Cachorrinho - dúvidas | A Nossa Vida

Cachorrinho - dúvidas

Retrato de lili_lgs
15.10.2011 | 11:12
lili_lgs:
Membro desde: 20.08.2009

Olá bom dia, gostaria que quem tivesse experiência com cachorrinhos me pudesse de algum modo "elucidar" sobre algumas coisas.

Fui buscar uma cachorrinha teckel na quinta feira, tem 2 meses feitos hoje. O criador disse-me que ele é que geralmente comprava as vacinas e ele mesmo dava e sei que há essa possibilidade pois aqui tb é possível fazer se fôr um criador conhecido nosso, nós cedermos as vacinas. A minha questão, ficando sempre eu levou vacina/não levou vacina, pois ele diz que por lapso jogo as vinhetas fora, passado quanto tempo ela pode levar outra, tendo em conta que supostamente levou a primeira diz 7/10 às 7semanas?

Outra coisa, dado que ela com esta situação de vacinas incompletas, não a levo ainda à rua pois existem muitos cães na zona e então por causa dos xixis e afins, prefiro garantir que ela está protegida. Coloquei resguardo ao lado da caminha dela. A questão é que enquanto andamos por lá na zona, ela até vai fazendo os xixis no resguardo... mas à noite e os cocós esses nem vê-los, é no meio da cozinha Sad algumas dicas? No resguardo já coloco aquelas gotinhas atrativas para eles.....

Sempre tive e tenho gatos e esta foi a primeira cadelinha em casa (o meu pai tem mas é no campo, sempre teve, e é diferente, estão num canil e soltas qd ele lá está...) mas em casa queria que ela, mal ou bem, fizesse os cocozitos no resguardo até podermos ir à rua regularmente...


Retrato de lili_lgs
Sáb, 15/10/2011 - 11:16
lili_lgs:
Membro desde: 20.08.2009

Liguei agora a um vet de confiança e ele disse-me que para precaver, darmos a vacina após 15dias da suposta vacina pois estamos desconfiados que ela eventualmente não levou... mas tb temos receio que tenha levado e então no mínimo 15dias por causa do organismo do animal... e depois leva o reforço passado 1mês pois não fiquei convencida com o argumento do "criador"...

Retrato de BetaB
Sáb, 15/10/2011 - 15:55
BetaB:
Membro desde: 30.11.2009

Olá

Eu no teu lugar ia a um veterinário e dava as vacinas todas novamente, eu comprei o meu cão fora do pais e tinha as supostas vacinas e com vinhetas mas mesmo assim eu vacinei o novamente...

Beijinhos

Retrato de lili_lgs
Dom, 16/10/2011 - 12:51
lili_lgs:
Membro desde: 20.08.2009

Olá Beta, sim eu vou vacinar, vou só "dar" aqueles dias 15dias pós a data que o criador disse, disse que deu a dia 7, e vaciná-la de novo. Depois passado um mês dou o reforço e em seguida a raiva e microship...

Retrato de Panther
Dom, 16/10/2011 - 15:18
Panther:
Membro desde: 24.12.2010

E em relação ao LOP, ficou com algum papel?
É que essa história das vacinas não me está a "cheirar" bem...
Um bom criador costuma sempre ter acompanhamento veterinário, a não ser que ele próprio seja vet.
É que dar uma vacina não é só administrá-la, é preciso ter alguma noção se não há suspeitas de estarem a desenvolver alguma doença, pois se a tiverem não podem ser vacinados.
Daí que normalmente quando levamos um animal para ser vacinado ao veterinário, ele costume examiná-lo ao pormenor.

Retrato de lili_lgs
Seg, 17/10/2011 - 09:48
lili_lgs:
Membro desde: 20.08.2009

Olá Pather, em relação ao LoP já falei com ele e disse-me que os cachorros já estão registados no CPC e que o registo individual de cada cachorro apenas se pode pedir 20dias após eles terem sido registados. Vou hoje ver se contacto durante a manhã o CPC para confirmar todos estes procedimentos. Disse-me que a partir de dia 27 ele poderia pedir o registo individual de cada cachorro.
Sei que este "criador" tem cavalos e já foram tratados pelo vet com quem trabalho pois embora esteja em Lagos, o vet é de Évora e já tratou dos cavalos dele, agora a ver vamos, será um mês neste impasse.

