Flora desregulada ou algo mais? Ajudem-me, por favor!

34 respostas [Última]
Suzie_slb
Retrato de Suzie_slb
Offline
Desde: 12.09.2011

Olá caríssimas.
Segue-se um testamento, mas preciso de ajuda desesperadamente.

Tive infecções urinárias recorrentes durante uns tempos e cada vez que tinha relações sexuais, ficava com cistite. Andei a tomar vários tipos de antibióticos, a fazer profilaxia, tomei o Uro-Vaxom, etc, etc. Acabei por começar a tomar comprimidos de arando vermelho e deixei de ter infecções urinárias (pelo menos até agora). O problema é que nas últimas tomas de antibiótico, tinha logo o dia a seguir uma candidíase que passava prontamente após o tratamento com antifúngico.

Não chegava a ter dor durante o sexo ou corrimento vaginal, só um pequeno ardume.

Não tenho tido relações sexuais nos últimos 5 meses, porque o meu namorado encontra-se no estrangeiro. Neste período de tempo, comecei a ter sintomas de candidíase, mas eram tão subtis que deixei andar, mas cheguei a um ponto que já não conseguia aguentar e fui à Ginecologista.

Encontrou uma ferida no colo do útero de baixo grau e a citologia deu classificação ASCUS e Classe II, com inflamação, metaplasia e alterações de células intra-epiteliais de significado atípico com suspeita de HPV. Estou à espera do resultado do teste do HPV e os últimos exames de urina e exsudado vaginal deram em tudo negativo para parasitas, bactérias patogénicas e fungos. TUDO NEGATIVO! A única coisa que destes últimos exames posso apontar, e que não entendo bem, é que a nível microbiológico diz que tenho uma flora saprófita com ALGUNS bacilos de Döderlein. Ora, eu sei que é suposto os ter, mas não deveria ter mais do que ALGUNS? Será que o que me provoca este ardume constante (que parece que me estão a queimar com ácido) e um corrimento branco (quase insignificante) é apenas porque tenho ALGUNS bacilos e deveria ter mais?

Já fiz muitos anti-fúngicos e nos últimos tempos já não sentia melhoras nenhumas, e pensei que tivesse outra coisa, mas como os resultados dão todos negativos, será que é "só" flora desregulada e preciso de alimentar essa flora com bacilos e glicogénio?

Será que se tiver alguma estirpe de HPV isso pode estar a provocar este ardume horrível?

Alguém que me ajude, por favor. Eu não aguento este ardume. Sinto-me a ser queimada e não consigo concentrar-me em nada. A líbido, morreu há muito. Secura vaginal, alguma, pouca... Corrimento branco, pouco, por vezes um pouco aguado, porque tenho ordens médicas de para beber 2 litros de água por dia.

Não sei se tenho dores com a relação sexual, visto que estou sem fazer nada faz mais de 5 meses e antes disso, nunca tive dores durante o sexo.

Estou mais desanimada agora que nem sequer tenho nada, segundo os últimos exames.

Já tenho consulta marcada para voltar à Ginecologista, mas ainda demoro umas 3 semanas, pois só posso voltar com o resultado da tipagem de HPV e todos os médicos a quem recorri até agora parecem desvalorizar a minha situação e acham que é algo que passa depressa.

Sinto-me tão desesperada... Como dizia a "Ana dos cabelos ruivos", sinto-me nos fundos do desespero...

Por favor, alguém que perceba alguma coisa do assunto, que me acuda.
Obrigada pela atenção e qualquer ajuda dada.

FiPipoca
Retrato de FiPipoca
Offline
Desde: 03.03.2010
Suzie_slb

Olá querida,

Não te consigo ajudar,mas não quis passar aqui sem te deixar um beijinho. Boa sorte vai correr tudo bem, e vais conseguir acalmar a dor. Nem imagino que passas já uma infecção urinário é terrivel.
Alguém daqui vai conseguir ajudar te, vais ver Preocupado Grande abraço

Beijinho Beijinho

Fi
"Vive cada ssegundo como se fosse o ultimo..."

Madrinha orgulhosa das minhas meninas Sparkly e C.A.S.C.S. Piscar o olho
Afilhada odediente de kikinha_kutxi Piscar o olho

Angel_Mine
Retrato de Angel_Mine
Offline
Desde: 08.09.2011
Hola!

Bem, uma coisa eu não percebi... A pensar
Deixaste de ter infecções urinárias e passaste a ter candidíase? Não posso precisar, pois não sou médica. Mas várias amigas minhas (que, inicialmente, não tinham candidíase, mas sim infecções)com os tratamentos p/ infecção urinária passaram "para o outro lado". Ou seja, livraram-se de um mal e veio outro: a candidíase. Procuraram Ginecologistas que lhes disseram que com tantos antibióticos e afins desregularam a flora vaginal. Daí terem curado um mal e proporcionado outro... Não te garanto que seja esse o teu problema também, mas é um palpite.

Muita Força!

Beijinho e as melhoras, Beijinho

" Tenho Em Mim Todos Os Sonhos Do Mundo "

Syll
Retrato de Syll
Offline
Desde: 27.04.2010
Ecossistema frágil

Bom, posso deixar-te o meu bitaite apenas, pois também não sou médica nem nada que se pareça.

Ao ler a tua história, pensei que, por teres feito tantos anti-fúngicos, antibióticos e afins, poderás realmente ter dado cabo da tua flora vaginal. Isso é um autêntico ecossistema, e quem tem candidíase "crónica" bem sabe que pouco é preciso para que se desequilibre. Posso dar um exemplo: no dia seguinte a ter ido à minha 1ª entrevista de emprego da vida (que era num local muito longe, implicaria uma grande mudança de vida que não me agradava, e numa empresa de um ramo extremamente "exótico") estava com uma candidíase fortíssima como nunca tinha visto. Resultado directo do stress que senti naquela experiência!

