Vida sexual inexistente | A Nossa Vida

Vida sexual inexistente

Retrato de Eu Sei La
30.06.2012 | 19:41
Eu Sei La:
Membro desde: 30.06.2012

Vou resumir a minha história.

Namoro com um rapaz há pouco mais de um ano, por consequencia das circunstancias fomos viver juntos muito cedo, paassados 5 meses. Estamos na casa dos 30.

O sexo nunca foi o nosso forte, mas era bom! Eu tinha orgasmos, até orgasmos multiplos.
Até que ele começou a ter problemas em manter a erecçao. Tantas vezes isso aconteceu que eu fiquei traumatizada e minha libido foi-se, desapareceu.

A atitude dele não foi a que eu esperava, com um problema desses ele devia ter logo procurado um médico, nao o fez, dizia que funcionava mas que ele próprio já estava com medo e que tinha de ultrapassar o medo na cabeça dele.

Não tentamos sequer fazer sexo desde Novemnbro, sim leram bem. Não me apetece, tenho medo de passar pelo mesmo. Como ele sabe que já desabafei este assunto com uma amiga e desde uma grande discussão que tivemos que tem estado a pressionar-me diariamente para voltarmos a tentar. Mas agora sou eu que nao tenho vontade.

O facto de nao ser circuncidado acho que também contribuiu para esta situação toda, eu nao aprecio, na hora do sexo oral (editei).

O que fazer? Terminar a relaçao?
Acham possivel que isto volte a dar certo? Se o amo? Não sei, acho que não, acho que isto acabou com o meu amor. Mas gosto muito dele.. e queria muito que a nossa relação desse certo e o que sexo e o amor voltassem de maos dadas.

Não sei se lute, se desista, se lutar tenho que arranjar maneira de pelo menos voltarmos a estar juntos? O que posso fazer para me apetecer de novo fazer/tentar sexo com ele?

Sei que não é o fim do mundo, mas os meus dias não estão a ser nada fáceis.

Ajudem-me se conseguirem, por favor.


Retrato de Marta Susana
Sáb, 30/06/2012 - 20:31
Marta Susana:
Membro desde: 17.08.2009

Ola!

Bem , não deve ser uma situação nada facil, mas acho que deves tentar dar-lhe uma segunda oportunidade.

Concordo contigo quando dizes que ele deveria ter procurado um medico, mas já que ainda não o fez,. e neste momento está a tentar voltar a fazer sexo contigo, acho que deverias dar uma oportunidade!

Acima de tudo devem ter uma longa conversa, ver o que o preocupa, e tu tambem dizeres os teus medos e angustias. O dialogo é a base de uma relação, e vais ver que assim tudo se vai resolver da melhor forma.

Retrato de Sofia FCosta
Sáb, 30/06/2012 - 20:34
Sofia FCosta:
Membro desde: 16.09.2009

Bom... Creio que o assumir que algo de errado se passa, no que toca à erecção deva ser um assunto bastante delicado para os homens. Daí, possivelmente, ele não ter procurado ajuda médica.

Neste momento, importa saber a que se deve essa tua falta de desejo, para que a possas colmatar, em conjunto com o teu companheiro.

Se um amor termina por causa da falta de sexo, às tantas nem amor chegou a ser.

Já conversaram sobre a tua falta de libido? Como pensam, ambos, ultrapassar essa situação? Parece-me que deve ser feita a dois, essa procura, seja de que forma for.

Que tudo se resolva pelo melhor para os dois, ficando juntos ou separados. Hug

Retrato de Eu Sei La
Sáb, 30/06/2012 - 20:56
Eu Sei La:
Membro desde: 30.06.2012

Desculpem a minha linguagem, mas sentir uma coisa a ficar mole dentro de nós é uma bofetada daquelas. E levei muitas.

Sonho muitas vezes com isso, com irmos tentar e não funcionar, outras funciona. Quando nao funciona bato-lhe no fim e acabou tudo... é horrivel Sad

NO fundo eu sei que se voltarmos a tentar e a coisa não der, eu vou ter de por fim a esta relação. Quero uma relação saudavel, quero uma vida sexual activa, nao quero sentir o que sinto.

Acho que nao estou a ser egoista.

Mas tenho esperanças que ainda resulte, que tudo corra bem se voltarmos a tentar e tudo volte. Mas preciso de me deixar levar e não estou a conseguir.

