qual a possibilidade de conseguir comprar casa? | Page 2 | A Nossa Vida
73 entradas / 0 new
Última entrada
Retrato de sofiayks
Sex, 13/04/2012 - 14:16
sofiayks:
Membro desde: 02.09.2010

pois eu ainda nao falei com a minha avo,vou falar com ela na 2ªfeira a ver se ela pode ou nao,se ja nao for fiadora de ninguem duvido que nao me queira ajudar.

Retrato de thaisa 2011
Sex, 13/04/2012 - 14:47
thaisa 2011:
Membro desde: 16.02.2011

Precisa primeiro de se informar junto de varios bancos. As condições de financiamento actualmente são miseraveis (para não dizer que os bancos não emprestam, quase deixaram de fazer credito habitação), e dificilmente se "qualifica" para um emprestimo, ainda por cima com um dos proponentes desempregado. Para alem da prestação uma casa tem outros custos associados, seguros (de vida, multiriscos), condominio, reparações etc. Os bancos praticam spreads proibitivos, basta tentar fazer uma simulação no site da Deco http://www.deco.proteste.pt/credito-a-habitacao-qual-o-melhor-banco-resu...
Hoje em dia uma renda sai muito mais barato que uma prestação. É verdade, pagamos algo que não e nosso, mas a liberdade não tem preço. Vivi numa casa alugada 5 anos, e acabei por comprar dado trabalhar, ter um emprego estavel, ter algum de lado, poder recorrer a familia em caso de alguma emergencia, e sem filhos, mas não considero que seja melhor negocio. A renda era x, não gastava mais nada na casa (nem seguro, nem condominio, nem reparações, nada). Agora é prestação+seguros do credito+condominio+coisas na casa e por ai fora.
Antes de comprar informe-se, saiba quais são os valores que irá pagar de escritura, de impostos, de seguro etc etc. E pense sempre num imprevisto, infelizmente acontecem.

Retrato de Sofia1984
Sex, 13/04/2012 - 14:50
Sofia1984:
Membro desde: 28.05.2010
AID wrote:
sofiayks wrote:

as rendas de uma casa alugada sao muito mais altas do que o que pagamos por uma casa comprada,pelo menos quando andavamos a ver compensava e muito. era so para nao deixar a casa fugir,quando eu arranjasse trabalho iamos viver para la

Não é bem assim!
Não acredito que se fores fazer uma simulação ao banco hoje fiques a pagar 200 e poucos euros por mês por uma casa de 85000€
E além disso tens de pensar nas taxas de juro que são variáveis, podem optar por taxa fixa mas ficam a pagar muito mais, que hoje estão baixas, mas já estiveram altas, muito altas, e nunca se sabe se voltam para esses valores ou não!
Olha que já estive a pagar mais 400€ por mês de empréstimo, por causa das taxas de juro! É quase um ordenado mínimo!!!

e não acreditas muito bem! lol
as pessoas esquecem-se do que é que significa spread, ou euribor. A euribor baixou, o spread subiu!
Para 30 mil euros, eu e o meu namorado íamos ficar a pagar cerca de 200euros, em 30 anos. Ou seja, 85 mil euros fica praí nos 400 se for para 40 anos ou 45...
Rendas são mais caras? acredito...se os bancos não emprestam dinheiro, os senhorios aproveitam-se...de qualquer forma há sempre casas mais baratas que outras, é preciso procurar e estar disposto a viver numa casa que não é bem aquilo que nós sonhamos.
De qualquer das formas uma casa comprada só é nossa no fim de a pagarmos.
Quem é que fica numa casa os 45 anos? "Ah, e tal...vende-se...!" e eu pergunto..."a quem?" "em quanto tempo?" "por que valor?"

Pessoal, comprar casa devia estar fora de hipótese para qualquer um que ganhe um salário "normal" ou qualquer um que não consiga juntar dinheiro neste momento ou qualquer um que precise de fiador para que lhe seja aprovado o crédito ou qualquer um que dependa do companheiro para pagar essa prestação.Sobretudo nesta situação.
Até me dá vontade de rir quando vejo estas dúvidas, e dá-me pena ver pessoas com esta mentalidade há 5/6 anos entregarem, agora, as "suas" casas ao banco por incumprimento.

