Duas ofertas de emprego qual será a melhor e que terá melhor futuro?

16 respostas [Última]
tanas1994
Retrato de tanas1994
Offline
Desde: 19.07.2012

Eu tenho uma oferta de emprego que é trabalhar numa adega de vinho tratando da vinha na região do dão é um mercado em expansão pois esta empresa tem muitas vinhas e com a ideia de plantarem muitas mais.
A outra oferta de emprego não é bem uma oferta eu candidatei-me ao exército já fiz os testes e passei falta só incorporar eu queria saber qual é que terá mais futuro sendo que a agricultura em portugal ainda tem muito para dar e o exército está sub lotado porque cada mais gente concorre.

VSA
Retrato de VSA
Offline
Desde: 11.01.2010
Olá;)

Bom já que estás a pedir opinião cá vai a minha, como é obvio baseada nos meus gostos;)

De todo apostava na vinha.Tal como tu disseste é um mercado em expansão. Sempre gostei do campo, do trabalho no campo e espero um dia ainda vir a ter o meu próprio negócio ligado à agricultura;)

O Exército...pois olha eu também me candidatei um dia...não cheguei a ir às provas pois entretanto comecei a definir outros planos. Mas tal como disseste parece que começa a ficar lotado.

Não sei se ajudei muito, terás de seguir de acordo com o que te identificas e avaliar os prós e os contras.

Boas escolhas;)

tanas1994
Retrato de tanas1994
Offline
Desde: 19.07.2012
Pois tal como tu eu também

Pois tal como tu eu também gosto bastante de agricultura e por estar numa zona privilegiada para este tipo de agricultura fez-me pensar duas vezes e se calhar vou optar por ela pois Portugal no meu ponto de vista uma das coisas que tem de fazer para sair desta crise é cultivar mais como nos tempos em que os meus avós e os meus pais viveram.
Obrigado pela resposta:)

Maria Rabeta
Retrato de Maria Rabeta
Offline
Desde: 22.01.2013
Olá

Olá Tanas. Na minha opinião acho que depende do teu gosto pessoal, já que gostas mais de agricultura talvez seja essa a solução. No entanto acho que se conseguisses emprego no exército era mais estável e seguro. bj

tanas1994
Retrato de tanas1994
Offline
Desde: 19.07.2012
Olá

Sim o exército é um emprego mais seguro e estável é verdade mas neste últimos anos o exército está cada vez mais lotado e não há espaço para todos e com os cortes que o governo fez nas forças armadas muitas menos vagas haverá.

Maria Rabeta
Retrato de Maria Rabeta
Offline
Desde: 22.01.2013
Tanas...

Por acaso vejo cada vez mais pessoas a querer ingressar no exército, talvez porque os cursos superiores não dão emprego garantido e no exército ganha-se algum e além disso ainda se pode estudar,acho que não estou a dizer nada de errado. Mas acho que deves fazer o que gostas. Pareceu-me que já tinhas decidido ou estou enganada?

tanas1994
Retrato de tanas1994
Offline
Desde: 19.07.2012
Olá

Sim é verdade lá depois podes tirar um curso mas tudo depende de vagas disponíveis e claro da vontade que tens de fazer aquilo.
Sim já tinha uma ideia mas ouvir outras opiniões é sempre bom Sorriso

Maria Rabeta
Retrato de Maria Rabeta
Offline
Desde: 22.01.2013
:)

Espero ter ajudado Sorriso Boa sorte Tanas Piscar o olho

tanas1994
Retrato de tanas1994
Offline
Desde: 19.07.2012
Olá

Claro que ajudaste.
Obrigado boa sorte também para ti Maria Sorriso

dedinho
Retrato de dedinho
Offline
Desde: 27.01.2009
...

