E agora? | A Nossa Vida

E agora?

Retrato de Sheyla7
12.05.2011 | 20:45
Sheyla7:
Membro desde: 29.08.2010

Sei que ninguém pode decidir por mim e que sou a única e exclusiva responsável pelos meus actos, mas preciso desabafar.
Namoro com um rapaz que foi até hoje o meu único namorado "a sério". Tive outros namorados, outras curtes, mas um relacionamento sério, foi só com o N. Conheço-o desde o liceu. Já fomos muito felizes, tivemos momentos de sonho que provavelmente não se repetirão. Sempre fui estupidamente apaixonada por ele. Com ele vi uma vida a dois, uma união, filhos... Tenho-o apoiado em muitos aspectos da vida dele devido a algumas dificuldades que ele tem tido. Penso quase sempre primeiro nele e só depois em mim. Sinto uma necessidade de o proteger e não quero que ele sofra. Sei que ele também gosta muito de mim. O problema são os desentendimentos e as discussões. Tenho a sensação que ele fica chateado pelo mínimo das coisas. Na última discussão gritou comigo, gritou mesmo... Mesmo após os meus vários pedidos para que ele não gritasse, continuava. Tudo aconteceu por um mal entendido. Eu disse uma coisa, ele percebeu outra. Desconfiou imediatamente de mim e passou-se. Fiquei muito magoada porque me faltou ao respeito e eu não quero nunca aceitar que isso aconteça. E de repente sinto que sentimentos dentro de mim morreram e que não consigo aceitar e perdoar. Pedi-lhe um tempo. Há uma semana que não falamos. Eu fiquei de pensar e de "decidir" o que quero fazer "connosco". E até agora ainda não consegui decidir porque todos os dias espero que aconteça alguma coisa na minha vida que me faça ter a certeza de qual é o caminho certo. Tenho muito medo de terminar e me arrepender e tenho medo de continuar e me arrepender.


Retrato de _Marta_
Qui, 12/05/2011 - 20:58
_Marta_:
Membro desde: 08.12.2008
Sheyla7 wrote:

Sei que ninguém pode decidir por mim e que sou a única e exclusiva responsável pelos meus actos, mas preciso desabafar.
Namoro com um rapaz que foi até hoje o meu único namorado "a sério". Tive outros namorados, outras curtes, mas um relacionamento sério, foi só com o N. Conheço-o desde o liceu. Já fomos muito felizes, tivemos momentos de sonho que provavelmente não se repetirão. Sempre fui estupidamente apaixonada por ele. Com ele vi uma vida a dois, uma união, filhos... Tenho-o apoiado em muitos aspectos da vida dele devido a algumas dificuldades que ele tem tido. Penso quase sempre primeiro nele e só depois em mim. Sinto uma necessidade de o proteger e não quero que ele sofra. Sei que ele também gosta muito de mim. O problema são os desentendimentos e as discussões. Tenho a sensação que ele fica chateado pelo mínimo das coisas. Na última discussão gritou comigo, gritou mesmo... Mesmo após os meus vários pedidos para que ele não gritasse, continuava. Tudo aconteceu por um mal entendido. Eu disse uma coisa, ele percebeu outra. Desconfiou imediatamente de mim e passou-se. Fiquei muito magoada porque me faltou ao respeito e eu não quero nunca aceitar que isso aconteça. E de repente sinto que sentimentos dentro de mim morreram e que não consigo aceitar e perdoar. Pedi-lhe um tempo. Há uma semana que não falamos. Eu fiquei de pensar e de "decidir" o que quero fazer "connosco". E até agora ainda não consegui decidir porque todos os dias espero que aconteça alguma coisa na minha vida que me faça ter a certeza de qual é o caminho certo. Tenho muito medo de terminar e me arrepender e tenho medo de continuar e me arrepender.

E porque é que tens de decidir já? Se achas que ainda não estás preparada para o fazer, não o faças...