Vivam de renda, escolham uma coisa à medida. Não pagam obras, nem seguros, nem nada disso.Não pagam escrituras, nem impostos de nenhuma natureza. Se não conseguem juntar dinheiro a viver de aluguer, muito menos a comprar casa que é sempre a desembolsar.

Sofia, desculpa lá a rudeza... mas lê mais antes de pensares num empréstimo bancário. Lê a desgraça que por aí vai, e toma real consciência daquilo em que o pessoal tá metido.

"A meta de uma discussão ou debate não deveria ser a vitória, mas o progresso."
( Joseph Joubert )

Madrinha da TCosta, da florzinha C.A.S.C.S. e da espevitada RuteCris
Afilhada da Joanasantosblue

Retrato de simplesmentemaria
Sex, 13/04/2012 - 15:21
simplesmentemaria:
Membro desde: 31.01.2012
Sofia1984 wrote:

Até me dá vontade de rir quando vejo estas dúvidas, e dá-me pena ver pessoas com esta mentalidade há 5/6 anos entregarem, agora, as "suas" casas ao banco por incumprimento.

Nem toda a gente está a entregar a casa ao banco e o dar-te vontade de rir é gozares com a vida e os sonhos dos outros.

O melhor conselho que podes dar à pessoa e sem ser rude é ela informar-se bem antes de avançar seja para o que for porque como já disse arrendar tammbém não é fácil, também precisas de um fiador, também precisas de dinheiro...

As pessoas resolvem muito bem os problemas alheios, o pior é quando são os delas...

Maria

Retrato de sofiayks
Sex, 13/04/2012 - 15:47
sofiayks:
Membro desde: 02.09.2010
simplesmentemaria wrote:
Sofia1984 wrote:

Até me dá vontade de rir quando vejo estas dúvidas, e dá-me pena ver pessoas com esta mentalidade há 5/6 anos entregarem, agora, as "suas" casas ao banco por incumprimento.

Nem toda a gente está a entregar a casa ao banco e o dar-te vontade de rir é gozares com a vida e os sonhos dos outros.

O melhor conselho que podes dar à pessoa e sem ser rude é ela informar-se bem antes de avançar seja para o que for porque como já disse arrendar tammbém não é fácil, também precisas de um fiador, também precisas de dinheiro...

As pessoas resolvem muito bem os problemas alheios, o pior é quando são os delas...

eu nem me dei ao trabalho de responder,se ela se sente feliz por viver em casas alugadas problema o dela,ha quem queira melhor,mas infelizmente esta dificil.

Retrato de Sofia1984
Sex, 13/04/2012 - 15:49
Sofia1984:
Membro desde: 28.05.2010
simplesmentemaria wrote:
Sofia1984 wrote:

Até me dá vontade de rir quando vejo estas dúvidas, e dá-me pena ver pessoas com esta mentalidade há 5/6 anos entregarem, agora, as "suas" casas ao banco por incumprimento.

Nem toda a gente está a entregar a casa ao banco e o dar-te vontade de rir é gozares com a vida e os sonhos dos outros.

O "rir" que me dá vontade não é por a pessoa querer ter alguma coisa na vida. É não saber olhar às circunstâncias. É, no fundo, querer, sem olhar a mais nada.
Foi este "querer" que desgraçou e continua a desgraçar muita gente.
Por muito que se queira uma omolete, não a podemos fazer sem os ovos.
Como se pode querer comprar uma casa, sem emprego? Como se pode querer meter uma pessoa "ao barulho", só para conseguir crédito, crédito esse que. nestas circunstâncias, daqui a uns tempos pode bem estar a ser "pago" por essa pessoa, sem culpa nenhuma da irresponsabilidade dos outros?

