono da loja ou o chefe iria ajudar-me. ERRADO!!! mal viro costas ouço o dono a dizer: como é uma rapariga vem pedir emprego para um cargo, que tem que ser responsável por diversos actos no trabalho, ainda traz o pai com ela? é porque não é competente e madura suficiente para o cargo, não queremos jovens destas, para mais tarde dar problemas e não se desenrascar.
e pronto, pai, mae ou outrem, ficam dentro do carro, na esquina, tomar cafe, sei la. mas eu tenho que fazer ver ao patrão que sou competente e madura!

Retrato de _Marta_
Qui, 11/08/2011 - 01:00
_Marta_:
Membro desde: 08.12.2008

Sophie,
Antes de mais, bem-vinda ao fórum.
Quanto às questões que colocas, e independentemente daquela que é a minha opinião particular, nas lojas de centros comerciais, exigem uma aparência física acima da média. Nalgumas lojas, inclusivamente, exigem que a pessoa vista abaixo de um determinado número e pese abaixo de determinado peso. A venda de roupa, maquilhagem, acessórios e afins está muito ligada à aparência e se reparares, grosso modo, a grande maioria das pessoas que trabalha nessas lojas são magras, com uma cara laroca, e cheias de maquilhagem irrepreensível. Claro que não é isso que determina se uma pessoa é melhor ou pior funcionária, mas são exigências muitas vezes das próprias marcas, como política de contratação. Nada a fazer.
Em relação à experiência, é um ciclo vicioso. Há lojas que não pedem experiência anterior, mas quando existe ela é valorizada. Claro que se ninguém der oportunidade a quem nunca trabalhou, essa pessoa não pode ter experiência...
Referes, no teu post, que desesperas por um emprego: nunca mostres isso junto de um entrevistador, é meio caminho andado para não te chamarem.
Pode ser que alguém trabalhe nessa área e te deixe mais umas ideias...

Retrato de deia.costa
Qui, 11/08/2011 - 07:54
deia.costa:
Membro desde: 25.03.2009

_Marta_ wrote: Sophie,
a grande maioria das pessoas que trabalha nessas lojas são magras, com uma cara laroca, e cheias de maquilhagem irrepreensível.

Mas são tão antipáticas que se tornam HORROROSAS!

Sinceramente, devia-se mudar essa mentalidade... uma coisa é boa imagem, imagem limpinha e arranjada, outra é corpos por medida!

Retrato de SophieSophie
Qui, 11/08/2011 - 12:06
SophieSophie:
Membro desde: 10.08.2011

Marta, obrigada pela resposta.
Quanto à (boa) imagem que dizes ser requisito no recrutamento nos centros comerciais, eu faço o possível para ir o mais apresentável que possa, sem entrar no ridiculo (e, por isso, é que opto por maquilhagens discretas...não costumo espalhar 'barro' na cara, como fazem as raparigas da Zara (p.ex.), porque acho que isso fica super mal...!), e sou alta e magra, por isso acho que por aí não podem implicar.

Também acho que nunca dei a entender que desesperava por um emprego.lol. Só se o fiz inconscientemente, por estar entusiasmada.

É verdade que, quem põe no currículo que apenas tem o 12º ano, tem mais hipótese do que alguém que já tem frequência universitária ou curso superior? É uma informação que já me deram várias vezes e até já ouve quem me incentivasse a omitir que frequentei a universidade Confused

Retrato de SophieSophie
Qui, 11/08/2011 - 12:09
SophieSophie:
Membro desde: 10.08.2011

Completamente!

Retrato de SophieSophie
Qui, 11/08/2011 - 12:12
SophieSophie:
Membro desde: 10.08.2011
deia.costa wrote:
_Marta_ wrote:

Sophie,
a grande maioria das pessoas que trabalha nessas lojas são magras, com uma cara laroca, e cheias de maquilhagem irrepreensível.

Mas são tão antipáticas que se tornam HORROROSAS!

Sinceramente, devia-se mudar essa mentalidade... uma coisa é boa imagem, imagem limpinha e arranjada, outra é corpos por medida!

Completamente!

