minha vida.. Opiniao por favor

22 respostas [Última]
neusa1982
Retrato de neusa1982
Offline
Desde: 03.01.2014

Bom dia.. Estou numa situação bastante delicada e complicada.. Estou casada há coisa de 2 ano e 1 mês.. No inico do relacionamento e depois o casamento estava a correr tudo bem.. Estava a viver um sonho e pensei que ia durar a vida inteira só que as coisas começaram a mudar a cerca de 1 ano.. O meu marido tornou se ciumento.. Eu estou a trabalhar numa empresa onde tem muitos homens e mulheres quando viu que havia muitos homens bonitos começou a pensar que eu o ia trair com outras pessoas.. Nunca dei motivo para ficar desconfiado. falava do trabalho das coisas do dia a dia mas nada de especial nunca falei dos meus colegas mas ele ficou com a ideia que eu o estava a trair.. Queria e quer ter relações sexuais todos os dias para saber se ainda o desejo ou não.. No inicio pensei que fosse uma coisa mínima mas já estou a ficar aborrecida com tudo isso.. Já expliquei imensas vezes que não o estou a trair mas mesmo assim ele continua com essas ideias.. Em junho tivemos um jantar com todas as pessoas da empresa e ele não queria que eu fosse ficou todo maluco quando disse que tinha de ir.. Ligou me de 10 em 10 min a perguntar a que horas voltava até que por fim desliguei o tlm porque estava a ficar zangada.. No mês passado, depois de um dia cansativo fui tomar um banho para ir dormir e ele queria ter relações sexuais disse que não queria que estava cansada e ele ficou amuado que eu estou com outro por isso não lhe dou atenção nenhuma fiquei ali a explicar que não,até dormimos agarrados mas mesmo assim ele não ficou satisfeito.. Já me disse varias vezes que se eu andasse a trai lo e ele descobrir que ele me matava a mim e a pessoa com quem eu tivesse.. Que ele preferia me ver morta do que com outra pessoa.. Fiquei apavorada com essa resposta dele e agora nem sei o que pensar falei com uma amiga minha ela disse para tomar cuidado com ele.. Há umas semanas atras fui tomar banho quando voltei encontrei o a mexer no meu tlm e perguntei o que ele estava a fazer,ele disse que se eu não estava a trai lo que nao tinha nada a esconder, deixei o ver tudo. quando viu que não tinha nada deu me o tlm fiquei revoltada porque ele não confia em mim.. Estou tão desiludida com ele que já não sinto vontade de ter relações com ele e ele começou a ver que estou a perder interesse e agora esta a ficar cada vez mais maluco, há uns dias ele queria ter relações e eu disse que não queria ele forçou me e disse que se eu queria satisfazer outra pessoa que tinha de satisfaze lo primeiro.. Gritei comecei a chorar ele foi muito bruto cmg e no fim pediu me desculpas disse que não queria me magoar que nunca mais iria acontecer que me ama tanto que não me queria perder.. Agora esta todo carinhoso cmg levou me o pequeno almoço na cama trouxe me umas prendas.. Não sei o que fazer tenho medo de continuar com ele e isso ficar pior mas também tenho medo de perder a pessoa por quem me apaixonei e que eu amo.. Para piorar a situação descobri que estou gravida.. Ele sempre queria ter um filho mas ele ainda não sabe.. Não sei o que fazer. Preciso das vossas opiniões..

esteresteves
Retrato de esteresteves
Offline
Desde: 09.06.2016
Bom dia, fico muito triste

Bom dia, fico muito triste com a tua situação porque já passei por este situação.
mas ele bebia e a vida era infernal.
tenho tanto medo por ti.
eu acabei por o deixar com duas meninas pequenas mas fiquei aliviada, pude enfim respirar porque perdi todas as minhas amigas e amigos porque já não podia falar com ninguém e o que falava, era sempre criticada.
A minha sorte é que ele vivia longe de mim e nunca quis saber das filhas.
hoje depois de 7 anos sozinha porque fiquei farta de homens, estou feliz com uma pessoa maravilhosa.
tentei antes de pedir o divorcio que se tratasse, não desisti a primeira. tenta lutar por ele. eu fiz tudo, lutei por mim e por a nossa família ser feliz mas..não consegui.
quanto mais a me justificava, pior as coisas ficavam.
Ele prometia, prometia e depois as coisas voltavam como antes.
Tens que tentar que ele se trata senão as coisas tendem a piorar, lamento.
pode ser que as coisas resultam melhor para ti e que se trate porque o ciumes doentio é uma doença.
Podes ser que mude quando souber da gravidez e não te isolas, fala com a tua família, com a dele. Podem te ajudar.