Retrato de ClaraE
Qui, 12/05/2011 - 21:25
ClaraE:
Membro desde: 30.10.2007

Quando se chega a faltar ao respeito é muito complicado, por mais que se goste. Toma o tempo necessário, não te sintas pressionada. Aproveita tambem para tentar ver a reacção dele... Acima de tudo, agora tens de pensar em ti e no que te faz feliz e que queres para ti.

Retrato de fillippa
Qui, 12/05/2011 - 21:27
fillippa:
Membro desde: 28.01.2011

E um facto k kk casal pode ter discussoes...kk das formas...tens k "procurar dentro d ti"se essas discussoes sao discussoes normais,ou se sao ja consequencia de outras situacoes...Faltas de respeito,podem n ser imperdoaveis,mas magoam e n s eskecem,ainda mais kd "vem"da pessoa k amamos e respeitamos!!Esse "tmp"vai fazer t bem...*****

*Kd o coracao disse aos olhos"Ve menos,pk tu ves e eu sofro",os olhos responderam"Entao sente menos,pk tu sentes e eu choro"*

Retrato de Alter Ego
Qui, 12/05/2011 - 21:36
Alter Ego:
Membro desde: 06.05.2011
Sheyla7 wrote:

Tenho muito medo de terminar e me arrepender e tenho medo de continuar e me arrepender.

Seja qual for a tua decisão tens que te mentalizar que vais passar por fases em que achas que tomaste a atitude correta e por outras em que pensas que deverias ter feito de outra forma...
A vida é feita de escolhas.Neste tipo de situações não existem opções correctas ou erradas,apenas deves pensar, neste momento,o que é melhor para ti.Se ainda não chegaste a nenhuma conclusão,espera o tempo que for preciso.Mas deves manter-te fiel à decisão que tomares e pensar em ti acima de tudo.
Já agora, sentiste a falta dele?

Retrato de Loira
Qui, 12/05/2011 - 22:49
Loira:
Membro desde: 31.01.2008

Um dia, logo no meu 1ºano de relacao, eu e o namorado tivemos uma discussao bem pesada e tambem decidi afastar-me... posso_te dizer que passados nem 2 dias, senti tantas saudades dele que corri de volta para os braços dele!

Sim, foi uma discussao muito complicada...sim, foram ditas palavras muito fortes... sim, passou o limite do respeito...

Nao ha nada como um bom diálogo entre o casal e estabelecer regras/limites até onde cada um pode ir.

Durante todo o nosso namoro, já tivemos outras discussoes mas nunca mais passámos esse limite. Ambos sabemos que se o ultrapassarmos certamente nao haverá volta a dar!

Faço_te a mesma pergunta que ALTER EGO... sentes a falta dele?

Gosto de ti|@

Retrato de elly81
Qui, 12/05/2011 - 23:24
elly81:
Membro desde: 26.04.2009

Hummm discutir todos os casais o fazem...mas tar aos gritos descontrolado????uiiiii eu ficava de pé atrás com esse homem...desculpa posso tar a ser injusta...mas sabes ke há pekenos sinais, pekenos indícios ke devemos ter em conta qd queremos avançar com uma relação...

Retrato de Yumie_Zhao
Sex, 13/05/2011 - 00:18
Yumie_Zhao:
Membro desde: 01.05.2011

olaá Grin
olha eu tb já passei por isso e eu e o meu namorado demos um tempo, prai uns 3meses... opá passado esse tempo já nao aguentavamos e voltamos outraves........
e a nossa relação está muito boa........

