Decoração da casa com vermelho | A Nossa Vida

Decoração da casa com vermelho

Decorar com vermelho é um desafio, mas ao mesmo tempo significa uma grande dose de ousadia. Viver numa casa, ou numa divisão onde o vermelho é predominante, pode significar habitar num local acolhedor e muito fácil de viver, apenas terá de ser feito com uma boa dose de planeamento.

Ponto focal decorativo: vermelho

Entrar num espaço e ficar confuso porque a sua visão não encontra algo que a atraia ou onde possa descansar, pode provocar uma sensação de mal-estar e nem se sabe porquê. Por isso, definir o esquema geral das cores na decoração de uma casa é essencial, especialmente se pretendem usar uma cor tão apelativa ao olhar como o vermelho. Um esquema de cores pode ser pensado de forma a apenas deixar um ponto onde o olhar possa descansar. A este local chama-se ponto focal, que pode perfeitamente ser algo vermelho, como um sofá vermelho, um quadro, um armário, uma janela, etc. desde que a restante paleta de cores se mantenha neutra, ou escolhida de forma a dar ênfase ao ponto focal.

Janela vermelha

Uma grande parede vermelha

Uma parede pintada em vermelho, ou mesmo uma divisão, permite criar uma decoração muito rica e ousada. Uma parede vermelha tem sempre um ar arrojado, tornando toda a divisão também arrojada. Neste caso foi usado um vermelho framboesa nas paredes, e para não quebrar o olhar, foram embutidas japonesas nas janelas com o mesmo tom, mantendo, apesar das janelas, toda uma divisão vermelha. Porém, a mobília e elementos decorativos permanecem neutros. Neste caso, a ênfase desta decoração reside nas paredes, dando uma energia muito vibrante à sala de estar, que contrasta lindamente com o exterior.

Paredes pintas com vermelho

Focalizar tudo numa peça de mobília vermelha

Incluir uma peça de decoração em tons de vermelho numa divisão neutra, sem que essa peça tenha de competir com outros elementos decorativos, é fácil de fazer e valoriza a divisão. Numa divisão pequena este truque funciona lindamente, pois o olhar não pára na dimensão do local, mas sim na peça de mobília vermelha. Se têm uma divisão pequena na casa, então esta pode ser uma boa solução: decorem o espaço com mobília e paredes em cores neutras e incluam uma peça colorida; o olhar não se espalha pela divisão, dirigindo-se ao elemento decorativo de maior impacto visual. Ninguém pensará no espaço!

Sofá vermelho

Primeiro experimentem o vermelho

Se não têm a certeza quanto à opção de decorarem uma divisão com vermelho, namorem a ideia. Experimentem, sem terem de se comprometer, adicionem elementos decorativos em tons de vermelho, sem terem de arriscar paredes ou grandes peças de mobiliário. Pequenos elementos decorativos como almofadas, quadros, carpetes, são óptimos para testar a vossa tolerância à decoração da casa em vermelho. Desta forma conseguirão perceber se o vermelho é uma cor com a qual conseguirão ter uma relação apenas por algum tempo, ou para sempre.

Decoração étnica inclui o vermelho

Não é obrigatório, mas o vermelho é uma óptima cor para complementar um esquema de cores de decoração onde o étnico e a cor sejam fulcrais. Para decorar uma casa com um toque étnico - que pode ir de Marrocos à Índia - o vermelho será indispensável numa paleta de cores alargada e muito colorida. Se este é o vosso estilo, o vermelho é vosso amigo.

Vestir as paredes de vermelho com arte

Porquê pintar uma parede inteira, se ela pode ser decorada com vermelho de forma mais cultural? Um grande quadro vermelho não significa apenas que são bons apreciadores de arte; tal como na imagem, a simetria de dois quadros vermelhos são a perfeita moldura de uma sala de jantar. Se não têm a certeza acerca do que adquirirem no mundo da arte, saibam que dois quadros pintados em tons vermelhos podem ser a declaração de ousadia e intelectualidade de uma divisão da casa.

Vermelho combina com todas as cores

Se gostam de decoração moderna e de conjugações de cores arrojadas, o vermelho pode perfeitamente entrar nessas combinações. Neste caso, apenas entra como o ponto focal da sala, dando ênfase à cor predominante. Dois pormenores como a almofada e a taça dão à sala verde um toque de energia muito grande e moderno, contrastando com a calma vegetação exterior.

Um toque aqui, outro toque de vermelho ali

Mesmo numa paleta de cores neutras, umas pinceladas de vermelho aqui e ali, são óptimas para dar dinamismo ao local, adicionando também um tom acolhedor. Esta divisão, se não possuísse os pormenores vermelhos (abajours e almofadas) manter-se-ia uma divisão calma, mas muito mais fria. Como contrariar essa tendência? Incluindo alguns pormenores em tons quentes, como o vermelho. Reparem no quanta pouca cor é necessária usar numa divisão para dar um toque decorativo tão forte.