espero que sejas muito feliz e que tenhas sorte.
1 abrasso

babysitterOeiras
Retrato de babysitterOeiras
Offline
Desde: 12.03.2013
Olá Neusa1982,

Olá Neusa1982,

Pelo que conta a mim parece que está a sofrer de violência domestica por parte do seu marido. Ele a controla, obriga a ter relações quando a Neusa não quer, ameaça que a mata, invade a sua privacidade como mexer no seu TM etc, etc

Veja o link da APAV, tudo o que descreve está lá. Se fosse a si pedia ajuda pois ao deixar continuar isso só vai piorar.

http://www.apav.pt/vd/index.php/features2

Boa sorte e força!

carla_30
Retrato de carla_30
Offline
Desde: 11.08.2010
Olá,

Lamento pelo que estás a passar.
Por experiência própria sei que a tendência é piorar, infelizmente.
Só tu podes decidir o que fazer,,, mas não deixes avançar mais esse tipo de comportamento.

Bemzinho
Retrato de Bemzinho
Offline
Desde: 05.06.2012
Olá, antes de tudo, caso

Olá, antes de tudo, caso ainda não o tenhas feito, eu teria uma conversa franca e definitiva com ele e dizia-lhe que não podia continuar assim, colocava os pontos nos is e dava-lhe um tempo para ele mudar, caso não o faça nesse espaço de tempo (pelo que descreves, sinceramente não acredito que o faça), deixa-o ou vais acabar por te afastar de tudo e de todos, principalmente da tua família, que é o que ele pretende.
Mas sê firme, por exemplo se lhe disseres que caso não mude no espaço de 1 mês o deixas, deixa-o mesmo, caso contrário ele vai pensar que tu só ameaças e depois nunca concretizas o que dizes.
Concordo com o que foi dito isso parece violência psicológica.
Em relação à gravidez, pensa se queres que o teu filho passe por isso, por ver o que ele faz contigo.
Se optares por o deixares lembra-te que não serás a primeira mulher e nem a última a estar grávida sem marido/companheiro. Criar um filho sozinha é difícil, mas não impossível.
Boa sorte e tudo de bom para ti e para o teu bebe.

neusa1982
Retrato de neusa1982
Offline
Desde: 03.01.2014
Boa tarde esteresteves também

Boa tarde esteresteves também sinto muito pelo que passou e ainda bem que já esta tudo resolvido da sua parte eu também não vejo a hora de resolver isso tudo e continuar com a minha vida.. Não sei se vai mudar, se não vai ficar ainda mais obsessivo em relação a mim e ao filho.. Mas pronto ele por enquanto mudou um pouco não sei se isso não é fogo de pouca dura ou o qué.. Mas pronto ainda tou a pensar quando lhe conto do filho..

neusa1982
Retrato de neusa1982
Offline
Desde: 03.01.2014
babysitterOeiras também me

babysitterOeiras também me parece ser violência domestica.. Realmente pensamos que acontece sempre aos outros e nunca a nós.. Tenho medo de ele infernizar a minha vida se eu continuar com ele e noutro lado tem sempre aquela duvida (será que ele vai mudar).. Sei que pessoas assim normalmente não mudam nunca e a tendência é de piorar.. Mas como já disseram aqui vou tentar ter uma conversa seria com ele colocar os pontos nos ii s e ver o que se pode fazer pelo menos depois disso digo que tentei tudo e mesmo assim não deu certo...

neusa1982
Retrato de neusa1982
Offline
Desde: 03.01.2014
Bemzinho hoje quando chegar

Bemzinho hoje quando chegar vou ter uma conversa seria com ele e vou dizer tudo o que me incomoda e também aproveito para falar da gravidez e assim nos próximos tempos vejo se ele esta a tentar mudar ou não.. Se não mudar, mudo eu mas é para outro sitio...Obrigada pelos vossos conselhos..

tânia27
Retrato de tânia27
Offline
Desde: 15.07.2009
Fala com sinceridade com a tua mãe ou melhor amiga

Foi com preocupação que li o teu texto, porque tenho uma amiga de infência que tinha uma relação como a tua, talvez menos agressiva pelo que contas e que quando o filho tinha 6 anos quiz divorciar-se e viver sozinha. Um dia ele foi ter com ela à porta de casa porque suspeitava que ela estava numa nova relação e matou-a à facada. O filho cresce sem mãe e com o pai preso, por matar a mãe.

