Porque é que o casamento é importante?

7 respostas [Última]
ineze
Retrato de ineze
Offline
Desde: 27.08.2013

Lanço assim o debate.

Se duas pessoas estão a viver juntas e têm "vida de casados", incluindo filhos ou não, isso não torna o acto de casar redundante?

Isto considerando que não existe interesse numa cerimónia religiosa.

Quais as vantagens legais no registo do casamento? Num hospital o casal é considerado família? E em termos financeiros?

Osha
Retrato de Osha
Offline
Desde: 27.08.2012
Há pessoas que te apontarão

Há pessoas que te apontarão inúmeras diferenças pois acreditam no matrimónio como sacramento e aí é uma questão de religião, portanto discutivel. Na vertente legal é que encontras as principais diferenças, principalmente na protecção de regimes de segurança social....que passam a proteger a esposa como beneficiária, enquanto que se viveres em "uniãod e facto" não te consideram beneficiária do teu marido e vice versa...Na questão de irs é igual pois podes fazer em conjunto e obter beneficios.

PérolaNegra
Retrato de PérolaNegra
Offline
Desde: 31.12.2013
Para mim o casamento é uma

Para mim o casamento é uma prova de amor, é consumar o amor de duas pessoas perante Deus. É um passo deveras importante para quem acredita na sua religião. Eu acho o casamento importante, é um acto lindo, um marco na nossa vida. Para mim o divórcio é uma desculpa derrotista para quem não acredita de facto no casamento, pois em tudo se dá um jeito e duas pessoas querendo, podem resolver todos os seus problemas! Afinal casaram por ser amarem, o amor não acaba de um dia para o outro.

BRDSR
Retrato de BRDSR
Offline
Desde: 16.11.2008
PérolaNegra

PérolaNegra escreveu:
Afinal casaram por ser amarem, o amor não acaba de um dia para o outro.

O amor não acaba de um dia para outro, mas vai acabando de dia para dia. Vai-se formando uma bola de neve com todas as desilusões, mentiras, traições, etc...

PérolaNegra
Retrato de PérolaNegra
Offline
Desde: 31.12.2013
.

BRDSR escreveu:
PérolaNegra escreveu:
Afinal casaram por ser amarem, o amor não acaba de um dia para o outro.

O amor não acaba de um dia para outro, mas vai acabando de dia para dia. Vai-se formando uma bola de neve com todas as desilusões, mentiras, traições, etc...

Tudo o que não cultivas e não tens respeito se acaba. Vai de nós fazer com que resulte.

Pipa13
Retrato de Pipa13
Offline
Desde: 30.12.2010
oi

ineze escreveu:
Lanço assim o debate.

Se duas pessoas estão a viver juntas e têm "vida de casados", incluindo filhos ou não, isso não torna o acto de casar redundante?

Isto considerando que não existe interesse numa cerimónia religiosa.

Quais as vantagens legais no registo do casamento? Num hospital o casal é considerado família? E em termos financeiros?

Socialmente, por muito liberal que achem que é a sociedade, namorado/companheiro ou marido é muito diferente.
O contrato de casamento com união de bens adquiridos (das restantes não gosto muito de falar) traz te beneficios e protecção em relação ao que estas a investir a dois.
É também, um contrato em que por exemplo em caso de desemprego a outra pessoa não te pode deixar com uma mão à frente e outra atras.
Se emigrares, tens muitas mas mesmo muitas mais facilidades se fores casado do que com outro estado civil (isto se quiseres manter a vida em conjunto claro).
Se um dos conjuges for preso, casados, há visita conjugal.
etc...

O amor é muito bonito, mas as decisões são feitas as dois e muitas vezes fazemo-las quando estamos em cima (seja a nivel financeiro,sentimental,saude etc...) e quando as coisas não correm bem, já vi muito "amor da minha vida" a levar um pontapé no traseiro e ficar literalmente no olho da rua sem nada.

Num hospital,depois do proprio utente (e caso ele seja maior de idade etc), o conjuge é a pessoa que recebe as informações, que toma as decisões com a equipa médica....é a pessoa a quem são pedidas as informações mais particulares sobre um utente caso este não possa responder/decidir por ele...e sim,há diferença entre ser o conjuge legal ou o conjuge sentimental...

Afinal é por isso que assinas um contrato, para dar/receber estes direitos e deveres.
Sentimentalismos à parte claro Piscar o olho

ineze
Retrato de ineze
Offline
Desde: 27.08.2013
Obrigado, Pipa, era esta

Obrigado, Pipa, era esta resposta que eu queria!

Dispenso toda a parte relacionada com religião , amor e afins... Não é preciso casar para uma relação ter tudo o que é bonito Sorriso Precisava era de ter argumentos em como o acto de casar é um passo à frente no que toca a compromisso, não só sentimental como legal.

Mo Cuishle
Retrato de Mo Cuishle
Offline
Desde: 19.06.2013
Tirando sentimentos e

Tirando sentimentos e religião da equação o casamento civil serve entre outras coisas para assegurar a protecção de casa de morada de família em caso de divórcio ou morte de um dos cônjuges; regular as relações patrimoniais e o direito sucessório; prestações por morte; regime de férias, licenças, emigração, etc.

Opções de visualização dos comentários

As alterações efectuadas serão aplicadas a todos os tópicos.

Tópicos relacionados

olá a todas/os! bom, pergunto me se o casamento será mesmo um passo importante ou necessário. Ja percebi que neste forum predominam as meninas/...
Hoje venho aqui não tanto para meter uma dúvida mas mais para abrir um tópico de partilha de opiniões. Ontem à conversa com o meu namorado ele diz "...
Eu sonho com o casamento e com filhos. Mas acho que primeiro deveriamos comprar casa, depois pensar em casar e ter filhos. Prefiro ter filhos a casar...
Olá Uma pessoa minha conhecida está com uma situação complicada entre mãos e queria pedir-vos ajuda para saber se há forma de resolver esta situação...
Findo o grande dia, arrumado o vestido e o fato do casamento, desaparecido o bronze da lua-de-mel paradisíaca, um dos erros mais comuns que os...
...