Operação - miopia | Page 3 | A Nossa Vida
78 entradas / 0 new
Última entrada
Retrato de Bruna1
Sex, 01/10/2010 - 14:05
Bruna1:
Membro desde: 22.08.2008

Ninguém quer assustar, só alertar para estarem cientes dos riscos que correm.

Eu gosto de saber sempre os prós e os contras e ás vezes acho que vale a pena arriscar, outras não.
Até porque quem se informa devidamente sobre este tipo de operação sabe perfeitamente dos riscos que corre. Há um ano atrás também me andei a informar, pois detesto usar óculos e não me adapto às lentes de contacto e, tendo em conta que tenho poucas dioptrias, achei melhor não arriscar. Isto foi antes de a minha irmã ser operada e ter dado no que deu.

Eu sei que a percentagem de erros é menor do que os casos de sucesso, mas não pensemos que calha sempre aos outros. Eu, pessoalmente, para já não arrisco, talvez daqui a uns anos se a técnica evoluir.

Volto a repetir, não é para assustar, mas quando procuram informações sobre determinada coisa eu gosto sempre de saber o que correu mal para o poder evitar.

Retrato de nenda
Sex, 01/10/2010 - 15:51
nenda:
Membro desde: 26.11.2009

Ninguém quer assustar... mas como me disse o meu médico... é uma decisão que cabe somente á pessoa e mais ninguém... porque existem riscos sim, felizmente poucos mas acontecem e depois não se pode culpar ninguém ou o médico porque foi influenciado pelo médico... acho q cada um se deve informar dos prós e contras e depois analisar e decidir por si... como eu disse um dia q decida não querer mais filhos... vou-me informar novamente (até lá a medicina está a evoluir) e depois decidirei o q fazer...

Quanto a valores não faço a mais pequena ideia... Penso q há uns tempos atrás havia uma noticia no JN que falava num hostipal de gaia que tava a fazer e pagava-se muito pouco..

Retrato de Cezinha
Sáb, 02/10/2010 - 04:47
Cezinha:
Membro desde: 20.09.2010

Eu acho que há uma diferença entre alertar e assustar. E aqui há comentários que alertam e outros que assustam verdadeiramente.
Não se pode ser tão extremista.

É óbvio que quem teve uma má experiência não pode dizer que está contente. Mas também temos que perceber o que se passou de errado. Será que foi erro médico? Será que foi uma situação mal calculada? Foi algo pontual, num paciente em especifico, ou algo que pode ser recorrente e a qualquer um que se submeta ao procedimento? O que aconteceu?

A Bruna1 deu o exemplo da irmã e das complicações com a lente que foi mal colocada. Pessoalmente, este comentário ajuda-me mais do que o comentário do Pedro3.
Porquê?
Porque dizerem-me que há um negócio por de trás disto, que dos 600 médicos que há só dois foram operados, que devo olhar em volta para ver as pessoas que usam óculos... Sinceramente? Isto não me ajuda nem me esclarece em nada.

-Negócios na área da saúde é o que não falta (e se fosse só na oftalmologia estávamos nós muito bem).
-Não posso argumentar sobre os 600 médicos. Não os conheço nem vi o estudo onde isso era fundamentado.
-Olhar para a tv ou para as pessoas que usam óculos... Dá-me igual.
Há quem use óculos só para lhe dar estilo e por ser moda; há quem prefira usar óculos do que submeter-se a uma cirurgia desse tipo; Há quem goste de usar óculos; Há quem não equacione sequer ser operado por medo ou outro factor qualquer. São opções.

E, haverão muitos outros que passam diariamente na tv (ou, por nós na rua) que não usam óculos e já foram submetidos à cirurgia. E estes, não contam para nada?

Acredito que a intenção do Pedro, ao passar esta informação, possa ser muito boa.
Mas acredito muito mais que a medicina avança todos os dias. E que há bons médicos, competentes. Médicos que sabem informar e esclarecer o paciente sobre todos os riscos e problemas que possam surgir numa destas operações. Médicos que dão opiniões honestas. Assim como também acredito que cabe ao paciente procurar informar-se o melhor que consiga para poder analisar e decidir se vale a pena arriscar. Afinal, todas as operações têm riscos.