"A meta de uma discussão ou debate não deveria ser a vitória, mas o progresso."
( Joseph Joubert )

Madrinha da TCosta, da florzinha C.A.S.C.S. e da espevitada RuteCris
Afilhada da Joanasantosblue

Retrato de TâniaMiguel
Sex, 13/04/2012 - 15:52
TâniaMiguel:
Membro desde: 03.02.2011
simplesmentemaria wrote:
Sofia1984 wrote:

Até me dá vontade de rir quando vejo estas dúvidas, e dá-me pena ver pessoas com esta mentalidade há 5/6 anos entregarem, agora, as "suas" casas ao banco por incumprimento.

Nem toda a gente está a entregar a casa ao banco e o dar-te vontade de rir é gozares com a vida e os sonhos dos outros.

O melhor conselho que podes dar à pessoa e sem ser rude é ela informar-se bem antes de avançar seja para o que for porque como já disse arrendar tammbém não é fácil, também precisas de um fiador, também precisas de dinheiro...

As pessoas resolvem muito bem os problemas alheios, o pior é quando são os delas...

_______

Acho que não deves ir de cabeça, porque não estás numa situação 'boa'. Espera até arranjares trabalho e depois tenta colocar essa hipótese!!

Eu comprei casa, NÃO ME ARREPENDO NADA! Como a Maria disse, é NOSSO. Deixamos algo. Posso pintar, partir, riscar, PORQUE É MEU! Até entrar em incumprimento, aquilo é meu e ponto-final!!!

Não sou nada apologista de casa de arrendamento, mas não sou contra quem faz. Apenas acho 'burrice'. Andas 20 anos em casas de renda e afinal, mais um pouco, tinhas a tua casa paga, porque quem paga uma renda, paga um empréstimo!

Posso dizer que pago, de certeza absoluta, muito menos que muitas meninas pagam de renda.

São opções. Tal e qual como tudo na vida!

[Dizes tudo, quando não dizes nada]
._._._._._._._._._._._._._._._._._._.
|Afilhada da *Princesa C.A.S.C.S* |

Retrato de AID
Sex, 13/04/2012 - 15:55
AID:
Membro desde: 27.08.2008
Sofia1984 wrote:
simplesmentemaria wrote:
Sofia1984 wrote:

Até me dá vontade de rir quando vejo estas dúvidas, e dá-me pena ver pessoas com esta mentalidade há 5/6 anos entregarem, agora, as "suas" casas ao banco por incumprimento.

Nem toda a gente está a entregar a casa ao banco e o dar-te vontade de rir é gozares com a vida e os sonhos dos outros.

O "rir" que me dá vontade não é por a pessoa querer ter alguma coisa na vida. É não saber olhar às circunstâncias. É, no fundo, querer, sem olhar a mais nada.
Foi este "querer" que desgraçou e continua a desgraçar muita gente.
Por muito que se queira uma omolete, não a podemos fazer sem os ovos.
Como se pode querer comprar uma casa, sem emprego? Como se pode querer meter uma pessoa "ao barulho", só para conseguir crédito, crédito esse que. nestas circunstâncias, daqui a uns tempos pode bem estar a ser "pago" por essa pessoa, sem culpa nenhuma da irresponsabilidade dos outros?

Pois, porque depois se houver incumprimento por parte dos compradores quem se lixa são os fiadores, já vi muito boa gente meter-se em grandes problemas por serem fiadores!

Ana

Retrato de Sofia1984
Sex, 13/04/2012 - 15:59
Sofia1984:
Membro desde: 28.05.2010
sofiayks wrote:
simplesmentemaria wrote:
Sofia1984 wrote:

Até me dá vontade de rir quando vejo estas dúvidas, e dá-me pena ver pessoas com esta mentalidade há 5/6 anos entregarem, agora, as "suas" casas ao banco por incumprimento.

Nem toda a gente está a entregar a casa ao banco e o dar-te vontade de rir é gozares com a vida e os sonhos dos outros.

O melhor conselho que podes dar à pessoa e sem ser rude é ela informar-se bem antes de avançar seja para o que for porque como já disse arrendar tammbém não é fácil, também precisas de um fiador, também precisas de dinheiro...

