Estou efectiva ou corro risco de sair daqui com uma mão à frente e outra atrás?

6 respostas [Última]
Mysti
Retrato de Mysti
Offline
Desde: 30.08.2010

Boa tarde.
Agradeço toda a ajuda possivel.
Estou a trabalhar desde Novembro 2011, com promessa de assinar contrato. Acontece que até hoje ainda não vi contrato nenhum, não há recibos e o vencimento é pago em dinheiro vivo.
Como me manda a lei, assim que comecei a trabalhar, enviei a comunicação de inicio de trabalho à seg. Social, para que ficasse suspenso o subsidio desemprego. Recebi depois carta a confirmara minha comunicação.
A questão aqui é saber se estou efectiva, pois já se passaram 3 meses.
Estou com receio que de hoje para amanhã me mandem embora e eu não tenho absolutamente nada que prove que trabalho aqui, a não ser e-mails de trabalho (que eles podem muito bem apagar) e o back up dos meus trabalhos.

Alguém me esclarece?

Obrigada

Liliana Nunes
Retrato de Liliana Nunes
Offline
Desde: 22.04.2008
Depende daquilo que

Depende daquilo que combinaste com eles, se era assinar imediatamente um contrato a termo ou sem termo, se irias ficar 1º à experiência sem nenhum tipo de contrato (ilegal)... depende destes factores. Tenta saber se eles te incorporaram no seguro de acidentes de trabalho, pelo menos isso tens de ter! Agora se me dizes que nem recibos te estão a dar e pagam em dinheiro vivo... põe-te a pau, certamente estás a trab ilegalmente para eles.

ligpereira
Retrato de ligpereira
Offline
Desde: 20.08.2011
.

Se não assinaste nenhum contrato és efectiva.

De resto aconselho-te a consultar a Segurança Social para ver se te estão a fazer descontos, aí já tens uma prova de que trabalhas para eles.

Se não aconselho-te a reunir outros meios de prova: cartão de funcionária, prints de emails, tudo o que puderes...

Mysti
Retrato de Mysti
Offline
Desde: 30.08.2010
Liliana Nunes

o combinado era ter contrato e dar baixa do subsidio.
Não sou a única nesta situação. Tenho um colega que entrou uns dias antes e também não tem contrato. O que nos estamos a aperceber é que há ainda outros colegas na mesma situação e estão cá já há muito tempo.
Já tentei ver no site da seg. social directa mas não me aparece nada de descontos feitos...
Dado que já me tentaram queimar no antigo emprego (puseram um processo disciplinar sem fundamento e correu-lhes mal) e agora tenho um bebe de 9 meses, maior é a minha preocupação.
Obrigada pela ajuda.

Vou guardar bem o back up de td q conseguir

xuva
Retrato de xuva
Offline
Desde: 20.07.2007
Olá Apesar de não teres

Olá

Apesar de não teres contrato assinado, não podes assumir que estás efetiva até teres provas de que trabalhas para essa entidade patronal.

Não existe contrato, mas tens de ter um comprovativo de vencimento, nem que sejam recibos verdes.

Se o teu patrão não te registou na segurança social, não estás a fazer descontos, e não existe comprovativo em como és funcionária dessa empresa.

A tua situação é um pouco estranha, verifica já se estás declarada como funcionaria na Seg. Social.

Bjs

simplesmentemaria
Retrato de simplesmentemaria
Offline
Desde: 31.01.2012
Ilegal sim, efectiva não

Mysti escreveu:
Boa tarde.
Agradeço toda a ajuda possivel.
Estou a trabalhar desde Novembro 2011, com promessa de assinar contrato. Acontece que até hoje ainda não vi contrato nenhum, não há recibos e o vencimento é pago em dinheiro vivo.
Como me manda a lei, assim que comecei a trabalhar, enviei a comunicação de inicio de trabalho à seg. Social, para que ficasse suspenso o subsidio desemprego. Recebi depois carta a confirmara minha comunicação.
A questão aqui é saber se estou efectiva, pois já se passaram 3 meses.
Estou com receio que de hoje para amanhã me mandem embora e eu não tenho absolutamente nada que prove que trabalho aqui, a não ser e-mails de trabalho (que eles podem muito bem apagar) e o back up dos meus trabalhos.

Alguém me esclarece?

Obrigada

Conforme já foi aqui comentado se não tens descontos na segurança social nem recibos de vencimento (presumo que não os tenhas até porque te pagam em dinheiro) não estás efectiva mas sim em situação ilegal.

Aconselho-te vivamente a ires à segurança social e explicares o que se está a passar até porque pediste a suspensão do pagamento do subsídio de desemprego.

O melhor até seria denunciares à ACT porque eles não estão a agir de má fé. O problema é que eles levam meses a irem lá após a denúncia.

Maria

ninacio
Retrato de ninacio
Offline
Desde: 10.05.2010
Olha a mesma situação

Olha a mesma situação aconteceu com a minha cunhada contudo o patrão pagava por transferência e a madrinha do meu rapaz advogada disse que se tinha pelo menos transferência bancária dele conseguia talvez provar a ACT que estava lá a trabalhar, mas o ideal era contracto de trabalho.

Agora tu a receberes em dinheiro vivo (coisa que já nem se usa) e nem recibos tens, ficas sem prova nenhuma perante a S.S de que ai estas a trabalhar.

Faz uma denúncia a ACT e pede anonimato com medo de represálias e eles fazem uma visita supresa ao teu chefe e se tiverem lá a trabalhar sem contracto, seguro e descontos o homem leva um processo e tanto e uma bela multa e aprende a não explorar trabalhadores.

Opções de visualização dos comentários

As alterações efectuadas serão aplicadas a todos os tópicos.

Tópicos relacionados

Olá. È a seguinte situação: - A empresa para a qual trabalhei 8 anos vai dispensar 3 trabalhadores (eu incluído) por despedimento coletivo. - É uma...
olaa =) eu estou num grande dilema e nao sei o que fazer, estou a trabalhar a part time ha quase 1 ano numa loja a contrato. entretanto surgiu me uma...
Preciso muito de ajuda. Neste momento tenho um contrato de trabalho de 6 meses, mas é só para trabalhar aos domingos. Agora recebi um proposta para...
olá! Um amigo hoje pediu me que desse uma vista de olhos num contrato de trabalho dele, e parece-me muito irregular!! Ele vai trabalhar como vendedor...
Eu sou gerente de uma cadeia de restaurantes multinacional e estou apaixonada pela Higiene e segurança no trabalho e gostaria de saber se o curso é...