E, acima de tudo, acredito que as pessoas(normais) que optam por fazer a cirurgia não o fazem com a facilidade de quem vai beber café. Fazem-na para melhorar a qualidade de vida e conscientes dos riscos. E não devem ser julgadas como pessoas que subestimam o que têm.

Como já referi, todas as cirurgias são um risco. Há más experiências mas também há boas.
Conheço algumas pessoas que fizeram e estão bem e sem problemas. Também há que levar em conta isto. Há muita gente a quem corre bem. Basta ler alguns dos comentários. Não se pode usar só o mau e dizer "não presta". Digo eu...

Para terminar, gostaria de pedir ao Pedro3 para contar a sua experiência.O que é que correu tão mal? Acho que seria interessante para quem procura informação sobre o tema. (como é o meu caso e não só.)

(peço desculpa pelo texto longo)

Retrato de Cezinha
Sáb, 02/10/2010 - 17:51
Cezinha:
Membro desde: 20.09.2010

Já começo é a achar que da mesma forma que os ditos médicos só fazem a cirurgia para ganhar dinheiro o Pedro é dono de alguma fábrica de lentes e armações... Nem ao pedido que fiz conseguiu responder. Em vez de deixar links com histórias porque não contar a sua? Parece-me que seria mais coerente.

Além disso, continua a dizer que se nem os oftalmologistas querem ser operados porque é que "nós" queremos isso como se fosse ir ao cabeleiro, como se fosse moda... Além de não concordar com esta opinião leva-me a perguntar se foi isso que fez quando decidiu ser operado? Foi por achar que era giro e estava na moda. Sem pensar nos riscos?

Conheço N pessoas, de várias idades, que fizeram a cirurgia. Vêem bem, não sofreram consequências. Recuperaram a visão.
Posso passar horas a ler esses links que não vão mudar os factos que conheço. Que quer que faça?
Tenho plena consciência dos riscos que implica, e das complicações que podem surgir, mas também tenho o exemplo de quem fez e ficou bem.

A medicina avança e os riscos vão diminuindo. Nem os médicos têm interesse em cirurgias que correm mal, por mais que queiram ganhar dinheiro com isso.

Retrato de nenda
Sáb, 02/10/2010 - 21:59
nenda:
Membro desde: 26.11.2009

Eu já estive gravida... e a minha miopia não aumentou... eu referia-me ao parto... que foi o q um cirurgião me explicou para não operar se estivesse a pensar engravidar, porque um parto normal que exigia esforço pode provocar problemas... podendo até levar a cegueira... por acaso ouvia qualquer coisa sobre a gravidez... mas como eu disse eu não vi nenhuma diferença por estar gravida....

bjs

Retrato de nenda
Sáb, 02/10/2010 - 22:03
nenda:
Membro desde: 26.11.2009

O que a mim me disseram é que uma operação á miopia (penso q na altura falou-es em laser), não garante 100% de resultados... e que não impede de voltar a ter miopia, mas não regredir apenas voltar com baixas dioptrias... não sei se me expliquei bem... mas foi isso q eu percebi... mas eu falei com um cirurgião a + de 3 anos...

Retrato de Cezinha
Dom, 03/10/2010 - 03:45
Cezinha:
Membro desde: 20.09.2010

Há qualquer coisa que não bate bem, sim... Não percebo o secretismo e o fundamentalismo fechado. Enfim.

Lá se volta à conversa dos 600... Mas onde é que está esse estudo? E estão lá as razões? E se a razão for: não fiz porque não estou prai virado? Será isto importante?

E, já que se falam de números, quantas foram as pessoas que o ano passado fizeram cirurgias? Quantos os casos de sucesso e de insucesso e respectivas razões. Se calhar isto importa mais saber.

Na minha opinião, grande parte das pessoas(exceptuando aquelas que por qualquer motivo não a podem fazer) continua a usar óculos por medo de arriscar na cirurgia. Pelas duvidas quantos aos métodos, pelo risco em si, por ser no sitio que é... E outra parte será porque nem se importa de usar óculos/lentes.

