Emigrar para a Suiça | Page 3 | A Nossa Vida
89 entradas / 0 new
Última entrada
Retrato de estrelinha_82
Ter, 13/03/2012 - 14:54
estrelinha_82:
Membro desde: 27.02.2012

Não tarda estamos lá todos :).

Pena as coisas não serem tao faceis de colocar na pratica.
Estive a falar com o meu irmao que esta em Ticino e diz que o cenario por la esta a ficar complicado porque estao a ser invadidos por mão de obra Italiana que têm a vantagem da língua. Os meus cunhados de Zurique dizem exatamente o mesmo mas estes em relação aos Alemães.
Para quem tem cursos superiores como é o caso da enfermagem, bem aí o caso é diferente e bem mais facil.

Que daqui a uns anos estejamos aqui a escrever que tivemos sucesso na Suiça,...se fosse tao facil a realizar como a escrever :).

Retrato de andreia_a
Qua, 14/03/2012 - 08:56
andreia_a:
Membro desde: 31.05.2010

E quanto à língua, sentem alguma dificuldade? Eu falo francês fluente, só tenho alguma dificuldade na escrita. Mas o meu marido não fala, e isso deixa-me apreensiva quanto à adaptação dele!

Retrato de Hélder Marques
Qui, 15/03/2012 - 13:22
Hélder Marques:
Membro desde: 26.02.2012

Ele desenrasca-se não se preoucupe e como esta la junto a ele é muito mais facil

Retrato de estrelinha_82
Qui, 15/03/2012 - 14:01
estrelinha_82:
Membro desde: 27.02.2012

Eu estou a ter aulas de Alemão,...meu deus que confusão!!!!
Uma das coisas que me deixa mais receosa é querer comunicar e não conseguir, deve ser um sentimento horrivel.

Retrato de andreia_a
Qui, 15/03/2012 - 15:01
andreia_a:
Membro desde: 31.05.2010

Sim deve ser horrível não se conseguir comunicar. Eu falo bem, mas há termos que não conheço. Lembro-me que uma vez estava na suiça e queria mandar uma carta registada para Portugal. Nem imaginam a confusão para a senhora dos correios perceber a parte do "registada com aviso de recepção"!

Retrato de estrelinha_82
Qui, 15/03/2012 - 16:52
estrelinha_82:
Membro desde: 27.02.2012

Essa é das coisas que mais me mete medo no emigrar,... é a língua e a adaptação da minha filhota...ate me arrepio!

Retrato de Pereira1986
Qui, 15/03/2012 - 23:08
Pereira1986:
Membro desde: 31.12.2011
Isabel_ wrote:

Vou dar-te só o exemplo dos meus pais.

Nasci em 1987 e a minha irmã em 1984 (fazemos diferença 2 anos e meio). Nos anos 80 houve igualmente uma vaga enorme de emigração.

Quando eu nasci, o meu pai foi para a Suíça. Sem conhecer ninguém mas felizmente teve sorte e conseguiu emprego. A minha mãe foi ter com ele, tinha eu poucos meses de vida... lá fomos as duas.

Mas agora perguntas e a minha irmã?? Os meus pais tiveram que tomar a decisão mais difícil da vida deles. A minha irmã não podia vir connosco pois entretanto começaria a escola mas até lá não havia condições para ter as duas na Suíça. Naquele momento quem precisava mais de cuidados era eu pois era recém-nascida.

Como calculas, os meus pais sofreram horrores de terem as filhas separadas, a mais nova com eles, e a mais velha ao cuidado dos avós.
Cresci a ver o esforço dos meus pais, cresci a ver todo o esforço a ser recompensado.

Vivi na Suíça até aos 7 anos e depois voltei para Portugal com a minha mãe para iniciar a escola cá. Apenas ficou o meu pai lá.

Mais sofrimento de separação.. Agora perguntas.. mas recompensou todo esse esforço e sofrimento?

Pereira recompensou muitooooo acredita. Hoje é o dia em que os meus pais dizem que estão muito arrependidos de terem voltado para Portugal e se soubesses como eu adorava viver lá. Foram os melhores momentos da minha vida acredita.

