Bruxas, videntes, mediuns? | Page 2 | A Nossa Vida
303 entradas / 0 new
Última entrada
Retrato de Madalena09
Qui, 03/06/2010 - 14:43
Madalena09:
Membro desde: 03.06.2010

Ola a todas!
Tenham calma, nao coloquei aqui este topico para se desentenderem Smile
Catarina,
Sou a primeira pessoa a dar lhe razao, a maior parte das coisas que nos acontecem sao fruto das nossas acções e nada tem a ver com o Oculto. Mas .. percebo o que a Luzinha tambem esta a dizer, e quando algo mal acontece porque decidiram trocar nos as voltas ao nosso destino? Temos de tentar remediar isso nao é? Agora concordo que andam aí umas " perolas " a vender soluçoes milagrosas e nada fazem mais do que aumentar a desgraça ( financeira ) das pessoas.

Retrato de Catarina Neves
Qui, 03/06/2010 - 15:01
Catarina Neves:
Membro desde: 06.05.2008

Primeiro, TODA a gente me pode tratar por tu Wink

Como percebem pelo histórico de mensagens, já por aqui ando há algum tempo a fazer amigos Wink

Claro que cada caso é um caso mas, por conhecer bem a área, alertei para algumas situações Wink Foi esse o testemunho que quis passar. Wink

Faz algum sentido que EU trabalhe na área e não acredite? eheheh Claro que não faz sentido nenhum. Mas, deixo apenas 2 exemplos que podem ajudar a perceber o que quero dizer:

Primeiro exemplo:

Entra uma senhora na loja e pede-me para elaborar um ritual, de forma a que o marido volte para casa.

Ela alega que ele foi vítima de bruxaria (neste caso vermelha) e que, por isso, foi viver com outra pessoa.

E eu pergunto: mas o que quer ao certo?

E a senhora responde: que ele volte para casa.

Perante isto, seria bem mais fácil e mais lucrativo que eu vendesse meia-dúzia de velas (ou, pior, que dissesse que iria EU PRÓPRIA fazer o ritual com as velas, e não acenderia nenhuma), lhe passasse outras tantas orações e juntasse uma Purga (bastante perigosas e que podem levar à morte).

Mas eu não vou por aí. Sento-me com a pessoa e tento fazer com que perceba como será a sua vida, se o "companheiro" voltar para casa. Pergunto, por exemplo, o que pensará ela, no primeiro dia que ele diga que tem trabalho até tarde ou se ele, como acontece a tanta gente, fica sem bateria no telemóvel e incontactável.
Desculpem a franqueza mas, quem foi traída, terá como pensamento recorrente, uma nova traição.

E então proponho que a pessoa vá para casa, cuide de si e pense bastante no que quer realmente fazer. Transmito algumas pequenas dicas de auto-estima e de "sobrevivência" e peço que volte passado uns dias. Wink

Tem sido gratificante perceber que as pessoas depressa acabam por perceber o que querem realmente. E o que querem, não é um companheiro de volta a casa, devido a rituais (que têm de ser repetidos com frequência para que ele não volte a ir embora), mas sim que querem que as estime, respeite e ame.

Segundo exemplo:

Actualmente, tenho muitas clientes que chegam até mim com enormes problemas de saúde (depressões, excesso de peso, etc). São dependentes emocionais de um companheiro que, não sendo má pessoa, começa a desinteressar-se por alguém "que os sufoca".

O que é mais honesto??? Sugerir um ritual de mel para que ele se torne doce e se mantenha por ali.... ou sugerir tratamento médico para que ela volte a ser a pessoa por quem ele se apaixonou??

Peço desculpa pelo testamento, mas... custa-me muito perceber que esta área se tornou mal falada, à custa de quem acha que é mais do que os outros. TODOS nós somos médiuns. TODOS nós somos intuitivos. Agora... há sempre quem trabalhe para desenvolver o que Deus nos deus (a todos) e há quem não ligue a nada disso Wink

Wink Felicidades Wink

Retrato de Luzinhabranca
Qui, 03/06/2010 - 15:02
Luzinhabranca:
Membro desde: 24.11.2009

Vigaristas há em todo o lado... Isso é certo.

Agora que há coisas e que há pessoas com poder para nos fazerem coisas, lá isso há (quando falo coisas, tanto falo em fazer mal como em tirá-lo)...

E isso de cartas e tarot é muito subjectivo, lemos as cartas e ficamos com a sensação que a história se encaixa a qualquer um lol

Agora quando uma pessoa não nos conhece de lado nenhum e nos diz "isto é assim, aquilo é assado, vá ali áquela hora e verá, ela chama-se x, ele chama-se y, você anda assim, ele disse-lhe isto, você respondeu-lhe aquilo" e nós sabermos que é verdade porque é a nossa vida...

Mas não quero entrar por aqui porque são coisas muuuuuuito sérias.

Bjs

Retrato de Catarina Neves
Qui, 03/06/2010 - 15:22
Catarina Neves:
Membro desde: 06.05.2008

... de forma nenhuma.