Por isso, acho que terás que aguardar os resultados definitivos dos exames, que torcemos sejam bons, e procura aconselhamento ao nível do estilo de vida e alimentação, mais do que medicação, para regular a tua flora. Sugiro iogurtes, alimentação variada e leve, evita o álcool, segue uma rotina de sonos e de vida.

Boa Sorte!

Suzie_slb
Retrato de Suzie_slb
Offline
Desde: 12.09.2011
Onde estão os meus bacilos?

Sim, é isso mesmo: deixei de ter infecções urinárias (o urologista mando-meu tomar comprimidos de arando vermelho e nunca mais tive nenhuma infecção dessas), mas na altura que deixei os antibióticos, já deve ter sido tarde de mais e já tinha a flora vaginal desregulada e com a cândida oportunista a atacar. Agora nas análises, não surge nem fungos, nem parasitas, nem bactérias patogénicas, por isso a minha dúvida se a irritação que tenho pode ser derivada de ainda não ter a flora vaginal "no ponto". Sendo assim, tenho uma porta aberta para recaídas de candidíase, ou outras bactérias a aproveitaram-se para proliferarem felizes da vida.
Se é um desiquilíbrio na flora, que posso eu tomar e durante quanto tempo? E ao fim de quanto tempo posso ver melhorias?
Passei mais de um ano com infecções urinárias recorrentes e desde Novembro do ano passado que me surge a candidíase e agora... não sei, talvez uma suposta irritação devido a desequilíbrio na flora.
Livrei-me da cândida (talvez), mas continuo com os bacilos em falta??

Syll
Retrato de Syll
Offline
Desde: 27.04.2010
Cândida, Cândida.

Suzie_slb escreveu:
Sim, é isso mesmo: deixei de ter infecções urinárias (o urologista mando-meu tomar comprimidos de arando vermelho e nunca mais tive nenhuma infecção dessas), mas na altura que deixei os antibióticos, já deve ter sido tarde de mais e já tinha a flora vaginal desregulada e com a cândida oportunista a atacar. Agora nas análises, não surge nem fungos, nem parasitas, nem bactérias patogénicas, por isso a minha dúvida se a irritação que tenho pode ser derivada de ainda não ter a flora vaginal "no ponto". Sendo assim, tenho uma porta aberta para recaídas de candidíase, ou outras bactérias a aproveitaram-se para proliferarem felizes da vida.
Se é um desiquilíbrio na flora, que posso eu tomar e durante quanto tempo? E ao fim de quanto tempo posso ver melhorias?
Passei mais de um ano com infecções urinárias recorrentes e desde Novembro do ano passado que me surge a candidíase e agora... não sei, talvez uma suposta irritação devido a desequilíbrio na flora.
Livrei-me da cândida (talvez), mas continuo com os bacilos em falta??

Da cândida não te livras, até porque também faz parte da flora vaginal!
Posso acrescentar que, por exemplo, só faço tratamento à Candidíase quando estou com uma crise mesmo séria. Quando não é muito forte (ainda que incomode sempre), procuro aguentar, tomar iogurtes, resistir à constante lavagem e vontade de coçar (manter a higiene, claro, mas sem andar sempre a "minar" a flora) e isso costuma resultar.

Suzie_slb
Retrato de Suzie_slb
Offline
Desde: 12.09.2011
Eu sei que a cândida é nossa companheira

Eu não bebo alcóol, não como comida condimentada, bebo muita água, como iogurtes, hábitos de higiene já mais do que aprendidos... enfim... o meu mal não é por aí.
Sim, eu sei que a cândida e muitas bactérias fazem parte da nossa flora vaginal e que só surgem descontroladas quando não há bacilos para as meterem na linha...
Mas agora não me aparecem fungos nas análises: aliás, não aparece nada nas análises, só diz que tenho ALGUNS bacilos de Döderlein... Eu tinha a ideia de que a nossa flora vaginal tinha pelo menos uns 80% desses bacilos. A ser assim, não deveria aparecer-me ALGUNS bacilos na análise microbiológica, não? Deveria dizer flora com abundantes bacilos ou algo do género não?
Daí a minha dúvida: agora não tenho cândida, mas continuo com o ardume e irritação porque tenho a flora vaginal desregulada (com poucos bacilos de Dördelein, ou lactobacilos, se preferirem)?
Basta ter uma população com menos lactobacilos do que se devia que é o suficiente para se sentir irritações a ardumes na vagina?
Minha pobre vagina...

Angel_Mine
Retrato de Angel_Mine
Offline
Desde: 08.09.2011
Aqui vai o que descobri...

Eu de Candidíase não percebo muito (ou nada!). Nunca tive (felizmente!). Dei-te a conhecer o testemunho das minhas amigas e decidi pesquisar. Eis o que encontrei: http://vilamulher.terra.com.br/lactobacilos-voce-s...

Pelo que percebi, de facto deverias ter mais que ALGUNS lactobacilos... E deve ser essa a causa do ardume... Tal como a outra menina te aconselhou, deves comer/ beber derivados de leite.

O link é para quem quiser ver o que pesquisei... Claro que muitas meninas já devem saber, mas pronto... Careta

Beijinho, Beijinho

" Tenho Em Mim Todos Os Sonhos Do Mundo "

Suzie_slb
Retrato de Suzie_slb
Offline
Desde: 12.09.2011
Angel_Mine

Obrigada pelo link. De facto já sabia que devia tomar lacticínios, probióticos, coisas do género. Não tenho tomado muito, porque até hoje, pensava que tinha ainda candidíase, e os lacticínios são péssimos para esses fungos, mas bebo iogurte com lactobacilos e iogurte natural...
Também acho que deveria ter mais do que ALGUNS bacilos de Döderlein, mas nos resultados nem sequer falam em percentagem e daí a minha dúvida, mas parece um pouco provável que tenho mesmo falta desses bacilos e é melhor começar a fazer tratamento para a flora vaginal... Mas tenho que falar com a ginecologista e ver o que será melhor para mim...
Conheço o Geliofil que tem glicogénio para os lactobacilos, mas tenho tão poucos que acho que deveria começar por tomar óvulos com lactobacilos... Não me adianta colocar alimento para os bacilos se não os tenho lá, não?

