Arroz de tamboril | A Nossa Vida

Arroz de tamboril

Retrato de Silvia Duarte
17.11.2010 | 22:12
Silvia Duarte:
Membro desde: 06.02.2008

Boa noite!
queria fazer arroz de Tamboril para o jantar de sábado e gostava que alguem me deixasse aqui uma receita boa,algo que já tenha experimentado e que tenha feito sucesso.:)

desde já,muito obrigada.


Retrato de Sicomoro
Qua, 17/11/2010 - 22:37
Sicomoro:
Membro desde: 09.09.2008

Olá!

Eu costumo fazer isso bastantes vezes e costuma ficar muito bom.Não tenho medidas certas, é um bocado a olho.
É assim:
1. Cozes o peixe em água e sal.
2. Retiras o peixe e guardas a água da cozedura.
3. Desfias o peixe e reservas.
4. Num tacho, fazes um refogado com cebola aos pedacinhos pequeninos, alho, coentros frescos e uma ou duas folhas de louro. 5. Deixa refogar sem queimar.
6. Pões tomate. Eu costumo pôr tomate pelado (dos de lata) e passo com a varinha mágica, mas também podes pôr polpa de tomate.
7. Acrescenta um pouco da água da cozedura do peixe e deixa ir cozendo essa água para ficar apuradinho.
8. Pões o arroz(geralmente, ponho uma chávena de café de arroz por pessoa) e deixas cozer. Tem de ter sempre mais água do que arroz, porque, no fim, o arroz tem de ficar malandrinho, ou seja, com molho. Portanto, vai acrescentando água do peixe, se necessário, ao longo da cozedura.
9. No fim de estar cozido, acrescentas o peixe e bastantes coentros. Eu tb costumo pôr uns camarões para dar mais cor.

É muito importante não esquecer que o arroz tem de ficar malandrinho, ou seja, com molho.

E pronto! É capaz de haver mais receitas, mas esta tem resultado. Muitas vezes faço isto e, em vez de tamboril, uso outros peixes.

Bjnhs

Retrato de Eu ele e o pinheirito
Qua, 17/11/2010 - 22:37
Eu ele e o pinheirito:
Membro desde: 04.03.2009

Eu costumo fazer, mas é uma receita básica, básica,básica. Com certeza que haverá quem o faça muito melhor, mas como ainda não tenho "A" receita, continuo a fazer de uma forma muito simples:

Cozo o tamboril em água. Quando estiver cozido, guardo-o, tal como a água. Noutro tacho, faço um refogado com cebola. Quando ela está loirinha, junto o arroz, deixo-o abrir um bocadinho. Deito um pouco de creme de marisco (eu costumo usar o da Knorr ou da Maggy), e vou juntando a água em que cozi o peixe para ir dissolvendo. Depois, deixo cozer o arroz e, quando estiver cozido, deito o tamboril. E é isto. Entretanto, se gostares,podes também acrescentar camarão e/ou ameijoas. Não é nada elaborado ou vistoso, mas o pessoal cá de casa (aka marido ) aprovou.

Don't be sad because of people. They will all die.

Retrato de Eu ele e o pinheirito
Qua, 17/11/2010 - 22:45
Eu ele e o pinheirito:
Membro desde: 04.03.2009

Sicomoro, ainda bem que apareceste! Grin

Estava a esquecer-me de duas coisas fundamentais: o tomate (sim, também ponho e nunca uso outro senão o tomate natural - nada de polpas) e as ervas aromáticas. Isso depende sempre dos gostos de cada um. Regra geral, coentros ou folha de louro "cai" bem, mas em pratos de peixe adoro dar um travo de caril. Só não o faço mais vezes nem o deixo muito intenso porque o marido não gosta, mas, para mim, quanto mais forte a especiaria, melhor. Wink

Don't be sad because of people. They will all die.

Retrato de Catarina Neves
Qua, 17/11/2010 - 22:56
Catarina Neves:
Membro desde: 06.05.2008

Mas... posso colocar-me assim, a modos que, à disposição para ser convidada Wink Grin Grin Grin Grin Grin Grin Grin Grin Grin

Retrato de Silvia Duarte
Qua, 17/11/2010 - 23:09
Silvia Duarte:
Membro desde: 06.02.2008

Pinheirita e Sicomoro..obrigada por partilharem a recita,deu para ver que é fácil,já tinha andado a "cuscar" receitas na net e tambem eram assim como as vossas,mas eu queria era o testemunho de alguem que tivesse feito e que tivesse gostado.:) assim sendo,vou avançar. Wink

Ah!Pinheirita,cá por casa (eu e o óme) adoramos caril,mas como vamos ter convidados e um deles (o meu cunhado) não gosta de caril,fica fora de questão,mas é garantido que quando fizer só para nós vai levar o caril.:D

Sra Dona Cata das Nebes..sinta-se desde já convidada...seria um prazer ter sentada a minha humilde mesa tão ilustre pessoa. Tongue

