O marido deve ajudar nas tarefas domésticas?

29 respostas [Última]
casquinha
Retrato de casquinha
Offline
Desde: 24.06.2010

Bom dia a todas,
tal como eu, casadinha há apenas há alguns meses, muitas tb tiveram de passar por uma fase de adaptação com os vossos maridos lá nas coisinhas de casa.
Mais complicado ainda é como no meu caso pois o meu marido saiu de debaixo das 'asinhas da mamã' e custou-lhe ter que partilhar a vida com uma mulher que não tinha os mesmo feitios.
Foi ensinado pela vida que a mulher é que tem de fazer tudo lá em casa e macho que é macho não tem de fazer nada que se denomine de 'doméstico'. Claro que a meu ver isto não se encaixa nos dias de hoje. Os dois têm os seus empregos, porque razão terá de ser a mulher a tratar de tudinho? Já lhe expliquei que não pode ser assim e tem de haver uma entreajuda no casal mas ele com a mania do 'machão' respondeu-me ontem que eu 'tenho é vergonha de ser mulher' e que por isso reclamo por ajuda ...
Caí no ridiculo quando ouvi esta resposta que surgiu quando eu ontem à noite lhe pedi o gentil favor de estender a roupa hj de manhã pois eu entrava as 8h no meu emprego e ele so entra as 13h...
Eu nunca lhe peço pra fazer nada em casa pois em geral eu trato sempre do quarto, da sala, das casas de banho, de lavar a roupa, engomar ... ele ajuda nas folgas a preparar o almoço (o que eu elogio constantemente) e ajudar a arrumar a cozinha.
É só isto o que ele faz na folga e nada mais no resto da semana até porque sou eu sempre a limpar a casinha e nunca lhe peço nada em troca.
O que realmente me deixou triste é que quando pedimos um favorzinho extra como foi o caso de ontem, eles fazem beiço e ja entendem que estamos a mandar e que nao têm nada que fazer tarefas de mulher. Dei por mim a pensar como é que seria quando tivessemos um filho ...
Qual é a vossa opiniao sobre este assunto?
Acham que o homem não deve ajudar nas lides domesticas e que isso deve ser trabalho de 'mulher'? ou deve haver uma partilha entre o casal?

Amor é quando as diferenças não são mais capazes de separar! Apaixonado Apaixonado Apaixonado
(J. de Bourbon Busset)

kika20
Retrato de kika20
Offline
Desde: 18.06.2010
....

Beijinho Olá!!

Eu nao sou casada nem vivo junta, mas quando isso acontecer nao serei eu a tratar de uma casa sozinha. Até porque tenciono ter um emprego e se ele esta cansado eu tambem estou.

O meu namorado tambem esta habituado a que a mae lhe faça as coisas, mas já fomos de ferias com um grupo de amigos e ele sempre me ajudou a fazer a cama porque nao precisavamos de limpar a casa. Em relação á roupa ele ajudava-me a estender.

Mas uma vez eu e uma amiga estavamos a fazer o jantar e ele estava a por a mesa. Outros rapazes estavam a acender uma fogueira para assarmos carne. Mas estavam a fazer muito fumo e como tinhamos roupa estendida pedi-lhe para a ir apanhar. Pedi-lhe muitas vezes. Até que me fartei e fui apanhar a minha roupa e dusse-lhe que se não queria que a roupa dele cheira-se a fumo para ir la ele.

E ele foi. E depois voltou a estende-le e apanhou-a.

Quero com isto explicar que enquanto fizeres tudo sem reclamar ( já que ele não toma a iniciativa) ele vai continuar a não te ajudar.

Espero ter ajudado.
Beijinho

Nexa
Retrato de Nexa
Offline
Desde: 21.07.2008
Não é ajudar, é fazer a parte

Não é ajudar, é fazer a parte dele.

FilipaZZZ
Retrato de FilipaZZZ
Offline
Desde: 03.10.2009
O marido não deve ajudar nas

O marido não deve ajudar nas tarefas domésticas. O marido TEM que FAZER. que é diferente... ajudar pressupõe que quem tem que fazer és tu e ele limita-se a "dar uma ajuda" aqui ou acolá. Fazer implica que as tarefas são divididas. Fazem os dois igual.. E não há cá discriminações. Não leves a mal este meu tom, mas não suporto que ainda haja essa ideia na cabeça de muito boa gente... E as mulheres a quem isso acontece têm que se impor para que comece a ser aceite por todos...
As mulheres hoje em dia trabalham, por isso devem ter os mesmo direitos e deveres que os homens... E estes o dever de tratar da casa...