Pather você que tem experiência com animais e pelo que tenho lido das boas sugestões/informações que dá, será que me pode esclarecer algo simples? Os cachorrinhos ao não terem a vacinação completa (1ª + reforço) não convém saírem à rua , pelo menos se a zona onde residimos tem outros cães. Assim sendo ela terá de ficar em casa e fazer as necessidades nos resguardos. É normal ela ora fazer ora não fazer, por onde lhe dá na telha? É que ela sabe onde é, mas umas vezes vai lá e outras não.
Qual é a melhor maneira de treinar cachorrinhos nesta idade (2meses) ? E o facto de estar em casa agora pelo menos um mês não irá dificultar a sua aprendizagem depois para ir à rua?

Retrato de Panther
Seg, 17/10/2011 - 12:32
Panther:
Membro desde: 24.12.2010

Confirme mesmo com o CPC essas coisas, porque eu não tenho grandes conhecimentos sobre o assunto mas pelo que costumo ouvir os donos ficam sempre com o "LOP provisório" e os casos que conheci em que não ficavam com nada, vieram a descobrir mais tarde que tinham sido enganados.

Eu nunca eduquei nenhum cachorro, mas do que leio e me ensinaram, os cachorros com 2 meses não são capaz de reter a urina, pelo que até podem saber onde é o local para fazerem as necessidades, no entanto podem não conseguir controlar até lá chegarem.
Depois, cada cachorro leva um tempo diferente para aprender (o mesmo para quando for na rua) e uns dias podem não ser suficientes.
Normalmente o que se aconselha a fazer-se é sempre que apanhamos o cachorro a fazer noutro local que não queremos, dizemos um "NÃO" (mas sem gritar), pegamos nele e levamos para o resguardo (onde elogiamos se ele continuar a fazer lá, mas o mais provável é continuar a fazer pelo caminho).
Sempre que o apanhamos a fazer no resguardo, elogiamos.
Descobrir as necessidades espalhadas e fazer um drama com isso, não vale de nada, ele não vai associar uma coisa à outra.
Ah é verdade, não convém também fazer-se um grande "escândalo" quando é apanhado a fazer fora do lugar certo, do estilo de bater e afins, porque pode levar a outras coisas como comerem as fezes para não terem que passar por isso, ou seja, tem que haver um certo "equilíbrio".

Também sou da opinião de que antes da vacinação completa não devem andar no chão da rua, é que em casa nós já podemos levar doenças, nem vale a pena arriscar-se mais.
No entanto, pode e deve sair com ele, tendo-o no colo, para interagir com outras pessoas e conhecer barulhos, carros, essas coisas, que ajudarão a que depois no futuro não tenha medo de sair à rua e de todo o que o vai rodear.

Se conhecer alguém que tenha cães sociáveis e com a vacinação em dia (e desparasitação) pode pedir para deixarem levar o seu cachorro e sociabilizarem, será bom para a relação dele com outros cães.

Em relação ao aprender a fazer as necessidades na rua, não me parece que uns meses vá fazer grande diferença Smile
Há cães adultos que são adoptados e que aprendem lindamente Wink

Retrato de liliana_gaio
Ter, 18/10/2011 - 23:46
liliana_gaio:
Membro desde: 25.03.2011
lili_lgs wrote:

Qual é a melhor maneira de treinar cachorrinhos nesta idade (2meses) ? E o facto de estar em casa agora pelo menos um mês não irá dificultar a sua aprendizagem depois para ir à rua?

Olá Olá!
A minha está em casa há 3 semanas. Fez no sábado os 3 meses. Também já andei em desespero, pq após uma altura a fazer tudo no sítio, de repente passou a fazer onde calhava.

1º) Tenho resguardos. Mas também há os da friskies (encontrei no e.leclerc), que dizem que tem atractivo, mas eu também compro do continente porque ficam mais baratos. Do continente, para pessoas, entenda-se. De facto, aquilo deve ter lá 1 aroma qualquer. Use por exemplo 2 embalagens dos com atractivo e depois vá intercalando.

2º) No dia em que ela ficou doida e me deixou doida a mim, depois de lavar a cozinha, borrifei o chão com vinagre e espalhei com a esfregona. Resultou. No dia seguinte teve 1 acidente, mas alí no limite onde não tinha vinagre. Depois disso, passei vinagre em quase todo o lado. Sem stress o cheiro passa rápido. Nessa altura, também acabo por lhe restringir um pouco mais o espaço de actuação e limito à cozinha e a outras zonas da casa, mas só onde eu estou.

Há quem diga que até aos 3 meses eles não controlam. A minha controla, pq se a distrairmos ou ralharmos com ela, ela para. Isso é controlo. Mas quando a brincadeira está a mil, distrai-se e já não tem tempo de chegar ao sítio. Eu opto por disciplinar na mesma e ir ensinando.