Já falámos de tudo, ele assume a culpa dele e eu a minha. Eu digo-lhe de caras que nao me apetece, ele no dia seguinte volta a tentar e andamos nisto.
Estamos a pensar ir de ferias e secretamente sei que vão ser umas férias decisivas.

Retrato de Loira
Sáb, 30/06/2012 - 21:35
Loira:
Membro desde: 31.01.2008
Eu Sei La wrote:

Desculpem a minha linguagem, mas sentir uma coisa a ficar mole dentro de nós é uma bofetada daquelas. E levei muitas.

Sonho muitas vezes com isso, com irmos tentar e não funcionar, outras funciona. Quando nao funciona bato-lhe no fim e acabou tudo... é horrivel

NO fundo eu sei que se voltarmos a tentar e a coisa não der, eu vou ter de por fim a esta relação. Quero uma relação saudavel, quero uma vida sexual activa, nao quero sentir o que sinto.

Acho que nao estou a ser egoista.

Mas tenho esperanças que ainda resulte, que tudo corra bem se voltarmos a tentar e tudo volte. Mas preciso de me deixar levar e não estou a conseguir.

Já falámos de tudo, ele assume a culpa dele e eu a minha. Eu digo-lhe de caras que nao me apetece, ele no dia seguinte volta a tentar e andamos nisto.
Estamos a pensar ir de ferias e secretamente sei que vão ser umas férias decisivas.

Mas pelos vistos insistes para que nada mude!
Se ele quer tentar, pq não colaboras?

Acho que nesse campo estás apenas a olhar para o teu umbigo sem te preocupares minimamente com o que ele quer e/ou pensa!

Se ele está a esforçar-se para tentar, epah desculpa lá...

Gosto de ti|@

Retrato de Eu Sei La
Sáb, 30/06/2012 - 21:43
Eu Sei La:
Membro desde: 30.06.2012
Loira wrote:
Eu Sei La wrote:

Desculpem a minha linguagem, mas sentir uma coisa a ficar mole dentro de nós é uma bofetada daquelas. E levei muitas.

Sonho muitas vezes com isso, com irmos tentar e não funcionar, outras funciona. Quando nao funciona bato-lhe no fim e acabou tudo... é horrivel Sad

NO fundo eu sei que se voltarmos a tentar e a coisa não der, eu vou ter de por fim a esta relação. Quero uma relação saudavel, quero uma vida sexual activa, nao quero sentir o que sinto.

Acho que nao estou a ser egoista.

Mas tenho esperanças que ainda resulte, que tudo corra bem se voltarmos a tentar e tudo volte. Mas preciso de me deixar levar e não estou a conseguir.

Já falámos de tudo, ele assume a culpa dele e eu a minha. Eu digo-lhe de caras que nao me apetece, ele no dia seguinte volta a tentar e andamos nisto.
Estamos a pensar ir de ferias e secretamente sei que vão ser umas férias decisivas.

Mas pelos vistos insistes para que nada mude!
Se ele quer tentar, pq não colaboras?

Acho que nesse campo estás apenas a olhar para o teu umbigo sem te preocupares minimamente com o que ele quer e/ou pensa!

Se ele está a esforçar-se para tentar, epah desculpa lá...

Ainda bem que nunca passaste pelo mesmo... há uns tempos atrás eu daria essa resposta.

Se soubesses o quanto eu quero deseja-lo...

Dificilmente alguém que não passou por isto (ainda bem) me poderá aconselhar/ajudar, agradeço mesmo assim todas as respostas.

Retrato de Mudar de vida
Sáb, 30/06/2012 - 22:12
Mudar de vida:
Membro desde: 11.07.2011

Como se diz na giria para as mulheres quanto menos sexo têm menos querem ter e ainda mais dificil depois de tudo o que já passaram "os dois", mas acho que antes de tomares uma atitude devias experimentar dar uma ultima oprtunidade, vai custar muito porque não é como antes mas façam as coisas de maneira diferente, algo mais romantico mais intimo para não ser "vamos ali e pimba" façam algo bem diferente que valha a pena experimentar e depois se sentires que não aguentas ou que ele não quer procurar uma solução ai tomas a atitude que achas mais correta, mas não desistas antes de tentar uma ultima vez Boa sorte

A minha vida dáva um filme!

Retrato de Konigvs
Sáb, 30/06/2012 - 22:19
Konigvs:
Membro desde: 21.10.2011

O amor é lindo, é na riqueza e na doença, blablabla na doença e saúde, mas é na ereção plena, porque se for na ereção mole acaba-se tudo!!