As pessoas resolvem muito bem os problemas alheios, o pior é quando são os delas...

eu nem me dei ao trabalho de responder,se ela se sente feliz por viver em casas alugadas problema o dela,ha quem queira melhor,mas infelizmente esta dificil.

Deveria sentir-me mais feliz por dever dinheiro a uma instituição? Por neste momento estar a pagar juros ridículos? É esse o conceito que tens de felicidade? Então enterra-te à vontade!
O meu conceito de felicidade não é o de viver numa casa alugada...mas já agora acrescento que fico muito feliz por chegar ao fim do mês e pagar as minhas contas, mesmo com apenas um ordenado. E fico igualmente feliz por ter dois palmos de testa para nunca ponderar contrair um empréstimo habitação sem estar a trabalhar, no mínimo dos mínimos.

O problema de pessoas como tu e a Maria é que vêm nestes comentários alguém com inveja, ou sei lá o quê... desenganem-se.
Só me custa ver as pessoas a enterrarem-se sem olhar a meios (já agora, como os meus pais fizeram, comprando um casa que nem daqui a 500 anos estaria paga), e apelidarem isso de "sonho", quando pode bem ser um pesadelo.
Mas olha...boa sorte nisso, espero daqui a uns tempos não te ler por aqui a pedir soluções milagrosas para alguma coisa!
E desculpa lá qq coisa...

"A meta de uma discussão ou debate não deveria ser a vitória, mas o progresso."
( Joseph Joubert )

Madrinha da TCosta, da florzinha C.A.S.C.S. e da espevitada RuteCris
Afilhada da Joanasantosblue

Retrato de simplesmentemaria
Sex, 13/04/2012 - 16:02
simplesmentemaria:
Membro desde: 31.01.2012
Sofia1984 wrote:
simplesmentemaria wrote:
Sofia1984 wrote:

Até me dá vontade de rir quando vejo estas dúvidas, e dá-me pena ver pessoas com esta mentalidade há 5/6 anos entregarem, agora, as "suas" casas ao banco por incumprimento.

Nem toda a gente está a entregar a casa ao banco e o dar-te vontade de rir é gozares com a vida e os sonhos dos outros.

O "rir" que me dá vontade não é por a pessoa querer ter alguma coisa na vida. É não saber olhar às circunstâncias. É, no fundo, querer, sem olhar a mais nada.
Foi este "querer" que desgraçou e continua a desgraçar muita gente.
Por muito que se queira uma omolete, não a podemos fazer sem os ovos.
Como se pode querer comprar uma casa, sem emprego? Como se pode querer meter uma pessoa "ao barulho", só para conseguir crédito, crédito esse que. nestas circunstâncias, daqui a uns tempos pode bem estar a ser "pago" por essa pessoa, sem culpa nenhuma da irresponsabilidade dos outros?

Sofia,

Qunado comprei a minha primeira casa nos anos 90, os juros estavam a 15 ou 20%. Trabalhávamos os dois e mesmo assim precisei de fiador. Pagava mais de 600€ por 10.500€ de empréstimo quando nem isso recebia. Tive de esparar uma série de anos para me poder casar.

Não fiz nenhum incumprimento, ninguém me está a pagar a casa mas se ninguém me tivesse ajudado nessa altura, ainda agora estaria para ter casa.

Mas não me conformei, não baixei os braços, continuei a lutar como ainda luto todos os dias.

Vocês falam que o problema é agora, a crise é agora.

Quando eu tinha a vossa idade também havia desemprego, também só se arranjava com cunha, também os juros eram altissimos (muito mais do que agora). Um pacote de fraldas que agora custa 15€ e traz 100 fraldas custava esse preço e trazia 24.

Dificuldades toda a gente as tem. O problema é que a vossa geração foi mal educada por nós. Foi educada connosco a fazermos tudo por vocês e a darmos tudo aquilo que não tivemos na infância. Sim, a culpa é nossa em parte.

Não se queixem, abram os olhos para a vida e lutem!

Maria