Por outro lado, eles quando querem fazer cheiram e cheiram em busca do local. Terá que lho indicar. E a minha tem comportamentos diferentes, sendo xixi ou cocó. Tem uma "cheiradela" mais agitada neste último caso.

Por fim, depois da sesta, assim que acorda, á lugar a uma xixizada! Sempre.

Os cocós... eles lá terão a rotina deles. Eu passei a tentar controlar, ver horas e já sei mais ou menos nos horários e que faz.

Cheguei a pensar em restringir a comida após as 20h, precisamente por causa dos cocós a meio da noite. Mas ainda não pus isso em prática. Logo de início quis é que ela estivesse bem e comesse. Mas tento sempre que ela coma uma porção maior pelas 19h-20h, apesar de ter a comida à descrição.

Após aquele dia do vinagre (em que me cansei de zangar com ela) voltei a usar o método da recompensa (elogio+biscoito) sempre que faz no sítio certo. Ela fica numa felicidade só, mas não estou certa que este seja um procedimento muito correcto. Só vou usar isto uns dias! Smile

Por fim, do CPC, penso que está nos tramites normais. Eu já tenho o registo provisório mas chegou apenas há uns dias.

Com a vacina, sendo este o meu 3º cão, num dos 2 anteriores o vet não confiou na vacina (ou faltava 1 carimbo ou a vinheta ou qlqr coisa) e revacinou também.

Qualquer dúvida, disponha, que devemos andar a passar mais ou menos pelo mesmo!

(E sem tempo para nada, repleto de brincadeiras)
Smile

Felicidades!

Liliana

Retrato de lili_lgs
Qua, 19/10/2011 - 10:14
lili_lgs:
Membro desde: 20.08.2009

Olá Liliana, td bem?

Olha pois eu embora não queira, estou meio em "desespero".

Ela nos primeiros sei lá, dois dias, ia com alguma frequência ao resguardo, agora raramente lá pára. Somos nós a limpar e ela a fazer à frente, estou a ficar deveras aborrecida embora saiba que agora é uma responsabilidade para a vida. Eu tenho colocado o atrativo um da Karlie que são umas gotinhas e ela acho que já nem liga.

Tem um temperamento mto "torto" como eu digo. Não gania, agora anda a ganir, de noite qd acorda acorda com a energia toda e começa a ganir, enfim, não o fazia... Não concordo em colocá-la na varanda, vou dar até aos 3 mesinhos a ver se ela vai acalmando. Não é tanto por mim, é que compreendo que se ela andar a ganir muita vez a meio da noite, os vizinhos tomem providências Sad queria mesmo que ela parasse principalmente por isso. Por nós também mas princialmente pela vizinhança...

Hei-de experimentar o vinagre. Mas tipo foi despejar o vinagre no chão e com a esfregona mesmo molhada de água, "lavar" o chão com vinagre é?

E sim a minha se a vejo começar a fazer algo que dou um grito, ela pára por isso não é de não controlar ou chegar a tempo, é ela mesmo que ou não associa ou é porquinha por natureza lol

Ela agora ainda a restrinjo um pouco as idas à rua, foi ontem pq eu já estava desesperada, pq tinha a casa num patameiro, depois é um cheiro intragável, que tenho noção que mesmo lavando e metendo ambientadores, fica entranhado na casa e pronto gostava de evitar ao máximo...

Ela agora fica em casa estes dias até controlar minimamente... Depois se começar a ser menos porquita começa a vir comigo pro trabalho, pq descuidos admitem-se claro, quem não os tem... mas porcaria mesmo não, o patrão eu trouxe-a a primeira vez e começou tipo a mandar pro ar que estava um cheiro intragável na loja e eu compreendo Sad

Hoje vou trazê-la à rua na hora de almoço e à noite, dou comida e pego nela e vou, pra alguma zona em que note menos movimento de cães por causa da vacinação... Pááá ela vai ter de começar a se habituar e é de pequenina senão depois não se dá conta...

Retrato de Panther
Qua, 19/10/2011 - 12:32
Panther:
Membro desde: 24.12.2010

Não faça isso Sad Sad
O risco é demasiado grande, não a coloque no chão, mesmo que dentro de uma loja!
Nós transportamos pulgas, virus, etc através das nossas roupas (daí que mesmo os que não saem de casa por vezes apanham doenças), e muito menos a coloque no chão da rua. Não interessa se acha que naquele local vão poucos cães, basta lá ter estado um único cão que transporte um dos vírus e pronto...
A parvovirose é muito comum de aparecer e extremamente perigosa, eu já tive um cão da família com essa doença e não foi bonito de se assistir, felizmente o cão sobreviveu (era rafeiro o que ajuda nestas questões) mas ficou sensível dos intestinos.

