Desabafo - dilema | Page 2 | A Nossa Vida
72 entradas / 0 new
Última entrada
Retrato de CACLR
Seg, 12/06/2017 - 13:21
CACLR:
Membro desde: 30.05.2017

Não é fácil mudar a nossa vida de um dia para o outro. Olha durante 9 anos namorei com um rapaz. Casei e desse casamento nasceu o meu filho. Um dia dei por mim a pensar que aquela vida que eu tinha não era com certeza a que eu queria para mim. O meu pai não me pôs no mundo para sofrer. O meu ex-marido ia para os cafés até quatro ou cinco da manhã quando não era mais. Então agarrei nos meus pertences e no meu filho e fiz-me á vida. Dói? Dói muito mas se não pensares em ti podes ter a certeza que mais ninguém vai pensar.

Depois vem a história de "por causa dos filhos é melhor aguentar". Aguentar? Eu só vivo uma vez. O meu filho continua a ser amado pela mãe e pelo pai. As crianças adaptam-se muito melhor que os adultos.

Um dia mais tarde vais olhar para trás e ver que desperdiçaste muitos anos (que não voltam) por um gajo que porque é lamechas te colocou de lado.

Cada segundo que desperdiçares com ele é um segundo que perdes da tua vida.

Retrato de gatita5
Seg, 12/06/2017 - 14:47
gatita5:
Membro desde: 21.08.2013

Grim parece-me que estás a ser um idiota (desculpa ofensa), porém tens toda a razão, é difícil sair duma relação que dura mais de uma década, mesmo pesando os prós e os contras é complicado. Foi ele que esteve ao meu lado em situações que poucos estariam (garanto te).
Informo que eu não gosto, nem acho que fica bem ter um extrovertido, não andei à procura dum espécime específico, até porque de início eu ainda era mais do que ele. Com a idade eu quero é paz e sossego e ficar bem longe de dramas, e prefiro ambientes mais calmos com menos confusão. O problema dele não é ser extrovertido e sim ser um tolo de meia idade que precisa de atenção porque a companheira deixou de dar, não descurando a minha culpa.
Diz-me lá então como me podes ajudar? Qual é a tua solução?

Retrato de gatita5
Seg, 12/06/2017 - 14:49
gatita5:
Membro desde: 21.08.2013

CACLR não quero minimizar o meu problema e a atitude dele porque para mim foi errada, mas quem me garante que encontro melhor, anda aí muito diabo disfarçado de anjo.
De momento eu não confio em ninguém (excepção da família), homens e mulheres, foram as minhas melhores amigas que me magoaram mais.
Ainda não consigo decidir o que fazer, o que ele fez foi assim tão grave que não possa dar segunda oportunidade e o benefício da dúvida? Estou a ser benevolente? E se ele não o fizer novamente e se o fizer? A vida é feita de se, e eu não consigo tomar decisão final e definitiva.
Tenho a salientar a tua força e coragem.

Retrato de Grim Reaper
Seg, 12/06/2017 - 15:22
Grim Reaper:
Membro desde: 29.04.2017

Bom para te ajudar recomendaria não insultares. Não é assim que se ganham argumentos. Também lhe chamas nomes, ou andas bola baixa? Quem não se dá ao respeito não merece respeito.

Ficaste presa na gaiola dele. Primeiro tirou-te os amigos que antes falavas. Depois desse problema estar resolvido, começou a querer ser "homem", pois tu já estavas sob controle. Aos poucos foi te tirando o poder e agora não tens nada, esses gajos tornam-vos em tapetes humanos. Sugam a vossa energia vital.

Dizes que ele fez coisas que outros homens não fizeram. Alguma coisa tinha que ter feito para te comprar. A factura estás tu a pagá-la agora. Não tinhas reparado?

Começa a pensar mais em ti. Pede o divórcio. Vendam a casa e vai para um sítio sozinha. Começa a falar com novas pessoas, produz-te. A tua noção que não há homens melhores está dentro da tua cabeça. Estás pintar os outros homens à imagem dele.

Daqui a nada bates nos 40. Vai ser cada vez mais difícil, porque se intelectualmente não tens nada a oferecer porque estás toda queimada dessa relação, então fisicamente ainda vai ser mais difícil.

Retrato de CACLR
Seg, 12/06/2017 - 15:24
CACLR:
Membro desde: 30.05.2017

Infelizmente o Grim Reaper tem razão.Se vais encontrar melhor ou pior? Quem sabe. Nós sentimos o frio, o morno e o quente. A tua relação anda morna a caminhar para o frio. Só tu saberás se queres continuar ou não. Riscos? Olha amiga cada passo que dás é um risco. Seja ele de que natureza for.

