Ferida/fissura vaginal

829 respostas [Última]
Nina_SP
Retrato de Nina_SP
Offline
Desde: 22.08.2014
olá Trebaruna, deixei meu

olá Trebaruna, deixei meu relato em junho de 2016 como segue abaixo, me curei usando a testosterona aliado há muitos meses sem ter relação, acho que o tempo foi o mais fundamental, pois não adianta usar alguma coisa e ter relações já fiz isto e não deu certo.
eis meu ultimo relato:
Faz tempo que não coloco meu relato, porque a ultima postagem eu já disse que estava com o tratamento da testosterona (creme vaselinado de propionato de testosterona 3%)e sem namorado, continuei o tratamento mesmo assim confesso que sinto medo de parar de usar a pomada, meu médico disse pra ir utilizando menos tipo umas três vezes na semana(ele não aumentou a porcentagem como algumas meninas fizeram porque aí sim ele disse que há efeitos colaterais), mas continuando voltei a ter relações depois de 8 meses na total seca, toda semana que tenho feito nada abriu, nada machucou ou ficou marcado sendo que a última foi com toda força como já não fazia a muito tempo, não sei ainda se posso fazer todo dia, mais de uma vez no dia e também acredito que a testosterona foi ótima aliado ao tempo que fiquei sem relações, acho que isso foi o fundamental, mais novidades conto para vocês.

darah
Retrato de darah
Offline
Desde: 29.12.2015
Líquen

Judith, desculpe não ter te respondido antes! Só fui ver sua mensagem hoje. Sei que fazem meses, mas espero que vc ainda veja a resposta é já tenha conseguido alguma evolução! Eu não fiz biópsia não, meu médico disse que estava num estágio em que a biópsia não adiantaria. Então fui direto para o medicamente e melhorou MUITO!! então ficou "comprovado" que era líquen mesmo. Antes até pra andar às vezes cortava.. hj estou bem. Por um tempo ficou perfeito e agora voltaram a abrir uns pequenos cortes, mas NADA comprado a antigamente, e meu médico já sugeriu que eu use o neosporin por mais 10 dias pra ver se melhora. Ainda não testei ter relação, porque ao mesmo tempo também tive candidíase Confuso um saco isso!!!! Mas estou bem tranquila

Fe_ferzinha
Retrato de Fe_ferzinha
Offline
Desde: 11.01.2017
Fissura Vaginal-períneo

Marcelinha, bom dia,

então a minhas fissuras eram exatamente entre a vagina e o anus.

e elas apareciam não somente quando eu tinha relações sexuais, as vezes elas apareciam do nada...

Como disse o que eu tenho é uma doença auto-imune chamada Líquem Escleroso, e fazendo o tratamento certinho com a pomada melhora muito, some tudo.

Tenho a vida sexual normal, pq quando faço o tratamento as fissuras somem, dai fica um tempão sem aparecer nada. E quando volta, eu volto com o tratamento e a vida segue em frente.

Bjos

Fer

LMacedo
Retrato de LMacedo
Offline
Desde: 25.11.2013
Olá Trebaruna, Então, meu

Olá Trebaruna,

Então, meu problema tinha sido resolvido usando a pomada Renopel pra fechar a ferida que estava cada vez maior e depois Trofis. Ficou um bom tempo sem abrir e depois voltou, muito menor do que antes mas voltou. Então resolvi parar de tomar anticoncepcional. Voltei a fazer relações e as vezes abria, as vezes não, quando abria eu passava a Trofis e depois resolvia por um tempo novamente, estava nesse ciclo. Só vi vantagens em parar de tomar o anticoncepcional, minha libido aumentou muito, além do problema não ter mais aparecido! Coloquei o DIU de cobre que não possui hormônios e não tive mais problemas, creio que o meu problema era ressecamento causado pelo anticoncepcional de hormônio.