(◕‿◕✿)→αρєnαs uмα gαrσтα,
cσм α αlєgrία dє uмα crίαnçα...
α мαlícία dє uмα αdσlєscєnтє...
є σs sєnтίмєnтσs dє uмα мulhєr.. ♥

Retrato de agcor85
Sex, 13/05/2011 - 03:18
agcor85:
Membro desde: 01.06.2010

se me gritam eu so digo que se é para gritar comigo bem que podes falar para as paredes, logo o homem da nossa vida nao pode tratar-nos dessa maneira! seja pk razao for! ora essa, aos outros nao deve fazer ele isso! enfim... se vêm com mau humor para cima de mim nao levam vantagem, mas com tantas preocupaçoes do dia a dia isso é o menor que me afecta no meu namorado! ele la acaba por cair em si... e ja lhe disse que mereço respeito e que ha coisas que nao admito, e ele so tem de entender e pronto! agora se ele extrapola para alem disso ai aí nao da nao! que va fazer uma boa terapia de controlo da raiva e para bem longe de mim e do filho que temos em comum! com muita calma, muita coisa se resolve, se eu nao quero alimentar uma discussao, ainda para mais com um mal entendido, o melhor mesmo é falar mais tarde com a pessoa com os animos menos exaltados! o silencio e o afastamento nessas alturas fazem bem! sempre que eu e o meu namorado nos chateamos nada como deixar a poeira assentar! eu nao sou de ficar calada! mas tambem nao falo para alimentar discussoes é para acabar e rematar com elas e finito a partir daí! mas isto sou eu que tenho outras coisas em que pensar e nao tenho cabeça para deixar que um mal entendido destrua a harmonia familiar, por isso tenho de pensar rapido e na hora fazer a coisa certa! para que nao se extrapole nem fique nada por esclarecer!

beijinhos fofos!

Num mundo perdido achamos o amor que nos une... e agora vivemos para amar o ser mais lindo e puro! Uma felicidade nunca vem só!

Retrato de Andreia_Lelo
Sex, 13/05/2011 - 13:34
Andreia_Lelo:
Membro desde: 18.02.2010

Espera mais uns dias, pensa melhor em tudo, percebe o quanto sentes ou não a falta dele e esse tempo dar-te-á a resposta. Claro k mais tarde podes chegar à conclusão k a decis~~ao k tomaste (seja ela kal for) foi errada mas ninguem adivinha o futuro. Se gostam um do outro acabarão por se reunir.

Retrato de avgomes
Sex, 13/05/2011 - 14:57
avgomes:
Membro desde: 14.06.2010

Além de que tudo o que as outras meninas já disseram só queria acrescentar que todos nós temos dias menos bons.

É óbvio que isso não justifica determinadas atitudes. E o limite para mim pode não ser o mesmo limite para ti. E isso aqui não é discutível.

E também já conheço a história do : "não é por estar de mau humor que vai descarregar em cima de mim." Se calhar até é. Estão juntos, são um casal e à partida são também amigos. E os amigos também têm destas coisas.

O meu marido é super calmo raramente o vi a levantar a voz. E quando vi sabia bem o que ele estava a passar e o que isso estava a afectá-lo. Não me faltou ao respeito, mas não me tratou da forma habitual. Um acontecimento pontual não tem de ditar o destino da relação. Se ele for uma pessoa calma e se passou por fases menos boas eu desvalorizaria esse episódio.

Mas lá está.. Isto sou eu, imaginando a minha história nesse cenário e pensando nos limites que tenho para determinadas coisas.

Mais tarde se vires que te arrependeste de qualquer que seja a decisão tens é de pensar que na altura tomaste a decisão que te pareceu ser a mais certa.

Dá tempo ao tempo e boa sorte para qualquer que seja a tua decisão. Kiss

Retrato de AL
Dom, 15/05/2011 - 23:05
AL:
Membro desde: 12.02.2011

Olá! Eu acho que neste caso, deves levar o tempo que precisares.
Eu já passei por uma fase assim, provávelmente sentes-te distante, estás farta. Mas comigo passou, pode ser que contigo passe. Tens de tirar um tempo para ti, só assim saberás se ele te faz, ou não falta!

Foste a melhor coisa que me aconteceu na vida. Amo-te para sempre! :x

Madrinha: MeVi
Afilhada: Mari Fernandes

Post