Luzinhabranca wrote: E isso de cartas e tarot é muito subjectivo, lemos as cartas e ficamos com a sensação que a história se encaixa a qualquer um lol

Talvez a experiência com a leitura de tarot não tenha sido a melhor mas, posso garantir que se lidar com pessoas honestas... percebe que o que as cartas transmitem é muito objectivo

Agora... também há quem queira que as cartas digam forçosamente uma coisa e elas dizem o contrário. Isto faz-me lembrar uma cliente (que se tornou grande amiga) e que saiu da minha loja a dizer que eu não percebia nada daquilo.

Esta minha (agora) amiga, queria que eu lhe dissesse que a pessoa que tinha conhecido era o príncipe encantado. Ora, o que vi foi uma pessoa que lhe iria tirar TODO o dinheiro que tinha. Ela não gostou e, passado umas semanas apareceu a pedir desculpa, por não ter acreditado ;(((

Também é preciso ter capacidade para dizer: as cartas não abrem sobre este assunto ou... ter consciência de dizer APENAS E SÓ o que poderá ajudar. Acontece muito em caso de doenças e é importante que a sensibilidade sobre este assunto esteja presente.

p.s. eu não estou aqui à procura de conflitos. Nada disso. llololl E, muito menos, a vender o que quer que seja (até porque não estou a aceitar leituras de tarot até Novembro). O objectivo é contribuir para alguma coisa, por isso, estejam descansadas

Editei porque ando à porrada com as vírgulas llolol sorry

Retrato de somewhere
Qui, 03/06/2010 - 17:22
somewhere:
Membro desde: 03.06.2010

dependendo do que queres realmente posso arranjar um BOM contacto, mas nada de bruxarias. O que tem que ser será...pensamento positivo.

Retrato de pompom
Qui, 03/06/2010 - 17:40
pompom:
Membro desde: 16.02.2008

Confie no que diz a Catarina Neves ,que eu considero meu GRANDE ANJO DA GUARDA , porque tudo o que ela diz eu assino de cruz.

A maior parte das coisas estão nas nossas cabeças (inconscientemente , claro!) , o que não invalida certas práticas esotéricas em que acredito profundamente , tais como a leitura de Tarot.
Nós somos uma pilha energética , emanamos essa energia e determinadas vibrações que vão provocar ainda outras reacções em pessoas susceptiveis e capazes de as receber. Isso é incontestável e incontornável , pois a própria ciência o explica. É o caso da nossa Catarina que está predisposta a isso , ou seja , abriu-se a essas situações.

Não sei de onde fala pois não refere isso no seu tópico , mas se fôr da região da Figueira da Foz , vá ter com ela e fale-lhe doque a atormenta. Acredite nela pois cada virgula que escreve é mais um simbolo em que eu acredito.

Repito : A CATARINA É E SERÁ SEMPRE O MEU ANJO DA GUARDA!!
Tenho sido muito ajudada pelas suas palavras e não só...

Conheço mais duas pessoas absolutamente fantáticas e a quem não teno a coragem de chamar de bruxas , videntes , ou o que lhe queira chamar....Chamo-lhes PESSOAS ESPECIAIS.
Mediunidade...todos nós temos , mais ou menos desenvolvida.

Um beijo e seja feliz Madalena

Retrato de Catarina Neves
Qui, 03/06/2010 - 18:17
Catarina Neves:
Membro desde: 06.05.2008

Hug Hug Hug

Obrigada pelas palavras ;))) Não sou nada Anjo da Guarda e muito menos especial Wink Sou amiga e faço o que puder e souber para ajudar Wink

OBRIGADA, minha querida. Até fiquei de lágrima no olho Wink

Hug

Retrato de pompom
Qui, 03/06/2010 - 21:27
pompom:
Membro desde: 16.02.2008

Não me agradeças nada amor.
Tudo o que digo é quanto sinto. Nem mais...Nem menos...
E para mim tens sido o MEU ANJO. É a mais pura das verdades.

Um enorme beijo no coração

Xi-coração muito apertado

Retrato de Klaudita
Qui, 03/06/2010 - 22:57
Klaudita:
Membro desde: 26.08.2009

hoje soube uma coisa que aconteceu com o meu sobrinho de 3 anos e gostaria de saber a vossa opinião...
Eu não acredito muito nessas coisas, mas respeito... no entanto depois disso fiquei preocupada:
O meu sobrinho há muito tempo foi a fatima de carro com os pais, e antes de chegar à capela, a escassos metros, desatou num berreiro enorme, e não deu mais um passo em frente...
Eu pensei logo, isto é birra, é normal...etc
Semanas depois sem saber, ao aproximar-se de uma igreja também armou berreiro, e não passou do adro...
Depois sei que a minha cunhada foi com ele a um "bruxo" e cortou o mal e acho que andou bem...
hoje soube que foram a fatima com os meu sogros, a 20 metros do local começou a pedir ao pai para ir na direcção oposta da capela, mas ele entre brincadeiras ainda lá foi para a frente, e a criança estava divertida e na boa, e mal se aproximou mais, armou berreiro, chorava imenso,e teve que ficar com a minha sogra, enquanto os pais e o meu sogro foram acender velas etc, não deu nem mais um passo para a frente...
O meu noivo diz que isto tem explicação lógica e tal , mas a verdade é que eu estou a achar estranho...
o que vocês acham?

Retrato de Luzinhabranca
Qui, 03/06/2010 - 22:59
Luzinhabranca:
Membro desde: 24.11.2009

...