angel95
Retrato de angel95
Offline
Desde: 20.02.2017
Olá, acompanho o fórum há

Olá, acompanho o fórum há pouco tempo, mas tentei ler quase tudo desde o início, porém nunca me manifestei rs, pois bem tenho 22 anos e namoro há quase 3, perdi um tio MUITO importante pra mim em agosto do ano anterior e é essa morte me abalou de forma gigantesca, nunca mais fui a mesma pessoa, de início apareceram muitos carocinhos em minha pele, meu cabelo virou uma coisa de tanta oleosidade, me apareceu MUITA caspa na época .. Depois veio o pior, crises de nervosismo,eu tenho enxaqueca porem depois dessa perda tive muito mais crises, excesso de ansiedade e tantas outras coisas como também a fissura vaginal.. Bom focando no assunto do fórum, fui a uma ginecologista pouco depois dessa tortura começar, era só ter relação que ardia, doía, queimava, era horrível, expliquei isso à médica porém ao verificar tudo disse que eu não tinha nada, que poderia ser problema com lubrificação, pois bem aceitei esse "diagnóstico" e segui .. porém SEMPRE doía muito e eu já não queria fazer mais sexo porém ainda tentava por conta do meu relacionamento estar indo por água a baixo.. enfim essa semana finalmente fui na médica de minha confiança, acho que a melhor aqui da minha cidade (ela tem muita experiência acho que são mais de 50 anos só de carreira médica) enfim, ela me examinou, disse que eu tinha algo sim e me passou um creme vaginal para usar durante 10 dias (Bio-vagin) e junto com ele passar a candicort.. Mas não foi só isso, ela conversou muito comigo e me passou um anti depressivo (dizendo que era pra controlar minha ansiedade), e ficava repetindo pra eu aceitar o luto, com tudo isso entendi que por mais que eu esteja com um problema clínico eu estou também com um problema emocional e enquanto esse meu emocional não se reestabilizar eu não vou conseguir melhorar essa fissura.. Enfim, não sei se a biovagin juntamente com a candicort vão conseguir me curar porque comecei o tratamento há pouco, porém quis compartilhar com vocês para que analisem o por detrás dessa fissura Triste

LMacedo
Retrato de LMacedo
Offline
Desde: 25.11.2013
Olá Angel95, seja bem vinda

Olá Angel95, seja bem vinda ao fórum!
Espero que dê tudo certo pra vc com esse tratamento!
Com relação ao seu tio, sinto muito e espero que você se recupere desse trauma. Não sei se você acredita em Deus, mas eu acredito nele e em reencarnação, a morte não é o fim, apenas o recomeço de uma vida nova. Você deve superar essa dor até mesmo para que seu tio possa seguir seu caminho em paz. Isso não significa que você deve se sentir feliz ou esquecê-lo mas sim que não fique com sofrimento e se prejudicando por isso, infelizmente existem coisas que não tem como mudar. Lembre-se dele como uma pessoa importante na sua vida, o sentimento da saudade sempre irá existir mas tente aceitar que ele está em um lugar melhor agora e você se sentirá mais feliz. Força!

Voltando ao problema do fórum, meu problema aconteceu depois de uma candidíase (isso é o que a médica que eu ia falou, na época eu não senti coceira nenhuma) e só tendia a piorar. Até que troquei de médica e meu problema se resolveu por um tempo, já escrevi minha história aqui. Enfim, depois de muito relutar descobri que o problema estava em minha cabeça (porque depois que parou de abrir eu só conseguia que não abrisse mais indo por cima na primeira tentativa) e no anticoncepcional com hormônio. Foi difícil aceitar que o problema estava no anticoncepcional porque desde que comecei minha vida sexual usava ele então nem sabia como seria se parasse de usar mas foi a melhor decisão que já fiz. Hoje uso o DIU de cobre, conheço mais o meu corpo, tenho muito mais vontade de fazer sexo do que antes com essa aplicação de hormônio em mim. Não desistam ou achem que terão que conviver com isso a vida toda meninas, nem que o problema está em você e que é por sua culpa que o relacionamento de vocês está abalado. Eu pensava assim e adivinhem, meu relacionamento acabou, mas acabou porque eu deixei que isso afetasse outras áreas do meu relacionamento, porque eu achava que tudo era por conta disso e que eu não era uma pessoa completa. Agora estou tranquila, de boa, feliz. Infelizmente meu relacionamento acabou, mas não acabou por isso e se tivesse acabado ainda assim ele não seria a pessoa certa (teria até mais certeza porque né, penetração não é tudo no sexo, muito menos em um relacionamento), a culpa não é nossa. Esse fórum me ajudou muito e espero que com o meu relato possa ajudar vocês também.