E tal como já lhe disse anteriormente, eles aprendem em qualquer idade! Às vezes é mais fácil quando são bebés, mas está a começar a desesperar antes do tempo, a maior parte dos donos também passa pela sua situação, têm que esperar pelo período de vacinação e não é por isso que depois não aprendem...

Um cachorro dá trabalho e desespero, faz parte...

Ela é uma bebé e é perfeitamente normal que não se esteja a portar lindamente... quando começar a mudar os dentes vai começar a roer coisas e provavelmente estragar cadeiras, pernas de mesas e tudo o que apanhar a jeito, depende da sorte. Mas ter um cão (ou pelo menos ter um cão desde cachorro) implica isso tudo e muito mais...

Retrato de liliana_gaio
Qua, 19/10/2011 - 13:51
liliana_gaio:
Membro desde: 25.03.2011

Olá lili

lili_lgs wrote:

Olá Liliana, td bem?

Olha pois eu embora não queira, estou meio em "desespero".

Ela nos primeiros sei lá, dois dias, ia com alguma frequência ao resguardo, agora raramente lá pára. Somos nós a limpar e ela a fazer à frente, estou a ficar deveras aborrecida embora saiba que agora é uma responsabilidade para a vida. Eu tenho colocado o atrativo um da Karlie que são umas gotinhas e ela acho que já nem liga.

Tem um temperamento mto "torto" como eu digo. Não gania, agora anda a ganir, de noite qd acorda acorda com a energia toda e começa a ganir, enfim, não o fazia... Não concordo em colocá-la na varanda, vou dar até aos 3 mesinhos a ver se ela vai acalmando. Não é tanto por mim, é que compreendo que se ela andar a ganir muita vez a meio da noite, os vizinhos tomem providências Sad queria mesmo que ela parasse principalmente por isso. Por nós também mas princialmente pela vizinhança...

Hei-de experimentar o vinagre. Mas tipo foi despejar o vinagre no chão e com a esfregona mesmo molhada de água, "lavar" o chão com vinagre é?

E sim a minha se a vejo começar a fazer algo que dou um grito, ela pára por isso não é de não controlar ou chegar a tempo, é ela mesmo que ou não associa ou é porquinha por natureza lol

Ela agora ainda a restrinjo um pouco as idas à rua, foi ontem pq eu já estava desesperada, pq tinha a casa num patameiro, depois é um cheiro intragável, que tenho noção que mesmo lavando e metendo ambientadores, fica entranhado na casa e pronto gostava de evitar ao máximo...

Ela agora fica em casa estes dias até controlar minimamente... Depois se começar a ser menos porquita começa a vir comigo pro trabalho, pq descuidos admitem-se claro, quem não os tem... mas porcaria mesmo não, o patrão eu trouxe-a a primeira vez e começou tipo a mandar pro ar que estava um cheiro intragável na loja e eu compreendo Sad

Hoje vou trazê-la à rua na hora de almoço e à noite, dou comida e pego nela e vou, pra alguma zona em que note menos movimento de cães por causa da vacinação... Pááá ela vai ter de começar a se habituar e é de pequenina senão depois não se dá conta...

BEMMM!
Está em estado de sítio!!!! Smile

Ora bem (Até pareço uma expert!)... Eu começava por restringir a zona da casa e só quando ela se adaptasse, começaria a abrir as portas 1 a 1.

A sua pode ser mais porquita, para já, é que eu nem tenho essa ideia deles. Ponto 1. Cama e zona do resguardo separados. Eles não gosto de serem junto uma à outra. Eu tenho o resguardo (agora, pq inicialmente estava mais à mão e depois sofri com a "transferência de sítio"). Portanto o resguardo está no canto da cozinha mesmo junto à janela. Longe dos nossos olhos e narizes.

Eu começava por a deixar na cozinha. Mas é sempre preferível que esteja vigiada. Por exemplo se à noite está na sala, levava-a comigo e levava 1 resguardo atrás.

Não grite. "Diz" que eles ficam desiquilibrados. Diga um NÃO firme e sonoro. E de seguida coloque-a no resguardo. Eu comecei por ser branda, agora já é brindada com 1 palmadeca. É como nas crianças, não é preciso doer, mas fazer barulho. Ela era tão pequena que de início dava-lhe quase que era 1 toque, apenas com o meu indicador, em jeito de palmada. Mas não dava mesmo para mais.

E repare que ela tem um comportamento de "cheirar" antes de começar a fazer. Não há outra forma. É vigia-la e indicar o sítio. E prever "quando" vai fazer e então, esperar que faça, junto ao sítio.

