Ir morar para a Bélgica, Antuérpia, AJUDA | A Nossa Vida

Ir morar para a Bélgica, Antuérpia, AJUDA

Retrato de JBL
02.04.2014 | 16:25
JBL:
Membro desde: 17.01.2013

Olá a todos!
O meu marido está a trabalhar na Bélgica e como as saudades são muitas estamos a, ponderar mudar-nos todos para lá...
Temos uma filha com 4 anos que sofre com a ausência do pai e eu claro, não quero que esta situação se prolongue por muito mais tempo.
Um dos meus medos são, a minha filha não se adaptar,ela é muito apegada aos amiguinhos, aos primos a á avó. A língua, o neerlandês, aquilo parece sei lá o quê! Laughing E se Eu não conseguir arranjar trabalho, sei que tenho de aprender o básico da língua, não me adaptar a um país diferente do nosso...Cá tenho trabalho e não ganho mal, tenho a nossa casinha e lá sei que uma casa equiparada á nossa tem uma renda muito alta, não tenho muita família perto e sinto mesmo muita a falta da nossa vida familiar! Estou disposta a ir mas gostava que me contassem o que posso e não posso esperar da Bélgica, das dificuldades que tanto eu como a minha filha vamos enfrentar, etc...
Sei que n vai ser fácil, o meu marido trabalha o dia todo, quando chega não consegue obter grandes informações e o que vejo na net é muito vago!
Alguém por aí que me possa ajudar??


Retrato de tfvs
Qua, 02/04/2014 - 17:12
tfvs:
Membro desde: 06.01.2014

Olá! Eu moro na Bélgica, em Leuven, onde a lingua também é o neerlandês (existem 3 linguas oficiais na Bélgica) e penso que te posso ajudar com as tuas questões O que gostarias de saber em especifico?

Retrato de JBL
Qua, 02/04/2014 - 17:38
JBL:
Membro desde: 17.01.2013

Obrigada pela rápida resposta TFVS!
Olha, gostaria de saber tudoooo!
Indo eu para aí em Agosto, será fácil colocar a minha filha na escolinha? As crianças adaptam-se, geralmente, bem á língua? E eu, enquanto não aprender a língua, é fácil arranjar trabalho, nem que seja em limpezas? Eu não tenho medo de trabalhar, só quero poder contribuir para as nossas despesas e ter um bocadinho mais de qualidade de vida visto q cá trabalho todos os fins de semana e por turnos. Se continuar cá a minha filha para o ano vai para a primaria e sem o pai e cmg a trabalhar como estou não vai ter o acompanhamento que eu gostava q tivesse!
Se quiseres podes responder por mensagem privada....preciso mesmo de saber tudo! Trabalhos, salários ( o meu marido trabalha para uma empresa portuguesa e desconta para cá por isso n tenho noção), matriculas em escolas, seguros de saúde, qualidade/custo de vida, etc... Obrigada desde já! Wink

"O sucesso é uma consequência e não um objectivo"

Retrato de tfvs
Qua, 02/04/2014 - 19:45
tfvs:
Membro desde: 06.01.2014
JBL wrote:

Obrigada pela rápida resposta TFVS!
Olha, gostaria de saber tudoooo!
Indo eu para aí em Agosto, será fácil colocar a minha filha na escolinha? As crianças adaptam-se, geralmente, bem á língua? E eu, enquanto não aprender a língua, é fácil arranjar trabalho, nem que seja em limpezas? Eu não tenho medo de trabalhar, só quero poder contribuir para as nossas despesas e ter um bocadinho mais de qualidade de vida visto q cá trabalho todos os fins de semana e por turnos. Se continuar cá a minha filha para o ano vai para a primaria e sem o pai e cmg a trabalhar como estou não vai ter o acompanhamento que eu gostava q tivesse!
Se quiseres podes responder por mensagem privada....preciso mesmo de saber tudo! Trabalhos, salários ( o meu marido trabalha para uma empresa portuguesa e desconta para cá por isso n tenho noção), matriculas em escolas, seguros de saúde, qualidade/custo de vida, etc... Obrigada desde já! ;)