Ainda bem que actualmente já há muitos homens com cabeça e que percebem que a mulher não é uma escrava. Homens que não têm medo de assumir que fazem tarefas domésticas.

Beijinhos e espero que tudo se resolva pelo melhor Sorriso

AMFV
Retrato de AMFV
Offline
Desde: 29.07.2008
O meu marido também não vinha

O meu marido também não vinha habituado a tarefas domésticas.
Mas ele sempre foi bom observador e vendo a mãe desempenhas as lides caseiras aprendeu.
Agora que casámos temos a parte prática do que ele aprendeu. Ele ajuda-me em todas as tarefas, ou melhor partilhamos as lides domésticas.
Por exemplo ele não tem muito jeito para passar a ferro e a maioria das vezes passo eu. Na cozinha também tenho mais jeito para cozinhar mas há dias na semana que ele chega primeiro e por isso faz.
E depois vemos em determinado dia se tenho roupa para passar ele lava a louça e arruma a cozinha ou vice-versa.
Nas limpezas fazemos em conjunto.
Acho que sou uma privilegiada.
Mesmo se às vezes a noção de prioridade nas tarefas é diferente entre os dois, umas vezes cede um outras o outro e chegamos a acordo.
Mesmo se algo não fica perfeito como nós queríamos nada de ir fazer. Eles com treino vão fazendo. Eu por vezes vou dizendo, olha eu costumo fazer assim ou de outra forma e indico os motivos. Se ele acha que a minha estratégia é melhor ele alinha, caso contrário justifica-se e continua a fazer como antes.

PatyF
Retrato de PatyF
Offline
Desde: 04.09.2009
Olá Casquinha

...Concordo com as outras meninas..Como é possivel que ainda haja tanto preconceito quanto à lida de casa?!!!!´

Olha, vou falar-te dos meus pais que estão casados há 23 anos...

O meu pai cresceu numa familia onde as mulheres tinham obrigação de fazer tudo em casa e paravam muitas vezes de almoçar para ir passar umas calças ao irmão que ele queria sair!!!

Quando casou, devido a problemas de saúde, não tinha trabalho...3meses depois, eu nascí..os meus pais ficaram a viver em casa dos meus avós (maternos), então todos trabalhavam e/ou estudavam..
O meu pai ficava sozinho todo o dia comigo...
Cuidava de mim, lavava a roupa de toda a gente (mulher, filha, sogros e cunhados), fazia o almoço para o cunhado que vinha almoçar ao meio dia, fazia o almoço para o outro que vinha da escola às 3 e por aí...Arrumava a casa toda, lavava, cozinhava, dava de comer aos animais que o meu avô tinha ana altura (galinhas, coelhos...) e cuidava de mim...
Um à parte, o meu pai tem uma perna amputada e nessa altura, não se adptava à prótese e andava de canadianas a fazer estas tarefas todas..
E o meu pai cresceu no ambiente em que te falei, que até era normal os homens baterem nas mulheres!!!

Isto para te dizer, que a educação é algo muito, mas muito importante e decisivo na vida de alguém, mas a pessoa também tem a sua príopria personalidade e o ambiente em que vive não impede muitas vezes, de percebermos o que é certo e errado...

Acho que antes de te casares, deverias ter tido este tipo de conversas com o teu marido, perceber qual era a posição dele, para deste modo não vires a sofrer e surpreender-te, pois talvez ago~ra não possas dizer que não sabias que ele era assim...

Eu continuo a ser apologista do diálogo entre um casal...por isso, força aí Piscar o olho

Respondendo à tua pergunta, os homens não devem ajudar na lida doméstica, devem participar nela como a mulher, visto que ambos têm um trabalho fora de casa e chegãm a casa cansados e com o mesmo direito de se sentarem no sofá a descansar...
Quanto a filhos, idem..As mulheres não os fazem sozinhos e com certeza, não decidem ter um filho sozinhas....

E hoje em dia, é muito mais vergonhoso, ter vergonha de trabalhar em casa, do que participar nessas mesmas tarefas!!!

Força e não deixes que façam de ti, escrava ou criada..
Os homens precisam tanto de nós, como nós deles Piscar o olho

anna12
Retrato de anna12
Offline
Desde: 10.04.2009
.

concordo! eles tem que entender que não estão a fazer um favor...estão a fazer a sua parte...tudo deve ser partilhado, tudo,o bom e o mau.

casquinha
Retrato de casquinha
Offline
Desde: 24.06.2010
.

