Alguém tem um doberman? | A Nossa Vida

Alguém tem um doberman?

Retrato de Sofia 9
03.03.2011 | 13:59
Sofia 9:
Membro desde: 10.01.2011

Olá meninas e meninos!

Alguém tem um cão doberman em casa?
Eu já tenho um cãozinho piquenino em casa, foi a melhor coisa que comprei e fiz, é um bom amigo e foi muito fácil de educar. Mas ultimamente tenho pensado em comprar um doberman, mas não sei bem se devo.
Penso que para o ter, é preciso espaço (acho que tenho) leva-lo à escola de cães, é um pouco mais complicado, mas acho que é essencial para um cão desta raça, para poder ser treinado e educado, e para além de tudo é um bom segurança, não?

O que acham?
Com educaram os vossos?


Retrato de Catarina Neves
Qui, 03/03/2011 - 14:24
Catarina Neves:
Membro desde: 06.05.2008
Sofia 9 wrote:

Olá meninas e meninos!

Alguém tem um cão doberman em casa?
Eu já tenho um cãozinho piquenino em casa, foi a melhor coisa que comprei e fiz, é um bom amigo e foi muito fácil de educar. Mas ultimamente tenho pensado em comprar um doberman, mas não sei bem se devo.
Penso que para o ter, é preciso espaço (acho que tenho) leva-lo à escola de cães, é um pouco mais complicado, mas acho que é essencial para um cão desta raça, para poder ser treinado e educado, e para além de tudo é um bom segurança, não?

O que acham?
Com educaram os vossos?

... quando há tantos aí para adoptar?

E um doberman é um cão fantástico, desde que saibas como educá-lo e impôr-lhe regras.

O que queres dizer com "um bom segurança"?

Também deverás saber que tens de fazer um seguro (e que não é nada barato).

Retrato de Sofia 9
Sex, 04/03/2011 - 13:46
Sofia 9:
Membro desde: 10.01.2011

Tens um doberman?
Quando digo bom segurança, quero dizer um bom cão de guarda.

Retrato de Catarina Neves
Sex, 04/03/2011 - 15:30
Catarina Neves:
Membro desde: 06.05.2008
Sofia 9 wrote:

Tens um doberman?
Quando digo bom segurança, quero dizer um bom cão de guarda.

.. e uma rafeirinha que é a melhor "cadela de guarda" que já vi.

No entanto, uma das minhas melhores amigas tem (o que me levou a conhecer outros amigos dela, com cães da mesma raça) Wink Comem que se fartam e a disciplina tem de ser diária. Para teres uma ideia... o cão dela apenas se deita no chão (enquanto as minhas se deitam na cama e nos sofás). Esta foi a primeira lição que teve: ser subalterno.

No entanto, volto a frisar... custa-me que se pague para ter um animal!

Retrato de Mermaid_MM
Sex, 04/03/2011 - 16:33
Mermaid_MM:
Membro desde: 20.05.2009

Concordo com a Catarina... No entanto, se realmente fores comprar, NÃO compres em lojas de animais, pois não fazes ideia de onde e como esses cães vêm. Pesquisa na net acerca de "Puppy Mills". É terrível!!!! Os pais dos cachorrinhos que vemos nessas lojas têm uma vida TERRÍVEL. A maior parte vivem sem as mínimas condições, são fechados em jaulas minúsculas onde não se podem mexer praticamente e só saiem para procriar. Tudo por causa da ganância dos humanos.
Se quiseres mesmo comprar (se bem que há milhares de cães e dobermans para adoptar) escolhe um criador certificado e faz questão de conhecer os pais do cachorro e as condições em que vivem. Por favor não contribuam para este negócio nojento e deplurável. Sad Sad

Depois também tens que te lembrar que em Portugal os Doberman são considerados uma raça potencialmente perigosa (embora quem devia ter esse rótulo seriam os donos, mas enfim......) e tens que gastar muito dinheiro com esterelizações, seguros, vacinas, o animal tem de vir à rua SEMPRE com açaime e trela.
Pensa bem no que queres e por favor não queiras ser mais um português típico que quer ter esta ou aquela raça porque "é giro". Sad

