PR Curto - Cardiologia

Retrato de VeraELuís
11.10.2011 | 13:44
VeraELuís:
Membro desde: 08.10.2010

Olá a todas.

Vou tentar resumir a minha história para perceberem o porquê da minha questão.
Então é assim.. Há quinze dias atrás tive que ir às urgências pois quando estava a trabalhar comecei a sentir uma forte dor no peito, fiquei nauseada, a tremer, a transpirar...
O médico mandou-me fazer análises, um Electrocardiograma e um exame aos pulmões.

Os resultados das análises estavam óptimos, nos pulmões estava tudo bem, mas no ECG indicou que tinha um PR curto. Fiquei muito aflita, mas o médico tranquilizou-me dizendo que não era nada grave e não tinha sido isto a causar a dor no peito mas sim um Ataque de Pánico. Deu-me todos os exames e análises que realizei para depois mostrar ao médico de família, mas mais uma vez frisou que não era nada preocupante, mas que era uma situação que não era para ignorar e que poderia ter que ser acompanhada um especialista.

Logo no dia seguinte fui ao médico expliquei a situação ao que ele me respondeu: "Um Pr Curto?? Isso também eu tenho..."

A minha questão é:

Haverá alguém por aqui que tenha também um PR Curto?

Será que não é mesmo nada para me preocupar?

Desde já o meu obrigado a quem responder..


Retrato de Corvaxv
Ter, 11/10/2011 - 15:47
Corvaxv:
Membro desde: 26.09.2009

Se andares sob stress, pressão ou algo do genero é normal.
No entanto é uma anomalia comum, grande maioria das pessoas tem, e poucas tem episodios de taquicardia.

www.cantinhodacorvaxv.com
cantinhodacorvaxv@gmail.com
91 595 08 31

Não perca as nossas 2 promoções!!!! Promoção de convites, e a Promoção de parceria, todas disponiveis em: www.cantinhodacorvaxv.com

Retrato de VeraELuís
Ter, 11/10/2011 - 16:05
VeraELuís:
Membro desde: 08.10.2010

Obrigada pela resposta.

Pois de facto ultimamente tem acontecido algumas coisas na minha vida que me têm deixado mais em stress, referi isso ao médico. Daí se calhar ele também dizer para não me preocupar e tentar manter a calma.

Mas não tenho conseguido controlar a ansiedade, aliás consigo, por tenho resistido à toma do ansiolitico, visto que estou a amamentar, recomendou-me tomar só em SOS.

Mas já marquei uma consulta com psiquiatra para me ajudar.

Mais uma vez obrigada pela resposta.

Retrato de Corvaxv
Ter, 11/10/2011 - 17:56
Corvaxv:
Membro desde: 26.09.2009

Entao esquece os problemas no coraçao pois são uma consequencia da tua ansiedade... só isso. Não te preocupes, pois entao nao tens nada...

www.cantinhodacorvaxv.com
cantinhodacorvaxv@gmail.com
91 595 08 31

Não perca as nossas 2 promoções!!!! Promoção de convites, e a Promoção de parceria, todas disponiveis em: www.cantinhodacorvaxv.com

Retrato de anaferreira1990
Ter, 11/10/2011 - 19:55
anaferreira1990:
Membro desde: 12.01.2011

Boa Noite Vera,

Eu já tive nessa situação quando era mais nova tinha assim picadas no peito fortes, fui ao médico e ele disse que era nervalgias a verdade é que só acontecia quando estava mais alterada,stressada e nervosa. Agora bem a poucos meses por uma altura complicada da minha vida comecei a ter ataques de panico estava bem como de uma altura para outra estava muito agitada e a tremer a primeira vez fiquei tao assustada fiquei com o batimento cardiaco a 90 coisa que o normalmente é 70 e tal penso eu, mesmo que tenta-se descobrir o porque disto tudo ao mesmo não conseguia explicação, mas com o tempo consegui ultrupassar.

Por isso no meu ver isso possa ser uma altura complicada algum stress ou assim que possa fazer com que fiques assim não te preocupes se o médico diz que não é preocupante mas não deixes passar em vão tenta só ultrupassar.

Qualquer coisa estarei aqui para tentar ajudar

Felicidades

Ana Ferreira

Retrato de VeraELuís
Qua, 12/10/2011 - 10:02
VeraELuís:
Membro desde: 08.10.2010

Corvaxv,

Mais uma vez obrigada pelo apoio.

Beijinhos

Retrato de VeraELuís
Qua, 12/10/2011 - 11:16
VeraELuís:
Membro desde: 08.10.2010

Obrigada pelo teu testemunho.

Eu já algum tempo que de vez enquando sinto também umas picadas mas nunca liguei, porque realmente era quando andava mais stressada e depois acabava por passar.

E de facto ultimamente tenho tido algumas situações mais complicadas na minha vida.

Espero que como tu também consiga ultrapassar.

Beijinhos

Retrato de anaferreira1990
Qui, 13/10/2011 - 10:01
anaferreira1990:
Membro desde: 12.01.2011
VeraELuís wrote:

Obrigada pelo teu testemunho.

Eu já algum tempo que de vez enquando sinto também umas picadas mas nunca liguei, porque realmente era quando andava mais stressada e depois acabava por passar.

E de facto ultimamente tenho tido algumas situações mais complicadas na minha vida.

Espero que como tu também consiga ultrapassar.

Beijinhos

Vera,
Vais ver que vais conseguir para isso sempre que precisares podes falar estarei aqui para ajudar.

Beijinhos

Ana Ferreira

Retrato de Piaff
Dom, 16/10/2011 - 00:20
Piaff:
Membro desde: 13.09.2011

Eu também tenho um intervalo PR curto.
O mais aborrecido que pode acontecer são as taquicardias que podem acontecer de um momento para o outro e que nos podem levar a ataques de pânico, porque ao tomarmos consciência da aceleração do ritmo cardíaco, tornamo-nos hipervigilantes e entramos num stress maluco.
Segundo o meu médico, isto é o mais grave que pode acontecer, ou seja, não é motivo para grandes preocupações ou alarmismos.

Retrato de VeraELuís
Seg, 17/10/2011 - 15:53
VeraELuís:
Membro desde: 08.10.2010
Piaff wrote:

Eu também tenho um intervalo PR curto.
O mais aborrecido que pode acontecer são as taquicardias que podem acontecer de um momento para o outro e que nos podem levar a ataques de pânico, porque ao tomarmos consciência da aceleração do ritmo cardíaco, tornamo-nos hipervigilantes e entramos num stress maluco.
Segundo o meu médico, isto é o mais grave que pode acontecer, ou seja, não é motivo para grandes preocupações ou alarmismos.

Obrigada pelo teu testemunho.
Assim já fico mais descansada.
O que é preciso fazer é mesmo controlar esta ansiedade..