Desiludida com o casamento | A Nossa Vida

Desiludida com o casamento

Retrato de leonorsantos
23.10.2009 | 10:48
leonorsantos:
Membro desde: 09.09.2009

Preciso desabafar,
estou cansada da minha vida, estou triste, frustrada com o meu casamento, casada ha um ano so posso dizer que não tem sido nada daquilo que eu esperava, tem sido uma desilusão.
Os amigos a **** da amiga, todos estão acima de mim, todos precisam da companhia dele, menos eu, comigo ele diz passar muito tempo.Estou farta das desculpas, estou farta de o ouvir dizer que anda mal, so anda mal para mim, para estar com o resto da canalha não, com eles esta tudo bem.So pensa em sair, jantar fora estar com os amigos, as nossas contas estão cada vez piores, mas a unica que tem que pensar nisso sou eu, e claro tudo o que seja gastar dinheiro para as coisas da casa não podemos, quer ter dinheiro para ele, estou cansada, provavelmente ninguém esta a entender nada do que esta a ler, mas estou a desabafar...Tenho chorado tanto, hoje mais uma vez fez noitada, até as 4 da manhã, por conseguinte não foi trabalhar ...ou eu sou diferente ou isto é irresponsabilidade...estou farta de falar com ele, e ter pedidos de desculpa, e vou melhorar e depois volta tudo ao mesmo...o que fazer


Retrato de Liliana Ferreira3
Sex, 23/10/2009 - 10:58
Liliana Ferreira3:
Membro desde: 11.08.2009

Eu namorei 11 anos com um rapaz que também só tinha tempo para os amigos, eu era um extra. Mas mesmo assim a burra aqui comprou casa com ele e resolvemos morar juntos. Esta experiência só durou um ano!!! Cansada de ter de pagar as contas sempre sozinha, exausta de ser talvez a ultima na tabela de prioridades dele, fiz o que ninguem esperava, separei-me.
Os amigos de uma vida em comum, a familia, toda uma juventude passada e perdida, mas teve de ser, o começar do zero pareceu, apesar de ser assustador, a melhor solução.
Decisão tomada, para a frente é o caminho.
Foi a melhor coisa que fiz até hoje. Sem procurar nem estar nada interessada em relacionamento, achei o homem da minha vida, aquele que me poe em 1º lugar e me trata com tanto amor que eu nunca julguei ser possivel.
Um ano depois já moramos juntos, festejamos todos os meses o dia do nosso namoro, e para Setembro vamos casar!!!
Acredita em mim, não vale a pena viver na mentira, nunca se sabe o que a vida nos reserva.
A mim reservou-me o melhor homem do mundo!!!
Felicidades
Se precisares de desabafar [email protected]

Retrato de Miminhos Rita Catita
Sex, 23/10/2009 - 11:02
Miminhos Rita Catita:
Membro desde: 10.12.2008

Vejo que está muito chateada e cansada de certas situações....

Tente cativa-lo a estar consigo, prepare saidas a dois...fins de semana fora...com pouco dinheiro as vezes conseguem-se fins de semana optimos e longe da monotonia do dia a dia...em parques de campismo...

Mas ao mesmo tempo seja dura com ele...faço-o perceber que uma vida a dois é para ser vivida a dois, exponha-lhe o que sente...

Sei que é complicado...e dar conselhos na vida dos outros nem sempre resulta...mas pense positivo, mude de visual...faça com que repare em si...

Espero a ter animado de qualquer forma...

Beijinhos e boa sorte.

Cátia.

Retrato de Smcrocha
Sex, 23/10/2009 - 11:02
Smcrocha:
Membro desde: 09.10.2009

Leonor

sinto muito pelo que estas a passar.

es uma mulher de coragem e forte, nao deixes que nada nem ninguem te diga o contrario quanto ao teu marido acho que o casamento tem mesmo destas coisas altos e baixos mas se tua achas que o teu esta sempre em baixo acho que deves considerar em dar um tempo a vossa relação para ele perceber a tua ausencia e sentir necessidade de estar contigo!

