As mais lindas histórias de amor! | A Nossa Vida

As mais lindas histórias de amor!

Retrato de Maria Luisa Coelho
10.01.2009 | 23:20
Maria Luisa Coelho:
Membro desde: 09.07.2008

Olá meninas, eu não sei se já existe um tópico semelhante a este, mas aqui vai na mesma!

Eu tenho só visto aqui no fórum, tópicos que começam a partir do noivado, o casamento e a vida a dois!
Mas não vi, até agora, um que falasse do nosso inicio de vida a dois! É confuso? Passo a explicar. Algum dos muitos tópicos aqui encontrados e comentados, são da nossa vida a dois mas depois do casamento. Então eu venho propor-vos que partilhasse-mos a nossa vida a dois antes do casamento. Ou seja, como tudo começou!

Posso começar com a minha linda história de amor:

Era uma vez uma miudinha engraçada e divertida que ainda nem pensava nos assuntos do coração! Um dia, através do quintal, encontrou um rapaz magrinho e tímido que trabalhava numa das carrinhas da sua firma! Ele não lhe disse nada e nem ela a ele. Os dias foram-se passando e a conversa entre ambos também! Até que houve um dia em que ele tomou coragem e falou mais abertamente com ela e até lhe mandou uma mensagem: "O amor é fogo que arde sem se ver, é fogo que arde contentamento no coração de quem ama ardentemente! As trocas de mensagens iam sendo constantes e os telefonemas também! Ela sempre que falava com ele sentia o seu corpo a tremer todo e o seu coração palpitava mais um pouco acelerado! Com o passar do tempo ele foi chamado para a tropa, mas não se deixaram de se falar. Até que ela recebe a noticia que ele foi visto a passear com outra. O mundo desta alergre jovem desmoronou-se de uma só vez. Sofreu um pouco sim, mas levantou a cabeça, pois nunca tinham sido nada um ao outro. O que ela não sabia, é que ele nunca a tinha esquecido e contactou-a de novo. Aí sim, com mil palavras de amor. Ela esqueceu o passado e aceitou-o! Desde aí iniciaram uma linda história de amor. Até que apareceu um homem charmoso, mais velho que o namorado e com uma tanga enorme. Ela caiu nas palavras dele e acabou tudo com o outro por quem se apaixonara em tempos. Passado algum tempo e desde que o outro lhe largou uma tampa, ela sofreu imenso e percebeu que nunca tinha esquecido o seu 1º amor! Falaram honestos um com o outro e foram sinceros nas suas palavras. Beijaram-se com muito amor e desde então nunca mais se largaram. Já se casaram e são felizes ao lado um do outro e assim esperam o ser durante toda a vida!

Aqui fica a minha história e peço desculpa pelo testamento. Fico a aguardar as vossas!

Jokas Grandes:

Luisa Coelho


Retrato de Maria Luisa Coelho
Seg, 19/01/2009 - 02:48
Maria Luisa Coelho:
Membro desde: 09.07.2008

Ja vi k muitas leram mas que ninguem comenta!

Se calhar por não acharem que a sua história não é linda como a minha!

Tou a brincar, não se chateiam!

jokas:

luisa coelho

Luisa Borges

Retrato de helloKS
Seg, 19/01/2009 - 10:43
helloKS:
Membro desde: 27.11.2008

Olá linda

As vezes é mesmo a preguicite aguda...

beijinhos e muitassss felicidades

Retrato de Ystérica
Seg, 19/01/2009 - 13:25
Ystérica:
Membro desde: 09.12.2008

agr fica a mha:

Agosto de 2005, praia, calor, estava eu e uma amiga minha com o seu namorado e um rapaz de 1.78, porte atletico, cabelo castanho claro e olhos de mel com ar muitp ternurento.

nada aconteceu...apenas uma empatia estranha. Comentei com a minha amiga que me disse k ele tinha 30 anos!!! fikei espantada...tinha ar de 24...e eu tinha 23aninhos

setembro de 2005... o namorado da mha amiga fala de mim numa conversa informal e ele lembra se de mim...da menina linda da praia ... e pede lhe o meu numero

comecei a receber msg...qdo soube que eram dele fikei maravilhada:-)

e assim começou...

SAUDAÇÕES NUPCIAIS
Isa B.

Um nova Vida...

Isa Bastos

Retrato de Maria Luisa Coelho
Seg, 19/01/2009 - 22:09
Maria Luisa Coelho:
Membro desde: 09.07.2008

A tua história parece dakelas histórias de amor que lemos na Maria!ololol

Obrigada às duas por comentarem!