São realmente áreas diferentes! Pondera não só o teu gosto pessoal, mas também o ambiente de trabalho... Para além dos fatores que já mencionaste, na agricultura és muito mais independente e autónoma, podendo fazer o teu trabalho mais à vontade; no exército, do que ouço, vais ser sempre um "pau mandado"... E quanto à segurança... Bem, na agricultura não se está "seguro" por causa das "vontades" do tempo; no exército, é por causa de outras coisas que acabamos também por não conseguir controlar, pois dependem de "outras vontades" Piscar o olho
Faz uma lista, no papel, com as vantagens de uma e de outra... Duvido que empatem...
Boa sorte!

tanas1994
Retrato de tanas1994
Offline
Desde: 19.07.2012
Olá

Bem quanto ao ambiente de trabalho pelo menos na vinha nada a apontar são pessoas espectaculares já lá trabalhei na época das vindimas e trataram-me super bem.
Mas é uma boa sugestão essa de apontar os prós e os contras talvez resulte vou exprimentar Sorriso
Obrigado

tanas1994
Retrato de tanas1994
Offline
Desde: 19.07.2012
Olá

Mais alguma opinião?

homemsemsignificado
Retrato de homemsemsignificado
Offline
Desde: 20.03.2012
escolhas

Boas!

Vou deixar a minha opinião, e talvez um pouco repetida:

Pessoalmente e sem qualquer margem para duvida, escolhia a parte das vinhas. Noutros posts e topicos já expressei que a agricultura em Portugal só precisa de mais incentivos pq temos uma forte cultura e tradições agrícolas mas que hoje em dia estão subaproveitadas. Umas das coisas que Portugal tem de melhor é a sua comida, que é amplamente reconhecida pelos turistas, e essa comida (e bebida) vem da agricultura. No teu caso, tens uma mais valia... é que estás a falar de vinhas e ainda por cima no Dão. Melhor que isso não deve haver. Os mercado dos vinhos em Portugal está em clara expansão e a nivel mundial. Alem disso, há mtas vinhas nessa zona exploradas por estrangeiros que sempre têm mais capital para investir. E como dizes que pretendem expandir as vinhas... pode ser um trabalho mais exigente mas acho que tb mais recompensador.

Quanto ao exercito, bem... já mto foi dito. Pode dar alguma segurança no sentido de teres um vencimento certo ao fim do mês, um serviço certo... mas em termos de progressão na carreira, será que chegará a um ponto em que vai estagnar? Confesso que é uma area em que não estou inteirado, mas há um senão. O exercito depende do Estado... e já ouvimos falar em cortes tb nessa area. O FMI apontou cortes tb nas Forças Armadas.... o que se teme é que o Estado siga estes conselhos mais cedo ou mais tarde. Por isso, não sei até que ponto a "segurança" que o exercito hoje proporciona será duradora.

tanas1994
Retrato de tanas1994
Offline
Desde: 19.07.2012
Olá

Muito obrigado pela tua opinião desde já.
Sim o Dão é uma das áreas de eleição para a vitivinicultura tal como o Douro e que esta empresa também tem vinhas. E para além de vinhas tem olivais pomares etc..., e tem um grande líder a sua frente refiro-me ao grupo tavfer para além de ter muitas coisas ligadas a agricultura tem hotéis e é portador dos centros de inspecções de automóveis mais conhecida CIMA.
A agricultura em Portugal devia ser mais incentivada para os jovens como eu que optão por ficar no interior do que ir para os grandes centros urbanos procurar emprego que não existe.
Quanto ao exército pelo que me consta de amigos que foram é que durante 3 meses é tudo bom mas depois a maior parte vem embora porque não há espaço para progredir na carreira e se quiserem optar por uma força policial como a GNR ou a PJ são poucas vagas para tantos a concorrer são "100 cães a um osso".
Em principio a minha decisão será essa optar pela vinha.
Obrigado a todos que deram a sua opinião fundada em factos da vida real e não em factos da vida perfeita como eu muito ouvi.
E espero que a agricultura seja mais incentivada tanto para as camadas mais jovens como para os desempregados que são muitos neste país e cada vez serão muitos mais infelizmente e se Portugal cultivar mais é só vantagens gera empregos fica mais independente dos outros países reduz as importações e assim quem sabe talvez sair desta crise horrível.
Muito Obrigado

homemsemsignificado
Retrato de homemsemsignificado
Offline
Desde: 20.03.2012
escolhas

tanas,

É com uma certa "inveja" que digo isto, mas quem me dera estar na tua posição. Eu não pensava das vezes! Eu tenho pena de ser de Lisboa e não ter acesso à terra como tu. Se não investia na minha formação e depois nessa area. Aliás se me dessem oportunidade para isso, mesmo que envolve-se deslocar-me eu estaria disposto a isso. (deixo já agora a deixa... Piscar o olho

