Divida em loja

Retrato de catarinalourenco
17.07.2017 | 04:51
catarinalourenco:
Membro desde: 18.12.2011

Bom dia,

Em meados de Junho como habitualmente sempre fiz devido ao facto de residir num meio rural longe de centros comerciais fiz uma compra de algumas peças online numa loja.
A encomenda chegou e depois de experimentar vi que me tinha enganado no tamanho e tinha que trocar pelos tamanhos acima. Como por acaso no dia a seguir ia a Lisboa com uma amiga que ja nao via a algum tempo optei por em vez de pedir a troca das peças online...trocar fisicamente na loja até porque calculei que o processo fosse mais rapido e despachava logo ali o assunto.
Pois bem. Quando cheguei a loja expliquei a situação a menina que indicou-me então que aguardasse que ela ia ver se tinha os tamanhos acima. Não os tinha. Então eu disse que trocava por outros modelos dentro do mesmo valor e...assim foi.
Quando voltei à caixa para fazermos a troca a menina estava sem sistema para fazer a troca pois tinha-se enganado e em vez de pedir a troca pediu a devolução total do valor dos artigos e já não dava para alterar pois a factura tinhq bloqueado.
Eu disse que por mim estava tudo bem mas queria sair da loja com um comprovativo da devolução para ter algo do meu lado uma vez que ia sair dali sem o produto novo ou da troca...e ela disse que não conseguia emitir.
Então tirou as etiquetas de preço dos artigos que eu ia levar, e disse-me que uma vez que tinha procedido à devolução total por transferência bancária depois quando eu recebesse que fosse à loja pagar os artigos!
Eu expliquei que morava longe mas combinávamos e sim eu faria o pagamento!
Assim foi.
Recebi a devolão total dos artigos liguei pra loja e a menina disse que ia de ferias mas tinha uma colega ao corrente da situação e podia tratar de pagar com ela. Então em meados deste mês por duas vezes fui de boleia fazer tratamentos ao hospital e passei por là pela loja para efectuar o pagamento...ninguém sabia do assunto e a gerente não estava.
Desisti.
Então esta semana recebi um mail um tanto ou quanto ameaçador da menina a dizer que me tinha dado os artigos porque confiou que lá os fosse pagar e eu estava em falta com ela. Disse-lhe que residia longe e já lá tinha ido não de proposito mas como tinha que passar ali fui por duas vezes a loja com essa intenção mas ninguem sabia de nada.
Mesmo após o tom ameaçador, pedi uma referência de multibanco e eu faria o pagamento, e disse-Me que não o podia fazer! Eu tinha que pagar pessoalmente!
Então agora a questão é se ela não me dá uma referência para pagamento (Não sei bem o motivo mas deduzo que tenha feito porcaria ao pedir devolução !) e eu também não vou lá de proposito visto morar longe...que pode acontecer?


Retrato de Grim Reaper
Seg, 17/07/2017 - 11:22
Grim Reaper:
Membro desde: 29.04.2017

Que confusão. Eu mandava-a passear.

O que pode acontecer é ela pagar do ordenado dela o dinheiro em falta.