Angel_Mine
Retrato de Angel_Mine
Offline
Desde: 08.09.2011
Pois...

Mas também tens que pensar que tens ALGUNS. E se os "alimentares" talvez melhores. Mas fala sempre com a tua ginecologista...

Beijinho, Beijinho

" Tenho Em Mim Todos Os Sonhos Do Mundo "

Suzie_slb
Retrato de Suzie_slb
Offline
Desde: 12.09.2011
Angel_Mine

Angel_Mine escreveu:
Mas também tens que pensar que tens ALGUNS. E se os "alimentares" talvez melhores. Mas fala sempre com a tua ginecologista...

Beijinho, Beijinho

Sim, é mesmo o que eu vou fazer... Eu tenho que falar com a senhora doutora, mas até falar com ela, ainda leva um tempo e nem sequer sei se o meu problema é de facto flora vaginal com bacilos insuficientes... Considerando que não surge nada nas análises, é a única coisa que me ocorre, só não tenho a certeza que isso provoca ardume, mas talvez...
Tantos meses com ardume constante, eu já estou por tudo... Triste
De há mais de 2 anos para cá, estou sempre com alguma coisa... Infecções urinárias por E. coli, por Klebsiella pneumoniae, candidíase, uma lesão no colo do útero, falta de bacilos de Döderlein e ainda espero resultados de HPV e que há boas possibilidades de ter... Já tudo me acontece!!

Angel_Mine
Retrato de Angel_Mine
Offline
Desde: 08.09.2011
Mau...

Suzie_slb escreveu:
que há boas possibilidades de ter... Já tudo me acontece!!

Não há boas nem más possibilidades de nada!! O que mais me incomoda é saber que alguém está mal e só pensa no pior!
Vais ver que tudo vai correr pelo melhor!
Tens que aguardar com calma a consulta que terás com a tua médica, mas com calma, mesmo.
Acho que também sabes que as infecções também são psicológicas, logo, o ardume pode também ser! Mantém-te calma... Olha, noutro tópico (sobre infecções) deram 2 conselhos que talvez não saibas:
1º Beber sumo de mirtilho;
2º Beber chá de barbas de milho.

Boa Sorte e As Melhoras.

Beijinho, Beijinho

" Tenho Em Mim Todos Os Sonhos Do Mundo "

Angel_Mine
Retrato de Angel_Mine
Offline
Desde: 08.09.2011
...

Se calhar não me fiz entender. Eu sei que não tens infecção, mas essas duas dicas são boas para o ardume e mau-estar que se sente. Pode ajudar no teu caso.

Beijinho, Beijinho

" Tenho Em Mim Todos Os Sonhos Do Mundo "

ana.loira
Retrato de ana.loira
Offline
Desde: 24.05.2011
Eu li algures e já há algum

Eu li algures e já há algum tempo que para "reparar" a flora vaginal,comer os iogurtes como já foi sugerido mas também aplicá-los na vagina,não é qualquer iogurte tem de ser daqueles com maior percentagem de bacilos,penso que o Actimel é bom,atenção,também à roupa interior,só algodão e saias e nada de pensinhos diários.

Suzie_slb
Retrato de Suzie_slb
Offline
Desde: 12.09.2011
Sim, eu já sabia disso

ana.loira escreveu:
Eu li algures e já há algum tempo que para "reparar" a flora vaginal,comer os iogurtes como já foi sugerido mas também aplicá-los na vagina,não é qualquer iogurte tem de ser daqueles com maior percentagem de bacilos,penso que o Actimel é bom,atenção,também à roupa interior,só algodão e saias e nada de pensinhos diários.

Obrigada pelas dicas, mas eu já faço essas coisas todas... Quando for ao médico, se de facto o que tenho é flora desregulada, eu vou ver se ele acha que devo fazer alguma coisa extra.
Para já, probióticos com lactobacilos que ajudem na flora intestinal, pois o problema passa muito por aí.

Suzie_slb
Retrato de Suzie_slb
Offline
Desde: 12.09.2011
Angel_Mine

Angel_Mine escreveu:
Suzie_slb escreveu:
que há boas possibilidades de ter... Já tudo me acontece!!

Não há boas nem más possibilidades de nada!! O que mais me incomoda é saber que alguém está mal e só pensa no pior!
Vais ver que tudo vai correr pelo melhor!
Tens que aguardar com calma a consulta que terás com a tua médica, mas com calma, mesmo.
Acho que também sabes que as infecções também são psicológicas, logo, o ardume pode também ser! Mantém-te calma... Olha, noutro tópico (sobre infecções) deram 2 conselhos que talvez não saibas:
1º Beber sumo de mirtilho;
2º Beber chá de barbas de milho.

Boa Sorte e As Melhoras.