Eu concordo plenamente com tudo o que foi dito aqui,e acreditem que por vos vir contar a minha situação é pra vos mostrar como já tenho me debatido com ele sobre este assunto, pois não quero criar já maus hábitos.
So gostava que ele tivesse mais iniciativa de fazer as coisas em vez de ter de ser eu a dizer 'faz isto' 'é preciso aquilo' 'aquela roupa nao pode ficar no chao' 'arruma os sapatos' ...
custa, claro que custa pois ele veio de uma familia onde a mãe é a escrava da casa e é que faz tudo mas eu estou disposta a lhe 'batalhar' no juizo ate ele aprender que tem fazer as coisas cmg lá em casa ... ja sei que ele vai se fartar e vai dizer que estou sempre a resmungar e a lhe chatear o juizo mas tenho a certeza de que com o tempo ele vai aprender que as tarefas têm de ser feitas a dois.
Só pra vos dar um exemplo, o meu marido com 28 anos, fez pela primeira vez a cama ja dps de estarmos casados ... e quase teve de ser obrigado...!! sinceramente quero combater esta 'mentalidade' e sei que muitas conversas e pressões vou ter de fazer senão...

Amor é quando as diferenças não são mais capazes de separar! Apaixonado Apaixonado Apaixonado
(J. de Bourbon Busset)

casquinha
Retrato de casquinha
Offline
Desde: 24.06.2010
.

PatyF escreveu:

Acho que antes de te casares, deverias ter tido este tipo de conversas com o teu marido, perceber qual era a posição dele, para deste modo não vires a sofrer e surpreender-te, pois talvez ago~ra não possas dizer que não sabias que ele era assim...

Esse foi precisamente o tipo de conversas que tive com ele (mais que uma vez) e a resposta era sempre 'sim' ...
sabemos que dps na realidade infelizmente as coisas mudam À espera

Amor é quando as diferenças não são mais capazes de separar! Apaixonado Apaixonado Apaixonado
(J. de Bourbon Busset)

MiniLuZ
Retrato de MiniLuZ
Offline
Desde: 25.05.2010
Não é que seja muito

Não é que seja muito entendida na matéria, mas pelo que vejo cá em casa...
O meu pai nunca precisou de fazer nada enquanto solteiro, mas quando casou começou a fazer as coisas com a minha mãe, mas não as fazia perfeitas, até que ela caiu no erro de lhe dizer que para fazer assim mais valia estar quieto porque acabava por ir ela fazer tudo outra vez... Choque!
Agora... Quando uma mulher tem tal atitude, está à espera do quê??? Que raivaaa!!!
Se o homem não quer fazer, a mulher não tem que o fazer por ele...
A sorte da minha mãe foi que o meu pai não se aproveitou disso... O que ela lhe pede para fazer, ele faz, e há coisas que ele sabe que tem de fazer, já é a rotina, e faz...
Eu também faço o que tenho a fazer, cá em casa... A casa é dos três...

Era bom... Se há coisa que não suporto, é machismo... Que raivaaa!!!

PatyF
Retrato de PatyF
Offline
Desde: 04.09.2009
...

casquinha escreveu:
PatyF escreveu:

Acho que antes de te casares, deverias ter tido este tipo de conversas com o teu marido, perceber qual era a posição dele, para deste modo não vires a sofrer e surpreender-te, pois talvez ago~ra não possas dizer que não sabias que ele era assim...

Esse foi precisamente o tipo de conversas que tive com ele (mais que uma vez) e a resposta era sempre 'sim' ...
sabemos que dps na realidade infelizmente as coisas mudam À espera

Sim..mas depois de casares foste fazendo as coisinhas e ele pensou "bem, afinal ela faz tudo e não precisa de ajuda"....Muitas vezes, para não pedirmos ou porque não fazem como nós, pensamos que é melhor deixá-los ficar sossegados no sofá e fazermos nós...

Como disse, acho que o diálogo é importante e deves mostrar-te firme nessa conversa..Se não resultar, penso que terá de ser a "terapia de choque", como algumas meninas já referiram aqui...

Acredita que se deixares as coisas continuaram da mesma maneira, sendo tu a fazeres tudo sozinha, quando tiverem um filho, as coisas não vão melhorar no sentido de entreajuda!!