Desculpa usar a franqueza das palavras e chama-me pouco romantica, mas por favor faz alguma coisa e não acredites nas palavras nem em sorrisos, porque um dia podes avaliar a tua vida e ver que não é isso que queres para ti e não teres como fugir.

Boa sorte e sê feliz!

T27

Dilema
Retrato de Dilema
Offline
Desde: 20.05.2010
Bem

É um assunto muito delicado. Na minha opinião, nenhuma pessoa equilibrada força a outra a ter relações, muito menos a pessoa que ama, para mim isso é crime e não há conversas que resolvam. Prefere vê-la morta do que com outra pessoa? Tem um comportamento obsessivo e controlador, ao ponto de ligar de 10 em 10 minutos? Não vejo que conversas possam resolver essa situação. Aconselho-a a contactar a APAV.

Lamento pelo sua situação, espero que as coisas se resolvam da melhor forma e que seja muito feliz.

Cumprimentos,
Dilema

omanu
Retrato de omanu
Offline
Desde: 06.04.2013
Espero que ele tenha reagido

Espero que ele tenha reagido bem a noticia do bebe e que as coisas fiquem melhores... Não acho de todo normal o que contou mas sinceramente desejo-lhe muita sorte e felicidades

neusa1982
Retrato de neusa1982
Offline
Desde: 03.01.2014
Bom dia ele ficou super

Bom dia ele ficou super contente com a novidade do bebe e disse que vai cuidar bem dele.. Ele esta muito carinhoso cmg não tem feito nada de ciúmes.. Não sei se isso é so por agora.. Mas falei com ele e disse lhe se ele continuar a agir assim saio de casa com o meu filho e ele disse que não, não me quer perder e quer ter uma linda família cmg.. Fica todo o tempo a falar do bebe.. Já começou a comprar roupas e disse nos que depois tínhamos que começar a comprar as coisas desde já.. Esta muito empolgado vamos ver se vai melhorar ou não.. Obrigada pelas vossas opiniões.. Mães é assim que os pais costumam agir.. Espero que ele não esteja a exagerar..

Alexandre Silva
Retrato de Alexandre Silva
Offline
Desde: 24.08.2013
Situação complexa. Parece-me

Situação complexa. Parece-me que o melhor é procurar vida sozinha sem essa pessoa. Também me parece que existe aí um futuro enquadramento de violência e de infelicidade.
O que complica o assunto é o facto de estar grávida...Mas se tem trabalho e família que a possa ajudar, eu não hesitaria um instante em procurar um outro lugar e recomeçar sozinha.

_deus_vult
Retrato de _deus_vult
Offline
Desde: 17.09.2016
Na minha opinião qualquer

Na minha opinião qualquer pessoa que diga a outra que a mata não é digna da companhia de outra pessoa. Isto porque essa situação vai-se tornar um ciclo de ele "portar-se bem" e depois "portar-se mal" (violência psicológica ou mesmo física). O nosso companheiro é suposto edificar-nos, não fazer de nós um monte de entulho.

Pensa nisso. Sorriso

Sunshine_88
Retrato de Sunshine_88
Offline
Desde: 18.09.2016
Foi com preocupação que li o

Foi com preocupação que li o teu texto.
Pelo que já li parece que as coisas estão um pouco melhores, mas o teu companheiro parece ter um comportamento muito obsessivo e manipulativo. Tudo bem que muitas vezes dizemos coisas de cabeça quente..... mas desejar-te a morte e forçar-te a te relações???!! Isso é muito preocupante. Por favor tem cuidado.

teixeira802
Retrato de teixeira802
Offline
Desde: 12.08.2014
Compreendo que seja muito

Compreendo que seja muito difícil decidir o que fazeres nessa situação pois só quem esta nelas ou já passou por isso é que sabe, no entanto pela experiencia que já assisti o bichinho esta la implantado na cabeça dele.......a mínima discussão vais voltar ao mesmo. É o mesmo que uma mulher têm um filho para agarrar um homem porque ele a trai. Realmente nos primeiros tempos é um querido e só quer saber dela porque depois volta a trai-la mas 10x pior. Espero mesmo que sejas feliz mas o certo é que essa forma dele é um pronuncio do teu futuro a não ser que te tornes o que muitas mulheres são: Um objeto submisso na relação

neusa1982
Retrato de neusa1982
Offline
Desde: 03.01.2014
Boa tarde nessas 2 semanas

