minha vida.. Opiniao por favor | A Nossa Vida

minha vida.. Opiniao por favor

Retrato de neusa1982
12.09.2016 | 10:42
neusa1982:
Membro desde: 03.01.2014

Bom dia.. Estou numa situação bastante delicada e complicada.. Estou casada há coisa de 2 ano e 1 mês.. No inico do relacionamento e depois o casamento estava a correr tudo bem.. Estava a viver um sonho e pensei que ia durar a vida inteira só que as coisas começaram a mudar a cerca de 1 ano.. O meu marido tornou se ciumento.. Eu estou a trabalhar numa empresa onde tem muitos homens e mulheres quando viu que havia muitos homens bonitos começou a pensar que eu o ia trair com outras pessoas.. Nunca dei motivo para ficar desconfiado. falava do trabalho das coisas do dia a dia mas nada de especial nunca falei dos meus colegas mas ele ficou com a ideia que eu o estava a trair.. Queria e quer ter relações sexuais todos os dias para saber se ainda o desejo ou não.. No inicio pensei que fosse uma coisa mínima mas já estou a ficar aborrecida com tudo isso.. Já expliquei imensas vezes que não o estou a trair mas mesmo assim ele continua com essas ideias.. Em junho tivemos um jantar com todas as pessoas da empresa e ele não queria que eu fosse ficou todo maluco quando disse que tinha de ir.. Ligou me de 10 em 10 min a perguntar a que horas voltava até que por fim desliguei o tlm porque estava a ficar zangada.. No mês passado, depois de um dia cansativo fui tomar um banho para ir dormir e ele queria ter relações sexuais disse que não queria que estava cansada e ele ficou amuado que eu estou com outro por isso não lhe dou atenção nenhuma fiquei ali a explicar que não,até dormimos agarrados mas mesmo assim ele não ficou satisfeito.. Já me disse varias vezes que se eu andasse a trai lo e ele descobrir que ele me matava a mim e a pessoa com quem eu tivesse.. Que ele preferia me ver morta do que com outra pessoa.. Fiquei apavorada com essa resposta dele e agora nem sei o que pensar falei com uma amiga minha ela disse para tomar cuidado com ele.. Há umas semanas atras fui tomar banho quando voltei encontrei o a mexer no meu tlm e perguntei o que ele estava a fazer,ele disse que se eu não estava a trai lo que nao tinha nada a esconder, deixei o ver tudo. quando viu que não tinha nada deu me o tlm fiquei revoltada porque ele não confia em mim.. Estou tão desiludida com ele que já não sinto vontade de ter relações com ele e ele começou a ver que estou a perder interesse e agora esta a ficar cada vez mais maluco, há uns dias ele queria ter relações e eu disse que não queria ele forçou me e disse que se eu queria satisfazer outra pessoa que tinha de satisfaze lo primeiro.. Gritei comecei a chorar ele foi muito bruto cmg e no fim pediu me desculpas disse que não queria me magoar que nunca mais iria acontecer que me ama tanto que não me queria perder.. Agora esta todo carinhoso cmg levou me o pequeno almoço na cama trouxe me umas prendas.. Não sei o que fazer tenho medo de continuar com ele e isso ficar pior mas também tenho medo de perder a pessoa por quem me apaixonei e que eu amo.. Para piorar a situação descobri que estou gravida.. Ele sempre queria ter um filho mas ele ainda não sabe.. Não sei o que fazer. Preciso das vossas opiniões..


Retrato de esteresteves
Seg, 12/09/2016 - 10:58
esteresteves:
Membro desde: 09.06.2016

Bom dia, fico muito triste com a tua situação porque já passei por este situação.
mas ele bebia e a vida era infernal.
tenho tanto medo por ti.
eu acabei por o deixar com duas meninas pequenas mas fiquei aliviada, pude enfim respirar porque perdi todas as minhas amigas e amigos porque já não podia falar com ninguém e o que falava, era sempre criticada.
A minha sorte é que ele vivia longe de mim e nunca quis saber das filhas.
hoje depois de 7 anos sozinha porque fiquei farta de homens, estou feliz com uma pessoa maravilhosa.
tentei antes de pedir o divorcio que se tratasse, não desisti a primeira. tenta lutar por ele. eu fiz tudo, lutei por mim e por a nossa família ser feliz mas..não consegui.
quanto mais a me justificava, pior as coisas ficavam.
Ele prometia, prometia e depois as coisas voltavam como antes.
Tens que tentar que ele se trata senão as coisas tendem a piorar, lamento.
pode ser que as coisas resultam melhor para ti e que se trate porque o ciumes doentio é uma doença.
Podes ser que mude quando souber da gravidez e não te isolas, fala com a tua família, com a dele. Podem te ajudar.

espero que sejas muito feliz e que tenhas sorte.
1 abrasso

Retrato de babysitterOeiras
Seg, 12/09/2016 - 11:33
babysitterOeiras:
Membro desde: 12.03.2013

Olá Neusa1982,

Pelo que conta a mim parece que está a sofrer de violência domestica por parte do seu marido. Ele a controla, obriga a ter relações quando a Neusa não quer, ameaça que a mata, invade a sua privacidade como mexer no seu TM etc, etc

Veja o link da APAV, tudo o que descreve está lá. Se fosse a si pedia ajuda pois ao deixar continuar isso só vai piorar.

http://www.apav.pt/vd/index.php/features2

Boa sorte e força!

