apagar | A Nossa Vida

apagar

Retrato de CCO
03.03.2014 | 21:34
CCO:
Membro desde: 19.11.2009

apagar


Retrato de Sofia1984
Seg, 03/03/2014 - 22:34
Sofia1984:
Membro desde: 29.05.2010

olá! é uma boa ideia adoptar um animal mas quem vai ser o dono? quem irá ter a responsabilidade social pelo cão?
Fica fácil "atirar" a responsabilidade de uns para os outros.

Ninguém em casa em determinado fim de semana. Quem toma conta do cão? Vão precisar de mudar de cidade. O cão vai ficando até ao último sair?

Mais do que na despesa devem pensar nisso. Porque é fácil um de vocês pagar determinada despesa e depois "cobrar" isso aos outros. Mas já não é a mesma coisa em relação a "quem olha pelo animal"....

Se forem avante com isso, espero que pensem bem nisso e que ao menos um de vocês tenha a concordância da vossa família para adoptarem o animal, porque em caso de "ruptura" de relações, ou alguma alteração à vossa maneira de viver em grupo, alguém terá de ficar com ele.

Um cão dura muitos anos.....

"A meta de uma discussão ou debate não deveria ser a vitória, mas o progresso."
( Joseph Joubert )

Madrinha da TCosta, da florzinha C.A.S.C.S. e da espevitada RuteCris
Afilhada da Joanasantosblue

Retrato de CCO
Seg, 03/03/2014 - 22:44
CCO:
Membro desde: 19.11.2009
Sofia1984 wrote:

olá! é uma boa ideia adoptar um animal mas quem vai ser o dono? quem irá ter a responsabilidade social pelo cão?
Fica fácil "atirar" a responsabilidade de uns para os outros.

Ninguém em casa em determinado fim de semana. Quem toma conta do cão? Vão precisar de mudar de cidade. O cão vai ficando até ao último sair?

Mais do que na despesa devem pensar nisso. Porque é fácil um de vocês pagar determinada despesa e depois "cobrar" isso aos outros. Mas já não é a mesma coisa em relação a "quem olha pelo animal"....

Se forem avante com isso, espero que pensem bem nisso e que ao menos um de vocês tenha a concordância da vossa família para adoptarem o animal, porque em caso de "ruptura" de relações, ou alguma alteração à vossa maneira de viver em grupo, alguém terá de ficar com ele.

Um cão dura muitos anos.....

Hey! Tens razão mas se se tratar de um grupo de jovens, nós somos um casal. E gostei dessa perspectiva de necessidade de que os pais de um de nós esteja de acordo, felizmente sim, há concordância por 2 dos pais, sendo o principal dono ele, cujos pais aceitam a decisão.

Retrato de phiona
Ter, 04/03/2014 - 15:20
phiona:
Membro desde: 21.04.2008

sugestão:
serem uma FAT - familia de acolhimento temporario.

contactem associaçoes, ha sempre necessidad de FATS. assim o cao nunca será vosso, mas terao oportunidade de partilhar os vossos dias com um animal, ajudá-lo, educa-lo, acarinhá-lo...

phiona

Retrato de Sofia1984
Ter, 04/03/2014 - 17:03
Sofia1984:
Membro desde: 29.05.2010
CCO wrote:
Sofia1984 wrote:

olá! é uma boa ideia adoptar um animal mas quem vai ser o dono? quem irá ter a responsabilidade social pelo cão?
Fica fácil "atirar" a responsabilidade de uns para os outros.

Ninguém em casa em determinado fim de semana. Quem toma conta do cão? Vão precisar de mudar de cidade. O cão vai ficando até ao último sair?

Mais do que na despesa devem pensar nisso. Porque é fácil um de vocês pagar determinada despesa e depois "cobrar" isso aos outros. Mas já não é a mesma coisa em relação a "quem olha pelo animal"....

Se forem avante com isso, espero que pensem bem nisso e que ao menos um de vocês tenha a concordância da vossa família para adoptarem o animal, porque em caso de "ruptura" de relações, ou alguma alteração à vossa maneira de viver em grupo, alguém terá de ficar com ele.

Um cão dura muitos anos.....

Hey! Tens razão mas se se tratar de um grupo de jovens, nós somos um casal. E gostei dessa perspectiva de necessidade de que os pais de um de nós esteja de acordo, felizmente sim, há concordância por 2 dos pais, sendo o principal dono ele, cujos pais aceitam a decisão.

Não sei como, mas não percebi que eram um casal, mas sim um grupo de jovens...li mal.
Sendo assim, porque não?

"A meta de uma discussão ou debate não deveria ser a vitória, mas o progresso."
( Joseph Joubert )

Madrinha da TCosta, da florzinha C.A.S.C.S. e da espevitada RuteCris
Afilhada da Joanasantosblue

Retrato de Thinkerbell
Ter, 04/03/2014 - 19:42
Thinkerbell:
Membro desde: 01.12.2009

Tal como a phiona disse, podem sempre ser uma família FAT.
Nos canis há imensos amigos de 4 patas a precisarem de acolhimento temporário. Em alguns casos, as famílias ficam com eles para sempre, por opção.

Concordo completamente com a phiona!!

Eu tinha na altura 19 anos e o meu marido tinha 25 quando adoptámos um gato, também no canil! (eu sei que é estranho lol)

Até hoje o bichano continua conosco, fizemos uma adopção responsável, em que ele ficaria totalmente ao nosso cuidado e ao nosso critério. Ele ia ser abatido!! Surprise Não podia permitir isso!!!

Isso é o que geralmente acontece aos cãezinhos que não conseguem arranjar uma FAT... Sad assim vocês podem realmente partilhar a vossa vida com um filhote de 4 patas Smile e ainda poderam eventualmente estar a salvá-lo da viagem forçada ao paraíso.

Pensem nisso. Se precisarem de ajuda nisto mandem-me mensagem privada. Tenho um amigo que tem uma associação e ele pode ajudar!! =)

Beijinhos e boa sorte =)

Retrato de CCO
Qua, 05/03/2014 - 21:02
CCO:
Membro desde: 19.11.2009

Não sabia dessa opção (FAT), mas parece-me muito bem. Vamos avaliar essa possibilidade. Obrigada

Retrato de Thinkerbell
Qua, 05/03/2014 - 23:27
Thinkerbell:
Membro desde: 01.12.2009

é uma excelente opção!
Se precisares de ajuda envia mp aqui pa je Wink