Boa tarde nessas 2 semanas aconteceram muitas coisas, sai de casa e agora moro com os meus pais.. Numa sexta ele foi buscar me ao trabalho e fez um escândalo quando me viu falar com um colega, arranjou briga com o meu colega porque segundo ele o meu colega queria algo mais cmg.. Não sei de onde tirou essa ideia. Mas pronto cheguei a casa fiz as minhas malas e sai de casa.. Todos os dias ele vai ao meu trabalho pra pedir desculpas, não aceitei e não vou aceitar voltar com ele. Agora persegue me para qualquer lugar que for.. Acho que já não trabalha porque esta sempre a minha espera. Conhece o meu carro, sabe onde os meus familiares vivem, sabe tudo..ele segue me sempre de carro e fica a porta do meu trabalho a minha espera e depois segue me de volta a casa. Não posso falar com ninguém( que seja masculino)porque ele faz um escândalo e tenta bater na outra pessoa.. Já fiz queixa dele mas ele continua a seguir me. Falei com o meu advogado e ele disse que ainda vai piorar com o nascimento do nosso filho porque ele também tem direito de o ver e ele pode aproveitar a situação para ficar mais perto de mim, Disse que a lei protege os pais também porque uma criança merece um pai e uma mãe.. Já estou a pensar sair do pais, fugir, os meus pais tao com medo que ele me faça algo.. Agora sempre que saio, vou acompanhado.. Já não sei o que fazer.. Ele esta a fazer da minha vida um completo inferno..

esteresteves
Retrato de esteresteves
Offline
Desde: 09.06.2016
Boa tarde, estou muito

Boa tarde, estou muito inquieta para ti.
a tua historia parte-me o coração.
a minha sorte foi do meu ex marido viver longe de mim e agora, a criança vai te prender a ele toda a tua vida.
há linhas de apoio em portugal. pede ajuda.
tenho tanta pena de ti.
Encontrei algumas informações na internet. espero ajudar mas tenho muito medo por t i. Liga para todos os números e não desistes da tua vida, do teu filho, da tua felicidade nem que tenhas que mudar de cidade, de país.
Ele dizem que fazem muita coisa mas a maioria não fazem nada. não voltes para ele porque ele dizem que mudam mas sim, para pior.
os meus pensamentos estão contigo. se precisares de algo, manda-me uma msg privada.
Desejo-te muita coragem

Vítima de Violência Doméstica. O que pode fazer?
Se é vítima de violência doméstica:

Deixar de ser um segredo é o primeiro passo para deixar de ser um problema.
Procure apoio. Existem diversos serviços de apoio e organizações que podem ajudá-la a enfrentar este problema e a procurar a sua resolução.

Serviços de apoio disponíveis:- Linha Nacional de Emergência Social - 144
É um serviço público gratuito, de âmbito nacional, com funcionamento contínuo e ininterrupto para protecção e salvaguarda da segurança dos cidadãos em situação de Emergência Social – 24 horas por dia, 365 dias por ano

- Serviço de Informação às vítimas de violência doméstica – 800 202 148
É um serviço gratuito, funciona 24 horas por dia e é anónimo e confidencial. Esta linha tem funcionários especialmente formados para atendimento de vítimas de violência doméstica, que dão apoio com informação sobre os direitos das vítimas, apoio psicológico, indicam os recursos de apoio que existem e onde se dirigir.

- APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima – 707 20 00 77
A APAV presta apoio emocional e apoio especializado de forma gratuita e confidencial às vítimas. A linha telefónica funciona das 10h às 13h e das 14h às 17h. No site da organização encontra conselhos úteis sobre o que fazer em situação de emergência : http://www.apav.pt/portal/index.php?option=com_con...

- AMCV – Associação Mulheres contra a Violência – 21 380 21 65
A AMCV dispõe de serviços de apoio que incluem um Centro Anti-Violência que presta assistência gratuita nas seguintes áreas: atendimento telefónico especializado, atendimento e acompanhamento individual, aconselhamento jurídico, emprego apoiado, apoio psicológico, grupos de ajuda mútua e refúgios. Mais informação em www.amcv.org.pt

- UMAR – União Mulheres Alternativa e Resposta – 21 294 21 98 (Almada)
22 202 50 48 (Porto); 296 283 221 (S. Miguel – Açores)
A UMAR dispõe de diversos serviços a nível nacional assim como uma Linha Telefónica SOS Mulher, gerida pela UMAR - Açores.
Os serviços prestados variam de local para local. Para mais informaçõe consulte: http://www.umarfeminismos.org/violencia/apresenta.htm

Apresente queixa:
Dirija-se a uma esquadra da Polícia de Segurança Pública (PSP), posto da Guarda Nacional Republicana (GNR), piquete da Polícia Judiciária (PJ) ou directamente junto dos Serviços do Ministério Público para apresentar queixa criminal e exigir um documento comprovativo da queixa ou denúncia efectuada;
Leve consigo os seus elementos de identificação (bilhete de identidade, passaporte ou outro).

