O drama da Infertilidade | A Nossa Vida

O drama da Infertilidade

Retrato de Rakeluxa
28.03.2009 | 22:59
Rakeluxa:
Membro desde: 02.09.2008

Olá noivinhas...
Pois é hoje sugiro um tema diferente para debate: a infertilidade.Uma realidade dura vivida por muitos casais portugueses. Eu já vivi de perto um e posso dizer que é muito duro e desgastante. A ânsia de ter um filho é grande e as tentativas falhadas deixam marcas nos casais.
É uma dura e severa realidade. Algumas de vós vive ou já conviveu com esta realidade?
Gostaria de saber as vossas opiniões e testemunhos pois estou a fazer um trabalho de âmbito académico relacionado com este tema e gostaria de saber a opinião de todas as mulheres e homens que frequentam este site.
Obrigado pela colaboração e acredito que é um bom tema de debate... Pois eu que sonho casar e ter filhos, tenho receio de um dia vir a viver este drama...
Beijinhos a todas...


Retrato de graça nunes
Dom, 29/03/2009 - 00:12
graça nunes:
Membro desde: 07.02.2009

ola,infelizmente eu vivo essa doença,porque apesar do que se possa dizer a infertilidade é uma doença e muito má.vai nos matando todos os meses um bocadinho sempre que aparece o mister red,financeiramente fica tao ou mais caro que um casamento psicologicamente abala qualquer casal porque temos sempre que lidar com perguntas do tipo: tais a espera do que para terdes um filho ou ides ser pais ou avos por parte do estado somos levados para salas de espera nos hospitais onde convivemos com mulheres com gravidezes naturais enquanto nos esperamos pelo milagre da vida....se quizeres saber mais sobre esta doença vai ao site da associaçao potuguesa de fertilidade la vais ver muitas historias umas com finais felizes outras nem tanto...

Retrato de Rakeluxa
Dom, 29/03/2009 - 00:57
Rakeluxa:
Membro desde: 02.09.2008

Olá Graça... Sim sei o que estás a passar, pois vivi de perto um caso de infertilidade mas passado quase quatro anos conseguiram a sua estrelinha... è verdade o estado não ajuda o que faz com que muita gente recorra ás clinicas particulares, enfim mas nem todos possuem rendimentos para tal.
O nosso estado deveria apoiar todas aquelas pessoas que querem ter filhos, visto que o aborto é legal porque não apoiar quem quer ter filhos?
Beijinho muito grande e acima de tudo tem fé porque a tua estrelinha irá chegar...

Retrato de CHOKKO
Dom, 29/03/2009 - 02:37
CHOKKO:
Membro desde: 09.05.2008

...acredito que seja boa a intenção e ainda por cima, visto ser para um trabalho académico e tudo...
Eu podia começar para aqui a "debater" este tema, tal como tu própria te referes ao mesmo, mas acho algo desnecessário uma vez que infelizmente já existem no forum, testemunhos de pessoas que vivem esta dor, e sim, situações vividas na 1º pessoa, portanto não me vou pôr para aqui a "debater"...por respeito às mesmas.

Se quiseres procura que vais encontrá-los.

Desculpa a minha opinião.
Há concerteza quem não concorde e respeito.
Mas é o que sinto.

Retrato de gualter
Dom, 29/03/2009 - 04:11
gualter:
Membro desde: 20.02.2008

Eu também vivi um caso muito de perto. Os tratamentos são extremamente desgastantes e carissimos... O apoio que o Estado dá nem se vê... No caso que conheço, dos 4 que vez só um foi comparticipado após um longo tempo à espera... Foram 5 anos de desespero e muita coragem... Hoje estão financeiramente mais pobres mas completamente realizados... Após 4 tentativas e um aborto foram abençoados com um casalinho...

Por isso para quem sente esta dura realidade, vão até onde puderem e nunca deixem fugir as oportunidades... A vossa estrelinha há-de chegar... e muita, muito força para o casal porque ambos sofrem muito...

Bjs

Retrato de carapim
Dom, 29/03/2009 - 05:24
carapim:
Membro desde: 16.08.2007

adoptar uma criança. mais altruísta, económico, saudável e rápido...

Retrato de gualter
Dom, 29/03/2009 - 17:25
gualter:
Membro desde: 20.02.2008

A hipótese 2 também é viável... e como dizes mais altruísta... quanto ao restante não concordo: faltas ao trabalho para entrevista com assistentes sociais, deslocações, tudo tem um preço e pode ser ou não mais caro; saudável também não concordo, é extremamente desgastante estarem sujeitos a uma avaliação e à espera da resposta. Quanto ao rápido, demorou 5 anos desde o inicio do processo até ao menino chegar a casa...

Até breve...

Retrato de anasbageri
Ter, 15/02/2011 - 13:16
anasbageri:
Membro desde: 15.06.2010
carapim wrote:

adoptar uma criança. mais altruísta, económico, saudável e rápido...

Rápido???? Estás a brincar não?

Retrato de Noka08
Qua, 28/02/2018 - 19:57
Noka08:
Membro desde: 28.02.2018

Olá meninas.
Após quase dois anos de tentativas, de descobrir que tenho SOP e uma histerossalpingografia com resultados normais, o meu marido recebeu ontem o resultado do espermograma. E apareceu o temido palavrão oligoastenoteratozoospermia.

Resultado Valores Referência
Aspecto Translúcido Normal*
Liquefacção aos 60 min Completa Completa*
Volume 1.5 ml  1.5 ml*
Viscosidade Normal Normal*
pH 7.2  7.2*

Concentração de espermatozóides 2.2  106/ml  15.0  106/ml*
Número total de espermatozóides no ejaculado 3.3  106  39.0  106

Mobilidade (% de espermatozóides móveis) 15 %  40 %
Formas progressivas 5 %  32 %*
Formas móveis não progressivas 10 %

Formas Normais+ 2 %  4 %*
Formas Vivas 69 %  58 %*

Aglutinação Ausente

Células germinativas Presentes
Leucócitos 0  106/ml  1.0  106/ml

Teste de compatibilidade gamética primária - %  60 %

Teste de fragmentação do DNA - % <30%
*Valores de referência da WHO 2010, adoptados em Outubro de 2010 / + Baseada nos critérios estritos de Kruger (Kruger et al., 1988)

Nota: Este exame indica uma oligoastenoteratozoospermia.

É este o resultado.
Foi um balde de água fria.
Já estava com uma abstinência superior a uma semana pq eu estive menstruada e fui fazer a histerossalpingografia passado uma semana e disseram que até fazer o exame não podia ter relações... Será q o resultado pode estar alterado devido ao tempo de abstinência?
Ficámos sem chão...

Retrato de MOPA
Qui, 01/03/2018 - 17:25
MOPA:
Membro desde: 23.06.2015

Olá!
Aqui não deve conseguir esse tipo de ajuda.
Sugiro que vá ao site de: demaeparamae.pt lá tem o fórum, sendo que um deles diz respeito a infertilidade. Senhoras que têm exactamente o que a NOKA08 tem.
Desejo-lhe a maior força nessa sua luta! Felicidades!
Mopa

Post