Penso que é um mês trabalhoso mas que vale a pena. Por exemplo se a minha fizer xixi e cocó, tem liberdade para andar atrás de mim pela casa. Antes disso, só cozinha!

Ganir!
A minha também tenta. E parte-me toda. É uma bonequinha amorosa a ganir mas eu tento ser firme. Já vamos em 3 semanas e quando me deito (e deixo a porta da cozinha fechada) ela ainda tenta ganir, e arranhar a porta. Eu aqui estou indecisa se é melhor deixar arranhar e ignorar, se ir ralhar. Tenho optado por esta última. Do quarto ainda digo uns "shhhhh" (xiu's). E como ela tem teimado sempre em continuar, de seguida vou lá, leva brinde (palmadeca) e digo "já para a tua cama". Ela sabe o que é. Depois da palmada no mini-rabiosque, ela tem acalmado.

Detesto cães que ganem e que ladrem. Não há outra forma. É mesmo preciso levantarmo-nos e ir ralhar com eles. Esta de resto não gane muito. Mas já acusa mimo.

Outras coisas. Não fazer-lhes nada quando eles pedem. Colo ou mimos. A minha pede para vir para o colo e eu ignoro. Mas sou capaz de a ir buscar 20m depois. Ela é o animal. Temos que pensar que não é quando eles querem, mas quando nós queremos e podemos.

E a minha vai ter que se deixar do sofá pq ela ainda vai crescer 1 pouco e não se justifica.

E sim, o vinagre foi a despejar as gotas no chão e a espalhar com a esfregona no fim. Se quiser pode lavar com 1 detergente suave no fim, mas o cheiro não fica muito tempo. Pelos benefícios que traz até ganhei simpatia ao cheiro Smile .

Varanda.
Cuidado. Verifique que tem rede e não tem cadeiras de onde ela possa saltar. Eles não têm noção. Eu meti rede na minha varanda mas ainda não estou confiante. São armas de destruição massiça e quando acharem graça à rede, é num instante. Tenho que blindar a rede!!! Smile

E não a leve à rua, pode ser realmente perigoso!

Liliana

Retrato de Panther
Qua, 19/10/2011 - 15:07
Panther:
Membro desde: 24.12.2010

Em relação a quando estão a ganir, o que me ensinaram é que não se deve ir ter com eles.
Porque se estão a ganir e nós vamos ter com eles, mesmo que para dar palmada, ralhar, etc, isso para eles significa que resultou e que obtiveram a nossa atenção.
Deve-se sempre ignorar quando ganem, para acabarem por desistir de o fazer (e claro que são persistentes, mais do que nós, pelo que podem levar a nossa paciência ao limite até desistirem).
Pode-se é fazer ao contrário, por exemplo irmos ter com eles quando não estão a ganir, para associarem que se estiverem sossegados recebem atenção.

Não me recordo se já foi referido, mas deixar-se com eles uma peça de roupa com o nosso cheiro, também pode ajudar.

Retrato de Bruna1
Qua, 19/10/2011 - 15:12
Bruna1:
Membro desde: 22.08.2008
liliana_gaio wrote:

Olá lili

lili_lgs wrote:

Olá Liliana, td bem?

Olha pois eu embora não queira, estou meio em "desespero".

Ela nos primeiros sei lá, dois dias, ia com alguma frequência ao resguardo, agora raramente lá pára. Somos nós a limpar e ela a fazer à frente, estou a ficar deveras aborrecida embora saiba que agora é uma responsabilidade para a vida. Eu tenho colocado o atrativo um da Karlie que são umas gotinhas e ela acho que já nem liga.

Tem um temperamento mto "torto" como eu digo. Não gania, agora anda a ganir, de noite qd acorda acorda com a energia toda e começa a ganir, enfim, não o fazia... Não concordo em colocá-la na varanda, vou dar até aos 3 mesinhos a ver se ela vai acalmando. Não é tanto por mim, é que compreendo que se ela andar a ganir muita vez a meio da noite, os vizinhos tomem providências Sad queria mesmo que ela parasse principalmente por isso. Por nós também mas princialmente pela vizinhança...

Hei-de experimentar o vinagre. Mas tipo foi despejar o vinagre no chão e com a esfregona mesmo molhada de água, "lavar" o chão com vinagre é?

E sim a minha se a vejo começar a fazer algo que dou um grito, ela pára por isso não é de não controlar ou chegar a tempo, é ela mesmo que ou não associa ou é porquinha por natureza lol

Ela agora ainda a restrinjo um pouco as idas à rua, foi ontem pq eu já estava desesperada, pq tinha a casa num patameiro, depois é um cheiro intragável, que tenho noção que mesmo lavando e metendo ambientadores, fica entranhado na casa e pronto gostava de evitar ao máximo...

