Como conto aos meus pais | A Nossa Vida

Como conto aos meus pais

Retrato de Catarina Marques1
21.01.2020 | 19:03
Catarina Marques1:
Membro desde: 21.01.2020

Olá, sou a Catarina e tenho 19 anos. Quero pedir ajuda, eu namoro já a 5 meses, a distância, nos conhecemos desde a infância mas depois ele se mudou para longe,mas os meus já o conhecem como eu já conheço os pais dele, claro.Ambos temps planos para o futuro e nos sentimos preparados para irmos viver juntos.
Eu quero falar aos meus pais, que quero ir morar com ele, começar uma vida com ele, ajudar um ao outro, sermos um pilar um do outro.
Mas eu sou uma pessoa cm receio e medo da opinião deles, que ele digam que não...
Já pensei em ser ele a pedir autorização, não ser só eu a falar sabem? Mas eu tenho medo da reação deles... Ajudem-me pfv


Retrato de MOPA
Qua, 22/01/2020 - 11:45
MOPA:
Membro desde: 23.06.2015

Olá Catarina!
Estás a estudar? Se sim, primeiro trata de acabares os estudos e só depois juntares os "trapinhos".
Cada coisa a seu tempo. Claro que podes sempre acabar os estudos enquanto tens a tua casa, mas já é mais complicado, pois tens um trabalho, uma casa para cuidar juntamente com o companheiro e uma escola… trabalho, casa, escola, estudar… é muita coisa junta. Consegue-se mas exige muita disciplina e força de vontade.
Ainda és nova… não queres primeiro evoluir profissionalmente, teres um trabalho em que te sintas realizada e depois disso "juntares os trapinhos"? 5 meses a namorar a distância é pouco tempo...
Pensa nisso…
Se efetivamente queres ir ter com ele alguma coisa terão que fazer. Falar com eles é essencial. Fala tu com eles. Explica-lhe os motivos. Eles até poderão não achar muita piada, mas como pais deverão apoiar-te.
Tudo a correr bem,
Mopa

Retrato de psousa24
Qua, 22/01/2020 - 11:57
psousa24:
Membro desde: 20.02.2014

Boas.

Bem, pelo que posso dizer é simples: Como maior de idade podes fazer o que queres. Teus pais não mandam na tua vida após completares os 18 anos. É conversares com eles com a atitude de que já tomaste a decisão por ti e não falar de modo a que a opinião deles é que vai decidir.
É só ter uma conversa franca, disseres que já tomaste essa decisão, que chegou a hora de ires à tua vida. Independentemente do que digam, mesmo que se intrometam e digam um NÃO! Só tens que dizer o que acabei de escrever: Que já és maior de idade e que queres viver a tua vida, a tua independência. Não te podem obrigar a ficar, seria digamos, ilegal. - Qualquer jovem que completa os 18 anos, é automaticamente independente. (Dai muitas famílias disfuncionais, descartarem os filhos após os 18 anos e deixam de ter a Segurança Social à perna. - Porque os pais são obrigados a tomar conta dos filhos até à idade adulta)

Contudo, é sempre bom que a decisão não cause problemas maiores. O que quero dizer com isto é: Mesmo fora de casa, tentar sempre manter o bem estar familiar, isto porque? Porque pode acontecer que, um dia se a relação acabar e precises de voltar a casa, tenhas sempre essa hipótese aberta: Que sejas bem recebida novamente! (Não há nada pior que abandonar casa dos pais de costas voltadas e um dia se precisares de ajuda, a porta fica fechada! - Ainda que verdadeiros pais que amam os filhos, aceitam-nos sempre de volta. - Depende da tua relação familiar) - Porque se já és independente significa que teus pais também já não tem obrigação de te aceitar de volta, ou até mesmo, sustentar-te - Isto se não tiveres independência financeira!

Espero ter ajudado.
Boa sorte!

Obrigado

Retrato de Catarina Marques1
Qua, 22/01/2020 - 18:58
Catarina Marques1:
Membro desde: 21.01.2020

Eu acabei lá estudos a 2 anos
Mas eu e ele crescemos juntos e assumimos namoro a 5 meses

Retrato de MOPA
Sex, 24/01/2020 - 15:46
MOPA:
Membro desde: 23.06.2015

Bem se já acabaste o 12º ano e não queres prosseguir os estudos não tem mal nenhum. Quereres orientar a vida com outra pessoa é normal… os teus pais também já passaram por isso. É normal os filhos ganharem asas e voarem.
Têm que falar com os teus pais. Sentam-se os 4 e falam com eles. Falam dos vossos planos. Já têm trabalho? têm meios para serem economicamente independentes? Não me parece que eles possam reagir mal até porque o namorado não é um desconhecido. É alguém que eles já conhecem e com certeza terão uma boa opinião. Aquilo que os pais querem para o(s) filhos é uma pessoa que o(s) trate bem e sejam felizes.
Força. Depois diz como correu.
Tudo a correr bem!