O teu filho tem dois anos e enquanto é pequenino irá adaptar-se muito facilmente, tanto ao estilo de vida como ao francês. (de for esse o cantão)

O meu pai ganhou muito dinheiro lá, e se neste momento termos um nível de vida muito bom cá é graças ao facto de termos emigrado para lá. Vivemos desafogados literalmente.
A minha mãe trabalha porque ela sente necessidade de estar ocupada e se estivesse o dia todo em casa stressava.. mas não é por necessidade.

Como Podes percebes, os meus pais pagaram duas faculdades privadas ao mesmo tempo, todas despesas inerentes à educação (que não é nada mas mesmo nada barato)... eu tinha livros de saúde a custarem 250 eur.

Sou Enfermeira, trabalho num hospital público que já referi noutro tópico qual era. O meu vencimento é sempre acima dos 1200 euros (todo o vencimento é para mim.. não dou nada para os meus pais pois eles não aceitam) e o resto dos meus desejos já aqui descrevi no teu tópico em conversa com o El Lobo.

Como vês.. mesmo eu com um emprego bom, até bem remunerado e efetiva.. quero mudar de vida.. quero sentir-me realizada financeiramente.. e tudo o resto foi o que falei com o El Lobo.

Boa noite Iasabel,

Obrigado pelas tuas palavras.

Sem dúvida que não foi fácil, mas agora estão a colher o que semearam. Para termos alguma coisa temos que fazer muitos sacrifícios e perante a situação actual do País, cada vez mais temos de estar preparados para nos sacrificarmos, pois só assim conseguiremos ter alguma coisa.

Eu também estou efectivo, não ganho tanto como tu, mas estou ansioso por sair deste País, para me sentir realizado e dar um futuro risonho ao filho. Nós neste País nunca iremos sentir-nos realizados.

Já conseguiste alguma coisa na Suiça Isabel?

Retrato de Pereira1986
Qui, 15/03/2012 - 23:12
Pereira1986:
Membro desde: 31.12.2011

Boa noite,

Agradeço a todos os membros que têm participado neste tópico, pois está a tornar-se um ponto de encontro agradável.

E com certeza que irá ser muito útil para os novos "aspirantes a emigrantes".

Vou tentar colocar informações relevantes sobre o trabalho e custo de vids da Suiça, para que possamos partilhar informações importantes para quem tenciona emigrar.

Agradeço a quem é emigrante que partilha também informações connosco, como por exemplo:

- Impostos
- Deduções fiscais
- Supermercados com preços mais acessíveis
- Sites de procurar de imóveis para areendamento
- Etc...

Obrigado a todos.

Cumprimentos

Retrato de estrelinha_82
Sex, 16/03/2012 - 09:34
estrelinha_82:
Membro desde: 27.02.2012

Como ja deves ter percebido eu ainda estou em Portugal, mas tenho lido imenso sobre tudo e mais alguma coisa sobre a vida na Suiça.
Pelo que leio a vida lá é muito cara, ganha-se bem mas gasta-se muito, ate li um artigo qualquer que uma grande percentagem vivem no limiar da pobreza,...
Temos de ter noção de uma coisa muito importante e isso os meus familiares lá constatam isso, que os emigrandes vêm aí em altos carros fazem vida de ricos quando ca vêm, mas la lutam muito para terem alguma coisa e muitos deles vivem em más condições.
A minha cunhada que esta la a 20 anos (Zurique) vive bem lá, ja ca não tem nada porque vê o futuro dela lá. O meu irmao ainda não esta ha muito por lá (3 anos em Ticino), diz que consegue juntar dinheiro mas não se podem esticar muito.
A Minha cunhada paga 1200 Francos por um T2, mais 900 francos pelo seguro de saude dos 4 (2 adultos e 2 crianças), o ordenado dela não chega para cobrir as despesas todas da casa uma vez que so trabalha a 50%.
Compras tenta ver onde é mais barato. Carne é caríssima, peixe fresco praticamente não ha e o que ha é a preço do ouro, as mercearias pelo que dizem estao +/- ao preço daqui, assim como o vestuario, se bem que ela diz que la não ha roupas em condições é tudo uma parolada :).
Encontrar casa por lá pelos vistos é uma aventura e das grandes,...

Retrato de rosa_choke
Sex, 16/03/2012 - 10:22
rosa_choke:
Membro desde: 21.02.2011

Para quem esta a pensar emigrar recomendo www.athoele.com/forum/index.php emigra.blogs.sapo.pt/11893.html aqui podem esclarecer praticamente todas as vossas duvidas!