E se nós, com o nosso trabalho e a vida de casa (partilhando as tarefas com o marido), muitas vezes, andamos rotas, imagina com filhos e fazendo tudo sozinha A pensar Cara séria

Sem berros, acho que devias ter uma conversa e atitudes bem firmes para com ele..espero que tudo se resolva pelo melhor Piscar o olho

Grande abraço Grande abraço Grande abraço

SaraMikas
Retrato de SaraMikas
Offline
Desde: 03.09.2008
Respondendo à tua pergunta:

OBVIAMENTE!

One day maybe well meet again...

XanicaPinto
Retrato de XanicaPinto
Offline
Desde: 25.06.2010
Olà a todas, Eu tive a mesma

Olà a todas,

Eu tive a mesma experiencia que tu, quando me juntei o meu namorado nao fazia NADA, quando digo nada é mesmo nada, nao ia ao supermercado e nao apanhava as meias do chao, isto entre outras (muitas) coisas que se passavem todos os dias là em casa. Até que um dia, nao havia roupa lavada, nem comida na mesa, por assim dizer, mas o frigorifico estava bem vazio e o cesto da roupa para passar estava a transbordar.. Hoje em dia passados 7 anos posso te dizer que muito mudou e mesmo quando ele tenta se escapar, deixa là que depressa volta ao ritmo. Hoje adora cozinhar, fazer compras, escolher coisinhas novas para os seus cozinhados e ajuda-me imenso na lide de casa e com a nossa Maria de 22 meses. Mas nao foi facil, tens que ser presistente e nao te deixares levar por "tou tao cansado", "và-là, amanhã ajudo, prometo".

Jà agora Viva Portugal todos os olhos postos no jogo às 16.30..

flowerlune
Retrato de flowerlune
Offline
Desde: 09.02.2009
...

kika20 escreveu:
Beijinho Olá!!

Eu nao sou casada nem vivo junta, mas quando isso acontecer nao serei eu a tratar de uma casa sozinha. Até porque tenciono ter um emprego e se ele esta cansado eu tambem estou.

O meu namorado tambem esta habituado a que a mae lhe faça as coisas, mas já fomos de ferias com um grupo de amigos e ele sempre me ajudou a fazer a cama porque nao precisavamos de limpar a casa. Em relação á roupa ele ajudava-me a estender.

Mas uma vez eu e uma amiga estavamos a fazer o jantar e ele estava a por a mesa. Outros rapazes estavam a acender uma fogueira para assarmos carne. Mas estavam a fazer muito fumo e como tinhamos roupa estendida pedi-lhe para a ir apanhar. Pedi-lhe muitas vezes. Até que me fartei e fui apanhar a minha roupa e dusse-lhe que se não queria que a roupa dele cheira-se a fumo para ir la ele.

E ele foi. E depois voltou a estende-le e apanhou-a.

Quero com isto explicar que enquanto fizeres tudo sem reclamar ( já que ele não toma a iniciativa) ele vai continuar a não te ajudar.

Espero ter ajudado.
Beijinho

Não sei se houve resposta...

Mas uma coisa são férias e outra coisa é viver com a pessoa diariamene

Catarina Neves
Retrato de Catarina Neves
Offline
Desde: 06.05.2008
Não me leves a mal, mas...

... pensavas que ele ía mudar com o casamento?

Durante o tempo de namoro não percebeste como ele era??

Desejo-te discernimento para lidar com a situação mas... prepara-te, porque raramente mudam Preocupado Preocupado Preocupado

casquinha
Retrato de casquinha
Offline
Desde: 24.06.2010
.

Nós não morámos juntos em solteiros e eu sabia perfeitamente que lá em casa dele a mãe é que tinha o hábito de fazer as coisas. Não ia deduzir que lá pela mãezinha fazer tudo, que ele dps fosse achar que uma vida de casado seria o mesmo. Falámos sobre isso milhares de vezes e deixei bem claro que teria de haver colaboração dos dois.
É lógico que a realidade depois acaba sempre por ser outra quando realmente nao nos damos conta do que é mesmo uma vida a dois.
Não serve de nada estar a dizer como é que ele era quando namorávamos e que agora ele não muda ... acho que não tem nada a ver, pois eles podem mudar noutras coisas.
E dou-te um exemplo, bastou ele casar para ter o grande gosto de se aventurar na cozinha e fazer pratos fabulosos, coisa que ele NUNCA se atreveu a fazer em casa.
Disso não me posso queixar, queixo-me dos outros trabalhos em que ele podia colaborar (pois numa casa não se cozinha só) mas acha que é trabalho de mulher.
Bom, pelo menos o aviso de ontem fez com que hoje ele estendesse a roupa e guardasse a loiça da máquina ... mas é a tal coisa, é preciso andar atrás para as coisas acontecerem senão nada feito Preocupado

Amor é quando as diferenças não são mais capazes de separar! Apaixonado Apaixonado Apaixonado
(J. de Bourbon Busset)

veruska77
Retrato de veruska77
Offline
Desde: 09.08.2009
olá

normalmente ando pelo outro lado (mae para mae) mas hoje vim espreitar a vizinhança...