Beijinho, Beijinho

Não leves a mal, mas eu sei, pelo que vem descrito na última citologia que fiz, que as alterações celulares que me surgem na pequena lesão do colo do útero são típicas de HPV, por isso, não me vou ficar surpreendida se aparecer alguma estirpe desse vírus nos resultados. Em todo o caso, isso nem me preocupa muito, pois independentemente de ter HPV ou não, o tratamento vai passar por retirar a ferida (é tão pequena que nem se vê a olho nú) com laser. Terei de a retirar com outro método se se verificar que a ferida tem continuidade para o interior do colo do útero que é o que vou fazer na próxima visita à ginecologista, mas estou mentalizada para isso e esse assunto não me stressa.
Infelizmente, o que me stressa é mesmo o ardume insuportável que tenho na vagina. Desconcentra-me e não consigo fazer nada sem que me possa abstrair disso. Normal, quando parece que me estão a queimar com um ferro em brasa ou algo do género. Em todo o caso, hei-de fazer de tudo para que isto passe. Eu não aceito viver assim... Mas é que não aceito mesmo!!!

Quanto ao facto de as infecções serem psicológicas, não acredito que o sejam no meu caso... eu andei 4 meses a ignorar os sintomas, porque pensava que era da minha cabeça, mas cheguei ao ponto de não poder ignorar mais. Andei muito tempo a tomar antibióticos e anti-fúngicos, portanto, é normal que tanto a vagina como os intestinos andem com a flora desregulada, penso eu. E isso levou o seu tempo a desregular, portanto, e infelizmente, também vai levar algum tempo a repôr tudo na sua ordem natural.

Há dias em que é difícil ser optimista, mas até o vou sendo e procuro ajuda, informações, etc... mas noutros, o moral vai abaixo, principalmente se o ardume se agrava. E toda a frustração recalcada acaba por sair e lá fico eu a chorar de frustração e tristeza...

Mas como eu disse, eu não aceito viver assim e eu hei-de ficar boa, seja lá de que modo for.

Angel_Mine
Retrato de Angel_Mine
Offline
Desde: 08.09.2011
:(

Eu não levo a mal! Só não gostei de te "sentir" tristinha... Triste

Acho bem que não aceites viver assim! Piscar o olho
Mesmo que tenhas que retirar a ferida, o importante é que estás consciencializada e que te sentes preparada para o fazer... Se isso te acabar com o ardume e mau-estar, venha lá isso! Piscar o olho

Acredito que não deve ser nada agradavel... Mas não te podes ir abaixo. Certamente há uma solução para esse problema e tens que a procurar, todos os dias.

Torço por ti e pelas tuas melhoras.

Beijinho, Beijinho

" Tenho Em Mim Todos Os Sonhos Do Mundo "

Suzie_slb
Retrato de Suzie_slb
Offline
Desde: 12.09.2011
Mulher sofre

Angel_Mine escreveu:
Eu não levo a mal! Só não gostei de te "sentir" tristinha... Triste

Claro que estava triste... deve notar-se isso pelas minhas palavras. Ontem e hoje o meu ardume tem estado mais assanhado o que não ajuda mesmo nada. Triste

Quanto à ferida no colo do útero, não me provoca dor nem nada (aquilo mal se vê). Tirá-la, sim, deve ser desagradável, mesmo com alguma espécie de anestesia, mas em teoria, devo mesmo ter que a tirar, principalmente, se os resultados acusarem alguma estirpe de HPV.

Do que me andei a informar... a ferida terá de ser retirada a laser (uma espécie de cauterização da ferida) ou então pelo método da conização (que consiste em cortar um pedaço pequeno do colo do útero). Isto vai depender da extensão da ferida, o que ainda está por determinar, como já disse no comentário anterior. Se a ferida for só o que se vê, e como é de baixo grau, o laser deverá chegar.

Mulher sofre!

Quanto à minha pobre vagina, enfim... só mesmo com tempo e paciência e com a ajuda certa. Já vou na 3ª médica... Todas desvalorizam os meus sintomas... mas é a mim que me dói, não é a elas.

Espero ficar melhor... melhor não, quero ficar boa! Espero ficar boa e poder mais tarde partilhar a minha experiência, porque sei que há pessoas que sofrem destes desequilíbrios e à vezes pensamos que é uma infecção de algo e teimamos nisso e até pode nem ser... Penso mesmo que se não estivermos regulados a nível intestinal (e vaginal, claro), que não adianta vermo-nos livres de bactérias nocivas ou fungos ou parasitas, porque eles podem voltar se não estivermos "equilibrados".
É como ter a janela aberta e a luz da sala ligada... não adianta matar os mosquitos que entram se não tratarmos de fechar a janela e desligar a luz... ou seja, temos que tratar a raiz do problema e não só o problema.

Mulher... sofre!
Beijinhooooooos!

Syll
Retrato de Syll
Offline
Desde: 27.04.2010
crises

Quando ando mais atrapalhada (com a bela da candidíase), chego a casa, lavo-me e visto uma camisa longa, género vestido, e ando só assim, sem cuecas.
Acredito piamente que o "arejamento" ajuda.
Terapia imediata, mas é o que posso arranjar!

Angel_Mine
Retrato de Angel_Mine
Offline
Desde: 08.09.2011
:)

Claro que a solução é "cortar o mal pela raíz". Mas o problema é: Será que a origem disso tudo está nessa pequena ferida? Eu sei que só com os exames é que vais ter a certeza se tens (ou não) alguma estirpe de HPV, mas se não tiveres, onde estará a causa/ origem para tanto mau-estar?

Já experimentaste o conselho da Syll?

As melhoras!

Beijinho, Beijinho

" Tenho Em Mim Todos Os Sonhos Do Mundo "

Suzie_slb
Retrato de Suzie_slb
Offline
Desde: 12.09.2011
Syll e Angel_Mine

Angel_Mine escreveu:
Claro que a solução é "cortar o mal pela raíz". Mas o problema é: Será que a origem disso tudo está nessa pequena ferida? Eu sei que só com os exames é que vais ter a certeza se tens (ou não) alguma estirpe de HPV, mas se não tiveres, onde estará a causa/ origem para tanto mau-estar?

Já experimentaste o conselho da Syll?