Retrato de andreia_a
Sáb, 17/03/2012 - 20:20
andreia_a:
Membro desde: 31.05.2010

Na minha opinião, apesar do estilo de vida na Suiça ser caro, é compensatório em relação a Portugal, senão não haveria pessoas a ir para lá! Ganha-se bem mais do que aquilo que se gasta, enquanto que aqui neste país quase que se ganha menos do que o que se precisa gastar, porque nos últimos anos tem-se verificado um aumento em todos os bens (alimentação, combustível, rendas de casas, impostos) e os ordenados ficam sempre na mesma.

Retrato de rosa_choke
Sáb, 17/03/2012 - 22:03
rosa_choke:
Membro desde: 21.02.2011

andreia_a wrote: Na minha opinião, apesar do estilo de vida na Suiça ser caro, é compensatório em relação a Portugal, senão não haveria pessoas a ir para lá! Ganha-se bem mais do que aquilo que se gasta, enquanto que aqui neste país quase que se ganha menos do que o que se precisa gastar, porque nos últimos anos tem-se verificado um aumento em todos os bens (alimentação, combustível, rendas de casas, impostos) e os ordenados ficam sempre na mesma.

mas também há que saber gerir bem o nosso dinheiro,os ordenados são grandes mas as despesas também o são.Aqui por um 2 peças (1 sala, 1 quarto, cozinha, casa de banho = T1)pagas a volta dos 1,100.- /1,200 francos por mes,um 3 peças (2 quartos, 1 sala,...) já vai para uns 1,500 mes,seguro de saúde é obrigatório,penso que a franquia mais baixa anda a volta dos 300francos mes por pessoa.Em relação alimentação,por um quilo de maças chegas a pagar 2,50euros ou mais,por um quilo de carne de vaca 25euros ou mais,depende se é para estufar,cozer,se for bife anda a volta dos 38euros\kg,o frango há volta dos 8\9euros,isto já sem falar nos impostos.Compensa mas há que ter os pés bem assentes no chão e abdicar de muitas coisas das quais estamos habituados a ter em Portugal.Compensa,mas também não podemos dizer que temos uma vida façil,não deixamos de ser estranhos num pais que não é o nosso!

Retrato de andreia_a
Dom, 18/03/2012 - 09:21
andreia_a:
Membro desde: 31.05.2010

Estou perfeitamente a par das dificuldades, aliás é fundamental conhecer a realidade quando se pretende emigrar. Acredito que há muita gente que vai para lá a pensar que não precisam de poupar.

Também sei o preço das coisas porque já vivi na Suiça e tenho aí familiares e amigos. Mas diz-me, eu e o meu marido vamos sozinhos, não temos filhos, teremos boas hipóteses? Melhores do que em Portugal?

Retrato de Isabel_
Dom, 18/03/2012 - 14:53
Isabel_:
Membro desde: 12.04.2011
andreia_a wrote:

Estou perfeitamente a par das dificuldades, aliás é fundamental conhecer a realidade quando se pretende emigrar. Acredito que há muita gente que vai para lá a pensar que não precisam de poupar.

Também sei o preço das coisas porque já vivi na Suiça e tenho aí familiares e amigos. Mas diz-me, eu e o meu marido vamos sozinhos, não temos filhos, teremos boas hipóteses? Melhores do que em Portugal?

'
Olá Andreia.. segundo li também és enfermeira certo? Para que Cantão estás a pensar ir? Eu vou para Genéve.

Qual a área de enfermagem que trabalhas? Eu estou quase a completar 3 anos de Cuidados Intensivos e sei que felizmente tenho muitas hipóteses com esta área de experiência profissional.

É agora uma questão de acabar o meu mestrado e lançar-me a esta aventura.. também já vivi na Suíça tal como tu Smile

A incerteza prende-se com o meu namorado, que daqui a uns mesitos acaba a licenciatura em Contabilidade e Administração.. Tenho esperança que ele também arranje facilmente Wink

Retrato de Isabel_
Dom, 18/03/2012 - 15:07
Isabel_:
Membro desde: 12.04.2011
Pereira1986 wrote:
Isabel_ wrote:

Vou dar-te só o exemplo dos meus pais.

Nasci em 1987 e a minha irmã em 1984 (fazemos diferença 2 anos e meio). Nos anos 80 houve igualmente uma vaga enorme de emigração.

