Triste e farta do meu gato | A Nossa Vida

Triste e farta do meu gato

Retrato de aravia
02.04.2016 | 09:24
aravia:
Membro desde: 11.08.2012

Olá! Eu sei que me vão apontar o dedo, dizer que devia ter pensado antes de adoptar e que os animais são mesmo assim, etc, etc.
E aviso também que não vou abandonar nenhum animal, pois por muito mau feitio que o bicho tenha o meu não o ultrapassa.
O tópico foi criado com a intenção de me ajudarem a lidar com a situação e para desabafo.

Então... há 1 ano adoptei um gatinho, tinha sido abandonado na rua, estava magro e doente e decidi fazer um esforço de lhe dar uma boa oportunidade. Usei as poupanças para lhe dar tudo o que era necessário. Chegou a uma altura em que decidi emigrar e levei-o comigo.

O gatinho foi crescendo e se tornando péssimo. Já tive gatos antes e nunca me fizeram isto.
Não se trata do sofá novo que ele estragou com as unhas (apesar de eu ter comprado um arranhador que ele não gosta), nem do facto de ele ter arranhado o chão todo de madeira pois vai a correr e trava com as unhas (mesmo após apara-las com frequência). Não se trata do dinheiro que gastei com ele para a viagem, cuidados veterinários, comida boa, esterilização... pois isso tudo admiti quando o adoptei. Trata-se de um gato que atira para o chão copos, pratos, mesmo quando me levanto e vou buscar qualquer coisa para a refeição. Que é capaz de me roubar a comida que tenho no prato apesar de já ter comido a dele, mesmo comigo a ensina-lo desde sempre a não subir para as mesas nem a comer da nossa comida. Come inclusive as minhas roupas de lã e até sintéticas (casacos, pullovers, lenços, cachecóis, calças, meias... enfim um guarda-fato inteiro). Trata-se de um gato que atira ao chão todas as esferográficas, telemóvel, ou seja, tudo o que há em cima da minha secretária e esconde debaixo de moveis (dificeis de mover).
Atira com toda a roupa do estendal para o chão. O estendal só pode ficar dentro de casa, pelo que muitas vezes ponho peças mais sensíveis a enxaguar num recipiente com água e o único sitio onde posso por ele alcança e atira (até parece propositado) com as roupas que estão secas do estendal para dentro do recipiente com água pelo que ando sempre com montanhas de roupa para voltar a lavar.
Sobe os móveis da cozinha e deita ao chão os guardanapos (já comprei vários tipos de porta-guardanapos diferentes) e depois rasga-os todos o que além da despesa é complicado de limpar quando se tem pressa para ir trabalhar (e só já não faz isso com papel higiénico porque fecho sempre a porta do WC, mas a da cozinha não posso pois não há porta e é la que tem a areia).
Mia infinitamente quando chego, quando saio, de manhã, mesmo que o ignore, tendo comida, água, tudo!
Em termos de brinquedos, não lhe falta nada pois no desespero pensando que era falta de atenção comprei vários tipos diferentes e fui dando a cada semana um brinquedo novo (de que se farta ou estraga muito rapidamente).

Enfim, nunca pensei que o animal de estimação que inicialmente considerava retirar o stress, juntasse mais stress à minha vida.
Acordo com receio de ver o que pode ter acontecido na casa e chego com o mesmo receio. Passo a vida a limpar a casa e gastar rios de dinheiro com os pequenos desastres que somam todos os dias.

E isto diariamente torna-se demasiado cansativo. Acordo e já fico preocupada a pensar que terá ele estragado hoje, pois todos os dias há 1 ou várias surpresas.

Nunca pensei que tivesse esta sorte com o gato! Pois os outros que tive eram muito calmos, dormiam o tempo todo e raramente faziam disparates.


Retrato de phiona
Sáb, 02/04/2016 - 12:44
phiona:
Membro desde: 21.04.2008

olá,
já falaste disso a um veterinário?

esses comportamentos sao todos normais num gato, mas no teu caso parece-me exagerado e pode ser um problema de stress do proprio gato! parece que quer chamar a atençao à força!!

põe a questao a um especialista... concerteza poder-te-à ajudar!

phiona

Retrato de Mily
Sáb, 02/04/2016 - 16:00
Mily:
Membro desde: 22.08.2008

Ola Smile

Eu concordo com a Phiona, falar com o veterinário Wink Já ponderaste arranjar-lhe uma companhia para ele brincar? Poderia ajudar se passa muito tempo sozinho Wink

Afilhada da Rainha Sparkly!

Retrato de omanu
Sáb, 02/04/2016 - 22:04
omanu:
Membro desde: 06.04.2013

Concordo com o que foi dito, há calmantes próprios para gatos, também pode passar-lhe com companhia felina. Fale com o veterinário! Com a idade também tendem a ficar mais calmos

Retrato de Lonri
Sáb, 02/04/2016 - 23:57
Lonri:
Membro desde: 23.03.2016

Olá, li a tua mensagem e lamento imenso pela tua má sorte. Sou dona de uma gata à quase 9 anos e ela e caminha, lá faz as suas asneiras mas de forma geral comporta-se.