Pois, não sei se a ferida está na causa do desconforto. Pode é estar a impedir, de certa maneira, que o meu corpo ataque eficzmente a suposta candidíase ou lá o que tenho, mas não será a causa disso, tanto quanto me disse a médica. A última ginecologista nem sequer acha que seja provável eu sentir-me assim por causa da ferida. A médica anterior é que falou que podia estar a demorar para recuperar por causa disso, mas é uma ferida tão pequena... nem se vê a olho nú! Enfim, falta saber do HPV e tentar perceber o que se passa aqui.

Cuecas, só de algodão, nada de tangas, nem rendas (nunca usei nada disso, de qualquer das maneiras, eu não gosto) e nos últimos tempos, só as uso mesmo quando saio de casa. De resto, em casa ando sempre sem cuecas para deixar a "Maria" arejar.

Próxima consulta, mais umas questões para colocar com a médica, enfim...

Beijinhos meninas

Angel_Mine
Retrato de Angel_Mine
Offline
Desde: 08.09.2011
:)

Percebi. Não é a causa, mas impede, de certa forma, a/o cura/ tratamento.
Pois, deves ter varias questões que queres saber a resposta e, como tal, deves mesmo aproveitar a consulta para esclarecer todas as dúvidas.

Quando souberes os resultados dá notícias!
Fico a torcer por ti!

Beijinho, Beijinho

" Tenho Em Mim Todos Os Sonhos Do Mundo "

Suzie_slb
Retrato de Suzie_slb
Offline
Desde: 12.09.2011
Merci beaucoup!

Angel_Mine escreveu:

Quando souberes os resultados dá notícias!
Fico a torcer por ti!

Beijinho, Beijinho

Obrigada linda!
Beijinhos

lindinha1972
Retrato de lindinha1972
Offline
Desde: 16.03.2011
Ola Suzie-slb, Olha tu por

Ola Suzie-slb,
Olha tu por acaso usas lexivia ou branqueadores na tua roupa?Principalmente cuecas?
Eu tive igual ou parecido , muda o teu detergente da roupa para um non- bio ( sem quimicos) a mim era o k me fazia as infecçoes e andei mais de ano e meio , comichão terrivel, falta de lubrificaçao vaginal e um corrimento k por vezes parecia gelatina brankeada, ate chorava com o desespero....fazer amor era uma turtura, a sorte era ter maridinho sempre compreensivel e carinhoso Gargalhadas)) Não tens nada a perder, se não fizer bem, mal tambem não te fara,
Bjks

Suzie_slb
Retrato de Suzie_slb
Offline
Desde: 12.09.2011
Lindinha

lindinha1972 escreveu:
Ola Suzie-slb,
Olha tu por acaso usas lexivia ou branqueadores na tua roupa?Principalmente cuecas?
Eu tive igual ou parecido , muda o teu detergente da roupa para um non- bio ( sem quimicos) a mim era o k me fazia as infecçoes e andei mais de ano e meio , comichão terrivel, falta de lubrificaçao vaginal e um corrimento k por vezes parecia gelatina brankeada, ate chorava com o desespero....fazer amor era uma turtura, a sorte era ter maridinho sempre compreensivel e carinhoso Gargalhadas)) Não tens nada a perder, se não fizer bem, mal tambem não te fara,
Bjks

Olá...
Eu não uso lixívia nem branqueadores na minha roupa. Lavo-a com o velho Skip ou com o Tide. Já tentei passar a roupa interior a ferro, para matar qualquer coisa que lá estivesse, mas óbvio que isso não faz nada em relação a químicos. Pior ainda é que os elásticos das cuecas acabam por ficar fragilizados por causa do quente do ferro, portanto, é coisa que já nem faço.
Detergentes dos que falas, não conheço nenhum, acho eu...
Agradecia o nome de um para que possa procurar (sim, faz lá a publicidade). Pode não ajudar, mas mal não vai fazer e sempre é alguma coisa que posso riscar da lista de possíveis causas.
Obrigadinha! Sorriso

lindinha1972
Retrato de lindinha1972
Offline
Desde: 16.03.2011
Ola, o meu milagroso

Ola, o meu milagroso detergente/ amaciador è da marca Fairy, k infelizmente não se encontra a venda em Portugal, mas o Persil ou Ariel por exemplo tem a formula Non- bio, ( pele sensivel ou bebe, sao os melhores)
Evita detergentes k contenha perfumes etc e opta pela formula original e amaciador igual tambem, procura no Iper mercado pois com certeza havera bastantes outras companhias k o fazem, escolhe uma boa marca, lava tuas roupas( cuecas , calças, etc) e ve se sentes alguma diferença, para mim foi a soluçao,
Muito boa sorte , e reporta o resultado,
Bjkas
Linda

Suzie_slb
Retrato de Suzie_slb
Offline
Desde: 12.09.2011
Linda

Obrigada pela dica.
Pode não ser o meu problema, mas mal não vai fazer de certeza. Na próxima ida ao Hiper, vou ver disso.
Beijinhos

Suzie_slb
Retrato de Suzie_slb
Offline
Desde: 12.09.2011
Ainda a candidíase...

Minhas caras,

Encontro-me a chorar neste momento. Estou desesperada... já não chorava assim à uns tempos, mas agora teve mesmo de ser. TEnho que deitar tudo cá para fora.

Update: Quanto à lesão no colo do útero, as biópsias confirmaram ser de baixo grau, mas num outro teste deu positivo para HPV (VPH - Vírus do Papiloma Humano) de alto risco para contrair cancro do colo do útero... Ok, tudo bem... Vou retirar a lesão nos próximos tempos... Isso sinceramente não é uma coisa que me tira o sono, porque é de resolução fácil.

Quanto à candidíase, essa cabra me merda (porque não tem outro nome, desculpem a linguagem) continua a fazer-me a vida num inferno.