Quando eu nasci, o meu pai foi para a Suíça. Sem conhecer ninguém mas felizmente teve sorte e conseguiu emprego. A minha mãe foi ter com ele, tinha eu poucos meses de vida... lá fomos as duas.

Mas agora perguntas e a minha irmã?? Os meus pais tiveram que tomar a decisão mais difícil da vida deles. A minha irmã não podia vir connosco pois entretanto começaria a escola mas até lá não havia condições para ter as duas na Suíça. Naquele momento quem precisava mais de cuidados era eu pois era recém-nascida.

Como calculas, os meus pais sofreram horrores de terem as filhas separadas, a mais nova com eles, e a mais velha ao cuidado dos avós.
Cresci a ver o esforço dos meus pais, cresci a ver todo o esforço a ser recompensado.

Vivi na Suíça até aos 7 anos e depois voltei para Portugal com a minha mãe para iniciar a escola cá. Apenas ficou o meu pai lá.

Mais sofrimento de separação.. Agora perguntas.. mas recompensou todo esse esforço e sofrimento?

Pereira recompensou muitooooo acredita. Hoje é o dia em que os meus pais dizem que estão muito arrependidos de terem voltado para Portugal e se soubesses como eu adorava viver lá. Foram os melhores momentos da minha vida acredita.

O teu filho tem dois anos e enquanto é pequenino irá adaptar-se muito facilmente, tanto ao estilo de vida como ao francês. (de for esse o cantão)

O meu pai ganhou muito dinheiro lá, e se neste momento termos um nível de vida muito bom cá é graças ao facto de termos emigrado para lá. Vivemos desafogados literalmente.
A minha mãe trabalha porque ela sente necessidade de estar ocupada e se estivesse o dia todo em casa stressava.. mas não é por necessidade.

Como Podes percebes, os meus pais pagaram duas faculdades privadas ao mesmo tempo, todas despesas inerentes à educação (que não é nada mas mesmo nada barato)... eu tinha livros de saúde a custarem 250 eur.

Sou Enfermeira, trabalho num hospital público que já referi noutro tópico qual era. O meu vencimento é sempre acima dos 1200 euros (todo o vencimento é para mim.. não dou nada para os meus pais pois eles não aceitam) e o resto dos meus desejos já aqui descrevi no teu tópico em conversa com o El Lobo.

Como vês.. mesmo eu com um emprego bom, até bem remunerado e efetiva.. quero mudar de vida.. quero sentir-me realizada financeiramente.. e tudo o resto foi o que falei com o El Lobo.

Boa noite Iasabel,

Obrigado pelas tuas palavras.

Sem dúvida que não foi fácil, mas agora estão a colher o que semearam. Para termos alguma coisa temos que fazer muitos sacrifícios e perante a situação actual do País, cada vez mais temos de estar preparados para nos sacrificarmos, pois só assim conseguiremos ter alguma coisa.

Eu também estou efectivo, não ganho tanto como tu, mas estou ansioso por sair deste País, para me sentir realizado e dar um futuro risonho ao filho. Nós neste País nunca iremos sentir-nos realizados.

Já conseguiste alguma coisa na Suiça Isabel?

Olá Pereira,

Fico muito contente que tal como os meus pais, tu também queres dar um futuro melhor ao teus filhote Smile

Acredita que vamos ser recompensados pelo nosso esforço e não tenho a menor dúvida que tu também serás. Acredito nisso Wink

Eu ainda não consegui nada pois ainda não procurei Laughing Estou só a espera de acabar o meu mestrado, completar os 3 anos de experiência em Cuidados Intensivos e depois lá vou eu..

Já falei com os meus "conects", e quando eu decidir ir lá vou para o HUG .. que é o meu sonho.. vá vá eu admito é pelos €€€e€€€ Laughing Laughing

É difícil termos que tomar a decisão de deixar tudo para trás mas se não for agora também não será mais e eu já disse que a partir do momento que me for embora não quero voltar.

Retrato de Carimax
Dom, 18/03/2012 - 15:18
Carimax:
Membro desde: 18.10.2008

Olá Isabel,

"É difícil termos que tomar a decisão de deixar tudo para trás mas se não for agora também não será mais e eu já disse que a partir do momento que me for embora não quero voltar."