Não leves a mal... Smile

Retrato de Sofia 9
Sáb, 05/03/2011 - 17:07
Sofia 9:
Membro desde: 10.01.2011

Olá Catarina,
Poderia concordar contigo, "custa-me que se pague para ter um aninal!", eu já tive algumas experiências com cães/gatos, que se encontram na rua, ou em outras situações, como vindos do canil, e a realidade é que a grande maioria vem já com hábitos e muita das vezes vem revoltados.
Quando comprei o meu amiguinho foi uma experiencia completamente diferente das que já vivi com um animal de estimação, acompanhei-o praticamente desde o 1º dia de vida dele.
Respeito a tua opinião, mas com os animais de estimação que já tive, (cães/gatos) vindos da rua bebes e de outros locais, não é a mesma coisa.
E o Doberman como deves imaginar não será uma boa ideia ir busca-lo ao canil...Se vier revoltado, se já tiver hábitos…

Comprado ou não, o que importa é ter amor, para dar aos nossos amiguinhos de 4 patas.

Retrato de Sofia 9
Sáb, 05/03/2011 - 17:23
Sofia 9:
Membro desde: 10.01.2011

Sim, claro que tenho de ver quem são os pais, e as condições que estes vivem, conhecer o criador saber se está registado no clube português de canicultura,saber se no cruzamento eles não são irmãos ou outro grau de parentesco, etc.
Só compro com LOP, sem isso nada feito. Concordo contigo, existem pessoas que nos "negócio de venda de cães", não merecem nada, pois tratam os pobres animais de uma maneira horrível.
Mas queria saber se alguém tinha, para saber mais sobre eles, tenho vido a fazer pesquisas mas nada melhor que um testemunho real.
Obrigada meninas!

Retrato de Blume
Sáb, 05/03/2011 - 17:29
Blume:
Membro desde: 06.04.2010
Susymermaid wrote:

Concordo com a Catarina... No entanto, se realmente fores comprar, NÃO compres em lojas de animais, pois não fazes ideia de onde e como esses cães vêm. Pesquisa na net acerca de "Puppy Mills". É terrível!!!! Os pais dos cachorrinhos que vemos nessas lojas têm uma vida TERRÍVEL. A maior parte vivem sem as mínimas condições, são fechados em jaulas minúsculas onde não se podem mexer praticamente e só saiem para procriar. Tudo por causa da ganância dos humanos.
Se quiseres mesmo comprar (se bem que há milhares de cães e dobermans para adoptar) escolhe um criador certificado e faz questão de conhecer os pais do cachorro e as condições em que vivem. Por favor não contribuam para este negócio nojento e deplurável. Sad Sad

Não diria melhor.
Sou a favor da criação de animais, quando bem feita (caso contrário as raças estariam extintas). Regulada, certificada onde os progenitores são submetidos a avaliações dentro dos padrões da raça bem como o risco de doenças genéticas, sendo que os de alto risco não deverão procriar. Isto custa muito dinheiro, o que faz com que os preços dos cachorros seja altíssimo (cerca de 1000euros por uma raça deste género).

No entanto, há tantos bichinhos a precisarem de amor e carinho e há tantos cães de raça à espera de um dono, que acho um crime pagar-se por um cão que se pensa de raça, quando não passa de um rafeirinho que apenas serviu para dar uns €€ aos humanos que tratam os seus pais como forma de sustento. ODEIO CRIADEIROS!

Ah, há muitos rafeirinhos que são óptimos cães de guarda Smile

Beijos

♥ B&C ♥ - 16 Junho 2012

Retrato de Blume
Sáb, 05/03/2011 - 17:44
Blume:
Membro desde: 06.04.2010

Sofia 9 wrote: Sim, claro que tenho de ver quem são os pais, e as condições que estes vivem, conhecer o criador saber se está registado no clube português de canicultura,saber se no cruzamento eles não são irmãos ou outro grau de parentesco, etc.
Só compro com LOP, sem isso nada feito.