Ela agora fica em casa estes dias até controlar minimamente... Depois se começar a ser menos porquita começa a vir comigo pro trabalho, pq descuidos admitem-se claro, quem não os tem... mas porcaria mesmo não, o patrão eu trouxe-a a primeira vez e começou tipo a mandar pro ar que estava um cheiro intragável na loja e eu compreendo Sad

Hoje vou trazê-la à rua na hora de almoço e à noite, dou comida e pego nela e vou, pra alguma zona em que note menos movimento de cães por causa da vacinação... Pááá ela vai ter de começar a se habituar e é de pequenina senão depois não se dá conta...

BEMMM!
Está em estado de sítio!!!! Smile

Ora bem (Até pareço uma expert!)... Eu começava por restringir a zona da casa e só quando ela se adaptasse, começaria a abrir as portas 1 a 1.

A sua pode ser mais porquita, para já, é que eu nem tenho essa ideia deles. Ponto 1. Cama e zona do resguardo separados. Eles não gosto de serem junto uma à outra. Eu tenho o resguardo (agora, pq inicialmente estava mais à mão e depois sofri com a "transferência de sítio"). Portanto o resguardo está no canto da cozinha mesmo junto à janela. Longe dos nossos olhos e narizes.

Eu começava por a deixar na cozinha. Mas é sempre preferível que esteja vigiada. Por exemplo se à noite está na sala, levava-a comigo e levava 1 resguardo atrás.

Não grite. "Diz" que eles ficam desiquilibrados. Diga um NÃO firme e sonoro. E de seguida coloque-a no resguardo. Eu comecei por ser branda, agora já é brindada com 1 palmadeca. É como nas crianças, não é preciso doer, mas fazer barulho. Ela era tão pequena que de início dava-lhe quase que era 1 toque, apenas com o meu indicador, em jeito de palmada. Mas não dava mesmo para mais.

E repare que ela tem um comportamento de "cheirar" antes de começar a fazer. Não há outra forma. É vigia-la e indicar o sítio. E prever "quando" vai fazer e então, esperar que faça, junto ao sítio.

Penso que é um mês trabalhoso mas que vale a pena. Por exemplo se a minha fizer xixi e cocó, tem liberdade para andar atrás de mim pela casa. Antes disso, só cozinha!

Ganir!
A minha também tenta. E parte-me toda. É uma bonequinha amorosa a ganir mas eu tento ser firme. Já vamos em 3 semanas e quando me deito (e deixo a porta da cozinha fechada) ela ainda tenta ganir, e arranhar a porta. Eu aqui estou indecisa se é melhor deixar arranhar e ignorar, se ir ralhar. Tenho optado por esta última. Do quarto ainda digo uns "shhhhh" (xiu's). E como ela tem teimado sempre em continuar, de seguida vou lá, leva brinde (palmadeca) e digo "já para a tua cama". Ela sabe o que é. Depois da palmada no mini-rabiosque, ela tem acalmado.

Detesto cães que ganem e que ladrem. Não há outra forma. É mesmo preciso levantarmo-nos e ir ralhar com eles. Esta de resto não gane muito. Mas já acusa mimo.

Outras coisas. Não fazer-lhes nada quando eles pedem. Colo ou mimos. A minha pede para vir para o colo e eu ignoro. Mas sou capaz de a ir buscar 20m depois. Ela é o animal. Temos que pensar que não é quando eles querem, mas quando nós queremos e podemos.

E a minha vai ter que se deixar do sofá pq ela ainda vai crescer 1 pouco e não se justifica.

E sim, o vinagre foi a despejar as gotas no chão e a espalhar com a esfregona no fim. Se quiser pode lavar com 1 detergente suave no fim, mas o cheiro não fica muito tempo. Pelos benefícios que traz até ganhei simpatia ao cheiro Smile .

Varanda.
Cuidado. Verifique que tem rede e não tem cadeiras de onde ela possa saltar. Eles não têm noção. Eu meti rede na minha varanda mas ainda não estou confiante. São armas de destruição massiça e quando acharem graça à rede, é num instante. Tenho que blindar a rede!!! Smile

E não a leve à rua, pode ser realmente perigoso!

Nao queria repetir o j´´a havi escrito noutro t´´opico igual a este, mas agora vou ter de o fazer.

Liliana, vais-me desculpar mas esta tudo errado!