Sendo casada pela segunda vez,há segunda acertei! loool

No primeiro casamento habituei-o mal logo desde o inicio, pensava que estava a mostrar que era uma boa esposinha, mas se já vinha calão, pior ficou!

Agora...no meu segundo foi logo das coisas que observei mesmo em tempo de namoro! Se ajuda em casa? Ajuda e bastante, também porque lhe dei as "regras" logo desde o inicio, ajudar-nos mutuamente.

Muitas vezes ele chega a casa cansadissimo, eu estive em casa com a bébé, mas mesmo assim se ele vê que estou atrapalhada com a menina, ele salta para a cozinha! E não acho mal nenhum nisso! Nós mulheres é emprego, casa e filhos, 24 horas, não é?

Mas também ao ler os vossos testemunhos tenho em alerta algo...tenho 2 mini pilas em casa...um dia vão ser homens e casar...melhor é prepará-los agora do que ter depois noras aborrecidas comigo! loool

Catarina Neves
Retrato de Catarina Neves
Offline
Desde: 06.05.2008
Na minha opinião...

... observando os comportamentos, consegue perceber-se E BEM como será depois de casar.

Por norma, quem não mexe uma palha (com a desculpa da mamã), não é depois de casado que o vai passar a fazer. ;( Se não criou hábitos, adquire como certo a subserviência da mulher.

Desejo que consigas mudar isso Piscar o olho Felicidades Piscar o olho

FMAD
Retrato de FMAD
Offline
Desde: 27.11.2007
Eu sofro do mesmo mal!

Comigo a situação foi um pouco diferente, em solteiro ele era o caos total, o quarto dele era totalmente impróprio para cardíacos tal era a desarrumação que reinava. Ele nunca fez absolutamente nada em casa e a mãe também não o soube disciplinar a arrumar as coisas dele, mas também não lhe arrumava o quarto. Se ele queria viver na confusão era escolha dele. O pai dele faz tudo em casa (os pais são separados) e tem imenso jeito para a cozinha, mas o meu marido não saiu ao pai!

Portanto quando casei já sabia MUITO bem ao que ia, não podia contar com uma fada do lar, porque para ele é perfeitamente normal e aceitável, deixar a roupa em cima do cesto da roupa, em vez de dentro do mesmo! E coisas do género.

No entanto no inicio da vida de casados (Set .09) ajudava imenso em casa, fazíamos sempre a limpeza da casa ao sábado de manhã em conjunto e despachávamos a coisa em três tempos. No entanto em Janeiro foi operado ao joelho e teve de ficar em casa 1 mês e tal de repouso...pronto acomodou-se e agora está super preguiçoso, é um castigo para que faça alguma coisa...e se peço resmunga imenso porque está a ver não sei quê na TV e já faz...mas passa tanto tempo que acabo por ser eu a fazer, claro. Já tivemos várias conversas e discussões que acabam sempre com ele a dizer que tenho razão e que vai ajudar mais...Mas nem sempre isso acontece.

Eu costumo dizer que com jeito conseguimos sempre o que queremos, e o que faço é por exemplo, na 6ª quando vimos para casa digo-lhe no carro: "Olha amanhã de manhã preciso que me ajudes, eu limpo as casas de banho e faço a cama e tu podias aspirar e limpar o pó à sala...(qualquer coisa deste género), para depois irmos não sei onde...etc", ou seja, peço com jeito, e ele acaba por ir fazendo alguma coisa, que é melhor que nada! Temos de pedir mas sem ele achar que estamos a mandar...é psicologia invertida, porque felizmente há homens que ajudam em casa!

Outra coisa que costumo fazer é, com um ar querido pedir para fazer pequenas coisas; "Ah hoje podias ser tu a arrumar a cozinha...!" São pequenos truque que vão resultando acredita!

Por isso o conselho que dou é ir pedindo que faça as coisas até ele se habituar!

Boa sorte!

