Fui despedido! O próximo, possível, empregador tem acesso a essa informação?

Retrato de Alexandre Esteves
03.01.2017 | 23:51
Alexandre Esteves:
Membro desde: 03.01.2017

Boa noite,

Recebi a nota de culpa para despedimento por justa causa e como já queria deixar a empresa, falei com os recursos humanos e foi-me dito que neste caso a forma mais rápida e eficaz de sair era não responder à nota de culpa e receberia o respectivo salário do último mês de trabalho, bem como o valor dos dias de férias e assim foi.
A minha questão é: como foi despedimento com justa causa ao procurar emprego novamente, o possível empregador tem acesso ao processo de despedimento? Ou seja, fica a saber que fui despedido com justa causa ao inserir os meus dados na segurança social ou nas finanças? Vou ficar com cadastro a nível profissional?


Retrato de Mia.
Sáb, 07/01/2017 - 17:53
Mia.:
Membro desde: 12.09.2013
Alexandre Esteves wrote:

Boa noite,

Recebi a nota de culpa para despedimento por justa causa e como já queria deixar a empresa, falei com os recursos humanos e foi-me dito que neste caso a forma mais rápida e eficaz de sair era não responder à nota de culpa e receberia o respectivo salário do último mês de trabalho, bem como o valor dos dias de férias e assim foi.
A minha questão é: como foi despedimento com justa causa ao procurar emprego novamente, o possível empregador tem acesso ao processo de despedimento? Ou seja, fica a saber que fui despedido com justa causa ao inserir os meus dados na segurança social ou nas finanças? Vou ficar com cadastro a nível profissional?

Não. Provavelmente numa entrevista podem é perguntar porque saiu do seu último emprego, e aí pode sempre indicar que foi por mútuo acordo ou invoca razões pessoais. A única questão que se pode levantar é que este mundo laboral é muito pequeno, e por isso pode sempre haver alguém que conheça a empresa/pessoas e que saiba o que aconteceu.

Retrato de BF74
Sex, 03/02/2017 - 00:25
BF74:
Membro desde: 20.05.2013

Quanto à sua pergunta, não o próximo empregador não terá acesso a essa informação a menos que conheça o seu anterior empregador ou alguém que lá trabalhe (ou trabalhasse) e lho digam.
Mas a informação que lhe deram para não responder à nota de culpa foi uma informação muito maliciosa! Isso não devia acontecer.
Se se sente culpado (a) dos factos que lhe atribuem na nota de culpa tudo bem, mas se não se sente deve reagir.