Cuida bem da sua roupa? | A Nossa Vida

Cuida bem da sua roupa?

Preocupamo-nos cada vez mais com a nossa imagem e o que seria desta sem as nossas roupas, cuidadosamente “namoradas”, escolhidas e combinadas? Os cuidados que dedicamos ao nosso vestuário devem ser diários e devem englobar todo o processo de lavagem, secagem e de engomar, ou seja, não deve ser esquecida mal entre para o cesto de roupa suja! Cuida bem da sua roupa?

Mimar a roupa

Uma roupa bem tratada é uma roupa que está sempre apresentável e não pronta para deitar fora meia dúzia de visuais depois. Para poder cuidar bem de calças, camisolas e vestidos, é preciso conhecer os símbolos que constam nas suas etiquetas, assim como os diferentes tecidos que as compõem. Só assim poderá assegurar os cuidados delicados que a sua roupa exige e merece!

Tecidos Naturais

  • Algodão: não suporta temperaturas muito elevadas na lavagem, pois pode encolher; deve ser lavado separadamente na primeira vez; é bastante resistente ao ferro.

Vantagens: fresco, flexível, resistente; pode ser lavado vezes sem conta.

Desvantagens: não fixa bem as cores, o que leva ao desbotamento no caso de altas temperaturas na lavagem; as cores também vão perdendo a sua força com o passar do tempo; tem uma maior tendência para amarrotar-se.

  • Lã: não suporta temperaturas muito elevadas na lavagem, pois pode encolher; a secagem só pode ser feita com a peça de roupa deitada na horizontal, se for pendurada pode deformar-se.

Vantagens: muito quente e aconchegante; grande poder de recuperação, ou seja, não amarrota facilmente.

Desvantagens: tem uma maior tendência para perder a cor e ficar amarelada.

  • Linho: apesar de ser altamenteresistente ao ferro, requer cuidados especiais na hora da lavagem – esta deve ser sempre feita à mão, evitando-se, por completo, as temperaturas muito elevadas e a centrifugação.

Vantagens: fresco e agradável quando em contacto com a pele; muito resistente à sujidade.

Desvantagens: grande tendência para se amarrotar.

  • Seda: embora não pareça, este é um tecido resistente, mas apenas quando for manuseado correctamente – na lavagem deve evitar-se, por completo, as temperaturas muito elevadas e a centrifugação; no caso de existirem nódoas deve ser levada à lavandaria; a engomagem deve ser feita sem vapor e sempre a baixas temperaturas.

Vantagens: leve e agradável quando em contacto com a pele; fixa bem as cores.

Desvantagens: pouco resistente às lavagens e ao suor.

Tecidos Artificiais

  • Acetato, rayon e viscose: na lavagem deve evitar-se, por completo, a centrifugação para evitar a deformação da peça.

Vantagens: têm um toque sedoso, tornando-os agradáveis quando em contacto com a pele; fixam bem as cores.

Desvantagens: a sua resistência é menor quando estão húmidos; ardem com facilidade e acumulam electricidade estática.

Tecidos Sintéticos

  • Poliéster, nylon e lycra: como são bastante sensíveis ao calor, devem evitar-se as temperaturas muito elevadas na lavagem, optando-se antes por água tépida; o mesmo aplica-se na hora de engomar, que deve ser feito sem vapor e a baixa temperatura.

Vantagens: altamente resistentes, amarrotam-se pouco e fixam bem as cores.

Desvantagens: ardem com facilidade e acumulam electricidade estática.

 

Dicas infalíveis para roupa impecável 

  • Não deixe a roupa suja “esperar” muito tempo antes de ser lavada.
  • Na hora da lavagem, certifique-se que esvaziou os bolsos, desapertou todos os botões, levantou as golas e colarinhos da roupa.
  • Regra geral, as temperaturas muito altas não beneficiam os tecidos. Sempre que possível, lave a roupa com água fria; em contrapartida, respeite sempre as etiquetas do vestuário, não excedendo a temperatura de lavagem indicada.
  • A lixívia desgasta as fibras dos tecidos, prefira antes produtos branqueadores.
  • No caso de tecidos delicados, opte por detergentes neutros.
  • Detergente em excesso pode provocar nódoas na roupa.
  • Uma máquina muito cheia não vai lavar eficazmente.
  • A roupa de cor não deve ser estendida ao sol ou exposta a ventos muito fortes, devido ao possível desbotamento das cores.
  • Na hora da secagem, a roupa mais pesada deve ser dobrada para evitar deformações.
  • Se a roupa for seca num estendal dentro de casa, deve existir uma corrente de ar.
  • As malhas devem ser secas sobre um toalha, pousada numa superfície plana, longe da luz solar directa e de aquecedores.
  • Vestuário que contenha forros ou entretelas deve ser sempre limpo a seco.
  • Não tente tratar de nódoas difíceis, leve a peça à lavandaria o mais depressa possível.
  • Na hora de engomar, deve começar por passar a ferro as peças que exigem uma temperatura mais baixa primeiro, aumentando gradualmente a temperatura. Se estiver constantemente a alterar a temperatura terá de esperar que o ferro aqueça ou arrefeça (gastando tempo e electricidade) e pode ainda enganar-se e danificar alguma peça de vestuário.
  • A engomagem é facilitada se a roupa estiver ligeiramente húmida.
  • Antes de guardar o ferro, ou seja antes que arrefeça, prepare-o para a próxima utilização, eliminando qualquer sujidade da sua base com recurso a um pano húmido.

Comentários (0)

Leia também...