Vai ao cabeleireiro coloca-te bonita e atraente e sai com as tuas amigas para distrair!

ou entao se tiveres lata sufeciente sai com ele!

lembra-te tens de estar bela para ele perceber o quanto gosta de ti e tenha medo de te perder!!!!!

limpa as lagrimas sorri e vai em frente, a vida espera por ti

boa sorte

Retrato de Smcrocha
Sex, 23/10/2009 - 11:04
Smcrocha:
Membro desde: 09.10.2009

é verdade

nao peças atençao dele trata-o com indiferencia ele vai repara no que te anda a fazer.

Retrato de AID
Sex, 23/10/2009 - 11:09
AID:
Membro desde: 27.08.2008

Que situação mais chata! Realmente eu não (e acho que ninguémm) vê um casamento nesses moldes...

Mas porque é que tu, quando ele vai fazer companhia a alguém ou sair, não vais com ele? Para tentar ter um controlo mais apertado da situação.
Tenta fazer mais programas onde só entrem os dois.
Hoje devias o ter obrigado a ir trabalhar! Fazias um chiqueirada tal que não se pudesse mesmo dormir, quem quer sair até tarde e trabalha no outro dia tem de arcar com as consequências.

Vai com calma.

Beiojocas

Ana

Retrato de ensemble minnesang
Sex, 23/10/2009 - 11:11
ensemble minnesang:
Membro desde: 13.08.2008

Sad

Eu tomaria medidas drásticas... Um ano parece-me tempo demasiado para estarem com o mesmo tipo de problemas, com conversas sobre o assunto que não dão em nada (ainda que ele lhe dê razão), e com um dos dois a tentar sustentar sozinho uma relação (financeira e emocionalmente).

Se me acontecesse a mim eu seria drástica a resolver, mas depende sempre de como funciona a vossa relação.

Boa sorte, e venha actualizar-nos. Faz bem em desabafar...

Beijinhos carinhosos, cheios de força* Smile

Ensemble MinneSang
[email protected]
96 5373342, 91 9697571, 93 1620 554
www.ensembleminnesang.com, http://facebook.com/ensemble.minnesang

Retrato de leonorsantos
Sex, 23/10/2009 - 11:18
leonorsantos:
Membro desde: 09.09.2009

Muitas vezes saio com ele, mas estou cansada que ele me mande para casa e me diga, que se sente mais a vontade so com os amigos do que comigo por perto.

Retrato de Smcrocha
Sex, 23/10/2009 - 11:31
Smcrocha:
Membro desde: 09.10.2009

Leonor

pensa em dar um tempo na vossa relação nao sofras por alguem que demonstra que nao te merece.

Retrato de xanasilvapepita
Sex, 23/10/2009 - 11:36
xanasilvapepita:
Membro desde: 23.09.2009

Olha ás vezes é melhor desabafares aqui do q com uma falsa amiga q te vai "por na rua"...

Percebi q estás mesmo desiludida...e senti-te um pouco revoltada e tens toda a razão.
Acho q tens q tomar medidas drásticas para ver se ele leva um abanão e acorda para a realidade e ver a mulher q vai perder e se não perceber isso q vá chorar para a p...a da amiga e demais amigos!
Sai um fim de semana de casa e deixa uma cartinha a dizer tudo q sentes e vai ter com uma amiga pode ser q assim ele perceba q não estás sempre ali e te dÊ um pouco mais de valor quer á tua companhia como ao teu amor...

Não chores mais,a sério...nem tu nem ng merece estar assim...não faças isso á tua vida,pq és tu q estás a deixar q ele te faça sentir assim...
Olha se as coisas não se resolverem vÊ o caso da Liliana Ferreira3...desculpa ser tão frontal mas acho q falar já não resolve tens mesmo q o assustar,entendes?

E mais ...produz-te,arranja-te,gasta mais dinheiro ctg q é para ter menos para sair para as noites...e ainda por cima faltar ao trabalho?!!!Ai desculpa q até já eu tou com nervos...era um par de estalos naquela cara!Mas isto não o faças pois vais perder a razão toda e tb não sou apologista dda violencia...mas dá vontade senão pede á mãe para lhos dar!

Sempre q precises estamos aqui se resolveres ,tudo ficamos felizes se precisares de uma palavra amiga...já sabes...escreve um bocadinho e desabafa tudo...