CorpseBride
Retrato de CorpseBride
Offline
Desde: 02.10.2008
Como disse a SaraMikas...

SaraMikas escreveu:
OBVIAMENTE!

Já muito se tem discutido este tipo de assunto neste fórum. Há muitas mulheres a queixarem-se do mesmo, com mais ou menos gravidade, e muito embora cada relação seja diferente da outra, eu acho que após uns quantos anos de se conhecer o outro pode-se (e deve-se), sim, ficar com uma ideia de que tipo de marido ele será um dia que se passe a morar na mesma casa. E assim, nenhuma destas situações deveria ser acolhida com surpresa... Preocupado

Desejo-te toda a paciência do mundo para que consigas levar adiante uma relação nesses moldes, e faço votos para que o teu rapaz comece a ver a vida de modo diferente. Piscar o olho

There are no flowers on your grave, there are no chains
There I keep chanting for the forgotten name

DragonflyG
Retrato de DragonflyG
Offline
Desde: 29.05.2009
São dois a sujar, são dois a

São dois a sujar, são dois a arrumar! Voltámos à escravatura?

mónisca
Retrato de mónisca
Offline
Desde: 04.11.2007
pasmada

casquinha escreveu:
Bom dia a todas,
Já lhe expliquei que não pode ser assim e tem de haver uma entreajuda no casal mas ele com a mania do 'machão' respondeu-me ontem que eu 'tenho é vergonha de ser mulher' e que por isso reclamo por ajuda ...
Caí no ridiculo quando ouvi esta resposta que surgiu quando eu ontem à noite lhe pedi o gentil favor de estender a roupa hj de manhã pois eu entrava as 8h no meu emprego e ele so entra as 13h...

antes de tudo faz me confusão esta resposta...teres vergonha de seres mulher? e por isso pedes ajuda? isto deixa-me a cismar.
quanto a pergunta se deve opu nao ajudar. tem de fazer a parte dele,como nos fazemos a nossa e nos revezamos quando estamos cansados,com muito trabalho ou nao.
mas esse comentario... deixa-me mesmo pasmada!

Madrinha da Maggy,comadre da saraMikas,titi do Gui!SaraMikas,saco de boxe!lol

kika20
Retrato de kika20
Offline
Desde: 18.06.2010
...

flowerlune escreveu:
kika20 escreveu:
Beijinho Olá!!

Eu nao sou casada nem vivo junta, mas quando isso acontecer nao serei eu a tratar de uma casa sozinha. Até porque tenciono ter um emprego e se ele esta cansado eu tambem estou.

O meu namorado tambem esta habituado a que a mae lhe faça as coisas, mas já fomos de ferias com um grupo de amigos e ele sempre me ajudou a fazer a cama porque nao precisavamos de limpar a casa. Em relação á roupa ele ajudava-me a estender.

Mas uma vez eu e uma amiga estavamos a fazer o jantar e ele estava a por a mesa. Outros rapazes estavam a acender uma fogueira para assarmos carne. Mas estavam a fazer muito fumo e como tinhamos roupa estendida pedi-lhe para a ir apanhar. Pedi-lhe muitas vezes. Até que me fartei e fui apanhar a minha roupa e dusse-lhe que se não queria que a roupa dele cheira-se a fumo para ir la ele.

E ele foi. E depois voltou a estende-le e apanhou-a.

Quero com isto explicar que enquanto fizeres tudo sem reclamar ( já que ele não toma a iniciativa) ele vai continuar a não te ajudar.

Espero ter ajudado.
Beijinho

Não sei se houve resposta...

Mas uma coisa são férias e outra coisa é viver com a pessoa diariamene

Eu sei que são coisas diferentes. Mas acho que são estas pequenas coisas que nos fazem ver como eles são. E é esta a altura de conversar com eles sobre estes assuntos e de lhes mostrar que nao somos criadas deles. Nao é depois do casamento, muito menos depois de algum tempo a fazermos tudo sozinhas. Beijinho

anna12
Retrato de anna12
Offline
Desde: 10.04.2009
.

eu namorei 4 anos, e estou casada a 2...
enquanto namoramos eu morava sozinha e ele ia lá a casa muitas vezes jantar (quase todos os dias) e ajudava-me a arrumar as coisas no fim...antes de casarmos falamos e decidimos que dividiamos as tarefas todas e assim foi, sempre.claro que se um tiver doente ou expecialmente cansado, tamos lá para isso, mas por norma dividimos. Mas é claro, quando casamos, nao andei com paninhos quentes...já sei o que acontecia se eu fizesse isso ( ve-se pelos meus sogros, ele faia tudo em casa, e desde que casou ...nem se levanta para pegar um copo de água) ... era só o que me faltava!
Mas se ele se tivesse armado em tótó garanto que que eu lhe fazia um tratamento de choque e ele havia de me ajudar... =P

flowerlune
Retrato de flowerlune
Offline
Desde: 09.02.2009
...

kika20 escreveu:
flowerlune escreveu:
kika20 escreveu:
Beijinho Olá!!