LiliD
Retrato de LiliD
Offline
Desde: 11.03.2017
Nova no fórum e na luta contra a fissura

Boa noite!
Encontrei esse fórum durante a última pesquisa que fiz no Google na esperança de encontrar algo que me ajudasse a curar uma fissura na entrada da vagina, fissura recorrente há, aproximadamente, uns 3 anos...
Foi com alegria, enquanto esperava ser chamada para uma consulta ginecológica (sobre a fissura...) que encontrei vocês!
Não que eu queria que mais mulheres tivessem o mesmo problema que eu... Mas, saber que não estou sozinha dá um pouco de conforto.
Li, praticamente, todas as 28 páginas, separei algumas mensagens para ler com mais calma e analisar se me ajudarão.
Todavia, gostaria de saber se o fórum ainda está ativo, se os membros ainda acompanham e se os grupos de whats e Facebook ainda existem.
Terminei de ler inúmeras páginas do fórum agora e, com isso e como já passa dá meia noite, estou bem cansada, mas prometo voltar em breve para relatar todo o caminho que percorri até agora e todos os medicamentos que já usei Sorriso.
Um grande abraço a todos!!

siqmoni
Retrato de siqmoni
Offline
Desde: 20.03.2017
Meninas, poderiam me

Meninas, poderiam me adicionar no grupo do whats desesperadamente? Obrigada 11 96030 4709

siqmoni
Retrato de siqmoni
Offline
Desde: 20.03.2017
Meu caso

Espero que este fórum ainda esteja vivó! Tenho 28 anos e há uns 5 anos sentia uma sensibilidade e leve dor na entrada da vagina. A go sempre disse que era normal, que não tinha nada e que podia ser o tamanho do pênis do meu márido.
A situação foi piorando. E decidi pegar um.espelho e me olhar. No início era só uma fissura, hoje são várias. Coceira, formigamemto, temperatura quente, e cicatrizacao em 2 dias.
Tentei o albocresil e trofodermim que li aqui, mas a go disse que o albocresil é muito forte, que ela usa para descamar o número para fazer cauterizacao. Que o trofodermim é bom, porém altera a flora por ter antibiotico; e como eu estava com uma infecção recorrente e bem forte, não era interessante.
Me passou tratamento para candidiase, que só volta. E pediu para eu usar vagihidrat a cada 72 horas e trofis 1x ao dia.
Fiz algumas culturas, deram negativa; aguardando a cultura para pesquisa de fungos e mycoplasma. Li e acredito que minha infecção possa ser bacteriana.
Sugeri o liquen, hpv, herpes,vulvodinia e msm sem me avaliar disse que não era isso.
Complicado! Não quis pedir biopsia. Pior ainda, me abriu uma fissura no interglutea, mesma característica. Li sobre psoriase e intertrigo que tb são afeicções de pele que acometem essas áreas e nunca vi ninguém comentando está possibilidade.
Não deixemos este grupo morrer!
Obrigada a todas!
Abraços!

lu32
Retrato de lu32
Offline
Desde: 17.04.2017
Fissura

Olá meninas! Eu também tenho o mesmo problema á uns 10 anos e tenho 41 anos, já fui em vários médicos, fiz várias cirurgias para tirar a lesão mas não resolveu, fiquei quase seis anos sem ter relação e quando tive, foi um sofrimento, abriu tudo de novo, eu vou ao médico e eles dizem que eu não tenho nada e que preciso ter relação todos os dias para que caleje no local da lesão que é bem na entrada da vagina na vulva, mas me dói muito não consigo, e também tenho medo por que abre e sangra. A última vez que fui, ele me sugeriu fazer uma cirurgia plástica e colocar pele de outro lugar ali para ver se a pele se regenera, mas estou com medo e sem saber o que fazer. Gostaria de saber se alguém já fez esse tipo de cirurgia? meu email luciana3224@gmail.com.