Primeiro de tudo, voces ja viram bem a idade dos bichanos? Voces com a idade deles portavam-se melhor? Eles sao bebes e levam o seu tempo a aprender, nao ´´e nem numa nem duas semanas que aprendem. Leva tempo e muita paciencia.

Nao batam! Ele vai ganhar medo e vai fazer as coisas por medo de apanhar e n~~ao porque aprendeu direito.
Sempre, mas sempre que o apanhem a fazer as necessidades onde nao devem digam um NAO rijo e peguem nele, mesmo que va a fazer pelo caminho, e ponham-no no local que ele deve fazer. Quando ele acabar dao uma recompensa, pode ser uma goluseima, e fazem uma festa enorme. Façam sempre isto, ele vai aprender.
Se da trabalho? Da, ainda para mais andar sempre com a esfregona atras.
Se ele aprende? Sim, da melhor maneira e sem ganhar medo.

N~~ao o levem a rua sem as vacinas , e um crime!!! Nao arisquem a saude e vida dele por nao quererem esperar uns dias.

Liliana, nao andes com o resguado atras dele, ele tem de ter um sitio especifico para fazer as necessidades, assim so o estas a baralhar.

Outra coisa, porque torturas o animal e nao lhe das carinhos quando ele pede? Mimo? Mimo nunca foi demias, nao confundas carinho com falta de educaçao. Da os mimos todos qu ele precisar, nao te esqueças que ´´e um bebe e sente falta da mae. Sempre dei todo o carinho do mundo ao meu cao e nao ´´e por isso que ele me desrespeita.

Quando ele fizer asneiras nao deiam palmadas, nem com o jornal. Mais uma vez, a questao do medo. Repreendam na hora, nao passado 2 ou 3 horas(nao se vai lembrar), e ponham de castigo.

Acida de tudo, calma e paciencia, eles sao bebes.

Desculpem os assentos, o PC est´´a marado.

Retrato de Bruna1
Qua, 19/10/2011 - 15:17
Bruna1:
Membro desde: 22.08.2008

Estive a ler o meu post e nao escrevi da melhor maneira, pelo que posso parecer ofensiva e brusca.

Nao ´´e minha intençao, apenas vos quero ajudar a melhor maneira de ensinarem os vossos amiguinhos a fazerem tudo direito.

Quanto mais amor derem, mais amor eles vos dar~~ao. Hearts

Retrato de liliana_gaio
Qua, 19/10/2011 - 15:44
liliana_gaio:
Membro desde: 25.03.2011
Bruna1 wrote:

Estive a ler o meu post e nao escrevi da melhor maneira, pelo que posso parecer ofensiva e brusca.

Nao ´´e minha intençao, apenas vos quero ajudar a melhor maneira de ensinarem os vossos amiguinhos a fazerem tudo direito.

Quanto mais amor derem, mais amor eles vos dar~~ao. :X

Ainda bem que escreveste este post adicional!
Sério!

De qualquer forma, eu não pertenço áquela corrente que pensa que as crianças (sim, humanas) devem crescer sem uma palmada. Portanto sigo a mesma linha com o animal. Agora tenho MUITO em linha de conta a dimensão da palmada. Como em crianças muito pequenas, o encosto ou o barulho da mesma fazem o seu efeito.

Depois, eu comecei sem dar palmada. Não resultou e ela tem ficado mais mimada. Portanto acrescentei a amostra de palmada no mini-rabiosque! E consigo mais resultados do que sem ela.

E não lhe dou os mimos quando ela pede. Podem passar 5 minutos, mas quase nunca a trago para o colo quando ela pede. Bem, não é bem quase nunca, sou menos bem sucedida nesta do que gostaria.

E acredita, tanto não dar mimos quando ela pede (e tem muita fartura de mimos! Quando estava com a mãe nunca teve esta atenção toda, garanto! Apenas não é quando ela quer.) como aplicar uma palmadeca é meeeeeesmo muito difícil, porque eles são pequeninos e fofos por alguma razão. Não é mesmo o mais fácil para mim. Mas penso que é o mais correcto, até porque já a noto a ficar mimada demais, a dar uns gemidinhos de mimo para obter o que pretende, e nesse aspecto, está lixada comigo, apesar de ficar cheia de vontade de lhe fazer as vontades, não dobro com essa facilidade toda.

Acredita, os animais gostam de ter regras. Como as crianças. Regras e rotinas. Quando não têm as 2 coisas, ficam desorientados e sem saber como agir.

Panther,
sobre os ganidos, é capaz de ter razão. Eu quando saio de casa, saio e pronto, não volto para tras para a corrigir. E saio bem rapidinho que é para não ouvir nada!