Pode também optar por apresentar queixa por via electrónica, através do Ministério da Administração Interna:
https://queixaselectronicas.mai.gov.pt/sqe.aspx?l=PT#

Se é amigo ou familiar de uma vítima de violência doméstica ou se presenciou um crime desta natureza:

Lembre-se que a violência Doméstica é um crime público, o que significa que qualquer pessoa que tenha conhecimento do crime o pode denunciar, não estando a instauração do processo dependente de queixa por parte da vítima.
No entanto, envolva-a nesta decisão.
Incentive-a a procurar apoio e informação. Apoie a vítima neste processo – um dos principais obstáculos à denúncia é o isolamento. Partilhar o problema pode ser o primeiro passo para a diminuição do sofrimento e contribuir para a sua erradicação. É fundamental procurar perceber se a sua denúncia, no momento e no modo como for feita, não vai agravar a situação da vítima.

Porque a violência doméstica não pode ser um segredo!

O contributo da Amnistia Internacional

A Amnistia Internacional não presta assistência directa a vítimas de violência doméstica, pois não está no nosso método de trabalho, esta forma de intervenção. No entanto, convictos de que uma das origens da violência doméstica se prende com comportamentos e atitudes enraizadas na sociedade, promovemos esta campanha de sensibilização que se dirige às mulheres em particular e à sociedade em geral.
Pretendemos com esta iniciativa sensibilizar a população e dar voz a cada mulher afectada por este tipo de violência. Queremos que estas situações sejam denunciadas e não vividas em silêncio. Acreditamos que parte da resolução dos problemas de violência doméstica passa pela sua denúncia e maior visibilidade. Um melhor conhecimento da situação ajuda certamente a encontrar soluções.

No âmbito da violência contra as mulheres realizamos inúmeras acções de promoção e sensibilização; investigação e estudos na área da Violência Doméstica sobre a Mulher; identificação e encaminhamento de casos de violência sobre as mulheres; acções de sensibilização pública; acções de Educação para os Direitos Humanos, nomeadamente sobre a discriminação com base no género e apelos e acções junto de governos.

SweetBlonde
Retrato de SweetBlonde
Offline
Desde: 02.08.2012
A tua situção está melhor?

neusa1982 escreveu:
Bom dia.. Estou numa situação bastante delicada e complicada.. Estou casada há coisa de 2 ano e 1 mês.. No inico do relacionamento e depois o casamento estava a correr tudo bem.. Estava a viver um sonho e pensei que ia durar a vida inteira só que as coisas começaram a mudar a cerca de 1 ano.. O meu marido tornou se ciumento.. Eu estou a trabalhar numa empresa onde tem muitos homens e mulheres quando viu que havia muitos homens bonitos começou a pensar que eu o ia trair com outras pessoas.. Nunca dei motivo para ficar desconfiado. falava do trabalho das coisas do dia a dia mas nada de especial nunca falei dos meus colegas mas ele ficou com a ideia que eu o estava a trair.. Queria e quer ter relações sexuais todos os dias para saber se ainda o desejo ou não.. No inicio pensei que fosse uma coisa mínima mas já estou a ficar aborrecida com tudo isso.. Já expliquei imensas vezes que não o estou a trair mas mesmo assim ele continua com essas ideias.. Em junho tivemos um jantar com todas as pessoas da empresa e ele não queria que eu fosse ficou todo maluco quando disse que tinha de ir.. Ligou me de 10 em 10 min a perguntar a que horas voltava até que por fim desliguei o tlm porque estava a ficar zangada.. No mês passado, depois de um dia cansativo fui tomar um banho para ir dormir e ele queria ter relações sexuais disse que não queria que estava cansada e ele ficou amuado que eu estou com outro por isso não lhe dou atenção nenhuma fiquei ali a explicar que não,até dormimos agarrados mas mesmo assim ele não ficou satisfeito.. Já me disse varias vezes que se eu andasse a trai lo e ele descobrir que ele me matava a mim e a pessoa com quem eu tivesse.. Que ele preferia me ver morta do que com outra pessoa.. Fiquei apavorada com essa resposta dele e agora nem sei o que pensar falei com uma amiga minha ela disse para tomar cuidado com ele.. Há umas semanas atras fui tomar banho quando voltei encontrei o a mexer no meu tlm e perguntei o que ele estava a fazer,ele disse que se eu não estava a trai lo que nao tinha nada a esconder, deixei o ver tudo. quando viu que não tinha nada deu me o tlm fiquei revoltada porque ele não confia em mim.. Estou tão desiludida com ele que já não sinto vontade de ter relações com ele e ele começou a ver que estou a perder interesse e agora esta a ficar cada vez mais maluco, há uns dias ele queria ter relações e eu disse que não queria ele forçou me e disse que se eu queria satisfazer outra pessoa que tinha de satisfaze lo primeiro.. Gritei comecei a chorar ele foi muito bruto cmg e no fim pediu me desculpas disse que não queria me magoar que nunca mais iria acontecer que me ama tanto que não me queria perder.. Agora esta todo carinhoso cmg levou me o pequeno almoço na cama trouxe me umas prendas.. Não sei o que fazer tenho medo de continuar com ele e isso ficar pior mas também tenho medo de perder a pessoa por quem me apaixonei e que eu amo.. Para piorar a situação descobri que estou gravida.. Ele sempre queria ter um filho mas ele ainda não sabe.. Não sei o que fazer. Preciso das vossas opiniões..