Bjo

Tatiana Sanchez
Retrato de Tatiana Sanchez
Offline
Desde: 19.04.2017
Fissura vaginal

Vejo aqui muitos casos
Algum teve cura 100%
Temho mesma coisa
Sou do Brasil
E passei por milhares ginecologistas sem respostas

Beatriz Carneiro
Retrato de Beatriz Carneiro
Offline
Desde: 18.06.2015
Consegui a solução do meu problema!

Boa noite!

Acompanho o post a algum tempo e o mesmo me ajudou muito a entender o meu problema e ver que não era a única. Tenho 28 anos e sou casada a nove. Sofri durante cinco anos com as terríveis fissuras vaginais as quais eram muito dolorosas e me fizeram sofrer bastante. Meu sofrimento além de físico tornou-se psicológico pois me sentia horrível como mulher. Graças a Deus tive muita força do meu marido que sempre buscou me entender e ficou do meu lado. Me consultei com vários médicos mas nenhum deles dizia o motivo das fissuras as quais só apareciam durante o ato sexual. Meu primeiro sinal de melhora aconteceu quando fui aconselhada a trocar de anticoncepcional pois o que eu tomava tinha uma taxa de hormônio muito grande. Para realizar a troca, fiquei 3 meses sem usar nada e durante esse tempo senti uma leve melhora mas não relacionei a nada. Depois disso passei mais 2 anos de sofrimento até relacionar o anticoncepcional com as dores que eu sentia. Parei de tomar o remédio (anticoncepcional) por conta própria e não é que deu certo? As dores e fissuras foram diminuindo progressivamente até que após 5 meses eu não sentia mais nada, conseguia ter relações sexuais de forma prazerosa novamente! Fiquei muito feliz e quando contei para minha médica o que tinha acontecido, a mesma me disse que eu estava tendo reação aos hormônios que causavam o ressecamento da vagina.Hoje em dia uso camisinha como método de prevenção. Estou a mais de um ano sem sentir nada e espero que meu relato possa ajudar mais mulheres que sofrem com esse pesadelo. Boa sorte a todas!

LMacedo
Retrato de LMacedo
Offline
Desde: 25.11.2013
Olá Tatiana, também sou

Olá Tatiana, também sou brasileira e posso me considerar curada pois não tenho esse problema ha um bom tempo. Os ginecologistas não tem respostas porque pode ser N motivos a causa como já foi visto aqui no fórum. Já vi casos de serem desde falta de lubrificação a líquen e até HPV.

Meu problema era falta de lubrificação. Eu até achava que estava bem lubrificada mas não, então as infinitas tentativas de penetração com pouca lubrificação faziam doer e consequentemente abrir a fissura. Ela sumia depois de uns dias mas não cicatrizava então por esse motivo sempre aparecia. Ela cicatrizou de vez quando usei uma pomada cicatrizante muito boa chamada Renopel (caaaraa $$$$). Fiquei acho que uns sete meses "curada", sem ela aparecer.
Mas o problema da falta de lubrificação não foi resolvido então o problema voltou. Foi aí que eu resolvi parar de tomar anticoncepcional, vi em um blog que essa poderia ser a causa. No fim a fissura não era o problema em si e sim a consequência da falta de lubrificação.
Então se você está lendo isso, tem esse problema e toma anticoncepcional recomendo fazer o teste da pausa (se o único motivo de você tomar for para evitar filho). Já li também que o uso prolongado de anticoncepcional pode causar isso. Não importa a idade, eu não tenho nem 30 anos e o anticoncepcional já me causava esse efeito! Força pra vocês meninas, vai dar tudo certo!

lau1311
Retrato de lau1311
Offline
Desde: 27.04.2017
Boa tarde gurias, estou com o

Boa tarde gurias, estou com o mesmo problema. Fui na ginecologista hoje e ela receitou cetoconazol + dipropionato de betametasona + sulfato de neomicina. Tive relações sábado, e as fissuras apareceram na segunda. Vou fazer o exame de sangue para ver se não é nenhum vírus.