Vermelho, branco e preto

O vermelho, o branco e o preto criam uma decoração poderosa e muito marcante. Se a vossa personalidade necessita de afirmação, esta poderá perfeitamente ser a vossa paleta decorativa. O preto funciona como moldura do local, o branco dá iluminação e o vermelho chama a atenção para os pontos que desejem dar ênfase.

Pormenores em vermelho

Uma forma de atrair o olhar para o exterior é mantendo uma decoração em tons neutros e colocando grandes cortinas vermelhas junto às janelas: o olhar é atraído para os pontos de cor, e logo de seguida para o exterior. Se pretendem dar ênfase à vossa vista exterior, umas cortinas em vermelho podem fazer o truque, pois atraem o olhar para a janela.

Também é uma óptima forma de fazer com que o exterior ganhe vida e não torne a divisão tão fria. Quando existem grandes janelas numa divisão e o exterior for muito verde, esse tom é reflectido para dentro da divisão, podendo torná-la fria. Por este motivo, usar umas cortinas de cores quentes pode dar uma sensação mais acolhedora à divisão, permanecendo calma e ao mesmo tempo acolhedora.

Quarto com cortinas vermelhas

Uma cama em tons de vermelho

Na decoração de uma casa, o vermelho funciona muito bem como ênfase decorativa, por isso não é necessário usá-lo em demasia para ela sobressair. Uma cama não tem de ser vermelha. Optando apenas pela roupa da cama em tons vermelhos, e adicionando um pormenor ou outro no mesmo tom, conseguem incluir o vermelho sem compromissos. Quando estiverem cansados da cor é mais fácil mudarem estes elementos do que toda a mobília do quarto.

Decoração oriental, o vermelho é essencial

O vermelho é uma óptima forma de dar um toque oriental a uma divisão. No oriente, o vermelho é considerada uma cor de felicidade, vitalidade, energia, uma cor que transmite boas vibrações. Incorporar um elemento oriental, especialmente em tons de vermelho, é excelente para trazer o oriente para dentro de casa.

Sala aborrecida?

Cansados de uma sala de estar aborrecida? Neste caso apesar da declaração dramática que o teto tem, o que atrai o olhar são as cortinas vermelhas ao fundo da divisão. O vermelho tem um poder muito atractivo, especialmente se posicionado num ambiente neutro. Para conseguirem um ambiente decorativo onde a vossa personalidade seja reflectida pela cor, o vermelho pode representar esse papel na perfeição.

Quarto de criança em vermelho

O vermelho também pode ser muito divertido; um quarto de criança alegre pode perfeitamente sê-lo em tons de vermelho. E porque não decorar o quarto das crianças em vermelho? Almofadas, brinquedos, roupa da cama, são óptimas opções ao rosa ou ao azul, e tanto serve para menina ou menino.

Quarto de criança vermelho

Incluir um canto para jogos na casa

Porque não criar um recanto da casa especialmente para jogos? O vermelho seria a cor adequada para incorporar em certos elementos decorativos do local. Num jogo quer-se energia e boa disposição, e o vermelho é a cor que pode transmitir energia às vossas noites de jogos com os amigos. Não necessitam de pintar as paredes da divisão, optem por uma jarra, almofadas, um sofá, enfim, apontamentos decorativos em vermelho que dêem ao local o toque de energia necessário.

Sala de jogos

Banheiro em vermelho

Esta casa de banho/banheiro tem uma decoração muito marcada pelo preto, mas o lavatório vermelho, juntamente com a toalha de mãos, tornam-se os elementos que mais se destacam. O vermelho pode ser usado em pequenos detalhes e mesmo assim ser a cor que mais se destaca na divisão.

Banheiro vermelho

Portas vermelhas, uma entrada com energia

A entrada de uma divisão torna-se dramática se optarem por umas portas em vidro vermelhas. Neste caso, esta é uma óptima opção ao vidro fosco, especialmente em tons de vermelho que complementam e sobressaem o azul pálido e os tons neutros acastanhados. De certa forma, com estes tons (azul, vermelho e castanho) obterão um toque oriental, sem de facto usarem elementos orientais.

Portas com vermelho

Lição de decorador

Aqui fica uma boa dica para misturarem padrões numa divisão da casa: coloquem um padrão em grande escala (neste caso, o padrão das paredes), outro numa escala média (o padrão do tapete) e outro numa escala ainda menor (as almofadas). Repitam o mesmo tom nos 3 padrões, ou seleccionem 2 cores calmas para os padrões maiores e uma vibrante para o padrão mais pequeno, neste caso o vermelho.

Sofá com almofadas vermelhas

 

Post