Emigrar e levar animal de estimação

Retrato de alexandra1990
21.12.2014 | 00:46
alexandra1990:
Membro desde: 21.12.2014

Olá,

estou seriamente a pensar emigrar em 2015. Tenho dois cães que são a minha vida. Noutra situação semelhante tive que ficar sem os ver durante 4 meses e posso vos dizer que foi uma experiência terrível. Praticamente não havia dia em que não chorasse por não os ter comigo.
Tenho adiado a decisão de emigrar por isso mesmo. Queria sair e levá-los aos dois, mas sei que é impossível. Por isso, teria que me decidir por um e mesmo assim o mais provável é não conseguir levá-lo(a) logo de inicio. Tenho tudo, desde chips, vacinas, esterilizações, etc, etc.. e conhecimento do que é que cada país, dos q estou interessada, requer, de quais são as companhias q permitem viajar com cães e quais os seus requisitos. Mas falta-me o melhor: ter dinheiro ao inicio para puder alugar um apartamento/casa que me aceite ficar com eles Confused e que tenha condições. Estou tão perdida... queria ter força para ir deixá.los na condição de os vir buscar mais tarde. Não os queria deixar com os meus pais, pois não tem as mesmas condições de q quando estão comigo e o meu namorado tb não consegue assegurar por tempo indeterminada ficar com ambos Sad

Digam-me... que faço!


Retrato de Flor Patricia
Seg, 29/12/2014 - 14:13
Flor Patricia:
Membro desde: 25.01.2012

Pf não desistas deles e não os separes Sad Se optas por e não por outro eles vão sentir falta!

Será mais fácil ires e arranjares casa que permita acolhê-los e depois tratas da viagem deles. É a minha opinião.

Ou encontrares já casa a partir de Portugal e levá-los já contigo.

Boa sorte Smile

Retrato de alexandra1990
Sáb, 03/01/2015 - 19:57
alexandra1990:
Membro desde: 21.12.2014

Pois também tem essa questão Flor. É uma situação muito delicada. Eles estão bastante afeiçoados um ao outro, mas a cadela, sobretudo, tem uma ligação enorme comigo! E eu com ela! E depois o cão, pelo porte dele, tem alguns familiares que se disponibilizaram a ficar com ele.
Numa fase inicial, levá-los aos dois é impossível. E mesmo, levando apenas um torna-se super complicado. Arranjar a priori casa que já aceite, pelo que tenho visto, também não é nada fácil! Mas na fase em que vou estar mais vulnerável vai ser dificil estar sem ambos. Não sei como ganhar coragem para tal coisa!

Obrigada pela mensagem.

Retrato de Flor Patricia
Seg, 05/01/2015 - 12:25
Flor Patricia:
Membro desde: 25.01.2012

Força!
Vais ver que vais encontrar uma solução razoável para todos.
Não desistas dos teus amigos de 4 patas Wink

Bj