Bjinhos mt força e coragem e vais dar a volta a isso tudo.

Retrato de casal
Sex, 23/10/2009 - 11:37
casal:
Membro desde: 23.07.2009

Parece-me pelo teu último comentário que ele não se sente bem contigo a seu lado.

Vou fazer um pouco agora de advogada do diabo, pois não conheço nem um nem outro: quando estás com ele, és do tipo de esposa que o reempreende ou reprime (mesmo irreflectidamente) em frente aos seus amigos? Ou porque come de uma determinada maneira, ou porque diz uma asneira, ou porque é sarcástico, ou porque fala sem pensar..?

Outra questão: Quando estão juntos em casa, ele trata-te bem quando estão a sós?

Tudo isto deve ser tido em conta, mas agora as pergunta que deves fazer a ti própria: Ainda o amas? Ainda o queres contigo ao ponto de suportar tudo isto? Ele já era assim antes de se casarem?

A pessoa não deve viver na ilusão de que consegue mudar o outro. Cada um é como é. Por vezes conseguimos que cada um ceda um pouco ao ponto de tolerar o que achamos ser "defeito". Agora quando o amor está no limiar de se tornar ódio, rancor, mágoa (que foi o que senti quando li as tuas primeiras palavras) não é bom...

Reflecte. Reflecte sobretudo sobre aquilo que queres para ti.

Beijinhos

Retrato de xanasilvapepita
Sex, 23/10/2009 - 11:52
xanasilvapepita:
Membro desde: 23.09.2009

ser tão "brusca"...mas até a mim me revoltou...imagino tu!!!
Apesar de sentires q o "mundo desabou" recusa-te a viver assim,se não faz-lhe exatamente o mesmo!

Se ainda não tens filhos é menos um problema...por isso resolve-o já antes q se torne mt maior...mandar-te para casa pq se sente melhor só com os amigos?!!!E tu vais?

Pois olha se o meu maridinho me se atrevesse a fazer isso qd chegasse encontrava a mala feita para ir mudar "a fralda" para casa dos pais pq criança já tenho uma ...e se não tivesse encontrava-me na noite com as minhas amigas...podes ter a certeza!

Assusta-o e diz-lhe q não é isso q queres para ti...

BJINHO

Retrato de Patricia verissimo
Sex, 23/10/2009 - 13:51
Patricia verissimo:
Membro desde: 27.07.2007

Nem sei o que te aconselhar Worried
É uma situação que para quem está de fora é simples resolver (não digo que o que as outras meninas disseram está errado,ok?)
Do que descreves,o teu marido parece que gosta da boémia e pior sem qualquer responsabilidade!
Tenta o dialogo(mais uma vez)!Mas não sejas infeliz,ok?

Um enorme beijinho de força Kiss

Retrato de ella
Sex, 23/10/2009 - 14:38
ella:
Membro desde: 14.08.2007

Desculpa que te diga Leonor, mas baseado naquilo que tu contate: isso não é casamento, não é nada
Um casal tem todo o direito de passar tempo apenas com os seus amigos, mas dai ao que tu contas há uma distancia enorme.
Isto já passa pela falta de respeito, e não há nenhum tipo de relação humana que resista se não existir respeito.
Mandar-te para casa e dizer que não se sente bem ctg é uma atitude inadmissivel.
Quer dizer, casas para viver sozinha,para arcares com as despesas e ele até se dá o luxo de não trabalhar p ir para borga .Isto nem a casa dos pais(temos regras).
Sei que deve custar-te imenso e que estas muito infeliz mas o bom é que tens consciencia disso.
Não sei que idades voces tem, nem quanto tempo de namoro voces tiveram, mas levam já 1 ano de casamento... e o teu marido continua a levar a vida de solterio, ou seja não adaptou-se com a tua.
Todo o casamento tem dificuldades, mas umas são ultrapassaveis e outras não que dão em divorcios. É necessario o querer dos 2.
Só tu sabes o que é melhor para ti, a gente só sabe da missa o terço.

Força e procura ser feliz, seja de que forma for.