Eu não te conheço e não posso julgar a vossa relação baseada apenas num ponto de vista. Com certeza que ele terá o seu ponto de vista (certo ou não) mas uma relação pressupõe-se duas ou mais, neste caso és tu e ele.

Não leves a mal o que te vou dizer mas eu sei qual vai ser a tua decisão. Pelo que falaste e defendeste penso que tu não precisas de opiniões porque está decidido. Penso que querias apoio para continuar tudo como está. A vida é cheia de decisões, umas difíceis outras menos difíceis, umas com mais risco outras com menos riscos.

Pondera porque nesta altura do campeonato os anos passam e o que melhor levamos desta vida é o que comemos, o que bebemos e o que nos divertimos. O resto são trocos.

Eu quero é viver bem. E tu?

Retrato de gatita5
Seg, 12/06/2017 - 15:34
gatita5:
Membro desde: 21.08.2013

Expliquei-me bem Grim, não disse que eras e sim a tua atitude/comportamento, é diferente, não era intenção ofender e sim mostrar-te que não é o que se diz, mas como se diz. Jamais utilizaria ofensas como argumentos.
Tu consegues melhor? Pelo que li também andas um pouco dececionado com as meninas.
Como já mencionei não é assim tão fácil, até aqui nos comentários as opiniões divergem. Eu acho que ele não foi correto, mas foi grave o suficiente para o deixar?
Não me controla assim tanto porque em 13 anos desde o 3º que me pressiona, diz que quer ter filhos que sempre foi o sonho dele etc., e eu não fui a correr dar um filho ao menino porque sim, por capricho ou para segurar a relação. Um pouco antes de acontecer o sucedido com a tal fulana, estávamos a planear e eu é que tomei iniciativa ele já não me falava disso há cerca de 2 anos.
Deixo-o, uso-o para fins de reprodução e descarto-o, deixo-o agora?
é tudo muito fácil para meninos como tu que provavelmente querem divertir e curtir a vida (também passei por isso), numa certa idade uns mais tarde que outros só queremos assentar e estar sossegad@s, temos que apimentar de vez em quando a relação, mas já não tenho paciência para passar por todas aquelas fases de inicio... As pessoas são cada vez mais picuinhas e enfadonhas.

Retrato de Grim Reaper
Seg, 12/06/2017 - 15:56
Grim Reaper:
Membro desde: 29.04.2017
gatita5 wrote:

Expliquei-me bem Grim, não disse que eras e sim a tua atitude/comportamento, é diferente, não era intenção ofender e sim mostrar-te que não é o que se diz, mas como se diz. Jamais utilizaria ofensas como argumentos.
Tu consegues melhor? Pelo que li também andas um pouco dececionado com as meninas.
Como já mencionei não é assim tão fácil, até aqui nos comentários as opiniões divergem. Eu acho que ele não foi correto, mas foi grave o suficiente para o deixar?
Não me controla assim tanto porque em 13 anos desde o 3º que me pressiona, diz que quer ter filhos que sempre foi o sonho dele etc., e eu não fui a correr dar um filho ao menino porque sim, por capricho ou para segurar a relação. Um pouco antes de acontecer o sucedido com a tal fulana, estávamos a planear e eu é que tomei iniciativa ele já não me falava disso há cerca de 2 anos.
Deixo-o, uso-o para fins de reprodução e descarto-o, deixo-o agora?
é tudo muito fácil para meninos como tu que provavelmente querem divertir e curtir a vida (também passei por isso), numa certa idade uns mais tarde que outros só queremos assentar e estar sossegad@s, temos que apimentar de vez em quando a relação, mas já não tenho paciência para passar por todas aquelas fases de inicio... As pessoas são cada vez mais picuinhas e enfadonhas.

Eu não ando decepcionado com nada. Estou a comentar num fórum e é isso.
Lá porque o meu comportamento é diferente não te dá o direito de chamares o que te apetece.

A CACLR deu-te boas dicas. Já discordei com ela em outros assuntos, mas admito que ela fez a coisa certa. Não suporto ver homens que passam a vida nos cafés/tascos.

Então é isso aposenta-te aos 35, compra uma cadeira de baloiço e começa a fazer tricot. A tua vida acabou com a escolha que fizeste. Não venhas para fóruns chorar, porque não queres ser ajudada e só nos fazes perder o nosso tempo.