Eu já tive uma "pega" aqui por alguem me disse que não fazia ideia do duro que é trabalhar no campo. Claro que é duro! Mas para se ter essas coisas alguem não tem que as trabalhar? Alem do mais, na mete de mtos portugueses, a ideia de agricultura ainda é a de um homenzito de calças de fazendo com um chapelito e uma enchada na mão. Nada mais errado! Os tempos são outros e o modo de tratar a terra é completamente diferente. Não, não tenho formação mas acho que não faz qq sentido alguem que quer viver da terra pensar que vai ter que a trabalhar (literalmente) com as mãos.

Quanto ao exercito, o que dizes só vai ao encontro do que eu disse antes.

Força, felicidades e se souberes de alguem coisa... Piscar o olho

tanas1994
Retrato de tanas1994
Offline
Desde: 19.07.2012
Olá

Agora já pouca coisa se faz de enchada na mão os tempos mudaram e agora felizmente está tudo mais mecanizado e enchada só em estrema necessidade e é pouco tempo xd.
E o que custa mais é sem duvida a descava e a poda porque são trabalhos que levam muito tempo,agora as curas é de tractor e depende do tamanho da vinha mas são bastante mais rápidas do que antigamente, embora na vinha onde vou trabalhar demora umas 8 horas e tem de ser curada de noite.
Agora nas vindimas é onde o pessoal se diverte mais e trabalha com mais vontade porque colhe o fruto do trabalho de um ano de cultivo.
Obrigado em principio será esta a minha opção mas infelizmente não tenho a aceitação de alguns amigos e familiares, mas na vida nada são rosas.
Muito Obrigado

dedinho
Retrato de dedinho
Offline
Desde: 27.01.2009
...

tanas1994 escreveu:
Agora já pouca coisa se faz de enchada na mão os tempos mudaram e agora felizmente está tudo mais mecanizado e enchada só em estrema necessidade e é pouco tempo xd.
E o que custa mais é sem duvida a descava e a poda porque são trabalhos que levam muito tempo,agora as curas é de tractor e depende do tamanho da vinha mas são bastante mais rápidas do que antigamente, embora na vinha onde vou trabalhar demora umas 8 horas e tem de ser curada de noite.
Agora nas vindimas é onde o pessoal se diverte mais e trabalha com mais vontade porque colhe o fruto do trabalho de um ano de cultivo.
Obrigado em principio será esta a minha opção mas infelizmente não tenho a aceitação de alguns amigos e familiares, mas na vida nada são rosas.
Muito Obrigado

"Põe quanto És no Mínimo que Fazes"

Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.

Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.

Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive

Ricardo Reis, in "Odes"
Heterónimo de Fernando Pessoa

Se seguires este conselho, só pode correr bem Piscar o olho Assim seja...

Opções de visualização dos comentários

As alterações efectuadas serão aplicadas a todos os tópicos.

Tópicos relacionados

Hallo. Não quero parecer pobre e mal agradecida mas estou farta do exercito até aos olhos. Estou desempregada e recebi uma convocatória pra ir pro...
Boa noite! Faço 22 anos este mês, comecei a trabalhar com 17 anos (isto em 2008) tendo que na altura optei por abandonar o secundário e aproveitar a...
Olá, Eu faço extras (não vou todos os dias, só quando precisam) no Casino Estoril como fotografa, neste momento estão a precisar de mais funcionárias...
Olá meninas! Na empresa onde trabalho estão a recrutar Secretária Administrativa. Quem estiver interessada em responder ao anuncio pode enviar-me...
Oferta de emprego!! Loja gambozinos está a precisar de funcionária!! A loja é em Braga na rua D.Diogo de sousa, nº98 Junto á sé! Enviem cv para:...