Normalmente não é muito difícil de colocar as crianças na escola, e as escolas flamengas (neerlandesas) têm uma óptima reputação. Não te sei dizer como será a adaptação da tua menina, mas normalmente as crianças são muito rápidas a aprender novas línguas. Acredito que os próprios educadores serão mais pacientes com ela - existem muitos casos como o da tua filhota Wink Se mesmo assim estiveres preocupada, podes sempre tentar encontrar um tutor à parte, para a ir ajudando. Não te consigo ajudar muito mais em relação a este assunto, mas geralmente aqui tens acompanhamento dos serviços de registo e etc, se precisares de ajuda. Para a menina poder ir para a escola e tu poderes trabalhar têm de estar registadas na câmara (para terem BI).O processo é relativamente simples porque és portuguesa. Normalmente requerem que apresentes um contrato de trabalho, mas como o teu marido está cá (suponho que registado?) em principio não colocarão esse entrave. Em relação a trabalho e salários, a perspectiva é bastante boa, mas realmente aconselho-te a aprender o neerlandês (pelo menos o básico). No entanto, se souberes falar inglês já consegues perfeitamente trabalhar. Se falares francês ou alemão ainda melhor (duas das três línguas oficiais - francês, neerlandês e alemão). Existem agências de trabalho que facilitam imenso a vida no que toca à procura de emprego, mas tens de estar registada cá/ter número de identificação. O salário mínimo varia entre 1300 e 1500 euros (depende da tua idade). Consegues ter um bom nível de vida - os preços do supermercado e roupas são praticamente iguais a Portugal, os transportes baratos etc, a única coisa mais carota é jantar fora e cinema. A qualidade é bastante boa! Em termos de saúde pagas um seguro obrigatório de cerca de 7 a 10 euros por mês (o meu é 7,5e por mês, mas és tu que escolhes) e quando vais ao médico pagas a consulta (como se fosses ao privado em portugal). A diferença é que os preços são mais baratos (ex: dentista 20e) e reembolsam-te cerca de 75-85% do valor que pagaste, por isso na prática acabas por pagar pouco a nível de saúde.
Aconselho-te a começares logo a aprender a língua assim que cá chegares...Facilita imenso! As pessoas são extremamente afáveis e prestáveis, mas prepara-te para o choque cultural...há coisas cá que são muito diferentes, muitas delas positivas, negativas ou insignificantes, mas que se nota a diferença.
Desculpa o testamento e se tiveres mais dúvidas diz, tenho a certeza que devo ter deixado de parte muitos pontos importantes sem me aperceber Smile

Retrato de JBL
Qua, 02/04/2014 - 21:46
JBL:
Membro desde: 17.01.2013

Obrigada pela ajuda querida! Ajudou-me muito! Já aí estas há muito tempo?
O meu marido não esta registado pq o contrato de trabalho é português, logo vamos ter de nos registar, falo ligeiramente bem inglês e alguma coisa de francês mas o meu objectivo é chegar e inscrever-me logo num curso de neerlandês, o Bruno vai começar o curso já este mês para aperfeiçoar o q ja sabe e aprender mais! Em relação ao ordenado mínimo é muito bom, mas já é com descontos? Aí descontam muito não é? Aqui ganho um pouco menos que esse valor e gostaria de ganhar o mesmo aí (se for 1500 já é óptimo, tenho 30 anos) , para podermos pagar as despesas daí e as daqui.
Acho que vou mesmo embarcar nesta aventura independentemente dos choques culturais e diferenças que vá ter, nunca é tarde para aprender nem mudar de vida, n é? Preparada acho que nunca vou estar,mas o q tem de ser tem muita força e nós queremos mesmo estar é todos juntos! Wink
Mais uma vez obrigada, se surgir alguma dúvida vou aproveitar-me da tua boa vontade e fazer-te perguntas! Wink

"O sucesso é uma consequência e não um objectivo"

Retrato de tfvs
Qui, 03/04/2014 - 07:35
tfvs:
Membro desde: 06.01.2014
JBL wrote:

Obrigada pela ajuda querida! Ajudou-me muito! Já aí estas há muito tempo?
O meu marido não esta registado pq o contrato de trabalho é português, logo vamos ter de nos registar, falo ligeiramente bem inglês e alguma coisa de francês mas o meu objectivo é chegar e inscrever-me logo num curso de neerlandês, o Bruno vai começar o curso já este mês para aperfeiçoar o q ja sabe e aprender mais! Em relação ao ordenado mínimo é muito bom, mas já é com descontos? Aí descontam muito não é? Aqui ganho um pouco menos que esse valor e gostaria de ganhar o mesmo aí (se for 1500 já é óptimo, tenho 30 anos) , para podermos pagar as despesas daí e as daqui.
Acho que vou mesmo embarcar nesta aventura independentemente dos choques culturais e diferenças que vá ter, nunca é tarde para aprender nem mudar de vida, n é? Preparada acho que nunca vou estar,mas o q tem de ser tem muita força e nós queremos mesmo estar é todos juntos! Wink
Mais uma vez obrigada, se surgir alguma dúvida vou aproveitar-me da tua boa vontade e fazer-te perguntas! ;)

