Trabalhador independente

3 respostas [Última]
001LuisAze
Retrato de 001LuisAze
Offline
Desde: 12.06.2017

Boa Tarde, ando a considerar iniciar um trabalho por conta própria de prestação de serviços
A informação especifica sobre vários pontos é um pouco precária e também explicada sempre de uma forma um pouco complexa, pelo que peço perdão se algumas das minhas dúvidas não fizerem muito sentido
1º Soube que como trabalhador independente, existe uma taxa fixa mensal, é verdade, de quanto se trata?
2º Entendo que para iniciar actividade, tenho de me deslocar ás finanças ou faze-lo pela plataforma das finanças online, isto é verdade? tem de se pagar alguma coisa?
3º Ouvi falar em isenção no primeiro ano, sendo que estou desempregado. Novamente questiono, é verdade?
4º Para além da taxa fixa mensal, tenho de pagar também algum valor anual referente ao dinheiro que receber? como se calcula este valor? Entendo que seja mediante o valor facturado, mas onde posso encontrar algum formula para isto?
5º Com que periodicidade devo apresentar os recibos nas finanças? se preencher estes na plataforma online, tenho de apresentar alguma coisa pessoalmente ou por carta nas finanças?

6º Se começar a oferecer os meus serviços por meios publicitários sem abrir colecta nas finanças (ainda que não exerça os serviços concretamente) corro algum risco de coima? até que valores poderá ir esta coima?

Muito Obrigado pelo tempo despendido.

Mia.
Retrato de Mia.
Offline
Desde: 12.09.2013
Ajuda

Questões muito pertinentes! Sorriso

001LuisAze escreveu:
1º Soube que como trabalhador independente, existe uma taxa fixa mensal, é verdade, de quanto se trata?

Um trabalhador independente nunca é isento de IRS, pelo que o valor é de 25% sobre o total facturado (depende aqui da actividade, este é o valor máximo e o normal também). Esta retenção é opcional caso não cobre IVA (valor previsto anual inferior a 10 mil euros por ano, por 12 meses de actividade aberta, ou cerca de 830€/mês, para poder ter esta isenção de IVA). No entanto, mesmo que opte por não reter IRS, poderá ter de pagar na altura de fazer o IRS.

001LuisAze escreveu:
2º Entendo que para iniciar actividade, tenho de me deslocar ás finanças ou faze-lo pela plataforma das finanças online, isto é verdade? tem de se pagar alguma coisa?

Pode fazer online, e sendo online ou presencial não se paga nada.

001LuisAze escreveu:
3º Ouvi falar em isenção no primeiro ano, sendo que estou desempregado. Novamente questiono, é verdade?

No 1.º ano que se trabalha a recibos verdes tem-se isenção de Segurança Social. A partir do 1.º ano, pode continuar a isenção (depende do valor ganho) ou começar a pagar mensalmente contribuição com base no IRS do ano anterior.

001LuisAze escreveu:
4º Para além da taxa fixa mensal, tenho de pagar também algum valor anual referente ao dinheiro que receber? como se calcula este valor? Entendo que seja mediante o valor facturado, mas onde posso encontrar algum formula para isto?

O IRS é de 25%, a SS é tabelada pelos valores ganhos. Está no guia dos trabalhadores independentes da segurança social (que neste momento não estou a conseguir aceder). Os valores começam no 62 euros e vão até algumas centenas. Além disto, se o valor anual ultrapassar os tal 10 mil euros, terá de começar a cobrar IVA nos seus serviços e a pagá-lo ao Estado (23%).

001LuisAze escreveu:
5º Com que periodicidade devo apresentar os recibos nas finanças? se preencher estes na plataforma online, tenho de apresentar alguma coisa pessoalmente ou por carta nas finanças?


De cada vez que prestar um serviço, passará uma factura/recibo ao seu cliente, que preencherá no site das Finanças. Não tem de apresentar nada: nem online, nem por carta, nem pessoalmente.

001LuisAze escreveu:
6º Se começar a oferecer os meus serviços por meios publicitários sem abrir colecta nas finanças (ainda que não exerça os serviços concretamente) corro algum risco de coima? até que valores poderá ir esta coima?