Eu nao sou casada nem vivo junta, mas quando isso acontecer nao serei eu a tratar de uma casa sozinha. Até porque tenciono ter um emprego e se ele esta cansado eu tambem estou.

O meu namorado tambem esta habituado a que a mae lhe faça as coisas, mas já fomos de ferias com um grupo de amigos e ele sempre me ajudou a fazer a cama porque nao precisavamos de limpar a casa. Em relação á roupa ele ajudava-me a estender.

Mas uma vez eu e uma amiga estavamos a fazer o jantar e ele estava a por a mesa. Outros rapazes estavam a acender uma fogueira para assarmos carne. Mas estavam a fazer muito fumo e como tinhamos roupa estendida pedi-lhe para a ir apanhar. Pedi-lhe muitas vezes. Até que me fartei e fui apanhar a minha roupa e dusse-lhe que se não queria que a roupa dele cheira-se a fumo para ir la ele.

E ele foi. E depois voltou a estende-le e apanhou-a.

Quero com isto explicar que enquanto fizeres tudo sem reclamar ( já que ele não toma a iniciativa) ele vai continuar a não te ajudar.

Espero ter ajudado.
Beijinho

Não sei se houve resposta...

Mas uma coisa são férias e outra coisa é viver com a pessoa diariamene

Eu sei que são coisas diferentes. Mas acho que são estas pequenas coisas que nos fazem ver como eles são. E é esta a altura de conversar com eles sobre estes assuntos e de lhes mostrar que nao somos criadas deles. Nao é depois do casamento, muito menos depois de algum tempo a fazermos tudo sozinhas. Beijinho

Não arriscava a dizer que nessas alturas dá para ver como eles são. Há algum comodismo após o casamento, de uma forma geral.

sinidasle
Retrato de sinidasle
Offline
Desde: 02.10.2008
Casquinha...

Meu Deus... nem acredito que fizeste esta pergunta: "Acham que o homem não deve ajudar nas lides domesticas e que isso deve ser trabalho de 'mulher'?" em pleno seculo XXI! Por favor! Choque!

Continua a fazer tudo em casa direitinho k vais bem...sem ofensa...

Eu fazia exactamente o k ele faz: N-A-D-A. Qd a casa estivesse uma pocilga ele com certeza iria reparar k não casou com uma empregada nem com a mãe dele!! Careta

anna12
Retrato de anna12
Offline
Desde: 10.04.2009
.

flowerlune escreveu:
kika20 escreveu:
flowerlune escreveu:
kika20 escreveu:
Beijinho Olá!!

Eu nao sou casada nem vivo junta, mas quando isso acontecer nao serei eu a tratar de uma casa sozinha. Até porque tenciono ter um emprego e se ele esta cansado eu tambem estou.

O meu namorado tambem esta habituado a que a mae lhe faça as coisas, mas já fomos de ferias com um grupo de amigos e ele sempre me ajudou a fazer a cama porque nao precisavamos de limpar a casa. Em relação á roupa ele ajudava-me a estender.

Mas uma vez eu e uma amiga estavamos a fazer o jantar e ele estava a por a mesa. Outros rapazes estavam a acender uma fogueira para assarmos carne. Mas estavam a fazer muito fumo e como tinhamos roupa estendida pedi-lhe para a ir apanhar. Pedi-lhe muitas vezes. Até que me fartei e fui apanhar a minha roupa e dusse-lhe que se não queria que a roupa dele cheira-se a fumo para ir la ele.

E ele foi. E depois voltou a estende-le e apanhou-a.

Quero com isto explicar que enquanto fizeres tudo sem reclamar ( já que ele não toma a iniciativa) ele vai continuar a não te ajudar.

Espero ter ajudado.
Beijinho

Não sei se houve resposta...