Fiquei muito mais tranquila quando encontrei esse fórum, pois não há NADA na internet sobre o tema! Não deixem o fórum morrer!

Coração Fora do...
Retrato de Coração Fora do Peito
Offline
Desde: 15.03.2013
Bom dia.. Já ando por aqui há

Bom dia.. Já ando por aqui há muito tempo mas acho que nunca comentei.. Ou se comentei foi só uma vez.. Eu também tenho o mesmo problema que voces: a maldita fissura. Tenho não, tive. Se é que posso dizer isto alto.
Aos 16 comecei a tomar a Diane 35 por causa do período desregulado e dores e por causa dos ovários policísticos. Depois houve aquela polémica que essa pílula fazia mal e eu deixei de a tomar.
Depois comecei com a Minigeste. No início tudo bem, borbulhas foram à vida, tudo maravilhoso... Não notei nada de diferente (para a negativa). Uma vez ou duas emendei a pílula porque o período vinha (e vem!!!) sempre em alturas chatas. Emendei 3 vezes seguidas, e depois ficou tudo de pernas para o ar. Super desregulada, super seca, super enjoada, tudo de mau.. Comecei a ter dores nas relações, hemorragias, infecções non-stop, e depois também fissuras. Andei em montes de médicos, tomei montes de medicamentos diferentes, depois lá passava, mas passado pouco tempo voltava. Isto sempre durante 3 anos. Infecções constantes. Ia ao médico e ele não notava nada de especial, de diferente. Comecei também a ficar cada vez menos lubrificada, mais seca, com picos de humor, agressiva, nervosa. Então o que é que me lembrei? De parar de tomar a pílula! Andei muito tempo a ponderar se sim ou se não, e finalmente, este ano de 2017 finalmente deixei a pílula.
Não poderia ter feito coisa melhor a mim mesma. Claro que ainda estou no início, agora ainda está tudo tipo furacão, as hormonas ainda se estão a recompor, mas, nunca mais tive infecções, a secura diminuiu drasticamente, sou outra pessoa. Fissuras? Nem vê-las! A zona da fissura antes nem sequer chegava a curar completamente, bastava pouco contacto sexual e voltava a inflamar, a fissura voltava a abrir, mas agora só vejo melhoras!!
Deixei de tomar a pílula, deixei de me lavar todos os dias com esses produtos manhosos de higiene íntima, só me lavo com eles 1 vez na semana, o resto das vezes é só com água, roupa interior é só de algodão, e principalmente, deixei de ser tão stressada.
Para mim, no meu caso, foi a pílula Minigeste que me fez este mal todo. Não foi outra coisa. Sinto-me maravilhosamente bem, a minha auto-estima voltou, namorar agora é maravilhoso, sinto-me uma mulher a sério, enfim. não poderia estar mais contente com a decisão que tomei!!

vi-nova
Retrato de vi-nova
Offline
Desde: 19.05.2017
FISSURA VAGINAL

Fe_ferzinha, fala mais sobre o tratamento que utilizou, nome das pomadas, quanto tempo, etc.

Gostaria que me adicionasse no whatsap (31 98831-6855), tenho muito interesse em saber mais sobre seu tratamento, informei para minha ginecologista sobre o assunto (liquen) e ela acha que pode ser uma tentativa e falou que teria que retirar um pedaço e mandar para o laboratorio. Mas tenho medo de piorar a situação ao retirar esse pedaço.

Meu caso foi o seguinte: Retirei um cisto vulvar que estava na minha vagina (externamente) para analise (graças a Deus é benigno) e apos essa retirada (costurou o local) comecei a ter fissuras na vagina ao ter relações. (porem a fissura não é no mesmo local onde retirei o cisto)

Ja passei pomadas (lanolina) e até um oleo que dizem ser muito bom pra cicatrização e nada (DERSANI ... caro $$$)

A ginecologista irá marcar pra semana que vem agora uma nova "costura" para ver se cicatriza e não abre mais ao ter relação, mas não estou com muitas esperanças de melhorar, afinal ela disse que pode não resolver, que essa área da vagina não quer cicatrizar.