Também dizia isso e saí uns anos e voltei! Wink
Voltei com trabalho, é claro! Mas também saí com trabalho! Mas tudo deende das circunstâncias pessoais Wink

Bom, mas o que queria sugerir ao teu namorado é...para avançar já com a aprendizagem da língua, que fará toda a diferença para arranjar trabalho! Senão um bom nivel de Inglês já poderá tentar numa multinacional! Smile

Boa sorte para essa aventura que é emigrar! Confesso que vi muito português emigrado com uma postura de renúncia com a sociedade que os acolheu...e acima de tudo a viverem em guetos portugueses! Nada de abertura à nova cultura! Nada de aprenderem a língua! Nada de tentarem fazer um esforço por se integrarem! Só vivem para as férias e para construir a "casa na terra"! Assim se explica também o facto de muitas 2as gerações continuarem a casar/ajuntarem-se com portugueses e não com locais! enfim :8
Hug

Retrato de rosa_choke
Dom, 18/03/2012 - 15:19
rosa_choke:
Membro desde: 21.02.2011
andreia_a wrote:

Estou perfeitamente a par das dificuldades, aliás é fundamental conhecer a realidade quando se pretende emigrar. Acredito que há muita gente que vai para lá a pensar que não precisam de poupar.

Também sei o preço das coisas porque já vivi na Suiça e tenho aí familiares e amigos. Mas diz-me, eu e o meu marido vamos sozinhos, não temos filhos, teremos boas hipóteses? Melhores do que em Portugal?

Sim,claro que sim ainda para mais tendo familiares e amigos que vos podem ajudar nos primeiros tempos e como não há filhos as vossas despesas são menores,agora o ideal mesmo seria virem para cá já com emprego garantido,só para terem uma ideia só na empresa onde o meu marido trabalha há mais de 700 pedidos para emprego,assim como nas agençias de temporários há centenas de currículos.Se te puder ajudar em mais alguma é só dizer!

Retrato de Isabel_
Dom, 18/03/2012 - 15:28
Isabel_:
Membro desde: 12.04.2011
Carimax wrote:

Olá Isabel,

"É difícil termos que tomar a decisão de deixar tudo para trás mas se não for agora também não será mais e eu já disse que a partir do momento que me for embora não quero voltar."

Também dizia isso e saí uns anos e voltei! Wink
Voltei com trabalho, é claro! Mas também saí com trabalho! Mas tudo deende das circunstâncias pessoais Wink

Bom, mas o que queria sugerir ao teu namorado é...para avançar já com a aprendizagem da língua, que fará toda a diferença para arranjar trabalho! Senão um bom nivel de Inglês já poderá tentar numa multinacional! Smile

Boa sorte para essa aventura que é emigrar! Confesso que vi muito português emigrado com uma postura de renúncia com a sociedade que os acolheu...e acima de tudo a viverem em guetos portugueses! Nada de abertura à nova cultura! Nada de aprenderem a língua! Nada de tentarem fazer um esforço por se integrarem! Só vivem para as férias e para construir a "casa na terra"! Assim se explica também o facto de muitas 2as gerações continuarem a casar/ajuntarem-se com portugueses e não com locais! enfim :8
>:D<

Eu sempre me dei bem som Suíços, Franceses.. Como deves ter lido os meus comentários anteriores.. os meus pais já foram emigrantes e nunca nos isolamos.. Mantemos amizades com outras nacionalidades pois no fundo isso fez toda a diferença na nossa adaptação.

A Suíça é a minha segunda casa e adoro tanto aquilo. Sempre disse aos meus pais que não queria vir para Portugal mas com 7 anos o que podemos nós decidir? Laughing

Como vês eu tenho uma adoração por esse país.. sinto-me mesmo em casa lá.

Quanto ao meu namorado ele já está aprender o francês pois só assim se abrem as portas para ele, apesar de eu ter conhecimentos, não posso metê-lo num cargo sem que ele saiba falar.

Não te arrependes de ter voltado para Portugal?

Eu não quero ser como os emigrantes comuns que é ter dinheiro para férias e fazer a casinha na terrinha.. Não eu não quero isso. Quero ir para lá e aproveitar a vida, os euros e ter os meus pequenos luxos que aqui não consigo ter. Quero que os meus filhos não cresçam a sentir dificuldades. Por tudo isto e muito mais é que eu digo que não quero voltar.