São escolhas. Cada um faz a sua e, à partida, não podemos decidir a nossa vida baseado no numero de pessoas que não faz o que pensamos fazer. Há que procurar respostas às nossas perguntas e decidir por nós mesmas e com plena consciência dos riscos.
Acredito que haja muita gente interessada na cirurgia e que ainda não fez porque não encontrou resposta às suas duvidas ou um método que lhe pareça eficaz. Porque na realidade há diversos.. e para quem não percebe patavina do assunto é dificil perceber qual o melhor. E, como muito bem dizes, Pipoca_doce, não é um "não faças" que vai esclarecer alguém.

(Acontece-me o mesmo com as lentes. Quando durmo pouco é uma chatice. Incomodam-me até mais não. No meu caso tendem a descolar... Mas eu com as lentes.. é uma aventura!)

Retrato de Cezinha
Dom, 03/10/2010 - 20:15
Cezinha:
Membro desde: 20.09.2010

Digna de respostas não devo ser.. talvez porque esteja no saco das mentes fechadas.. E, se assim for o caso, fique vossa excelência sabendo que a minha mente é aberta o suficiente para conseguir perceber os riscos de um cirurgia e entender as opiniões dos outros. Nunca disse que não tinha riscos, assim como também não disse: tem riscos mas não importam.

Apenas disse que riscos há em tudo nesta vida e no caso de uma cirurgia(esta, ou outra qualquer) temos o dever de procurar o melhor para a nossa saúde. Temos o dever de correr atrás de todas as respostas às nossas duvidas. Temos o dever de nos informarmos sobre os riscos que corremos e os que não corremos

Não podemos é ir só atrás da opinião de alguém a quem alguma coisa correu mal quando nem sabemos bem o quê. Tudo o que podemos fazer é levar em conta e questionar essa pessoa sobre o que realmente se passou. Mas se essa pessoa não nos diz.. O que podemos nós concluir disso?
Não se trata de não querer ouvir opiniões menos boas. É preciso é que essas opiniões sejam devidamente fundamentadas. Ou agora temos de aceitar tudo o que dizem sem fazer perguntas? Devemos contentar-nos com um "fujam" e não questionar mais nada?
Então e as opiniões boas? Essas não merecem ser ouvidas, não têm validade?
Pelo seu discurso parece que não. Parece-me que não aceita muito bem que haja opiniões boas. Nesse caso também terá a mente um bocadinho fechada, não?
Há que ouvir sempre os dois lados da questão. Só assim podemos tomar uma melhor decisão.

Lamento que tenha tido uma má experiência com a cirurgia e com os médicos(Já mudou para outro?).. Mas acredite que há bons médicos por aí e há pessoas que tiveram bons resultados.

Sobre maus médicos só digo isto: apresentar queixa a quem de direito. Enquanto comermos e calarmos não vamos sair do mesmo.

Retrato de Bexinha
Seg, 04/10/2010 - 12:05
Bexinha:
Membro desde: 11.02.2008

Olá a todos os intervenientes deste topico...

Hoje venho mostrar-vos uma noticia que descobri na net depois de pesquisar muito, de perguntar muito sobre muitas duvidas que me foram impostamente suscitadas neste topico!!!!

Vejam isto.... Leiam e tirem s vossas proprias conclusões!!!

http://www.examiner.com/vision-health-in-san-francisco/lasik-pregnancy-a...

Beijinhos queridas...

Abraços a todos, vou andar por aqui para esclrecer mais duvidas ainda!!! A voces se eu souber responder a mim vou continuar a procurar....

Bexinha
*25.04.2009*
vanessafilipa.dias@gmail.com

Retrato de Bexinha
Seg, 04/10/2010 - 12:14
Bexinha:
Membro desde: 11.02.2008

Assino por baixo tudo o que escreveste!!! e muito em!!

Concordo plenamente com a tua opiniao...

Eu quando me propus fazer esta operação tb tive algins receios é claro, como ainda tenho. Mas nao foi uma decisão em cima do joelho! Falei com varios médicos da especialidade e fiz tb variadissimos exames medicos!

Concordo ainda que é preciso tentar saber o porque de ter corrido mal.. O meu caso vai ser a laser, considero um tecnologia mas avançada e moderna do que a lente intra-ocular mas tambem tenho uma amiga que fez esta operação da lente À mais de 15 anos e ate a data nãi teve qualuer problema..

Mais uma vez, temos de separar as aguas e não meter tudo nem todos no mesm saco!!

Bexinha
*25.04.2009*
vanessafilipa.dias@gmail.com