Abrir creche | A Nossa Vida

Abrir creche

Retrato de Vera Patrícia
02.10.2012 | 14:07
Vera Patrícia:
Membro desde: 29.11.2011

A minha mãe terminou agora o curso de Auxiliar de Acção Educativa e eu como Educadora de Infância quero dar-lhe um empurrãzito.

A ideia mesmo era abrir uma creche & SPA mas como o investimento é gigantesco ficamos só pela creche.

Para abrir uma creche é necessária muito buracracia. A ideia inicial era iniciar atividade como ama (prestação serviços), apenas a minha mãe e conforme o número de crianças vai aumentando passar para creche ou outra designação que não envolva tanta burocracia. Existe? Algum conselho de entendidos porque eu ainda estou a começar com as burocracias e falta explorar muita coisa...

Outra coisa, nesta fase inicial é necessária licença ou alvará limitando o número de crianças e inspecção do local?

Na segurança social não souberam dizer nada, enviei email mas ainda não responderam.


Retrato de Loira
Ter, 02/10/2012 - 15:07
Loira:
Membro desde: 31.01.2008

Olá.

Sinceramente? acho que é um erro enorme abrirem uma creche/colégio nos dias que correm. A minha família tem colégios e as coisas não estão fáceis. Por um lado tenho uma prima que abriu recentemente uma creche com psicologia infantil e posso-te dizer que está a correr muito mal. O colégio tem inúmeras actividades incluidas na mensalidade, ou seja, o preço não sobe independentemente dessas ditas actividades, e o número reduzido de crianças é assustador.

No colégio dão-lhe o pequeno-almoço, almoço e lanche, se os pais quiserem as crianças podem tomar banho no colégio e ainda levar o resto do almoço para o jantar, as educadoras levam as crianças cortar o cabelo, ao médico; têm inglês desde pequeninos, bla bla bla. Como vês, têm bastante actividades pelo preço normal de uma escola. Isso seria motivo suficiente para os pais se interessarem pelo colégio dela, mas mesmo assim, nada...

Actualmente o Estado tem "N" escolas abertas, nomeadamente novas e vocacionadas para os mais novos, logo não compensa aos pais colocarem os miúdos em privadas. têm optimas condições.

Por outro lado, tenho outros membros da familia que têm uma "cadeia" de colégios (creche até 4ª classe) conceituados no pais e sei que este ano nem metade das vagas ocuparam, mesmo baixando as mensalidades.

Não te esqueças que numa creche tens de ter X educadoras/auxiliares para um determinados nrº de crianças. Ou seja, não podes reduzir o nrº de funcionários para poupar custos. Há tanta burocracia para escolas que nem imaginas...

Aconselho vivamente a recolherem o máximo de informações possiveis, porque será mesmo um tiro no escuro!

Gosto de ti|@

Retrato de marie_martins
Ter, 02/10/2012 - 16:54
marie_martins:
Membro desde: 18.09.2011

Acho que o melhor será mesmo dirigires-te directamente à segurança social...eu não tenho experiência com a situação mas na rua onde eu moro existe uma senhora que está inscrita na segurança social como "Ama" e a única coisa que fez foi ir lá fazer o pedido, depois veio uma pessoa fazer uma inspecção ao local onde ela ia ter as crianças e ficou aprovado.
Ela tem 6 crianças numa casa com um quintalzinho, uma zona de refeições (Cozinha),sala com tv e wc.

Espero ter ajudado*

Retrato de Vera Patrícia
Ter, 02/10/2012 - 17:23
Vera Patrícia:
Membro desde: 29.11.2011

Obrigada... Tb pensei começar por aí...

Retrato de Vera Patrícia
Ter, 02/10/2012 - 17:29
Vera Patrícia:
Membro desde: 29.11.2011

Obrigada pela orientação. Realmente ando a reunir toda a informação. Cá na zona (Santa Maria da Feira/Ovar) estão sempre cheias as creches porque o estado ainda não responde a estas necessidades.
Quanto ao número de funcionários é verdade, mas a ideia é ficar eu como responsável, na creche apenas obrigam uma Educadora, e as respectivas auxiliares que irei buscar ao centro de emprego (colegas de curso de auxiliar dela). Temos contratado alguns funcionarios assim e tem resultado (numa outra área profissional)

Retrato de Loira
Ter, 02/10/2012 - 17:58
Loira:
Membro desde: 31.01.2008
Vera Patrícia wrote:

Obrigada pela orientação. Realmente ando a reunir toda a informação. Cá na zona (Santa Maria da Feira/Ovar) estão sempre cheias as creches porque o estado ainda não responde a estas necessidades.
Quanto ao número de funcionários é verdade, mas a ideia é ficar eu como responsável, na creche apenas obrigam uma Educadora, e as respectivas auxiliares que irei buscar ao centro de emprego (colegas de curso de auxiliar dela). Temos contratado alguns funcionarios assim e tem resultado (numa outra área profissional)

Nota-se que realmente tens investigado!
Espero que tudo te corra pelo melhor, porque na Grande Lisboa, isto está pelas horas da morte!

Beijoca

Gosto de ti|@

Post