"Mas é preciso morrer e nascer de novo
semear no pó e voltar a colher
há que ser trigo,depois ser restolho
há que penar para aprender a viver"
Mafalda Veiga

Retrato de Catarina Neves
Qua, 17/11/2010 - 23:52
Catarina Neves:
Membro desde: 06.05.2008
Silvia Duarte wrote:

Sra Dona Cata das Nebes..sinta-se desde já convidada...seria um prazer ter sentada a minha humilde mesa tão ilustre pessoa. :P

Grin Grin Grin Grin Grin Grin Grin Grin Grin

Faz a contar para mais dois Wink ehehehehhehe
Ainda te ligo no sábado, às 19h a dizer que estou à tua porta Wink lloll

Wink

Retrato de Tsuga
Qui, 18/11/2010 - 07:45
Tsuga:
Membro desde: 16.02.2009

Faço um estrugido generoso em cebola e alho, deito um bocadinho de vinho branco e tomate (quando não tenho frescos, uso polpa) e estufo o peixe neste preparado. Às vezes deito um bocadinho de água para o peixe não estufar em seco e faço bastatnte forte em sal e pimenta. Depois retiro o peixe, acrescento água e faço o arroz malandro neste caldo. Quando estou para aí virada deito um bocadinho de colorau ou ponho uma casquinha de limão enquanto a água está a ferver. Se tiver à mão, também deito uma manada de miolo de camarão.

Bom apetite!

Retrato de Silvia Duarte
Qui, 18/11/2010 - 09:50
Silvia Duarte:
Membro desde: 06.02.2008
Catarina Neves wrote:

Faz a contar para mais dois Wink ehehehehhehe
Ainda te ligo no sábado, às 19h a dizer que estou à tua porta Wink lloll

;)

e seria um prazer.:)para os amigos arranjasse sempre algo.:) ah!podes trazer os teus famosos folhados.:p

"Mas é preciso morrer e nascer de novo
semear no pó e voltar a colher
há que ser trigo,depois ser restolho
há que penar para aprender a viver"
Mafalda Veiga

Retrato de Silvia Duarte
Qui, 18/11/2010 - 09:52
Silvia Duarte:
Membro desde: 06.02.2008

Obrigada...a tua receita também me parece muito bem.:)

e sabado a ementa sera:
patés e alheiras para entradas
Arroz de Tamboril
Pudim de laranja e mel feito pela sogra
e mais qualquer sobremesa que ainda não sei qual fazer...
Bom vinho
café

"Mas é preciso morrer e nascer de novo
semear no pó e voltar a colher
há que ser trigo,depois ser restolho
há que penar para aprender a viver"
Mafalda Veiga

Retrato de Bruna1
Qui, 18/11/2010 - 10:53
Bruna1:
Membro desde: 22.08.2008

Olá! Eu faço assim:

Cozo o tamboril, aproveito as espinhas da cabeça, em água, sal, pimenta preta em grão, meia cebola partida em luas, tirinhas de cenoura,alho e louro. Depois de cozido, retiro o peixe e aproveito os restinhos de peixe que ficaram nas espinhas da cabeça. Côo a água e deito fora os restantes ingredientes que serviram para dar sabor ao caldo de tamboril.

Faço um refogado com cebola picada miudinha, depois coloco´um pouco de água, vinho branco, uma malagueta seca, tomate picado, polpa de tomate e tiras de pimento. Costumo usar pimento verde e vermelho para ficar mais colorido.

Depois de o pimento estar macio, coloco o caldo do tamboril. Quando levantar fervura, acrescento o arroz. Rectifico os temperos, se for necessário. A cinco minutos do arroz estar cozido, coloco o peixe.

A água deve ser suficiente para o arroz ficar malandrinho.

Por vezes, coloco meia dúzia de camarões para ser diferente.

Fica muito bom.

Uma sugestão, não precisa ser agora no jantar de amigos pois daria mais tarbalho. Um dia que voltes a comprar tamboril, experimenta fazer o arroz normalmente mas só com os restinhos de peixe da cabeça. Acredita que ainda tem bastante peixinho. Pede na peixaria para cortar o lombo em filetes e depois tempera-os para fritar (sal, pimenta, alho e limão). Passa-os por ovo e farinha e frita-os. Também fica muuuuuuito bom!

Retrato de Silvia Duarte
Qui, 18/11/2010 - 11:24
Silvia Duarte:
Membro desde: 06.02.2008

Obrtigada pela sugestão.vou experimentar de certeza.desta vez não,até porque já tenho o Tamboril,mas comprei já em cubinhos,limpo de espinhas..:)
agora surgiu-me uma dúvida...tendo o tamboril já em cubinhos posso fazer da mesma forma??cozo o peixe á parte,etc..??