Estou querendo tentar a "cirurgia" (costura) e se nao der certo, testar esse teste de Liquen (mas preciso ter mais informações).

Aguardo com muita urgência, por favor, me add no whatsap.

Beijos à todas as meninas e desejo sucesso na cura desse mau.

anitabonita
Retrato de anitabonita
Offline
Desde: 13.03.2015
POMADA QUE ME CUROU

Compartilho com vocês a receita da pomada que finalmente resolveu meu problema:
***
Ela é manipulada e tem que ter receita.
***
CREME VASELINADO DE PROPIONATO DE TESTOSTERONA 5MG
Passar uma camada fina de pomada, na região da fissura, 2x ao dia.
***
Ela dá elasticidade à pele e também aumenta a libido.
Foi a única coisa que resolveu pra mim, após 3 anos e meio tentando vários outros tratamentos sem sucesso.

Pré-visualizaçãoAnexoTamanho
receita_remedio_propionato_testosterona2.jpg
receita_remedio_propionato_testosterona2.jpg44.18 KB
ROSA MARIA FERR...
Retrato de ROSA MARIA FERREIRA DE PINHO
Offline
Desde: 19.09.2016
POMADA QUE ME CUROU

ANITABONITA, obrigada por compartilhar! Vou levar à minha ginecologista para ver se me dá a receita. Espero que funcione. Estou há 1 ano sem relações. Sorte que tenho um marido compreensivo, mas essa situação me traz grande frustração e angústia. Fico deprimida e com medo de que ele vá em busca do que não lhe posso dar... Triste

Babi19
Retrato de Babi19
Offline
Desde: 29.03.2016
Recebo mensagens no meu email

Recebo mensagens no meu email quando tópico é atualizado ai que me lembro que um dia tive isso! Graças a deus vai fazer um ano já que nunca mais...
Como já relatei usei a pomada chamada NEOMICINA + BACITRACINA e em alternância com bepantol. Dei um tempo nas relações o que acredito ser fundamental, pois senão é o mesmo q ficar tirando casquinha de machucado, nunca vai sarar!!
Eu fiquei por volta de duas semanas sem sexo, depois mais uns dois meses só usando lubrificante e posições favoráveis.. Nesse tempo era pomada e bepantol dia todo... a pele ficou ótima e tudo voltou ao normal..

Quem observar esse tópico verá q maioria dos causos a fissura se dá pela falta de lubrificação, que por consequência começa a abrir pequenas feridas que não saram, pq é um local muito sensível...
Depois de ler muitos, muitos mesmo, post aqui eu vi que precisava pensar em algo que primeiro algo cicatrize e segundo trazer mais elasticidade e firmeza pra a região da vagina, e por ultimo, não menos importante, voltar a ter a boa e velha lubrificação. E sim esse foi o segredo. Deem uma olhadinha que tem muitas meninas que conseguiram algum tipo de tratamento, seguindo esses três pontos que pontuei..

Opções de visualização dos comentários

As alterações efectuadas serão aplicadas a todos os tópicos.

Tópicos relacionados

Boa tarde, Sou licenciada há 5 meses e ainda não consegui um emprego. Estou farta de mandar currículos todos os dias, tanto para a minha área de...
Olá a todos Gostaria de ajudar uma pessoa de familia que vive perto de Faro no Algarve, neste momento está desempregada, e não encontra emprego. Ela...
vietnam e cambojao ou malasia em setembro...e outubro
Olá meninas, acabei de me registar no fórum mas já o acompanho há algum tempo Gostava de saber se me sabem indicar um creme ou pomada eficazes para...
Boa tarde, Fui carregar o telemóvel à caixa de multibanco e já passou mais de 1hora e ainda não recebi nada. Já vos aconteceu? O que posso fazer...
...