Retrato de pcct
Sex, 23/10/2009 - 17:07
pcct:
Membro desde: 07.10.2008

Sei que é fácil falar e que com os problemas dos outros podemos nós muito bem mas penso que o que voces os dois terão que fazer rapidamente é sentar e ter uma conversa adulta.
De marido para mulher.
Fala com ele, desabafa, diz-lhe o que te incomoda e o que achas que nao esta a correr bem..
fala abertamente com ele e tenta fazer lo perceber que se a vossa vida a dois continuar assim poderá ter consequencias que nenhum dos dois quer.
Ouve a opiniao dele...
Força ok?
Tudo se irá resolver.
Fico aqui a torcer por boas noticias tuas

Retrato de CorpseBride
Sex, 23/10/2009 - 17:55
CorpseBride:
Membro desde: 02.10.2008

leonorsantos wrote: Preciso desabafar,
estou cansada da minha vida, estou triste, frustrada com o meu casamento, casada ha um ano so posso dizer que não tem sido nada daquilo que eu esperava, tem sido uma desilusão.
Os amigos a **** da amiga, todos estão acima de mim, todos precisam da companhia dele, menos eu, comigo ele diz passar muito tempo.Estou farta das desculpas, estou farta de o ouvir dizer que anda mal, so anda mal para mim, para estar com o resto da canalha não, com eles esta tudo bem.So pensa em sair, jantar fora estar com os amigos, as nossas contas estão cada vez piores, mas a unica que tem que pensar nisso sou eu, e claro tudo o que seja gastar dinheiro para as coisas da casa não podemos, quer ter dinheiro para ele, estou cansada, provavelmente ninguém esta a entender nada do que esta a ler, mas estou a desabafar...Tenho chorado tanto, hoje mais uma vez fez noitada, até as 4 da manhã, por conseguinte não foi trabalhar ...ou eu sou diferente ou isto é irresponsabilidade...estou farta de falar com ele, e ter pedidos de desculpa, e vou melhorar e depois volta tudo ao mesmo...o que fazer

Em primeiro lugar lamento que ao fim de tão pouco tempo de casamento as coisas já estejam nesse estado.

Mas diz-nos uma coisa: quanto tempo namoraram vocês? Quanto tempo tiveram para se conhecerem um ao outro? Vou partir do princípio que ele não era assim antes de casarem, certo? Senão... não terias querido casar. Estou eu a supôr, apenas.

Não quero nem imaginar o que seja viver com alguém assim, e portanto subscrevo o que disse a Smcrocha: põe um termo a isso porque não estou a ver essa vida a trazer-te algum bem.

Felicidades.

P.S.: não era a Ana Celeste que eu queria subscrever, mas a Smcrocha.

There are no flowers on your grave, there are no chains
There I keep chanting for the forgotten name

Retrato de Catarina Neves
Sex, 23/10/2009 - 18:06
Catarina Neves:
Membro desde: 06.05.2008

... tudo menos "boa leitora" e "ombro amigo".

Só me apraz uma pergunta: Estás à espera de quê? Milagres?

Pega na tua vida e faz qualquer coisa, Leonor. Acima de tudo respeita-te e exige que ele te respeite.

p.s. já agora, compra-lhe uns patins! (desculpa, desculpa, mas estou revoltada!!!!)

Retrato de Yara2
Dom, 25/10/2009 - 03:27
Yara2:
Membro desde: 05.02.2008

É complicado, é...
Imagino... eu tenho as minhas chatices "pequenas", fico possessa e nada têm a ver com as tuas, agora imagino ele fazer-me isso...

Desculpa mas nao imagino porque eu nao admitia sequer que ele me dissesse para eu ir para casa... nao ia ou quando saisse do lugar nao me dirigia para casa...

Tenho as minhas chatices por "colegas" dele serem depravados demais e meterem-se demais naquilo que nao lhes diz respeito, agora imagino ele andar a sair com eles diariamente como se fosse solteiro...

Haja paciência...

Eu, se fosse a ti, fazia uma mala/saco com bastante roupa e ia passar 1 fim-de-semana fora, a casa de uma amiga ou familiar, ou qualquer pessoa em quem confies... (podes nao te sentir à vontade para ires para casa dos teus pais, por exemplo, e eles nao entenderem o que se passa).