Não, porque não está a exercer o serviço, apenas a publicitá-lo.

Aproveito também a ocasião para o alertar para a obrigatoriedade de ter um seguro de acidentes de trabalho.
Espero ter ajudado. Sorriso

001LuisAze
Retrato de 001LuisAze
Offline
Desde: 12.06.2017
Boa tarde Mia, Ajudaste mesmo

Boa tarde Mia, Ajudaste mesmo imenso, nem tens ideia, é a segunda vez que esta plataforma me simplifica a vida Sorriso muito muito muito obrigado.

Então se eu entendi direito:
1- Abro actividade (Entendo aqui, que ao abrir devo ter de escolher a modalidade de retenção do IRS)

2- Assim que fizer um serviço registro o recibo verde online

3- no final do mês pago 25% de tudo facturado ás finanças (IRS) (mesmo que só tenha facturado digamos, 100 eur, pago 25 eur?)

4- No final do 1º ano não pago nada á SS, mas no 2º tenho de pagar um valor que depende desta tabela que não conseguiste aceder?

PS: já agora, em volta de que valores anda este seguro de trabalho?

Novamente agradecimentos Mia Sorriso

Mia.
Retrato de Mia.
Offline
Desde: 12.09.2013
Tenta-se

Tenta-se ajudar quando se pode! Sorriso

001LuisAze escreveu:
1- Abro actividade (Entendo aqui, que ao abrir devo ter de escolher a modalidade de retenção do IRS)

Não tens de optar por nenhuma modalidade. Sorriso Ao passares o recibo é que escolhes fazer com ou sem retenção. Até podes fazer uns com retenção e outros sem.

001LuisAze escreveu:
2- Assim que fizer um serviço registro o recibo verde online

Sim: idealmente passas factura e quando te pagarem passas o recibo. No entanto há muitas empresas que pedem logo a factura-recibo (mas cuidado, porque o recibo é prova de pagamento...)

001LuisAze escreveu:
3- no final do mês pago 25% de tudo facturado ás finanças (IRS) (mesmo que só tenha facturado digamos, 100 eur, pago 25 eur?)

Não: a entidade a quem tu passas o recibo é que faz esse pagamento ao Estado. Imagina que passas uma factura de 100 euros, na realidade só recebes 75 porque os outros 25 ficam logo do lado de lá. Se passares a um cliente particular, sem contabilidade organizada, não podes fazer retenção e fazem-te depois o ajuste na altura do IRS. E sim, é sempre 25%, quer ganhes 100 ou 10000.

001LuisAze escreveu:
4- No final do 1º ano não pago nada á SS, mas no 2º tenho de pagar um valor que depende desta tabela que não conseguiste aceder?

Sim. Até pode acontecer teres isenção novamente (se receberes um valor inferior a 6xIAS, que é à volta de 2500€/ano), mas depois os valores começam nos 62 euros, 124 e por aí fora.

001LuisAze escreveu:
PS: já agora, em volta de que valores anda este seguro de trabalho?

Depende da actividade profissional, do grau de risco da mesma e de quanto disseres que vais ganhar na simulação, sendo que o valor mínimo é o ordenado mínimo. Os valores mais baixos de seguros tenho ideia de andarem à volta dos 80 euros.

Opções de visualização dos comentários

As alterações efectuadas serão aplicadas a todos os tópicos.

Tópicos relacionados

Olá ,Bom Dia É para apresentar a seguinte situação: Já fui trabalhador independente no ano de 2007 (pelo tempo de 2 meses,após os quais cessei...
Boa noite. Se tiver um emprego onde faça êxitos e queira vender roupa por exemplo tenho que abrir actividADE na mesma?
Alguma menina contbilista ou q ja o tenha feito ou saiba como se faz? Tenho andado a pesquisar e todos me dizem para esclarecer me ca fora pq nas...
Bom dia, sou novo nestas andanças e tenho uma duvida que ainda não consegui esclarecer. Criei uma pequena loja online, gratuita com produtos (até 50...
Olá! Alguém me pode indicar os passos para eu chegar até ao preenchimento do pagamento do IVA dos recibos verdes às finanças? É a primeira vez que o...
...