o meu namorado continua a pagar as contas dos pais

4 respostas [Última]
catiabb
Retrato de catiabb
Offline
Desde: 05.08.2013

ola meninas... vou juntar-me com o meu namorado mas começo a ter as minhas dúvidas se será o momento certo para isso.
namoramos à 3 anos e decidimos que estava no momento de criar um novo passo na nossa relação. como nao temos dinheiro para nos casarmos decidimos apenas ter uma vida a dois, ou seja juntarmo-nos. o problema é que desde que namoro com o meu namorado, que este dá todo o seu dinheiro aos pais ( devido a estes estarem desempregados e a criar dividas). mas à 2 meses, o pai dele foi trabalhar para o estrangueiro e tem um vencimento de 2000€ por mês. como me vou juntar, disse ao meu namorado que este nao devia continuar a pagar as contas dos pais (neste momento apenas paga a prestacao do carro) pois se vamos viver juntos, acho que nao faz sentido isso acontecer. o meu namorado desculpa-se dizendo que os pais nao tem dinheiro pois andam a pagar as dividas todas. o que devo fazer? já tentei falar várias vezes spbre o assunto e nada resulta... e o problema é que falta menos de um mes para nos juntarmos (já andamos nas pinturas da casa).
o que devo fazer???

catiabb
Retrato de catiabb
Offline
Desde: 05.08.2013
e para melhorar a situacao o

e para melhorar a situacao o pai dele disse " que havia uma vaga para ele ir trabalhar com ele no estrangueiro"... se sabe que nos vamos juntar porque que diz uma coisa dessaS??

pff preciso de ajudaa

FilipaePedro
Retrato de FilipaePedro
Offline
Desde: 17.06.2013
Olá, Sugiro-te criarem uma

Olá,

Sugiro-te criarem uma conta conjunta e, em cada mês, cada um de vocês põe x na conta, de forma a dar para as vossas despesas comuns (comida, renda, luz, água,...), aparte disso, cada um decide o que faz com o remanescente. Assim, ambos contribuem igualmente para a casa e evitas estar a criar conflitos. Por outro lado, podes ir poupando por ti o que conseguires e ele, se optar por ajudar os pais, é uma decisão dele, mas que não interfere como a vossa vida em comum.

RH
Retrato de RH
Offline
Desde: 29.04.2013
É uma situação complicada,

É uma situação complicada, mas entrares em conflitos com o teu namorado não vai ajudar em nada, só o faz pender mais para o lado dos pais. O que deves fazer na minha opinião é formarem um objetivo comum e irem juntando para isso, assim ele vai vendo que se calhar não consegue concretizar os vossos planos tao cedo por causa dos pais, é que se eles já tem fonte de rendimento não é correto sobrecarregarem o filho, e alem disso quem faz dividas que as pague ou então se ñ tem possibilidades que peça a insolvência.
Quanto ao que o teu sogro disse, não leves isso tão a peito, se o teu namorado esta bem cá profissionalmente não será isso que o vai fazer ir para fora.
bjinhos

Sofia1984
Retrato de Sofia1984
Offline
Desde: 29.05.2010
.

é uma coisa que não entendo bem, pois na minha opinião o sustento proporcionado por um salário deveria ser apenas o de uma casa, não de duas.
A não ser que haja filhos de casamentos anteriores, ou que efectivamente os meus pais passassem necessidades, realmente não vejo o motivo do dinheiro não estar a ser usado em vosso proveito. Esse dinheiro poderia estar a ir para uma poupança, para vocês dois e isso não está a acontecer.
Agora: qual o motivo desse pagamento? o carro é para proveito do teu namorado? Se for, acho muito bem ele pagar a prestação do mesmo, bem como seguro, inspecção e selo.
Se não é para proveito dele nem foi ele que o quis comprar, das duas uma: ou os pais dele o vendiam (para não dar despesa, pelo menos do seguro) ou então o pai dele que pagasse.
Se vivem com dificuldades o máximo que eu como filha faria era levar todos os dias refeições, eventualmente pegar nas contas de luz água e etc e pagar. Não enviaria dinheiro. Isto claro, se os meus pais não tivessem condições financeiras para tal. Acho que é a nossa obrigação, e na impossibilidade de pagar as contas deles, pô-los a morar connosco e pedir apoio à segurança social, que é para isso que servem. O pouco dinheiro que a SS poderia dar, seria mais que suficiente para pagar o excesso de água, luz e gás que eu estivesse a consumir por ter mais pessoas no meu agregado. Pela comida não me parece preocupante, pois uma sopa fica barata e eu já comi muita.

Não sabemos o motivo desse envio de dinheiro, nem o que eles combinaram, por isso tenta esclarecer isso e conversarem sobre o pai dele agora poder pagar isso.
O dinheiro no banco, embora dê muito pouco de juros, rende mais do que estar em casa debaixo do colchão, e ainda mais do que ser dado a quem não precisa.

Se chegarem à conclusão que o pagamento dessas despesas tem algum fundamento (não sei se, por exemplo, isso não será uma espécie de compensação aos pais por eles terem pago estudos, ou outra coisa qualquer...), conta com menos esse para vocês. Se for justo esse dinheiro ser pago, então tens de aceitar e fazer de conta que é de menos esse que entra.

Em relação à proposta de trabalho, compreendo-a perfeitamente. Vais viver com um pessoa, por isso significa que novas responsabilidades se avizinham. Surgindo uma oferta de trabalho boa e a ganhar bem,é sempre uma oportunidade. Cabe-nos a nós decidir se estamos dispostos a fazer certos sacrifícios ou não, e melhor do que nós ninguém sabe qual é o limite para esses mesmos sacrifícios. Imagina que tinhas investido dinheiro em algum bem. Se em dois anos com o salário do teu namorado essa despesa ficasse paga, era melhor financeiramente para vocês do que estar a pagar a mesma coisa com um salário daqui, que demoraria 10 anos. lol

é tudo uma questão de "prisma".

Boa sorte

"A meta de uma discussão ou debate não deveria ser a vitória, mas o progresso."
( Joseph Joubert )

Madrinha da TCosta, da florzinha C.A.S.C.S. e da espevitada RuteCris Sorriso
Afilhada da Joanasantosblue Sorriso

Opções de visualização dos comentários

As alterações efectuadas serão aplicadas a todos os tópicos.

Tópicos relacionados

Sua opinião me é válida e importante! em Abril de 2013 completo 25 anos e o meu namorado 27, namoramos a 2 anos, somos noivos a 4 meses, mas continuo...
Ola boa noite, desde ja passo a explicar qual a razao pela qual nao posso ter uma crianca neste momento; Estou numa relacao relativamente recente,...
Olá a todas! Escrevo neste forúm com a certeza que me poderão ajudar. Então cá vai, tenho 23 anos e namora hà 3 anos, como é o normal eu e o meu...
Olá meninas Eu considero-me uma boa namorada, costumava estar com o meu namorado 6 dias por semana, agora tenho estado apenas 5 e esse é motivo de...
Olá a todos! Preciso das vossas opiniões!!! Tenho 28 anos, já trabalho mas ainda moro com os meus pais. Ainda não sai de casa porque o ordenado que...