Claro que nao dizes que vais apenas o fim-de-semana, levas muita roupa (como se nao fosses voltar na proxima semana, a suficiente para quando ele der conta que nao vieste para casa ver pela rupa que falta que podes ter ido embora de vez) e ves o que ele faz...

Ee há-de ficar à espera de ti ou da tua chegada ou até da comida (nao sei se és tu que cozinhas para ele ou vice-versa) e há-de perceber que nao voltaste...

Achas possivel???

Retrato de Isa85
Dom, 25/10/2009 - 07:25
Isa85:
Membro desde: 16.01.2008
Catarina Neves wrote:

... tudo menos "boa leitora" e "ombro amigo".

Só me apraz uma pergunta: Estás à espera de quê? Milagres?

Pega na tua vida e faz qualquer coisa, Leonor. Acima de tudo respeita-te e exige que ele te respeite.

p.s. já agora, compra-lhe uns patins! (desculpa, desculpa, mas estou revoltada!!!!)

foi exactament eo que me apeteceu escrever...
fico muito triste e revoltada quando leio certas coisas... mandar-te pra casa? sair constantemente até as tantas com os amigos? fazer noitadas e nao ir trabalhar? fazer com que a vossa situação financeira piore cada vez mais?!

nao estamos a falar de uma saida ocasional com amigos pra um jantar ou uma noite de copos, em que ele podia ate sair com os amigos dlee e tu com as tuas amigas! estamos a falar de ele ir pra borga, nao ter responsabilidades, mandar-te pra casa e tu ainda arcares com uma serie de despesas

desculpa lá, mas ele tem que idade? ja está na altura de crescer, alias ja devia ter crscido!
quando se assume uma relação, seja ela qual for, tem de haver respeito e limites, penso eu que quando se pensa em casamento é preciso ter noção do que tudo isso implica

Retrato de Catarina Neves
Dom, 25/10/2009 - 23:00
Catarina Neves:
Membro desde: 06.05.2008

(Yara, desculpa, tenho a certeza que foi com a melhor das intenções mas... pode arranjar mais problemas)

Yara2 wrote:
Eu, se fosse a ti, fazia uma mala/saco com bastante roupa e ia passar 1 fim-de-semana fora, a casa de uma amiga ou familiar, ou qualquer pessoa em quem confies... (podes nao te sentir à vontade para ires para casa dos teus pais, por exemplo, e eles nao entenderem o que se passa).

Claro que nao dizes que vais apenas o fim-de-semana, levas muita roupa (como se nao fosses voltar na proxima semana, a suficiente para quando ele der conta que nao vieste para casa ver pela rupa que falta que podes ter ido embora de vez) e ves o que ele faz...

Ee há-de ficar à espera de ti ou da tua chegada ou até da comida (nao sei se és tu que cozinhas para ele ou vice-versa) e há-de perceber que nao voltaste...

Achas possivel???

... pode ser considerado abandono do lar. Cuidado !

beijocas

Retrato de Yara2
Dom, 25/10/2009 - 23:11
Yara2:
Membro desde: 05.02.2008

Se a casa for dos dois. Mas ela nao ia levar tudo, era para lhe dar um abanão, para ver se ele acordava da infantilidade...

Não sei, só ela pode dizer em que condições vive, e de quem é a casa...

Retrato de teresafontes
Dom, 25/10/2009 - 23:14
teresafontes:
Membro desde: 01.08.2009

Realmente a situação que vives não é pêra doce... Sinto muito por ti, embora esteja também desiludida com o casamento...

Não pelas mesmas razões que tu mas por falta de romantismo e de surpresas após tão pouco tempo de casados...

Retrato de Catarina Neves
Dom, 25/10/2009 - 23:37
Catarina Neves:
Membro desde: 06.05.2008
Yara2 wrote:

Se a casa for dos dois. Mas ela nao ia levar tudo, era para lhe dar um abanão, para ver se ele acordava da infantilidade...

Não sei, só ela pode dizer em que condições vive, e de quem é a casa...