Já fiz Dafnegil, Gino-Canesten, Gyno-Pevaryl, óvulos de lactobacilos, toma de antibióticos contra bactérias e parasitas de doenças venéreas (como a tricomoníase, clamídia e gonorreia - que não tinha, mas ok senhor doutor, vamos lá tentar). Fiz tratamento de fluconazol para a vagina: 150mg por mês durante 2 meses; nada! Fiz 50mg por semana durante 2 meses; nada, nem cócegas!

Já fiz desparatisação interna; como as minhas fezes variam entre o mole e a diarreia (e isso surgiu a partir da mesma altura que o ardume e corrimento vaginal me surgiram também).

Já fui vista por 4 médicos diferentes. Sempre me passaram só as pomadinhas ou os ovulozinhos que não me fazem nada. Ao início sim, mas agora já não...

Já fui a um homeopata... disse-me que a origem do meu problema é nos intestinos e passou-me um anti-fúngico natural (à base de alho e outras coisas do género) e probióticos (lactobacilos, etc, etc) para repôr a flora intestinal... Essas coisas são caríssimas... Tomei durante meses e continuo a tomar os probióticos, mas não vejo melhoras.

De facto a teoria de o meu problema ter origem nos intestinos até me fez sentido. Não só matei a flora vaginal como a intestinal, claro... e enquanto tomava antibióticos nunca tomei probióticos e para piorar as coisas tinha uma dieta muito docinha (neste momento a minha dieta é praticamente só vegetais, carne, peixe e ovos - cortei com os açúcares para tentar matar a candida à fome, visto que adora doces). Com tantos doces que eu comia, e sem bactérias amigas, a candiíase teve a oportunidade de se desenvolver à grande nos meus intestinos. Ok, isto é o que eu penso que tenha acontecido. Não tenho confirmação de nada.

Os meus sintomas não são só vaginais... tenho muito ardume rectal, tenho cólicas fortes nos intestinos que pioram exponencialmente na menstruação e as minhas fezes são horrivelmente moles e meio pegajosas (não têm definitivamente aquela consistência normal do antigamente). Já para não falar nos sintomas emocionais: falta de libido, mudanças súbitas de humor, irritação, tristeza, desânimo... esse tipo de coisas. Agora sofro de tensão pré-menstrual, coisa que nunca tive! Enfim... sinto tanta porcaria e parece que nada disso é significante para os médicos.

Perguntei à actual médica se o meu problema sendo originário nos intestinos (ao que ela disse que era possível ter esse problema também nos intestinos) se não podia fazer um tratamento adequado, visto que não tinha feito nenhum para tratar intestinos. Ela lavou as mãos do assunto e disse que não era nada com ela.

Como é que eu, sem médico de família consigo tratar-me? Porque é que nem a porcaria de um médico me ajuda e deixam-me andar assim e não se incomodam com o sofrimento de um paciente?

Na farmácia já devem andar fartos de me ver a caminhar para lá a chorar. Falei com a minha farmacêutica (que já me conhece desde que usava fraldas) e pedi-lhe se não me vendia alguma coisa para tentar um tratamento para intestinos. Ela lá andou a ver o que poderia eu tomar e vendeu-me fluconazol para tomar todos os dias durante 1 a 2 meses... tratamento para mucosas (bronquios, etc, etc). Disse que era bom eu fazer uma análise às fezes, mas neste momento não tenho como o fazer (visto que não tenho médico para me passar a análise). Além disso, se os fungos e outros seres que vivem nas nossas floras vaginais e intestinais são anaeróbios (ou seja, vivem em ambientes sem oxigénio e morrem na presença dele), de que vale fazer análises às fezes se entre o tempo da recolha e o tempo de observação morre tudo por estar exposto ao oxigénio?

Comecei por tomar 50mg por dia durante 3 semanas. Os primeiros dias parece que piorei; mais irritação, mais corrimento... tinha naúseas, sentia-me bastante mal... Depois fui sentido melhorias. Caramba! Cheguei a andar vários dias praticamente sem sentir nada! E estava a maior parte do dia sem sentir nada, efectivamente nada de irritação! Que maravilha!

Agora resolvi passar para 100mg por dia, uma vez que já não sentia naúseas e o corrimento continuava por lá e a fezes moles e tal, vamos lá reforçar a dose... mas em vez de melhorar, a irritação vaginal e rectal voltaram em força. As fezes lá continuam moles, como sempre e sinto-me basicamente uma merda...

O meu namorado está a morar no estrangeiro. Outra bela merda... e só ainda não estou com ele, porque não consigo resolver nada nesta porcaria de país.

Estive 8 meses! Sim, 8 meses sem ver o meu namorado e quando ele veio cá, logo o primeiro dia que fizemos amor, deu merda... O dia a seguir tinha contraído outra infecção urinária. Nas urgências disseram que como tenho candidíase que isso altera o pH, blá blá blá e ficamos mais sujeitas a infecções urinárias. Lá tive que tomar antibiótico e passou... isto para dizer que estive tanto tempo sem a pessoa que amo e quando ela veio visitar-me por uma mísera semana, nem podemos estar juntos como deve ser. Isso foi outro golpe duro para mim.

Resumindo e concluíndo: não sei o que mais fazer. Eu quero sair do país e fazer a minha vida, mas queria ir com os assuntos médicos resolvidos. Estou com candidíase há 1 ano e 2 meses... a cabra não se vai embora.

Por favor, alguém que me possa ajudar... por favor, estou tão desesperada. Espero que haja alguém que já tenha passado pelo mesmo e tenha conseguido superar esta doença à qual a maior parte dos médicos não dá a devida importância e nem é capaz de fazer um diagnóstico correcto. Espero que exista alguém que me possa ajudar, porque eu já não sei o que fazer.