Vou passar a deixa-la escavar a porta Grin
Para ver no que dá!
Acho que vou fechar a porta do meu quarto, além da da cozinha, para me conseguir abstrair.

UMA ULTIMA DÚVIDA,
Desde os primeiros dias que lhe tenho deixado uma luz de presença. Primeiro pq era um sítio diferente e para saber onde estava e não ter medo quando acordasse. Estou a fazer bem? Se não, porquê? Quando é que devo passar a deixar 1 palmo do estore aberto e deixa-la apenas com essa luz?

Liliana

Retrato de Bruna1
Qui, 20/10/2011 - 10:32
Bruna1:
Membro desde: 22.08.2008

A serio, desculap como falei. Escrever nao ´´e o mesmo que falar. Silly

Ha umas bolas para eles se entreterem durante bastante tempo e muito uteis para quando tens visitas ou estao na fase de roer os moveis. Dentro da bola colocas um biscoito, mas eles nao conseguem tira-lo com facilidade. Entao, andam ali ``a volta da bola a roe-la para tentar chagar a goloseima.

Outra coisa boa, ´´e usares uma peça velha de roupa,um trapo ou um boneco com o teu cheiro e deixas com ele, ficam mais calmos.

Retrato de Bruna1
Qui, 20/10/2011 - 10:40
Bruna1:
Membro desde: 22.08.2008

Procura pela bola KONG, ou brinquedo KONG. Tambem pode ser usada sem biscoitos como uma bola normal.

Retrato de lili_lgs
Qui, 20/10/2011 - 11:33
lili_lgs:
Membro desde: 20.08.2009

Eu conheço bem os Kong´s Wink tenho um stock gigante ehehe peço directo de UK aqui pra loja http://www.myfriendonline.net Smile ela para já para já, não quer saber de nada, só gosta de jornais e sacos plásticos que encontre, brinquedos, goluseimas ou ossinhos pra já nadaaa, não liga nenhuma...

Retrato de liliana_gaio
Qui, 20/10/2011 - 23:48
liliana_gaio:
Membro desde: 25.03.2011

aaaaaaaaaah!
Então é para isso que serve, os brinquedos com o biscoito! Aumenta a duração do interesse!

A minha... ando atrás dela, porque consegue desencantar no chão, coisas microscópicas! Acha interesse a TU-DO! Então volta e meia lá ando eu com os dedos na boca dela.

Outro dia tinha um bocadinho de plástico mínimo na boca. Se corresse mal, podia sufocar, apesar de mal se ver.

A que fez hoje, depois da primeira ida à rua, foi comer imeeeeeeenso. Andei na dúvida se a haveria de travar (tirar o prato enquanto estava a comer) porque chegou ao fim da dose diária pelas 18h e eu não tinha noção de quanto tinha sido a última porção. Então meti mais um pouco e ela continuou a comer. Retirei a gamela e ela começou a escavar no sítio do prato. Lá lhe dei, mas a achar que podia correr mal quando ela fosse beber água!!!

Agora, está com uma barriga tão grande, que tentou lamber as partes íntimas e não chegou lá!!!!
Oh céus!

Acho que a rua lhe abriu (muito!!) o apetite. Amanhã tenho que controlar melhor o que ela come ou pelo menos faze-la comer mais espaçadamente (dar tempo para aparecer a sensação de saciedade como a nós) !!!

Liliana

Retrato de liliana_gaio
Ter, 01/11/2011 - 19:31
liliana_gaio:
Membro desde: 25.03.2011

Olá.

Novidades por aqui?
Resultou?

Liliana

Retrato de lili_lgs
Qua, 02/11/2011 - 10:07
lili_lgs:
Membro desde: 20.08.2009

Oi Lili, olha a minha menina ainda anda armada em porkinha. Ora faz no resguardo e sabe que faz bem, ou quando está danada (pffff sorte a minha pq me avisaram e sublinharam que esta raça são teimosos como nunca se viu) faz em todo o lado bahhhh. Já vem à rua e quase sempre faz... mas em casa dura a porcalhota e mau cheiro...

Retrato de liliana_gaio
Qua, 02/11/2011 - 12:56
liliana_gaio:
Membro desde: 25.03.2011

Olha a minha não faz na rua.
Guarda tudo para trazer para casa!
Na verdade ainda não a pressionei mto a fazer na rua, portanto acho que não é só culpa dela. Mas como também não me preocupa muito...

Em casa... agora ora faz no sítio, ora não. Parece que quando ganha confiança, "amplia" a área! Ainda não percebi muito bem o que é que estou a fazer errado, mas alguma coisa é!

Liliana

Post