Estou há mais ou menos 1 ano e meio Smile
O valor do ordenado mínimo é sem descontos, mas com descontos deve andar entre os 1200-1300… Depende mesmo muito: se tens filhos, se és casada, a contribuição do teu empregador para a segurança social, os benefícios que recebes da empresa, etc… O valor do salário também varia em relação ao tempo de serviço (ao final de trabalhares 6 meses ganhas x, ao final de 12 já ganhas outro x, penso que o valor máximo ronda os 1560e em salário mínimo). A coisa importante é que embora os descontos sejam alguns, vês bastante bem o retorno dos descontos na saúde, educação e afins.
Acho que fazes muuuito bem em vir Wink Vai ser de certeza uma aventura como dizes, mas compensa!
Está à vontade para perguntar o que quiseres! Grin A distância entre Leuven e Antuérpia é de cerca de 50 minutos, o que precisares diz. Vai dando noticias!

Retrato de ritta...
Qui, 03/04/2014 - 09:53
ritta...:
Membro desde: 06.01.2012

tenho o meu irmão, cunhada e sobrinho de quase 5 anos, a viver na bélgica, mais precisamente bruxelas... Eles só me dizem maravilhas do pais a nível geral e comparando com portugal, estão sempre a tentar convencer-me a ir para lá tambem!
Quanto à escola tanto na primeira cidade (não me lembro do nome) como em bruxelas foi fácil colocar o meu sobrinho! Ele demorou cerca de uns 3/4 meses para se adaptar por causa de não perceber a língua e assim não podia socializar com os colegas, mas como havia sempre mais portugueses, foi por aí que ele começou a adaptação! Hoje fala bem a língua... Eles estão lá à cerca de 1 ano e meio, 2 anos... Smile
Acho que fazes muito bem em ir para lá, e já tendo lá o marido é sempre mais fácil Smile boa sorte!

"A inteligência é o farol que nos guia, mas é a vontade que nos faz caminhar."

Retrato de JBL
Seg, 07/04/2014 - 21:57
JBL:
Membro desde: 17.01.2013

Obrigada meninas!
Sim é provável que vá, estamos a ver se conseguimos ir este verão! Wink
Sem duvida que é um país melhor para se viver neste momento,e pensando no futuro da minha filha acho que portugal não tem muito para oferecer nos próximos tempos, vamos ver...
ritta, pq é q não vais para lá tb?? Eu já estou como o nosso 1º ministro, mando toda a gente emigrar, eheheh Grin
Beijinho, que corra tudo bem convosco! ****

"O sucesso é uma consequência e não um objectivo"

Retrato de ritta...
Ter, 08/04/2014 - 11:32
ritta...:
Membro desde: 06.01.2012
JBL wrote:

Obrigada meninas!
Sim é provável que vá, estamos a ver se conseguimos ir este verão! Wink
Sem duvida que é um país melhor para se viver neste momento,e pensando no futuro da minha filha acho que portugal não tem muito para oferecer nos próximos tempos, vamos ver...
ritta, pq é q não vais para lá tb?? Eu já estou como o nosso 1º ministro, mando toda a gente emigrar, eheheh Grin
Beijinho, que corra tudo bem convosco! ****

Pelo facto de ter um filho com 16 anos no 11ano e ele ser contra ir para um pais com um idioma que ele não domina! Já ponderei tentar inglaterra... Mas mesmo assim preferia que ele terminasse o 12ano, depois era só fazer o restantes estudos lá... Mas ainda tenho 1 ano e pouco para ver como vai ser! Se tivesse na tua situação com uma criança ainda pequena, já tinha rumado há muito para fora! Smile

"A inteligência é o farol que nos guia, mas é a vontade que nos faz caminhar."

Retrato de JBL
Ter, 08/04/2014 - 20:34
JBL:
Membro desde: 17.01.2013

Sim, com 16 anos e no 11º ano é mais complicado de facto!
A minha mãe esta em Londres ha 2 anos com a minha irmã, ela tb vai acabar lá os estudos, tem 18 anos e já nem pensa em voltar!
Eu quero ir, vamos ver como corre! Wink

"O sucesso é uma consequência e não um objectivo"

Retrato de JBL
Ter, 08/04/2014 - 20:34
JBL:
Membro desde: 17.01.2013

Sim, com 16 anos e no 11º ano é mais complicado de facto!
A minha mãe esta em Londres ha 2 anos com a minha irmã, ela tb vai acabar lá os estudos, tem 18 anos e já nem pensa em voltar!
Eu quero ir, vamos ver como corre! Wink

"O sucesso é uma consequência e não um objectivo"