A disfunção erétil hoje em dia não é nenhum bicho de sete cabeças, e a primeira coisa a fazer era ele ter desde logo marcado uma consulta num urologista.

"O homem pode amar o seu semelhante até ao ponto de morrer por ele; mas não o ama tanto que trabalhe em seu favor."

Retrato de AL
Sáb, 30/06/2012 - 22:27
AL:
Membro desde: 12.02.2011
Eu Sei La wrote:

Vou resumir a minha história.

Namoro com um rapaz há pouco mais de um ano, por consequencia das circunstancias fomos viver juntos muito cedo, paassados 5 meses. Estamos na casa dos 30.

O sexo nunca foi o nosso forte, mas era bom! Eu tinha orgasmos, até orgasmos multiplos.
Até que ele começou a ter problemas em manter a erecçao. Tantas vezes isso aconteceu que eu fiquei traumatizada e minha libido foi-se, desapareceu.

A atitude dele não foi a que eu esperava, com um problema desses ele devia ter logo procurado um médico, nao o fez, dizia que funcionava mas que ele próprio já estava com medo e que tinha de ultrapassar o medo na cabeça dele.

Não tentamos sequer fazer sexo desde Novemnbro, sim leram bem. Não me apetece, tenho medo de passar pelo mesmo. Como ele sabe que já desabafei este assunto com uma amiga e desde uma grande discussão que tivemos que tem estado a pressionar-me diariamente para voltarmos a tentar. Mas agora sou eu que nao tenho vontade.

O facto de nao ser circuncidadoc acho que também contribuiu para esta situação toda, eu nao aprecio.

O que fazer? Terminar a relaçao?
Acham possivel que isto volte a dar certo? Se o amo? Não sei, acho que não, acho que isto acabou com o meu amor. Mas gosto muito dele.. e queria muito que a nossa relação desse certo e o que sexo e o amor voltassem de maos dadas.

Não sei se lute, se desista, se lutar tenho que arranjar maneira de pelo menos voltarmos a estar juntos? O que posso fazer para me apetecer de novo fazer/tentar sexo com ele?

Sei que não é o fim do mundo, mas os meus dias não estão a ser nada fáceis.

Ajudem-me se conseguirem, por favor.

Ajuda-o. Fala com ele! Explica o que sentes e que gostavas que ele fosse a uma consulta...

Desculpa a sinceridade... Mas a tua atitude perante isto não é, no meu ponto de vista, não é das melhores! Ele tenta e tu não queres... Mas ao mesmo tempo queres que as coisas se resolvam... Ora bolas, assim fica difícil. E ao mesmo tempo não sabes se ainda o amas. Pior! Não sei sinceramente o que é que te devemos dizer. Isso só tu sabes.

Foste a melhor coisa que me aconteceu na vida. Amo-te para sempre! :x

Madrinha: MeVi
Afilhada: Mari Fernandes

Retrato de Eu Sei La
Sáb, 30/06/2012 - 22:50
Eu Sei La:
Membro desde: 30.06.2012

Levei-o a um homeopata bastante experiente, mais para ele desabafar com um homem...

Deixei arrastar tempo demais, agora o problema ganhou outras dimensões.

Ainda que nao tenha um final feliz, fica o meu conselho a todos, nao deixem arrastar estas situações, nem uma semana que seja.

Retrato de Konigvs
Sáb, 30/06/2012 - 23:07
Konigvs:
Membro desde: 21.10.2011
Eu Sei La wrote:

Ainda que nao tenha um final feliz, fica o meu conselho a todos, nao deixem arrastar estas situações, nem uma semana que seja.

Não exageres também. O homem não é uma máquina sexual que tem de estar sempre pronto, com uma ereção descomunal e dar três ou quatro seguidas. O homem também tem os seus picos, assim como vc's mulheres também andam a trepar paredes quando têm o período.
O homem pode ter períodos sem tanta rigidez na ereção, há muitos fatores, o problema é que, tendo uma pequena falha, a parte psicológica vai fazer muito ao caso e ele vai ter medo de falhar novamente e se se deixa levar por isto, entra numa espiral.

Observando que não é só uma fase momentânea, aí sim deve procurar um urulogista e expor o problema para ele diagnosticar o problema e passar um tratamento. E logicamente que tu como companheira tens um papel muito importante.

"O homem pode amar o seu semelhante até ao ponto de morrer por ele; mas não o ama tanto que trabalhe em seu favor."