Não tens paciência para engates, porque não queres sair da tua zona de conforto. Eu sei que é lixado, mas se não o fizeres um dia destes tens uma epifania e vais dar conta que os melhores dias da tua vida se foram.

Retrato de gatita5
Seg, 12/06/2017 - 16:26
gatita5:
Membro desde: 21.08.2013

Primeiro só comentas se quiseres, ninguém te obriga.
Nem sei o porquê de tanto alarido eu até te disse desculpa se ofender, só és sensível para aquilo que te interessa.
Depois o teu comportamento não é diferente, é por vezes desrespeitoso e ofensivo (já conversámos para dizeres que não tenho nada a oferecer intelectualmente, ou viste fisicamente, ou para dizeres mal de todas as meninas, não te vejo a falar mal de homens, a não ser daqueles que te fazem sentir reduzido (penso eu, sem intenção de ofender novamente).
Imagino, deves ser um exemplo de parceiro.
E se é para fragilizares as pessoas ainda mais, mais vale estares quietinho.
Eu pedi opinião e argumentos fundamentados, não pedi que me tratasses como se tu fosses o senhor da razão e eu a seguidora. Fica a saber que a forma como falas também ofende, que nome dás a esse comportamento? Podes dar/ter a mesma opinião mas de forma diferente, chega até a ser violenta.
Se reparares bem eu disse que estava confusa e tenho várias opiniões, há quem ache que eu não devia acabar uma relação de 12 anos.
Agradeço a todos todas as opiniões e enriquece diferentes perspetivas.
Estou muito confusa e mais uma vez agradeço a quem perde um pouco do seu tempo para me vir aqui deixar a sua opinião.
Pensei que o fórum fosse um canto, onde pudéssemos obter um pouco de conforto, mas parece que a minha indecisão importuna.

Retrato de CACLR
Seg, 12/06/2017 - 16:40
CACLR:
Membro desde: 30.05.2017

Não vou mais bater no seguinho, eu tenho 44 anos e se tiver que me fazer á vida faço novamente. Se ele merece uma 2ª oportunidade só tu saberás. Disseste que ele te controlava mas depois já não era assim tanto. Acho que tu é que estás muito confusa em relação aos teus sentimentos. Se queres manter uma relação também te digo que não é no conforto que a consegues.

E estou numa relação á sete anos, já tive os meus problemas mas ultrapassei porque sei que valeu a pena. Mas eu lutar. Sabes como? Peguei o touro pelos cornos e disse que ou era ou não era. Mas o era ou não era equivale para os dois, não estejas á espera que ele é que mude. Ou mudam os dois ou então podes te sentar a fazer tricot para os teus sobrinhos.

olha eu tenho um truque muito bom para o meu homem. Ele já o conhece muito bem e agora antecipa-se sempre. È este: ao sábado tenho que fazer a limpeza da minha casa, dar banho ao cão, regar jardim(se for Verão). Á meia tarde uma banhoca e no inicio dizia estou tão cansada. Vamos sair e comer alguma coisa fora.
E agora ele já sabe, sábado e domingo é para namorar, não pode ser sempre porque ambos trabalhamos durante a semana.

Se queres lutar por ele também tu tens que mudar. Não é numa zona de conforto que vais conseguir alguma coisa. Não esperes ser ele a mudar. Mudem ambos, namorem muito, divirtam-se muito. E principalmente arrisca muito. Ès ainda muito nova para pensar em sossegar.

Espero ter ajudado.

Beijinhos

Retrato de gatita5
Seg, 12/06/2017 - 17:11
gatita5:
Membro desde: 21.08.2013

E indelicado que tu és, lá porque não tenho paciência para miúdos imaturos que só pensam em dar uma, não quer dizer que eu não gosto de me divertir? Para mim ir a romarias é a coisa mais enfadonha e para ti pode ser uma felicidade. Todos somos diferentes e eu gosto de calma, sou velha por causa disso?
Não acho que comportamentos de risco, quecas com um/a desconhecido diferente todos os dias seja o melhor da vida. E o não ter paciência para criaturas fúteis não faz de mim velha, quantas vezes reparo no esforço das pessoas só para encherem egos.

Frustração, engraçado estava para dizer o mesmo de ti, mas a tua é de outra espécie. Não estou a descarregar em ti a dita frustração que sinto pelo meu parceiro, mas sim a que sinto por ti, fazeres as pessoas sentirem-se mal só porque vão contra a tua opinião e por isso serem uma perda de tempo, isso magoa.