Mas uma coisa são férias e outra coisa é viver com a pessoa diariamene

Eu sei que são coisas diferentes. Mas acho que são estas pequenas coisas que nos fazem ver como eles são. E é esta a altura de conversar com eles sobre estes assuntos e de lhes mostrar que nao somos criadas deles. Nao é depois do casamento, muito menos depois de algum tempo a fazermos tudo sozinhas. Beijinho

Não arriscava a dizer que nessas alturas dá para ver como eles são. Há algum comodismo após o casamento, de uma forma geral.

KIKA: Eu acho que tens razão! o namoro serve exatamente para o casal se conhecer melhor em várias áreas, e esta é uma delas!Deve ser um assunto falado e discutido entre o casal que tenciona casar ou juntar, para que ambos estejam preparados...quer o marido esteja praparado para que a esposa lhe peça ajuda; quer a esposa esteja preparada para pedir para fazer alguma coisa, sem receio da reação do recem marido ...nisto e em tudo o que faça parte do dia a dia do futuro casal.
Em relação ao comodismo, eles podem tentar, mas cabe a mulher, lembra-lo daquilo que falaram no namoro(ou se não foi falado, é expor a sua opinião e chegar a um acordo)... esta é a minha experiencia... =P

kika20
Retrato de kika20
Offline
Desde: 18.06.2010
ana12

Olá!!

Também concordo contigo em relação ao comodismo porque quem esta habituado a não fazer nada e começa a fazer depressa se habitua não fazer nada outra vez. Deve haver um esforço dos dois.

Sao estas pequenas coisas que quanto mais cedo forem discutidas melhor porque tem tempo de as discutir antes de por em pratica.

É o que penso mesmo nao tendo experiência quase nenhuma.

Beijinho

Carla121
Retrato de Carla121
Offline
Desde: 18.03.2010
Não concordo com o termo

Não concordo com o termo "ajudar"... fica a parecer que a casa é de um e a outra pessoa dá assistência. Tb não concordo que quando o homem não participa das tarefas domésticas seja tratado como um miúdo com direito a "castigo" e tudo. Acho que às vezes é por causa dessa atitude baseada em autoritarismo e não em igualdade que muitos deles não participam e às vezes até sentem que há áreas da casa que são só da mulher. Por exemplo, tenho um amigo que se queixa que faz as coisas e a mulher vai atrás consertar a cadeira, arrumar o aspirador melhor porque não é assim que gosta, vai com a esfregona atrás limpar melhor, enfim whatever. Quer que ele faça mas tem que ser feito como ela gosta. Eu tb me sentiria mal se o meu homem me viesse ensinar como limpar a casa ou fazer a comida. Eu acho que este tipo de coisas fazem os homens sentir-se uns inúteis e depois mal começam desistem logo. Se pensarmos bem até há alguma coisa aqui que não está bem não é? "ajudar", "castigos", "corrigir", "mandar"... enfim. Acho que o problema não está só nos homens. As mulheres tratam os homens como se fossem filhos delas em muitos casos. Espertalhão O que quero dizer é que muitas vezes a nossa abordagem tb não é correcta e que a culpa não é só das mãezinhas deles que os educaram mal.

sinidasle
Retrato de sinidasle
Offline
Desde: 02.10.2008
Concordo com o k a carla diz.

Concordo com o k a carla diz. Pke dou comigo muitas vezes a tentar corrigir o k ele fez...no inicio passava-me logo,agora tento dar a volta...dizer como axo k ficaria melhor e perguntar o k ele axa! Muitas vezes até ja nem digo nada...com o tempo e com o numero de vezes k se faz algo, vai-se fazendo mais perfeito...E se realmente continuasse a dizer como keria isto ou akilo ia parecer realmente que o territorio era meu, e k era exclusivamente minha a responsabilidade dele!

Beijinho

Opções de visualização dos comentários

As alterações efectuadas serão aplicadas a todos os tópicos.

Tópicos relacionados

Para construir um guarda-roupa prático, feminino, chique e intemporal são necessárias apenas 10 peças de roupa. Peças de roupa de boa qualidade...
A vida é feita de coisas simples, e gestos pequenos revelam o amor que se sente pela outra pessoa e tornam uma vida a dois, numa vida especial....
Por vezes, para tornar a relação melhor, é apenas necessário um pouco de boa vontade de ambas as partes. Torne estes gestos em vontades e não em...
A pele é o nosso cartão-de-visita, e ter uma pele bonita pode ser alcançado apenas com mudanças simples no estilo de vida. Se pretende ter uma pele...
ola venho propor o debate deste tema porque na minha familia a um caso assim ...eles tem 2 filhos de 6 anos e estiveram separados quase 2 anos e meio...
...