Se ela for casada (ou viver em união de facto) e sair de casa desta forma, ele pode perfeitamente acusá-la de abandono do lar. E consegue arranjar testemunhas para isso.

É um alerta que deixo e serve para quem quiser considerá-lo Wink

Retrato de xanasilvapepita
Seg, 26/10/2009 - 11:58
xanasilvapepita:
Membro desde: 23.09.2009

...tem toda a razão no q disse!
Realmente pode ser considerado abandono do lar e pode causar mts mais problemas...mas se ela não mudar as coisas dela não!Poderá apenas ir passar um f.d.s fora ou até mesmo um mes...só para um sustozinho!!!

Eu fiquei umpouco preocupada com a Catarina ...dá noticias!!!

Bjinhos e espero q tudo se resolva pelo melhor

Retrato de xanasilvapepita
Seg, 26/10/2009 - 12:00
xanasilvapepita:
Membro desde: 23.09.2009

...tem toda a razão no q disse!
Realmente pode ser considerado abandono do lar e pode causar mts mais problemas...mas se ela não mudar as coisas dela não!Poderá apenas ir passar um f.d.s fora ou até mesmo um mes...só para um sustozinho!!!

Eu fiquei umpouco preocupada com a LEONOR ...dá noticias!!!

Bjinhos e espero q tudo se resolva pelo melhor

NOTA:enganei-me no nome no comentário anterior.

Retrato de Moon_Sphinx
Seg, 26/10/2009 - 12:01
Moon_Sphinx:
Membro desde: 12.02.2008
Catarina Neves wrote:
Yara2 wrote:

Se a casa for dos dois. Mas ela nao ia levar tudo, era para lhe dar um abanão, para ver se ele acordava da infantilidade...

Não sei, só ela pode dizer em que condições vive, e de quem é a casa...

Se ela for casada (ou viver em união de facto) e sair de casa desta forma, ele pode perfeitamente acusá-la de abandono do lar. E consegue arranjar testemunhas para isso.

É um alerta que deixo e serve para quem quiser considerá-lo ;)

Atao e o q ele faz n tem um termo legal tambem??

Desculpa, mas n entendo, se ela quiser passar um fim de semana fora (e claro q tem de levar roupa), n pode pq é conciderado abandono de lar?? Atao ela qd se casou foi como fazer contrato c a "cadeia"??

É q sinceramente n percebi!! Podes explicar melhor em q circunstacias isso se aplica? Gostava de saber, nca se sabe quem posso vir a ajudar numa situacao parecida...

Fiquei msm mt chateada c a situacao da leonor Sad

* * *

Retrato de Moon_Sphinx
Seg, 26/10/2009 - 12:14
Moon_Sphinx:
Membro desde: 12.02.2008
leonorsantos wrote:

Preciso desabafar,
estou cansada da minha vida, estou triste, frustrada com o meu casamento, casada ha um ano so posso dizer que não tem sido nada daquilo que eu esperava, tem sido uma desilusão.
Os amigos a **** da amiga, todos estão acima de mim, todos precisam da companhia dele, menos eu, comigo ele diz passar muito tempo.Estou farta das desculpas, estou farta de o ouvir dizer que anda mal, so anda mal para mim, para estar com o resto da canalha não, com eles esta tudo bem.So pensa em sair, jantar fora estar com os amigos, as nossas contas estão cada vez piores, mas a unica que tem que pensar nisso sou eu, e claro tudo o que seja gastar dinheiro para as coisas da casa não podemos, quer ter dinheiro para ele, estou cansada, provavelmente ninguém esta a entender nada do que esta a ler, mas estou a desabafar...Tenho chorado tanto, hoje mais uma vez fez noitada, até as 4 da manhã, por conseguinte não foi trabalhar ...ou eu sou diferente ou isto é irresponsabilidade...estou farta de falar com ele, e ter pedidos de desculpa, e vou melhorar e depois volta tudo ao mesmo...o que fazer

Tive a ler o topico sobre "Gastar demais" (http://onossocasamento.pt/forum/gastar-demais) tbm da leonorsantos.