Já tou mais contente! :\

Jokas Grandes:

Luisa Coelho

Luisa Borges

Retrato de piska
Qua, 21/01/2009 - 11:48
piska:
Membro desde: 30.04.2008

Bem, aminha história de amor começou á cerca de 8anos e 4 meses atrás. Nós somos vizinhos e sempre nos conhecemos desde crianças. Cruzavamo-nos imensas vezes na ida e na vinda da escola, eu dizia olá e ele muito timido na maioria das vezes não respondia(sempre de olhos voltados para o chão), brincavamos juntos porque era amiga das primas dele, mas nunca passou disso. Com 15 anos começei a namorar com um outro rapaz da escola e por influências dele afastei-me de muitos dos meus verdadeiros amigos. Até que aos 17 abri os meu olhinhos e terminei tudo. Passei a estar com os meus amigos, gandes festarolas... Uma das amizades que criei nessa altura foi com o irmão pois estudavamos na mesma escola mas em anos diferentes. Na festa dos meus 18anos ao convidar o irmão resolvi convida-lo também a ele (nunca soube muito bem porquê, lembrei-me). Nessa noite passamos imenso tempo a conversar e depois de uma semana e mais alguns dias a trocar mensagens, muito por força de amigos começamos a namorar. Os nossos amigos quando querem são mesmo muito chatos. Era só programas "remelosos" como costumávamos dizer. Cineminha, saidas até à praia, barzinhos com musica romântica... e pronto. Umas maozinhas mais atrevidas, uns beijinhos escondidos e depois não deu mais para esconder. Agora em tom de brincadeira diz que soube escolher bem a namorada pois poupa imenso em combustivel.

Retrato de Maria Luisa Coelho
Qua, 21/01/2009 - 12:32
Maria Luisa Coelho:
Membro desde: 09.07.2008

Sapi, de facto a tua história é bem "cruzada" olololollol

Olha. explica-me só uma coisa, pois eu sou um bocado , ele namorava com a irmâ?

Obrigada por comentares!

Jokas grandes:

Luisa Coelho

Luisa Borges

Retrato de Maria Luisa Coelho
Qua, 21/01/2009 - 12:35
Maria Luisa Coelho:
Membro desde: 09.07.2008

Eu adoro histórias de ifancia! Acho que têm um toque especial! 8> 8>

Eu tambem sou destes programas de passear a pé, cinema, etc etc!

E de facto o teu amor tem razão, poupa-se na gasolina!

Obrigada plo comentário.

Jokas Grandes:

Luisa Coelho

Luisa Borges

Retrato de sapi
Qua, 21/01/2009 - 20:52
sapi:
Membro desde: 13.12.2008

começa por familias cruzadas, ou seja, o meu primo mais velho namorava com a irmã do meu namorado e agora marido. Conhecemo-nos, tinha eu 16 anos, ela apresentou-me como sendo sua prima, e ele respondeu "então se é tua prima tb é minha", a irmã dele e a minha prima queriam juntar-nos à força, mandavam boquinhas e tal, nós nunca nos falavamos, até prk ele pouco falava em português e tinha ainda muito a pinta de emigrante, simplesmente não me deixei interessar.
No ano seguinte, estava eu na praia com a minha familia quase toda, quando chega ele e a irmã, ali houve uma faísca qualquer, depois soube que ele namorava e senti uma coisa estranha no peito, tristeza, como se me tivessem espetado uma faca. Um mês depois soube que ele já não namorava e resolvi atacar, começei a enviar-lhe mensagens em tom de brincadeira, quando descobriu que era eu as mensagens continuaram, só saía com a irmã se soubesse que eu ia tb, o mais engraçado é que quando estavamos juntos não conseguiamos falar um com o outro, ficavamo-nos pelos olhares e sorrisos, chegámos a ter de estar com pessoas com quem não tinhamos empatia (familia do meu primo) só para nos vermos.Finalmente ele exigiu uma saida a sós comigo, depois outra e pronto a partir daí nunca mais nos largamos, somos casados à dois anos e meio e temos uma filha linda de quase 7 meses.
Mais tarde soube que naquele dia na praia, ele disse ao primo que tinha que me "agarrar"

Retrato de sapi
Qua, 21/01/2009 - 20:53
sapi:
Membro desde: 13.12.2008

Lol, já percebi que a forma como escrevi baralha, já corrigi.
Então é assim, o meu primo mais velho namorava com a irma mais velha do meu marido, eramos primos e cunhados.Digo eramos pork o meu primo faleceu à ano e meio, e agora é que vejo o grande problema de ter familia cruzada, a minha cunhada parece que se virou contra os meus tios, e eu de um lado ouço falar da minha familia e do outro ouço as coisas que ela tem feito e que magoam imenso.
Eu tento manter-me à parte mas fico doente com as coisas que me chegam aos ouvidos.

Retrato de Maria Luisa Coelho
Sáb, 24/01/2009 - 15:56
Maria Luisa Coelho:
Membro desde: 09.07.2008

olololol

Agora já cheguei lá

Fica bem!

Luisa Coelho

Luisa Borges