Retrato de rosa_choke
Dom, 18/03/2012 - 15:35
rosa_choke:
Membro desde: 21.02.2011
Carimax wrote:

Olá Isabel,

"É difícil termos que tomar a decisão de deixar tudo para trás mas se não for agora também não será mais e eu já disse que a partir do momento que me for embora não quero voltar."

Também dizia isso e saí uns anos e voltei! Wink
Voltei com trabalho, é claro! Mas também saí com trabalho! Mas tudo deende das circunstâncias pessoais Wink

Bom, mas o que queria sugerir ao teu namorado é...para avançar já com a aprendizagem da língua, que fará toda a diferença para arranjar trabalho! Senão um bom nivel de Inglês já poderá tentar numa multinacional! Smile

Boa sorte para essa aventura que é emigrar! Confesso que vi muito português emigrado com uma postura de renúncia com a sociedade que os acolheu...e acima de tudo a viverem em guetos portugueses! Nada de abertura à nova cultura! Nada de aprenderem a língua! Nada de tentarem fazer um esforço por se integrarem! Só vivem para as férias e para construir a "casa na terra"! Assim se explica também o facto de muitas 2as gerações continuarem a casar/ajuntarem-se com portugueses e não com locais! enfim :8
>:D<

É frequente vermos portugueses emigrados há 3\4anos e que não falam a lingua do pais que os acolhe,não fazem sequer um esforço para se intregrarem na comunidade e na minha opinião esse é um dos piores erros que o emigrante pode cometer.

Retrato de andreia_a
Dom, 18/03/2012 - 21:59
andreia_a:
Membro desde: 31.05.2010
Isabel_ wrote:
andreia_a wrote:

Estou perfeitamente a par das dificuldades, aliás é fundamental conhecer a realidade quando se pretende emigrar. Acredito que há muita gente que vai para lá a pensar que não precisam de poupar.

Também sei o preço das coisas porque já vivi na Suiça e tenho aí familiares e amigos. Mas diz-me, eu e o meu marido vamos sozinhos, não temos filhos, teremos boas hipóteses? Melhores do que em Portugal?

'
Olá Andreia.. segundo li também és enfermeira certo? Para que Cantão estás a pensar ir? Eu vou para Genéve.

Qual a área de enfermagem que trabalhas? Eu estou quase a completar 3 anos de Cuidados Intensivos e sei que felizmente tenho muitas hipóteses com esta área de experiência profissional.

É agora uma questão de acabar o meu mestrado e lançar-me a esta aventura.. também já vivi na Suíça tal como tu Smile

A incerteza prende-se com o meu namorado, que daqui a uns mesitos acaba a licenciatura em Contabilidade e Administração.. Tenho esperança que ele também arranje facilmente ;)

Olá Isabel,
Eu tenho dois anos de medicina (dois meses na Suiça, no Jura) e um ano de ortopedia.
A minha ideia seria também os HUG! Smile

Retrato de Carimax
Dom, 18/03/2012 - 23:45
Carimax:
Membro desde: 18.10.2008
Isabel_ wrote:

.
Não te arrependes de ter voltado para Portugal?

Descobri que os portugueses estão habituados a muitos pequenos luxos, isso sim! Tomar café fora todos os dias é um pequeno luxo! Almoçar fora também, e no meu trabalho há colegas que almçam todos os dias fora! Etc etc! Apenas quero dizer que quando se emigra percebe-se que há certas sociedades que ditam o nível de pequenos luxos que podes ter. Tomar um café diariamente por 2,5euros é mais que um luxo...é impossível! Wink

Eu prefiro estar cá e viver mais para o exterior com menos mensalmente, do que lá, a viver com frio, chuva e para o interior, dentro de casa! Fiz boas amizades mas devo dizer que um país com luz marca pontos sérios! Smile

Não me arrependo nada de ter voltado...pelo contrário! Mas por outro lado a mobilidade é algo presente nas opções laborais da actualidade! Nunca se sabe o dia de amanhã! A única dificuldade é algum tipo de mentalidade laboral mais dificil de se tornar um hábito! Wink

Retrato de estrelinha_82
Qua, 04/04/2012 - 17:20
estrelinha_82:
Membro desde: 27.02.2012

Pois é amigos, chegou a hora de começar a aventura,...
o meu marido parte 2ª feira para "tentar" a sorte em terras Suiças.