Desculpa q te diga Leonor... Mas uma coisa é ele sair exageradamente c os amigos, outra é gastar dinheiro a mais para esse "hobbie", outra é n participar das despezas (?), mas mais grave ainda q esta è passar a usar do credito ou pedir adiantamento para os seus fins Surprise

Conversa... axo q ja tiveste mtas durante este ano!!

Esta na altura de o confrontares! Tens de perguntar se ele axa q esta alg coisa de errado, pq na mente dele pode tar td bem Silly . A seguir perguntar se ele ainda gosta de ti e quer ficar ctg. E por ultimo... Prometer q vai diminuir de intensidade e numero de vezes as suas saidas, isto se quiser ficar ctg claro. Dependendo das suas respostas podes smp acrescentar (e repara q n quer dizer q o facas) q se n muda isto dentro de um prazo q axes rapoavel, vais pedir o divorcio.
Entretanto, fala c alg sobre esta situacao, c os teus pais, c os pais dele, c algs amigos teus e familiares. Tens de te preparar e prepara los para o pior!!! Se nao, se por infelicidade isto for parar em divorcio e advogados, vais precisar de alg q te defenda e q esteja do teu lado Sad

* * *
e boa sorte

Retrato de xanasilvapepita
Seg, 26/10/2009 - 12:20
xanasilvapepita:
Membro desde: 23.09.2009

Parece estupido não é?
Um casamento torna-se e é de facto "um contrato para a vida toda"...
O abandono de lar é realmente imporatante qd existem filhos (p.ex.) ou qd existem bens comuns...mas isso é tão complicado e há tanta volta a dar...

Resumindo tudo se torna complicado qd existem filhos!!!
Esclarecia mais o assunto mas não quero complicar mais,entendes?

Tb fiquei mt chateada com esta situação e até um pouco revoltada...mas não podemos fazer mt mais...

Bjinhos

Retrato de Catarina Neves
Seg, 26/10/2009 - 12:51
Catarina Neves:
Membro desde: 06.05.2008

Imaginem que é ele quem sai de casa, com uma "carrada" de roupa às costas, não diz nada à mulher e fica incontactável. Será isso um fim-de-semana "normal" para um casal?

É importante perceber que todas as nossas acções, trazem uma série de reacções e efeitos associados.

Ahhh... e não se esqueçam de um "pequeno grande" pormenor... pode mesmo ser isso que o marido da Leonor deseja. Que ela saia de casa.

Cuidado com o que se faz de cabeça quente. Quando as coisas não estão bem, existem várias maneiras (legais) de as enfrentar

beijoca

Retrato de ensemble minnesang
Seg, 26/10/2009 - 15:27
ensemble minnesang:
Membro desde: 13.08.2008
Catarina Neves wrote:

Imaginem que é ele quem sai de casa, com uma "carrada" de roupa às costas, não diz nada à mulher e fica incontactável. Será isso um fim-de-semana "normal" para um casal?

É importante perceber que todas as nossas acções, trazem uma série de reacções e efeitos associados.

Ahhh... e não se esqueçam de um "pequeno grande" pormenor... pode mesmo ser isso que o marido da Leonor deseja. Que ela saia de casa.

Cuidado com o que se faz de cabeça quente. Quando as coisas não estão bem, existem várias maneiras (legais) de as enfrentar Wink

beijoca

Cuidado, mesmo... Porque aí está, não se sabe até que ponto ele não estará a tentar provocar algum tipo de reacção com algum tipo de objectivo. Nunca sabemos, mesmo a Leonor pode não saber. Mais vale resolver a situação da forma mais "limpinha" possível.

Leonor, dê notícias!

Beijinhos*

Ensemble MinneSang
[email protected]
96 5373342, 91 9697571, 93 1620 554
www.ensembleminnesang.com, http://facebook.com/ensemble.minnesang

Retrato de leonorsantos
Seg, 23/11/2009 - 09:53
leonorsantos:
Membro desde: 09.09.2009

Antes demais obrigada a toda pelo vosso comentário, foi bom puder desabafar e no fundo sentir um pouco de apoio.
As coisas ainda que não estejam a 100%, estão sem duvida um pouco melhores, graças a muita pressistencia a muitas conversas que confesso muitas vezez ja não tenho vontade de ter..Obrigada por tudo.
Leonor