Estava a depositar as minhas esperanças no fluconazol, com este tratamento mais completo, digamos assim, mas porque é que voltei a piorar?

Sinto-me lixo como pessoa, como mulher. Não tenho libido nenhuma, já não sou a pessoa alegre que era. Andava sempre na palhaçada, eu lançava os foguetes, festejava e ainda apanhava as canas, como se costuma dizer... eu hoje em dia não sou assim. E noto que as pessoas já não têm tanta vontade de estar comigo, pois não sou tão boa companhia como era antigamente. Eu tenho saudades da pessoas que eu era.

Eu quero a minha vida de volta, percebem?

Por favor, ajudem-me... por favor, por favor, por favor...

Syll
Retrato de Syll
Offline
Desde: 27.04.2010
:(

Suzie_slb escreveu:
Minhas caras,

Encontro-me a chorar neste momento. Estou desesperada... já não chorava assim à uns tempos, mas agora teve mesmo de ser. TEnho que deitar tudo cá para fora.

Update: Quanto à lesão no colo do útero, as biópsias confirmaram ser de baixo grau, mas num outro teste deu positivo para HPV (VPH - Vírus do Papiloma Humano) de alto risco para contrair cancro do colo do útero... Ok, tudo bem... Vou retirar a lesão nos próximos tempos... Isso sinceramente não é uma coisa que me tira o sono, porque é de resolução fácil.

Quanto à candidíase, essa cabra me merda (porque não tem outro nome, desculpem a linguagem) continua a fazer-me a vida num inferno.

Já fiz Dafnegil, Gino-Canesten, Gyno-Pevaryl, óvulos de lactobacilos, toma de antibióticos contra bactérias e parasitas de doenças venéreas (como a tricomoníase, clamídia e gonorreia - que não tinha, mas ok senhor doutor, vamos lá tentar). Fiz tratamento de fluconazol para a vagina: 150mg por mês durante 2 meses; nada! Fiz 50mg por semana durante 2 meses; nada, nem cócegas!

Já fiz desparatisação interna; como as minhas fezes variam entre o mole e a diarreia (e isso surgiu a partir da mesma altura que o ardume e corrimento vaginal me surgiram também).

Já fui vista por 4 médicos diferentes. Sempre me passaram só as pomadinhas ou os ovulozinhos que não me fazem nada. Ao início sim, mas agora já não...

Já fui a um homeopata... disse-me que a origem do meu problema é nos intestinos e passou-me um anti-fúngico natural (à base de alho e outras coisas do género) e probióticos (lactobacilos, etc, etc) para repôr a flora intestinal... Essas coisas são caríssimas... Tomei durante meses e continuo a tomar os probióticos, mas não vejo melhoras.

De facto a teoria de o meu problema ter origem nos intestinos até me fez sentido. Não só matei a flora vaginal como a intestinal, claro... e enquanto tomava antibióticos nunca tomei probióticos e para piorar as coisas tinha uma dieta muito docinha (neste momento a minha dieta é praticamente só vegetais, carne, peixe e ovos - cortei com os açúcares para tentar matar a candida à fome, visto que adora doces). Com tantos doces que eu comia, e sem bactérias amigas, a candiíase teve a oportunidade de se desenvolver à grande nos meus intestinos. Ok, isto é o que eu penso que tenha acontecido. Não tenho confirmação de nada.

Os meus sintomas não são só vaginais... tenho muito ardume rectal, tenho cólicas fortes nos intestinos que pioram exponencialmente na menstruação e as minhas fezes são horrivelmente moles e meio pegajosas (não têm definitivamente aquela consistência normal do antigamente). Já para não falar nos sintomas emocionais: falta de libido, mudanças súbitas de humor, irritação, tristeza, desânimo... esse tipo de coisas. Agora sofro de tensão pré-menstrual, coisa que nunca tive! Enfim... sinto tanta porcaria e parece que nada disso é significante para os médicos.

Perguntei à actual médica se o meu problema sendo originário nos intestinos (ao que ela disse que era possível ter esse problema também nos intestinos) se não podia fazer um tratamento adequado, visto que não tinha feito nenhum para tratar intestinos. Ela lavou as mãos do assunto e disse que não era nada com ela.

Como é que eu, sem médico de família consigo tratar-me? Porque é que nem a porcaria de um médico me ajuda e deixam-me andar assim e não se incomodam com o sofrimento de um paciente?

Na farmácia já devem andar fartos de me ver a caminhar para lá a chorar. Falei com a minha farmacêutica (que já me conhece desde que usava fraldas) e pedi-lhe se não me vendia alguma coisa para tentar um tratamento para intestinos. Ela lá andou a ver o que poderia eu tomar e vendeu-me fluconazol para tomar todos os dias durante 1 a 2 meses... tratamento para mucosas (bronquios, etc, etc). Disse que era bom eu fazer uma análise às fezes, mas neste momento não tenho como o fazer (visto que não tenho médico para me passar a análise). Além disso, se os fungos e outros seres que vivem nas nossas floras vaginais e intestinais são anaeróbios (ou seja, vivem em ambientes sem oxigénio e morrem na presença dele), de que vale fazer análises às fezes se entre o tempo da recolha e o tempo de observação morre tudo por estar exposto ao oxigénio?

Comecei por tomar 50mg por dia durante 3 semanas. Os primeiros dias parece que piorei; mais irritação, mais corrimento... tinha naúseas, sentia-me bastante mal... Depois fui sentido melhorias. Caramba! Cheguei a andar vários dias praticamente sem sentir nada! E estava a maior parte do dia sem sentir nada, efectivamente nada de irritação! Que maravilha!