Para já irá com um contrato de 3 meses (pelo que percebo é a experiencia), pelos vistos estao a ser invadidos por estrangeiros que dizem saber trabalhar mas no final de contas não sabem,e quando a oferta de mão de obra é muita pode-se escolher.

Vamos la ver como corre,...

Tenho o meu coração apertadinho, vai custar imenso a separação mas não posso deixar o certo pelo incerto, e desta forma ira ele tentar arranjar alguma estabilidade e so depois irei eu.
Ele vai ficar bem, ficara em casa de um irmao meu que esta lá a caminho de 3 anos.

Que deus nos ajude nesta nova aventura.

Boa Páscoa

Retrato de andreia_a
Qua, 04/04/2012 - 18:23
andreia_a:
Membro desde: 31.05.2010

Desejo-lhe muita sorte, e como se costuma dizer, "a quem muda Deus ajuda".

BJS

Retrato de Hélder Marques
Sex, 06/04/2012 - 19:37
Hélder Marques:
Membro desde: 26.02.2012

Ola a todos chamo-me Héldere faz duas semanas que estou na Suiça e realmente este pais ( de onde sou natural) nao tem nada que se assemelhe ao nosso Portugal felizmente, e infelizmente o nosso nada tem a ver com este .
Vim fazer uma prova de um dia num Hotel mas infelizmentecomo o contrato era só de 6 meses queriam alguém com um pouco mais de experiencia e assim ja me convidaram para o mesmo hotel mas para a estação de Verão,mas noutra área para a qual concorri.
Aqui o dinheiro rola, (St.Moritz) e quem vier para ca que nunca tenha pisado solo Suiço, vai ficar muito surpreendido, pela positiva claro, embora que é bom que ponham na cabeça que aqui se trabalha a sério, toda a gente espera sempre o melhor de Nós, mas também sabem ver quando temos valor e não cortam as pernas a ninguém ,pois se virem que alguém pode subir num posto, eles vão faze-lo é necessário é trabalhar.
E ponham na cabeça que no inicio,vêm para aqui com um trabalho "raso", como lavar pratos entre outros noutras áreas, mas que vão ver o vosso esforço compensado ao fim do mês.
Têm de ter em conta os gastos, como jáfoi dito anteriormente e o melhor é ter mesmo alguém que nos oriente por cá no inicio.
Desejo a Melhor Sorte para quem vai mudar a Vida e Seguirem frente,é o melhor que têm a fazer.
Abraço para Todos
Hélder

Retrato de Hélder Marques
Sex, 06/04/2012 - 19:38
Hélder Marques:
Membro desde: 26.02.2012

* para a estação de Inverno perdão

Retrato de Ines_Fer3
Sex, 15/11/2013 - 16:53
Ines_Fer3:
Membro desde: 15.11.2013

Eu gostaria de saber se com um curso profissional técnico de turismo com equivalência ao 12º ano, dá para arranjar algum trabalho num hotel na Suíça?
Eu tenho lá família a trabalhar, o que me ajuda em questões de alojamento. Mas como já li que estes cursos só são reconhecidos na União Europeia, estou preocupada em chegar lá e não arranjar trabalho numa receção de um hotel ou no departamento dos andares se tiver de ser.
Se caso o meu curso não servir para nada, que trabalhos é que sou capaz de arranjar só com o 12º ano?

Retrato de ana_ssousa
Ter, 19/11/2013 - 14:09
ana_ssousa:
Membro desde: 03.07.2013

Boa tarde Pereira1986, seria possível facultares os sites que encontraste com contactos das associações portuguesas?
Eu e o meu namorado também vamos para a Suiça até ao fim do ano, pois temos a informação que a época de inverno/ski abre agora, e por isso os hoteis procuram muita gente para "cobrir" as vagas.
Queremos ir ate ao fim do ano mas não temos qualquer contrato ou trabalho. Por isso andamos a procurar em sites, mas não está fácil... Se alguém nos puder ajudar... Agradeçemos

Cumprimentos,
e desde já o nosso muito obrigado

Retrato de anaoliveira233
Seg, 04/02/2019 - 21:39
anaoliveira233:
Membro desde: 04.02.2019

Boa noite.
7 anos depois está na Suíça?

Post