Retrato de fillippa
Qui, 11/08/2011 - 14:21
fillippa:
Membro desde: 28.01.2011
_Marta_ wrote:

Sophie,
Antes de mais, bem-vinda ao fórum.
Quanto às questões que colocas, e independentemente daquela que é a minha opinião particular, nas lojas de centros comerciais, exigem uma aparência física acima da média. Nalgumas lojas, inclusivamente, exigem que a pessoa vista abaixo de um determinado número e pese abaixo de determinado peso. A venda de roupa, maquilhagem, acessórios e afins está muito ligada à aparência e se reparares, grosso modo, a grande maioria das pessoas que trabalha nessas lojas são magras, com uma cara laroca, e cheias de maquilhagem irrepreensível. Claro que não é isso que determina se uma pessoa é melhor ou pior funcionária, mas são exigências muitas vezes das próprias marcas, como política de contratação. Nada a fazer.
Em relação à experiência, é um ciclo vicioso. Há lojas que não pedem experiência anterior, mas quando existe ela é valorizada. Claro que se ninguém der oportunidade a quem nunca trabalhou, essa pessoa não pode ter experiência...
Referes, no teu post, que desesperas por um emprego: nunca mostres isso junto de um entrevistador, é meio caminho andado para não te chamarem.
Pode ser que alguém trabalhe nessa área e te deixe mais umas ideias...

Olha k eu vejo cda uma mais feia do k a outra... Laughing Mas pronto..la esta...sao magras e tem tanta base nakela cara k passam despercebida!

*Kd o coracao disse aos olhos"Ve menos,pk tu ves e eu sofro",os olhos responderam"Entao sente menos,pk tu sentes e eu choro"*

Retrato de fillippa
Qui, 11/08/2011 - 14:24
fillippa:
Membro desde: 28.01.2011

Ja agr,conhecem algum "nome"aqui no forum k tenha licenciatura em psicologia?

*Kd o coracao disse aos olhos"Ve menos,pk tu ves e eu sofro",os olhos responderam"Entao sente menos,pk tu sentes e eu choro"*

Retrato de _Marta_
Qui, 11/08/2011 - 19:26
_Marta_:
Membro desde: 08.12.2008
fillippa wrote:

Ja agr,conhecem algum "nome"aqui no forum k tenha licenciatura em psicologia?

Eu!

Retrato de _Marta_
Qui, 11/08/2011 - 19:27
_Marta_:
Membro desde: 08.12.2008
SophieSophie wrote:

É verdade que, quem põe no currículo que apenas tem o 12º ano, tem mais hipótese do que alguém que já tem frequência universitária ou curso superior? É uma informação que já me deram várias vezes e até já ouve quem me incentivasse a omitir que frequentei a universidade :/

No teu caso, não omitiria. A nível de habilitações, continuas a ter o 12.º ano, com o acréscimo que frequentaste a universidade sem conclusão do curso.

Retrato de lua_2013
Qui, 11/08/2011 - 21:37
lua_2013:
Membro desde: 11.08.2011

Qualquer experiência profissional deve ser acrescentada no cv (sem cair em exageros). Se assim não fosse, coitada da malta que nem contrato de trabalho tem Sad
Podes sempre apresentar a tua candidatura espontânea em qualquer loja porque não parece mal. Estas à procura de emprego Wink Não é necessário que a empresa tenha o anuncio na montra. Outra hipótese que podes considerar é ir a empresas de trabalho temporário (não sei se existem na tua zona) e fazeres a tua candidatura. Muitas lojas de shopping recorrem a estas empresas para fazerem os recrutamentos que necessitam.

Wink

Retrato de mazdan
Seg, 15/08/2011 - 22:24
mazdan:
Membro desde: 13.04.2010

Desde o secundário até aos últimos dias de estudante universitária que recorri aos shoppings para trabalhar. Fiz sempre o mesmo: entrava em todas as lojas que me interessavam. Caso tivesse indicação de que procuravam colaboradora, entrava e dizia isso mesmo e perguntava se podia deixar o meu currículo para apreciação.

Nas lojas que não tinham tal indicação, entrava à mesma e a resposta que tinha era a de que estavam à procura de mais pessoas mas não colocavam anúncios na montra por N motivos Wink

Por isso, não, não é um acto de desespero deixares o CV, é mesmo assim que funciona.

Beleza, saúde e bem estar
http://www.bigvanitybox.com/