No entanto, à uns anos a minha avó teve um gato mesmo bera, ele atacava todos os animais e até à nós, mesmo quando fazíamos festinhas! A minha família achava que era feitio do gato mas eu, que sempre adorei gatos, não acreditava e uma vez fiz-lhe uma festa e reparei que espumou levemente da boca. Não chegámos a ir a um veterinário pois o gato entretanto desapareceu (para felicidade da minha família) mas tenho quase a certeza que tinha raiva.

É normal um gato fazer asneiras mas o teu é mesmo um exagero, custa-me dizer-te para gastares ainda mais dinheiro com ele mas não consigo pensar noutra coisa que não levá-lo a um veterinário. Tenta pesquisar online sobre gatos com comportamentos desse género, ver o que aparece para tentares ter maior noção, mas veterinário será o melhor.

Boa sorte aravia, espero mesmo que a situação do teu gato se resolva.

Retrato de aravia
Dom, 03/04/2016 - 10:56
aravia:
Membro desde: 11.08.2012

Olá!
Agradeço a todos o vosso tempo e comentários.
Acho que têm razão e a melhor opção será levar ao veterinário.
Muito obrigada

Retrato de phiona
Dom, 03/04/2016 - 16:11
phiona:
Membro desde: 21.04.2008

não leves o gato já ao vet.
passa numa clinica pessoalmente, ou telefona antes e tenta falar com o medico sem levar o gato - ele pode te dar dicas e sugestoes sem teres de pagar consulta. e se levares logo o gato, será observado e la vai mais dinheiro.
telefona ou passa numa clinica (ou várias) e expoe o problema. eles logo te orientam para a melhor solução. Wink

phiona

Retrato de Lonri
Dom, 03/04/2016 - 16:41
Lonri:
Membro desde: 23.03.2016
phiona wrote:

não leves o gato já ao vet.
passa numa clinica pessoalmente, ou telefona antes e tenta falar com o medico sem levar o gato - ele pode te dar dicas e sugestoes sem teres de pagar consulta. e se levares logo o gato, será observado e la vai mais dinheiro.
telefona ou passa numa clinica (ou várias) e expoe o problema. eles logo te orientam para a melhor solução. ;)

Boa ideia phiona!

Retrato de aravia
Seg, 04/04/2016 - 13:42
aravia:
Membro desde: 11.08.2012

Phiona, obrigada por me teres alertado quanto a isso.
Eu pensei logo em levar pois como emigrei a clinica mudou. Ou seja, onde ele era seguido ja nao é o mesmo sitio, pelo que não sei se vão ser prestáveis sem nunca lá ter ido.

Retrato de Unperfect
Seg, 11/04/2016 - 20:17
Unperfect:
Membro desde: 02.11.2015

Ola Smile
A tua historia fez me lembrar um pouco a minha, eu tinha a minha gata com 1 ano e tive a brilhante ideia de lhe arranjar companhia pois ela passava os dias sozinha em casa . Ela é uma santidade de gata, super calma meiga não estraga nada, um anjinho. O gato que eu arranjei vinha da rua tinha 1 mês, muito mal tratado, cuidei dele e ele foi crescendo. Ele desde pequenino era muito mexido eu pensei que era normal pois era bebe. Com o passar do tempo apercebi que não, ele corria pela casa inteira, é bruto com a outra gatinha, super teimoso, miava dia e noite, quando ia para dar festinhas arranhava ou mordia, não deixava nem dar banho nem cortar as unhas, virava um bicho do mato completamente. Andava sempre super arranhada, pois sou muito teimosa, ou e' como eu quero ou não é,mal ou bem lá o castigava (fechado na varanda) ... Levei ao veterinário muitas vezes e dai descobri que o meu gato e' hiper-activo...
Muitas vezes me perguntei o porque de o ter trazido para casa...
Com muita paciência, amor acima de tudo...eu fui moldando-o e ele a mim...hoje ele continua hiper-activo que não spray que resulte, mas já o conheço melhor, agora só mia quando quer ir para o colo (totalmente como as crianças)e faz isso todas as manhas quando acordo...se não o pegar ao colo 10 min ele não me deixa em paz...é complicado? é...e' igual a ter uma criança...gatos sao como as pessoas, todos diferentes e todos precisam de atenção e cuidados diferentes, a minha gatinha e' super independente...agora o peste quer atenção pelos 2...
E' questão de entender o seu gato melhor, fale com o veterinário como ja lhe aconselharam, pode demorar mas vai ver que no final vai compensar...já salvou o seu gatinho da rua, cuidou dele, tenho a certeza que mal ou bem criou laços com ele...não desista Gato

Retrato de koalla
Ter, 12/04/2016 - 22:09
koalla:
Membro desde: 28.03.2015

O meu também tem a caixa cheia de areia e acredita ele faz me sempre as necessidades ao lado da caixa e nao dentro da caixa .. fico passada -.-'