Boa tarde,

A tua situação está melhor?

neusa1982
Retrato de neusa1982
Offline
Desde: 03.01.2014
Ola sim agora tou livre

Ola sim agora tou livre dele...Ele me sequestrou no domingo e manteve me presa na sua casa durante 2 dias.. Sai no domingo com a minha mãe e ele veio ter cmg com uma faca e disse que se eu não fosse com ele mataria a mim e a minha mãe. Fiquei apavorada tive de ir com ele, manteve me presa em sua casa, violou me diversas vezes durante os dois dias na luta que tive com ele perdi o bebe, tive dores horríveis e nem me levou para hospital.. Na Terça ele deixou me ir á casa da minha mãe.. Fui fazer queixa e liguei para APAV e eu agora estou num local seguro e os meus pais também tem proteção porque eu não duvido que ele possa fazer alguma coisa contra a minha família para me atingir.. Já estamos a tratar do divorcio... Depois quero sair do pais já não consigo viver perto dele.. Quero agradecer a todos pelos vossos conselhos e também quero dizer ás mulheres que passaram ou que estão a passar pelo mesmo: Vocês são corajosas e conseguem ultrapassar tudo.. Lutem pela vossa liberdade e felicidade.. Sejam felizes..

esteresteves
Retrato de esteresteves
Offline
Desde: 09.06.2016
Boa noite, fico feliz por

Boa noite, fico feliz por ti.
dá-se muita esperança a muitas mulheres que esta desesperadas e vivem com um monstro.
Continua a ter cuidado e desejo-te muita felicidades.
1 grande beijo para ti.

sofiaalmeidafranco
Retrato de sofiaalmeidafranco
Offline
Desde: 24.09.2013
Eu no passado tive um

Eu no passado tive um namorado que comecou assim e sabes no que deu comecou a bater me de tao louco e ciumento que era nem sei como nao me matou.

Osha
Retrato de Osha
Offline
Desde: 27.08.2012
Custa-me a crer que ainda há

Custa-me a crer que ainda há pessoas que não se apercebem que passam por violência doméstica. Conheço bem a realidade do lado de cá felizmente mas já lidei com muitos agressores, acorda ele não mudará! Reage não te afundes!

Opções de visualização dos comentários

As alterações efectuadas serão aplicadas a todos os tópicos.

Tópicos relacionados

Mais um jantar de amigos aqui em casa. Pois é mais um jantar aqui em casa aconteceu, preparei tudo o que tinha a preparar e cozinhas-te aquele...
Alguem sabe como apagar conta neste site? queria abrir outra porque me esqueço sempre do nome Obrigada
Olá meninas. Há algum tempo que estive para escrever este tópico aqui, mas por preguiça e por medo das respostas nunca fui para a frente com a...
Olá a todas/as. Sempre sonhei ter o meu próprio negócio. Bem sei que os tempos não estão bons mas cada vez tenho mais essa vontade e ainda por cima...
Queria fazer uma encomenda no ebay mas não percebo nada daquilo Sou mesmo croma!!! Quem me ajuda! Please!!!!!
...