Posso perguntar-te como tens certeza que o pai dos cachorros é aquele que o criador te diz que é? Como saberás se os progenitores não têm nenhum grau de parentesco?
Já estudaste sobre a raça, para saber como escolher um bom exemplar? Estudaste sobre os problemas mais comuns da raça e/ou mal-formações genéticas a identificar num cachorro doberman?

Sabes que o LOP não é garantia de NADA? Qualquer cachorrinho pode ter LOP.

É por estes motivos que existem tantos rafeirinhos a serem vendidos como cães de raça. Há muita ignorância em relação à criação de cães, começando por quem os cria sem saber o que faz!
O problema é que se alimenta este "negócio" o que é muito triste.

Desculpa ser tão crua, mas esta é a realidade. Eu sei porque já andei por dentro do assunto de criação, exposições etc. Demorei 2 anos a comprar a minha cadela, pois depois de muito estudar sobre o assunto, contactar, visitar criadores, acabei por ir a Espanha comprá-la e paguei o preço que se paga por uma boa criação.

Não acho errado querer um cão de determinada raça, mas também não acho nada correcto o incentivo à criação de mais cães sem nenhum tipo de benefício para a raça (porque simplesmente não sabem o que estão a fazer) quando já há tantos, mas tantos animais a sofrer e a morrer à fome e sede na berma das estradas que parecem transparentes aos olhos de quem testemunha a sua dor, além das centenas que são abatidos todos os dias pela sobrelotação dos canis.

Beijinhos*

♥ B&C ♥ - 16 Junho 2012

Retrato de Isa85
Ter, 08/03/2011 - 01:43
Isa85:
Membro desde: 16.01.2008

Boa noite

aconselho-te a visitar este forum: http://arcadenoe.sapo.pt/
tens diversas informações sobre as várias raças, além de puderes esclarecer d+uvidas, etc

penso que, quer adoptar quer comprar, é um direito que assiste a qualquer 1, mas que acima de tudo, deve ser feito com consciência e responsabilidade!

pesquisa acerca das caracteristicas de várias raças, desde temperamento, possiveis doenças geneticas, necessidades especiais, tipo de treino, etc
tens de ter em conta que além do espaço, um cão de médio ou grande porte terá outras exigências:
- treino
hoje em dia existem diversas escolas
- alimentação
é essencial uma boa ração!

as raças que sejam consideradas potencialmente perigosas têm de estar obrigatoriamente identificadas com microchip, ter seguro e, se não estou em erro, registados na junta de freguesia

não compres cães em lojas de animais... em muitos casos os cães são retirados à mãe demasiado pequenos, não estão vacinados/desparasitados e nalguns casos doentes!
regra geral, também não são de fiar os anuncios de venda de animais (OLX, CustoJusto, etc)
atraves do Clube Portugues de Canicultura, podes obter uma lista de criadores, consoante a raça

quanto ao LOP, terás de acreditar no que lá vem...
penso que nem em Portugal nem em nenhum país são obrigatorios testes de ADN em animais, logo será conveniente teres boas referencias do criador
existem artigos disponiveis online (incluindo no forum que indiquei) que te podem ajudar a identificar um criador sério e responsavel
eventualmente, podes tentar ir a algumas exposições e assim falares com criadores, veres o comportamento/desempenho dos cães, etc

obviamente, existem raças que têm mais caracteristicas para ser cão de guarda do que outras
agora, nos dias de hoje, se queres segurança, mais vale teres um sistema de alarme! um cão, por muito bom guarda que seja, pode sempre ser dominado...

Retrato de Sofia 9
Ter, 15/03/2011 - 09:01
Sofia 9:
Membro desde: 10.01.2011

Olá meninas!

Tem toda a razão, antes de comprar tenho de ter em conta inúmeras coisas.
Ainda não sei se vou ter um, tenho de pensar muito bem, não é só querer ter muito, eu gosto muito desta raça, mas tenho de ver tudo ao pormenor antes de ter um.

Obrigada a todas pelos vossos comentários.