"Mas é preciso morrer e nascer de novo
semear no pó e voltar a colher
há que ser trigo,depois ser restolho
há que penar para aprender a viver"
Mafalda Veiga

Retrato de Silvia Duarte
Qui, 18/11/2010 - 12:15
Silvia Duarte:
Membro desde: 06.02.2008

por acaso estava com ideia de cozer os camarões á parte em agua,sal,cebola e malagueta...mas agora que falaste em cozer junto com o tamboril também me parece bem.
Obrigada!

"Mas é preciso morrer e nascer de novo
semear no pó e voltar a colher
há que ser trigo,depois ser restolho
há que penar para aprender a viver"
Mafalda Veiga

Retrato de Bruna1
Qui, 18/11/2010 - 12:33
Bruna1:
Membro desde: 22.08.2008

Sim, podes cozer os cubinhos. Compraste congelado, certo?

Para a póxima compra fresco para veres a diferença de sabor e textura.

Também não me tiha lembrado, como a última menina referiu(não fixei o nome, sorry...) experimenta triturar também as cabeças e coar.

A minha irmã, quando faz creme de marisco, não usa nada artificial(Knorr's e afins...), tritura as ceçeas e as cascas e fica muito melhor e sem fazer mal à saúde.

Retrato de Tânia B
Qui, 18/11/2010 - 13:21
Tânia B:
Membro desde: 07.02.2007

Para ter sabor, cozo sempre o tamboril com uns camarões inteiros, depois descasco os camarões e trituro as cabeças e as cascas com a varinha mágica e um pouco do caldo. De seguida passas num coador e tens bastante mais sabor. Mas quando é para despachar coze tudo junto, tamboril aos cubinhos, ao mesmo tempo que arroz e fica bom.

TB

Edit: erros ortográficos

Retrato de Eu ele e o pinheirito
Qui, 18/11/2010 - 13:55
Eu ele e o pinheirito:
Membro desde: 04.03.2009

Deixem-me acrescentar isto: da última vez que comprei, foi tamboril em cubos congelado e o raio do peixe encolheu bastante. Tenham cuidado com o tamboril que usam. Wink

Don't be sad because of people. They will all die.

Retrato de Silvia Duarte
Qui, 18/11/2010 - 14:16
Silvia Duarte:
Membro desde: 06.02.2008

sim,comprei os cubinhos já congelados,comprei 3 embalagens da Pescanova (passo a publicidade).agora fiquei com medo..será que é pouco???somos 8 pessoas ao jantar..:S vou juntar tambem camarão,mas agora não sei se não será melhor ir comprar mais uma embalagem ou duas,o que dizem?

"Mas é preciso morrer e nascer de novo
semear no pó e voltar a colher
há que ser trigo,depois ser restolho
há que penar para aprender a viver"
Mafalda Veiga

Retrato de Bruna1
Qui, 18/11/2010 - 14:57
Bruna1:
Membro desde: 22.08.2008

Realmente o tamboril encolhe um bocadinho, pelo sim e pelo não, compra mais. A vantagem de ser congelado é não é necessário usares a caixa toda, por isso podes comprar mais e se sobrar congelas.

Se forem pessoas de comer bem, eu comprava mais duas caixas. As caixas são pequenas, não são? Uma vez comprei e a caixa era pequena.

Retrato de Eu ele e o pinheirito
Qui, 18/11/2010 - 15:31
Eu ele e o pinheirito:
Membro desde: 04.03.2009
Bruna1 wrote:

Realmente o tamboril encolhe um bocadinho, pelo sim e pelo não, compra mais. A vantagem de ser congelado é não é necessário usares a caixa toda, por isso podes comprar mais e se sobrar congelas.

Se forem pessoas de comer bem, eu comprava mais duas caixas. As caixas são pequenas, não são? Uma vez comprei e a caixa era pequena.

É isso mesmo, Bruna. Wink As caixas, pelo peso, enganam, pois até parece que traz muito peixe e quando vamos a ver... Não são cubos. São cubinhos.

Sílvia, compra mais por precaução. Mesmo que cozas peixe a mais, se vires que é muito para ir todo para o arroz, guardas o que sobrar e arranjas qualquer coisa onde usá-lo. Numa sopa de peixe, por exemplo. Acabas por não o desperdiçar. Wink

Don't be sad because of people. They will all die.

Retrato de Silvia Duarte
Qui, 18/11/2010 - 15:37
Silvia Duarte:
Membro desde: 06.02.2008

Obrigada meninas,vou mesmo comprar mais 2 ou 3 caixas..estragar não se estraga de certeza.:)
sermos 4 mulheres e 4 homens,as mulheres são de pouco alimento..já os homens..esses "tratam-se" muito bem!:p
estou a ver que acontece com o Tamboril o mesmo que com o polvo.:S encolhe muito....
Mais uma vez,obrigada por alertarem. Wink Hug

"Mas é preciso morrer e nascer de novo
semear no pó e voltar a colher
há que ser trigo,depois ser restolho
há que penar para aprender a viver"
Mafalda Veiga

Post