17 curiosidades para conhecer melhor os seus seios | A Nossa Vida

17 curiosidades para conhecer melhor os seus seios

Independentemente do seu tamanho, formato ou tipo de sutiã mais apreciado, existem inúmeras curiosidades sobre os seios que vale a pena conhecer…e levar a peito!

1. Roupa interior semelhante ao sutiã já existe desde o século VII a.C., embora a produção em massa só tenha arrancado a partir da década de 1930.

2. Cada peito pesa, em média, 500 gramas e contém cerca de 4% a 5% da gordura total do corpo.

3. A copa B é o tamanho mais comum no mundo, a copa KK (cerca de 50 cm) é a maior do mundo!

4. Existe, na Universidade Politécnica de Hong Kong, o curso “Bra Studies” – o estudo no âmbito dos sutiãs inclui como desenhar e construir um bom sutiã.

5. Em momentos de stress e tensão, é habitual os seios descaírem.

6. À medida que envelhecemos, os tecidos conjuntivos existentes nos seios são substituídos por gordura e é por isso que o peito perde firmeza e começa a descair com a idade.

7. Cerca de 80% das mulheres usam o tamanho de sutiã errado. O que tem isso de mal? Várias coisas: para além de não favorecer os seios nem o decote, pode causar dores de costas, má digestão e até dores de cabeça.

8. Devido aos químicos existentes nos cigarros (que enfraquecem a elasticina do corpo), as fumadoras têm maiores probabilidades de ter seios descaídos do que as não fumadoras.

9. A maioria das mulheres tem um peito maior do que o outro e, curiosamente, é quase sempre o esquerdo.

10. Quando praticam exercício físico, as mulheres devem usar sempre um sutiã desportivo apropriado, uma vez que os movimentos bruscos durante este tipo de atividades podem esticar os ligamentos de suporte e contribuir para seios descaídos se estes não estiverem devidamente apoiados.

11. Tal como o pénis, também os seios avolumam quando sexualmente excitados. Sabia que cerca de 1% das mulheres consegue ter um orgasmo exclusivamente com a estimulação do peito?

12. As hormonas libertadas durante a gravidez podem escurecer os mamilos, mas esta cor acaba por esmorecer com o tempo.

13. O formato/tamanho dos seios tanto pode ser geneticamente herdado do lado materno, como do lado paterno.

14. Algumas mulheres têm um mamilo maior do que o outro e isso é perfeitamente normal!

15. O exercício físico pode ajudar a tonificar os seios – nomeadamente trabalho com pesos – mas não pode travar a idade, o envelhecimento, nem a força da gravidade…

15. Os seios de uma mulher são mais simétricos entre os dias 14 e 16 do ciclo menstrual e isso está diretamente relacionado com a libertação de hormonas que ocorre durante a ovulação.

16. O cancro da mama é o segundo tipo de cancro mais frequente no mundo e o mais comum nas mulheres, porém, as taxas de sobrevivência estão cada vez mais elevadas: 2 em cada 3 mulheres com cancro da mama já vivem mais de 20 anos após o diagnóstico.

Comentários (0)

Leia também...