Agora resolvi passar para 100mg por dia, uma vez que já não sentia naúseas e o corrimento continuava por lá e a fezes moles e tal, vamos lá reforçar a dose... mas em vez de melhorar, a irritação vaginal e rectal voltaram em força. As fezes lá continuam moles, como sempre e sinto-me basicamente uma merda...

O meu namorado está a morar no estrangeiro. Outra bela merda... e só ainda não estou com ele, porque não consigo resolver nada nesta porcaria de país.

Estive 8 meses! Sim, 8 meses sem ver o meu namorado e quando ele veio cá, logo o primeiro dia que fizemos amor, deu merda... O dia a seguir tinha contraído outra infecção urinária. Nas urgências disseram que como tenho candidíase que isso altera o pH, blá blá blá e ficamos mais sujeitas a infecções urinárias. Lá tive que tomar antibiótico e passou... isto para dizer que estive tanto tempo sem a pessoa que amo e quando ela veio visitar-me por uma mísera semana, nem podemos estar juntos como deve ser. Isso foi outro golpe duro para mim.

Resumindo e concluíndo: não sei o que mais fazer. Eu quero sair do país e fazer a minha vida, mas queria ir com os assuntos médicos resolvidos. Estou com candidíase há 1 ano e 2 meses... a cabra não se vai embora.

Por favor, alguém que me possa ajudar... por favor, estou tão desesperada. Espero que haja alguém que já tenha passado pelo mesmo e tenha conseguido superar esta doença à qual a maior parte dos médicos não dá a devida importância e nem é capaz de fazer um diagnóstico correcto. Espero que exista alguém que me possa ajudar, porque eu já não sei o que fazer.

Estava a depositar as minhas esperanças no fluconazol, com este tratamento mais completo, digamos assim, mas porque é que voltei a piorar?

Sinto-me lixo como pessoa, como mulher. Não tenho libido nenhuma, já não sou a pessoa alegre que era. Andava sempre na palhaçada, eu lançava os foguetes, festejava e ainda apanhava as canas, como se costuma dizer... eu hoje em dia não sou assim. E noto que as pessoas já não têm tanta vontade de estar comigo, pois não sou tão boa companhia como era antigamente. Eu tenho saudades da pessoas que eu era.

Eu quero a minha vida de volta, percebem?

Por favor, ajudem-me... por favor, por favor, por favor...

Que chatice, pá! Triste

Não querendo, de todo, minimizar o teu sofrimento, com o qual estou extremamente solidária, recordo que o stress é muito amigo da candida. Já me aconteceu estar muito bem, ter um dia extremamente estranho, fora do normal e nervoso, e pimba! levei com um ataque de candidíase dos maiores que há memória!
Isto para dizer que, por mais que custe, tentes não entrar em parafuso e andar stressada, pois só piora...

Quanto ao resto, não posso ajudar. Estou em situação semelhante, à exceção de que as candidíases acalmam com tratamentos (sim, porque nunca passam, bem se vê pela cor, textura e cheiro do corrimento), e vou andando assim, menos mal. Mas partilho de vários dos teus sintomas, incluindo falta de líbido e problemas intestinais (ainda que não saiba até que ponto estão relacionados).

É muito mau, de facto. Mas não te deixes abater!

Sandra Suriani
Retrato de Sandra Suriani
Offline
Desde: 13.03.2013
Para Suzie

Suzie, tenho os seguintes conselhos depois de passar por problemas parecidos e ser atendida por uma ótima médica e hoje estou muito bem:

1- não use calcinhas de tecido sintético, use somente calcinhas de tecido de algodão puro;

2- quando estiver em casa ou for dormir não use calcinha, e somente use saias ou vestidos;

3- não use sabonetes comuns, mas um específico para higiene íntima. que controle o PH vaginal (eu só uso o da RACCO, não sei se ai tem);

4- ao fazer a higiene após o uso do sanitário, limpe-se sempre de frente para trás para não contaminar a área da vagina com fezes.

5- Banho de assento com água e bicarbonato de sódio traz alívio rápido se usado bem no inicio da cândida;

6- em função da secura varginal. use lubrificante próprio para relações sexuais, para evitar ferir.

Abraço!
Sandra
Uberaba/Minas Gerais/Brasil

omeunome
Retrato de omeunome
Offline
Desde: 09.03.2015
Progressos? Hoje como está a sua saúde?

Gostaria de saber como está a sua saúde, pois depois de ler o seu post pareceu-me estar a ler algo que eu própria tinha escrito...desde o corrimento aquoso, o arder (eu n tenho comichão), tenho é uma sensação de queimação terrível e mto corrimento. Já vou em 5 ginecologistas e centenas de euros em despesas médicas. Fizeram de mim cobaia, baseados em suposições e a certa altura estava toda corroida de pomadas e sem me conseguir mexer. Neste momento não confio em médicos e continuo sem solução...queria saber se a sua história teve um final feliz..e se sim como conseguiu? Obrigada.

Opções de visualização dos comentários

As alterações efectuadas serão aplicadas a todos os tópicos.

Tópicos relacionados

Olá! Decidi expor a minha situação aqui na esperança que alguém me possa dar a sua opinião. Tenho 24 anos e trabalhei 2 anos e meio numa empresa cujo...
olá meninas Estou a programar a minha viagem a Londres na semana de 17 a 24 de Setembro mas estou com algum receio por causa da Gripe A, por isso...
Tenho 31 anos, sou licenciada e pós graduada em tecnologias da comunicação e marketing. Trabalho há cerca de 7 anos na mesma empresa. Vim para cá...
ola a todas!! eu apesar de ter apenas 19 anos estou carregaaaada de celulite...! eu estou tentada a comprar akele aparelho o "celluless" ou "...
Bom dia! Daqui a, mais ao menos, dois meses vou fazer uma viagem para um destino de praia. No mesmo dia em que vou, vem-me a menstruação e, sendo...
...