Retrato de carla_30
Seg, 12/09/2016 - 15:01
carla_30:
Membro desde: 11.08.2010

Lamento pelo que estás a passar.
Por experiência própria sei que a tendência é piorar, infelizmente.
Só tu podes decidir o que fazer,,, mas não deixes avançar mais esse tipo de comportamento.

Retrato de Bemzinho
Ter, 13/09/2016 - 11:13
Bemzinho:
Membro desde: 05.06.2012

Olá, antes de tudo, caso ainda não o tenhas feito, eu teria uma conversa franca e definitiva com ele e dizia-lhe que não podia continuar assim, colocava os pontos nos is e dava-lhe um tempo para ele mudar, caso não o faça nesse espaço de tempo (pelo que descreves, sinceramente não acredito que o faça), deixa-o ou vais acabar por te afastar de tudo e de todos, principalmente da tua família, que é o que ele pretende.
Mas sê firme, por exemplo se lhe disseres que caso não mude no espaço de 1 mês o deixas, deixa-o mesmo, caso contrário ele vai pensar que tu só ameaças e depois nunca concretizas o que dizes.
Concordo com o que foi dito isso parece violência psicológica.
Em relação à gravidez, pensa se queres que o teu filho passe por isso, por ver o que ele faz contigo.
Se optares por o deixares lembra-te que não serás a primeira mulher e nem a última a estar grávida sem marido/companheiro. Criar um filho sozinha é difícil, mas não impossível.
Boa sorte e tudo de bom para ti e para o teu bebe.

Retrato de neusa1982
Ter, 13/09/2016 - 14:16
neusa1982:
Membro desde: 03.01.2014

Boa tarde esteresteves também sinto muito pelo que passou e ainda bem que já esta tudo resolvido da sua parte eu também não vejo a hora de resolver isso tudo e continuar com a minha vida.. Não sei se vai mudar, se não vai ficar ainda mais obsessivo em relação a mim e ao filho.. Mas pronto ele por enquanto mudou um pouco não sei se isso não é fogo de pouca dura ou o qué.. Mas pronto ainda tou a pensar quando lhe conto do filho..

Retrato de neusa1982
Ter, 13/09/2016 - 14:24
neusa1982:
Membro desde: 03.01.2014

babysitterOeiras também me parece ser violência domestica.. Realmente pensamos que acontece sempre aos outros e nunca a nós.. Tenho medo de ele infernizar a minha vida se eu continuar com ele e noutro lado tem sempre aquela duvida (será que ele vai mudar).. Sei que pessoas assim normalmente não mudam nunca e a tendência é de piorar.. Mas como já disseram aqui vou tentar ter uma conversa seria com ele colocar os pontos nos ii s e ver o que se pode fazer pelo menos depois disso digo que tentei tudo e mesmo assim não deu certo...

Retrato de neusa1982
Ter, 13/09/2016 - 14:28
neusa1982:
Membro desde: 03.01.2014

Bemzinho hoje quando chegar vou ter uma conversa seria com ele e vou dizer tudo o que me incomoda e também aproveito para falar da gravidez e assim nos próximos tempos vejo se ele esta a tentar mudar ou não.. Se não mudar, mudo eu mas é para outro sitio...Obrigada pelos vossos conselhos..

Retrato de tânia27
Ter, 13/09/2016 - 22:09
tânia27:
Membro desde: 15.07.2009

Foi com preocupação que li o teu texto, porque tenho uma amiga de infência que tinha uma relação como a tua, talvez menos agressiva pelo que contas e que quando o filho tinha 6 anos quiz divorciar-se e viver sozinha. Um dia ele foi ter com ela à porta de casa porque suspeitava que ela estava numa nova relação e matou-a à facada. O filho cresce sem mãe e com o pai preso, por matar a mãe.

Desculpa usar a franqueza das palavras e chama-me pouco romantica, mas por favor faz alguma coisa e não acredites nas palavras nem em sorrisos, porque um dia podes avaliar a tua vida e ver que não é isso que queres para ti e não teres como fugir.

Boa sorte e sê feliz!

T27

Retrato de Dilema
Qua, 14/09/2016 - 15:27
Dilema:
Membro desde: 20.05.2010

É um assunto muito delicado. Na minha opinião, nenhuma pessoa equilibrada força a outra a ter relações, muito menos a pessoa que ama, para mim isso é crime e não há conversas que resolvam. Prefere vê-la morta do que com outra pessoa? Tem um comportamento obsessivo e controlador, ao ponto de ligar de 10 em 10 minutos? Não vejo que conversas possam resolver essa situação. Aconselho-a a contactar a APAV.

Lamento pelo sua situação, espero que as coisas se resolvam da melhor forma e que seja muito feliz.

Cumprimentos,
Dilema

Retrato de omanu
Qua, 14/09/2016 - 20:04
omanu:
Membro desde: 06.04.2013

Espero que ele tenha reagido bem a noticia do bebe e que as coisas fiquem melhores... Não acho de todo normal o que contou mas sinceramente desejo-lhe muita sorte e felicidades